Saltar para o conteúdo

Porque não vão buscar os venezuelanos?

3 Julho, 2018

E não é que nós, um país em pré-falência do Estado Social, que não tem condições mínimas para cuidar dos que estão cá dentro, solidariza-se e prontifica-se a receber milhares de migrantes da Turquia, Egipto e costa Africana onde não há guerra e sob o estatuto de refugiados? Esta semana a nossa bondade foi tanta que aceitamos receber a carga humana do Lifeline, um navio sob suspeita de tráfico humano e retido pelas autoridades, rejeitado e bem por Itália. Mas se é por mera questão humanitária porque não vão buscar os 500 000 luso-descendentes que estão em perigo na Venezuela?

A verdade que ninguém conta é que tudo se resume a dinheiro e poder. A crise humanitária na Venezuela só interessa aos EUA que, enquanto o nosso Primeiro Ministro e Presidente da República foram ver a bola à Rússia, os americanos foram pressionar Nicolás Maduro que está literalmente a matar seu povo. Aos olhos da UE e da ONU os venezuelanos bem que podem morrer de fome e violência que não lhes interessa nada. Interessa sim dar seguimento à agenda de Soros que não é mais do que aplicação do Plano Kalergi, que é paga a peso de ouro para colonizar a Europa com gente dependente e submissa a uma nova ordem mundial. Confuso? Acha que isto é uma teoria da conspiração?

Se nunca ouviu falar do Plano Kalergi, a culpa não é sua. É das escolas que não lhe ensinam toda a História. Com efeito, é com Richard Coudenhove Kalergi que nasce os princípios orientadores da União Europeia: o “projecto para a integração Europeia”. Este Plano Kalergi, que surgiu com a fundação em 1922 do Movimento Pan-Europeu em Viena, pretendia a criação de uma Nova Ordem Mundial tendo como base uma federação de Nações Europeias liderada pelos Estados Unidos. No seu livro “Praktischer Idealismus”, Kalergi indica que os residentes futuros não seriam pessoas do Antigo Continente mas sim um tipo de euro-asiáticos negroides fruto do cruzamento multi-cultural sem qualidade e facilmente controlável pela elite governante. Pelo caminho da concretização deste objectivo, a abolição do direito à autodeterminação e eliminação de nações recorrendo a grupos separatistas étnicos e imigração massiva, ou seja, os idiotas dos marxistas. Se ainda tem dúvidas pergunte-se porque existe o Prémio Europeu “Coudenhove-Kalergi” concedido a europeus, de 2 em 2 anos, que se destacaram na promoção deste plano. Entre os premiados podemos encontrar Angela Merkel e Herman Van Rompuy.

É com George Soros, um financeiro multimilionário ambicioso e fanático pelo poder que este plano foi entretanto retomado. Com uma agenda bem definida para a criação de um governo global, colocou sua Fundação a “Open Society” fundada em 1990 a financiar nas grandes sociedades capitalistas ocidentais, grupos que contrariam as posturas e valores tradicionais(partidos de esquerda, extrema-esquerda), apostando ainda nas organizações que julga capazes de empurrar a sociedade no caminho dessas mudanças(a ONU, ONG’s), sem pôr em causa o sistema capitalista que lhe permite poder e fortuna. Embora sua influência seja mundial na promoção do marxismo cultural que desestrutura as sociedades fragilizando e transformando-as num caos, é nos EUA que exerce maior influência onde possui laços estreitos com o partido Democrata. Esteve por trás das nomeações do governo de Clinton, deu um “empurrão” nas doações à campanha de Obama e foi o grande financiador de campanha de Hillary Clinton. Como reacção a esta agenda de globalismo, grupos nacionalistas começaram a nascer para travar este plano criminoso de substituição populacional. Na Macedónia o grupo SOS (Stop Operation Soros) quer travar as ONG’s financiadas pelo multimilionário de intervir na política do país. Na Hungria, o primeiro ministro atento a estas manobras está a impor legislação a fim de encerrar as actividades da Universidade Centro-Europeia fundada por Soros em Budapeste em 1991. Na Itália o Ministro do Interior denunciou e faz frente às manhosas ONG’s ao serviço desta agenda de massificação da migração de substituição na Europa. A propósito, sabia que Sanchez o idiota que assaltou o poder em Espanha acaba de reunir com Soros? Ah! pois é…

António Costa ávido de dinheiro da UE para tapar os buracos financeiros da sua má gestão, e a marimbar-se para a segurança do país, aderiu a esta agenda oferecendo-se para receber milhares de migrantes sem medir riscos, sem questionar o que vamos fazer com tantos rapazes jovens (sim, rapazes! não são famílias) que não fogem de guerra nenhuma mas vão ter regalias como se fossem refugiados, com casa, mesa e roupa lavada e que buscam na sua maioria um Estado Social que os sustente e não um trabalho. Um dos motivos apontados para esta entrada, dizem eles, é a baixa natalidade. Ora se assim é, não era mais seguro e barato criar aqui medidas de apoio familiar, melhorar as condições de vida e trabalho dos residentes ou até ajudar luso-descendentes criando condições atractivas em Portugal para que regressem e ao contrário destes migrantes, trazer mais valias económicas em vez de apenas despesa?

Era mais barato, sim senhor mas não enche os bolsos nem dá poder à classe política. Os venezuelanos, a braços com uma crise humanitária sem precedentes, não dão dinheiro por isso finge-se que não existem.

É exactamente este plano globalista de Soros que a actual presidência dos EUA quer combater e é também exactamente por isso que os democratas, financiados por este multimilionário criminoso, promovem o ódio contra esta administração que tentam a todo custo derrubar.

Se fosse mesmo uma questão humanitária os luso-venezuelanos não seriam esquecidos. Pense nisso.

Anúncios
43 comentários leave one →
  1. José Domingos permalink
    3 Julho, 2018 16:22

    Obrigado por este texto. A revolta e a raiva que se ganha não tem descrição. Somos governados por cobardes, a começar na onu e vindo por aí abaixo, autênticos apátridas que só se interessam pelo poder, mesmo sabendo que são meros moços de recados para aparecer nos telelixos, mostrando um poder que não têm e sabem disso.
    Estamos em vias de nos aparecer em casa, sabujos fascistas, os comissário políticos da nova era, completos imbecis que nunca fizeram nada na vida e levarem-nos os nossos equipamentos, como prova contra os reaccionários.
    É a nova ditadura do proletariado, sendo que a ditadura são eles e o proletariado, somos nós a pagar a corda para nos enforcar.
    Mais triste ainda, é este povo labrego e servil, não querer saber que está a ser levado para novos gulags.
    A Venezuela está muito longe e o ditador maduro, é de esquerda, logo tem toda a autoridade moral para fazer o que quer. O jornalismo politicamente corrupto, da naçãozinha, faz a bela da censura.

    Liked by 4 people

  2. Raghnar permalink
    3 Julho, 2018 16:24

    Questão humanitária na Venezuela? Não se vê na nossa comunicação “social” qualquer questão humanitária na Venezuela, vá se lá saber os motivos.

    Subscrevo completamente, além das idiossincrasias culturais muito mais aproximadas, uma parte importante dessa comunidade alimentou também os bancos e negociatas de DDT, não nos podemos esquecer.

    https://www.cmjornal.pt/cm-ao-minuto/detalhe/detido-diretor-do-bes-que-fazia-ponte-entre-ricardo-salgado-e-venezuela

    Liked by 3 people

  3. JP PREVOT permalink
    3 Julho, 2018 17:23

    A Europa está em perigo. Fuga de documentos revela a lista de “aliados confiáveis” da Rede Soros no Parlamento Europeu
    Os documentos vazados que listam centenas de membros do parlamento da União Europeia que a rede George Soros consideram “aliados confiáveis” devem fazer soar os alarmes em toda a Europa, diz a Hungria.

    A LISTA, que inclui 226 deputados, incluindo o ex-presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, sete vice-presidentes e uma série de chefes de comissões, coordenadores e procuradores, foi distribuída ao grupo Open Society Founders, defensor da política europeia de fronteiras abertas, propriedade do bilionário, e revelado pelo DCLeaks.
    Na página 83 da LISTA, encontrará os deputados portugueses da confiança de Soros. São eles:
    Elisa FERREIRA – PARTIDO SOCIALISTA
    Ana GOMES – PARTIDO SOCIALISTA
    Liliana RODRIGUES – PARTIDO SOCIALISTA
    Maria João RODRIGUES – PARTIDO SOCIALISTA
    João FERREIRA – PARTIDO COMUNISTA
    Marisa MATIAS – BLOCO DE ESQUERDA
    Miguel VIEGAS – PARTIDO COMUNISTA
    Inês Cristina ZUBER – PARTIDO COMUNISTA

    E é também conhecido que os independentistas catalãs são financiados pelo Soros, basta ver a percentagem de “importados” na Catalunha…

    Liked by 4 people

  4. Zé Manel Tonto permalink
    3 Julho, 2018 17:43

    Se houvesse vontade de ir buscar imigrantes e refugiados por motivos de demografia, há uns milhões de sul-africanos brancos sob processo de genocídio, que vinham para a Europa sem pensar duas vezes. Duvido que ficassem a viver à conta da Segurança Social e, com o medo de serem deportados, cumpriam as leis à risca.

    Liked by 2 people

    • ingenuo permalink
      4 Julho, 2018 08:56

      Esses estão a ir para a Austrália, que já pensou nisso antes e tratou de os ir buscar. Espertos…

      Liked by 1 person

  5. Procópio permalink
    3 Julho, 2018 17:51

    Obrigado, Cristina. A descrição é esclarecedora. Estamos nas mãos de uma súcia, com uma censura muito mais eficiente do que a do passado. Os governantes melhores (raros) ou piores não governam, aparentam, desde o pr ao pm. São sindicatos fantoches, comandados sempre pelos mesmos, que detém o poder real e aniquilam qualquer tipo de recuperação. São organizações proto fascistas com rótulos esquerdóides que provocam ruturas. A sua simpatia e apoio ao maduro a virar podre significa a que tipo de suciedade aspiram. Tivessem o poder decisivo não teriam contemplações. E o tuga vota neles.
    Porque não têm, e nunca terão o poder decisivo? A Cristina abre algumas páginas do livro escuro de onde saem as directivas a nível mais alto. Oportunamente diremos mais.
    Existe um Estado Profundo, governo tipo Empresa Mundial S. A. de que Bilderberg e outros clubs privados são a ponta semivisível, tem gente em todo o lado. Estão em crise. Porque n param a caminhada de Trump? Com Trump está gente ainda mais poderosa. Vai o pigmeu fazer uma das mais ridículas figuras face a Trump. Os idiotas da nossa praça regozijam…
    A primeira resposta já chegou. Em princípio nem o nome do país seria citado. Desta vez foi.

    https://www.jn.pt/mundo/interior/trump-mandou-mensagem-a-portugal-a-pedir-mais-dinheiro-para-a-nato-9541774.html

    Quanto à desgraçada venezuela os merdia estão caladinhos e o santos silva lá vai proferindo palavras de ocasião sem nunca marcar posição. Alguns apontamentos.

    https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/venezuela-conselheira-da-comunidade-portuguesa-acusa-pcp-de-mentir-sobre-crise
    http://www.pcp.pt/pcp-sauda-vitoria-bolivariana-nas-eleicoes-presidenciais-venezuelanas-exige-respeito-pela-vontade-do
    https://www.bbc.com/news/world-latin-america-44209531

    “Maduro ainda pode estar no cargo, mas nada na paisagem venezuelana parece otimista para o governo. Em 20 de maio, Nicolás Maduro foi reeleito presidente da Venezuela após uma eleição quase todos dentro e fora do país apelidado de não livre e justo. Ele presidiu um processo em que a maioria dos principais adversários políticos foram presos, exilados ou desqualificados, o governo controlou todas as notícias e organizou uma vasta operação de votação por alimentos com o uso de um cartão de identificação especial. Quanto tempo ele permanecerá no poder, enquanto a Venezuela sofre uma profunda crise económica e o governo experimenta um nível de pressão e isolamento internacional que poucos países experimentaram nos últimos anos? Fair Observer

    Liked by 2 people

  6. Procópio permalink
    3 Julho, 2018 18:03

    A Venezuela acumula quatro anos de uma recessão económica que precede uma autêntica depressão. Uma bancarrota comparável à vivida há pouco tempo pela Grécia, embora com outros componentes e vários acréscimos. As autoridades recusam revelar as contas, mas algumas empresas especializadas calculam que, em 2017, a derrocada alcançou níveis de economia de guerra, com uma contração do PIB de 14%. Em 2018 está a piorar. Quatro anos de nefasta gestão económica reduziram o tamanho da economia venezuelana em 35%. O déficit fiscal vai em 17% do PIB e a inflação em 2.700% no ano passado. A atual crise, sem precedentes na história venezuelana, é algo raro em um petroEstado e inscreve seu nome na história dos grandes naufrágios sociais da América Latina nos últimos 50 anos.
    Nem sequer uma nação em guerra, como a Síria, tem tais indicadores de deterioração. A depressão vai ter graves consequências sociais, e ainda não chegou ao fim.
    A Petróleos da Venezuela (PDVSA), o recurso natural do país ante qualquer contingência e agora quase a única fonte de receita, atravessa uma grave desordem funcional e monetária que se transfere milimetricamente à economia. No ano passado, segundo a Ecoanalítica, a petroleira reduziu sua produção em 300.000 barris diários, cifra que pode ultrapassar os 700.000 barris durante os cinco anos de Governo de Nicolás Maduro. É um descalabro. São as consequência do viés ideológico na economia. O modelo de desenvolvimento chavista coloca um grilhão sobre todas as variáveis da produção e da formação de preços. O Estado assumiu a tomada dos setores produtivos e destina um importante esforço organizacional e político a criar estruturas comunais e organizações coletivistas absolutamente disfuncionais.
    Lembram-se da fantochada da reforma agrária no alentejo?

    Liked by 3 people

  7. Fernando Liz permalink
    3 Julho, 2018 18:03

    Exma Sra
    Cristina Miranda

    Quero dar-lhe os PARABÉNS porque é a primeira vez que vejo alguém tocar no chamado “Plano Kalergi”

    Ainda recentemente (19 Junho) insurgi-me nestes moldes contra um texto da autoria de Telmo Azevedo Fernandes

    « Se o argumento fosse substituir vegetação autóctone, por exemplo,
    Pinheiros por Eucaliptos caía do Carmo e a Trindade…
    Mas como se trata da população e da identidade autóctone Europeia já está tudo bem.

    Escrever um textos destes [A guerra: imigrantes e cultura]
    e “esquecer” de referir as DIFERENÇAS de resultados obtidos no search do Google, quando se pesquisa “pregnant black woman” (carregando no separador imagens) e depois quando se faz a mesma pesquisa com “pregnant white woman”, denota falta de seriedade.

    Ignorar o discurso de 2008, sobre a mestiçagem obrigatória

    e as AMEAÇAS directas às Empresas que não alinhem nestas “palhaçada”, (aparece no vídeo completo), revela má fé

    Ignorar os arquivos históricos da UE
    https://archives.eui.eu/en/fonds/158657?item=ME.05.03
    onde se diz claramente quem é o pai da UE:
    « (…) les documents qui illustrent les activités de l’Union Parlementaire européenne. Les relations particulières que cette organisation, fondée par le Comte Richard Coudenhove-Kalergi, »
    sem fazer alusão à sua celebre frase:
    «(…) Die eurasisch-negroide Zukunftsrasse, äußerlich der altägyptischen ähnlich, wird die Vielfalt der Völker durch eine Vielfalt der Persönlichkeiten ersetzen. »

    in Praktischer Idealismus, pag 23
    Coudenhove Kalergi

    É atirar areia para os olhos do Povo »

    Felizmente existem Mulheres com aquilo que falta a muitos homens.
    Renovo os meus PARABÉNS pela sua reflexão

    Liked by 4 people

  8. 3 Julho, 2018 18:04

    Óptimo, Cristina !,
    embora só numa ou outra “coisa” discorde.

    Entretanto, o MCThomaz certamente “amparado” pelas rezas dos, e das tugas preocupadas com o desmaio bracarense foi duas vezes à Rússia, em 1 semana, ver futebol (o Putin recebeu-o sem visita de Estado ao contrário do que os tugas foram “informados”) e de certeza pensando que os tugas são mesmo atávicos e permissivos-pagantes-e-não-bufam, pateticamente presumiu que a sua presença operaria milagre ou “sorte” para a “selecção de todos nós”. No dia seguinte esteve cantante, lírico e irresponsável com mais três patetas-governantes com os Xutos e só lhes falta afirmarem para convencerem patetas quando o rectângulo estiver novamente perto de estourar, que ouvem a salvação através dos cantos dos pássaros. Maduro tem discípulos nos seus homólogos tugas.

    Raio de população esta, a tuga, que assiste serena ao que está a acontecer na assistência à doença, ao aumento da dívida pública…

    Liked by 4 people

    • 3 Julho, 2018 19:29

      Aqui não se ouvem pássaros. Isso é uma calúnia infame. Ninguém no PS ouve gralhas, salvo se falarmos naqueles da extrema-esquerda.

      Aqui é mais economia via Prof. Karamba Centeno, que fala com o E-chel e promete crescimentos de 5% e o fim da dívida.

      E já passámos os 250 mil milhões de dívida pública. A tal que já devia ter sido reduzida.

      Liked by 3 people

      • 3 Julho, 2018 20:11

        Pois é isso…

        A populaça-NADA quer é festança, mínima que seja mais futeboladas & futebolices e basta-lhe os eurosinhos diários para a sopinha, o pãozinho, a saladinha, a postinha de peixinho, a febrinha, o vinhinho, o cafezinho, a revistinha do jet 3,5 tuguinho, a águinha e a luzinha paga para ligar à telenovela — aqui não há “inha”, é mesmo telenovela.
        E siga o baile com milhões de cus apalpados.

        Liked by 2 people

  9. Manuel permalink
    3 Julho, 2018 18:10

    Concordo. Mas o seu artigo recorda-me a recepção nada amistosa dos esquerdalhos aos nossos retornados. A memória, às vezes, é depressiva.

    Liked by 4 people

  10. 3 Julho, 2018 18:53

    Senhora Cristina, obrigado por escrever um brevíssimo resumo do falsa questão dos refugiados.

    Apenas para completar a análise, e pegando num dos pontos do seu texto – a taxa de natalidade – convém não descurar que baixar esta taxa foi um dos pilares da extrema-esquerda durante os últimos vinte anos. Quer seja tenha sido pela legalização do aborto, quer pela banalizam do divórcio, quer tenha sido pela “emancipação da mulher”, quer tenha sido pelo controlo do nosso sistema financeiro onde intencionalmente se colocou o valor do € de maneira a que seja muito dificil ter alguma quualidade de vida com mais que 2 filhos. E aqui o número 2 é o número mágico: Sabe-se que para qualquer sociedade que queira sobreviver ao Tempo, tem que haver 2,1 filhos por casal. Tudo foi feito para que o número real baixasse para os 2, matematicamente dizendo que se nada mudasse, os portugueses nativos desapareceriam. O que querem que seja moda é ter um cão e um aborto.

    Agora que a sobrevivência dos nativos já está nos negativos, toca a puxar em força com as “armas políticas” da moda para pregar os derradeiros pregos no caixão, dos quais destaco apenas e só a “transexualidade”, um dos pontos de ordem do Marxismo Cultural, que lhes mata 2 coelhos com uma só paulada: Afastam totalmente os jovens da ideologia socialmente FUNDAMENTAL, SECULAR e CRISTÃ de que homem+mulher=filhos, como extreminam gerações inteiras com a castração química a ser feita durante o processo de transição.(a verdadeira ação que os genocidas defendem por detrás deste movimento).

    Durante séculos, os (((Comunistas))) eram expulsos do país (com sorte) ou eram queimados (com menos sorte) . As razões dos porquês eram sobejamente conhecidas pelo autêntico Inferno na Terra que se viveu entre o Império Romano e o nosso D. Afonso Henriques, totalmente camuflados dos ensinamentos escolares, não fosse as pessoas perceberem que quem derrubou os Romanos são os mesmíssimos que estão a derrubar os Europeus, com as mesmas armas.

    Agora eles mandam e temos que legalizam a morte de bebés nativos e chamam-lhe aborto, legalizam a morte de idosos nativos e chamam-lhe eutanásia e querem legalizar o genocídio de gerações futuras e chamam-lhe “transexualidade”…

    Quando quiserem perceber que TODAS as revoluções à força foram exatamente para tirar estes psicopatas do poder, força! Esperemos é que não seja tarde

    Liked by 3 people

    • Tony permalink
      3 Julho, 2018 19:20

      tenho a certeza que Cristina ficou envergonhada
      “”Quer seja tenha sido pela legalização do aborto, quer pela banalizam do divórcio, quer tenha sido pela “emancipação da mulher”, ”

      espetáculo qualquer mulher vai já para a esquerda

      Gostar

      • 3 Julho, 2018 19:29

        As aspas estão aí para alguma coisa.

        Liked by 1 person

      • Euro2cent permalink
        3 Julho, 2018 20:12

        espetáculo qualquer mulher vai já para a esquerda

        Só as tolas que preferem ir fazer o trabalho de animais de carga em vez de fazer criação deles.

        Mas a coisa foi muito bem vendida pelos publicitários, reconheça-se. Até se matam todas para se matarem.

        Liked by 2 people

  11. Procópio permalink
    3 Julho, 2018 19:23

    A propósito dos retornados, o meu avô brindou-me com algumas pérolas.

    «Isto é selva e na selva só sobrevive a lei do mais forte e, por isso, não vale a pena estarmos para aqui com fantasias e cada um procurará armar-se o mais possível; até no campo político o sucesso depende muito do factor força».
    Rosa Coutinho, presidente da Junta Governativa de Angola em 1974 citado pelo general Silva Cardoso no seu livro “Angola Anatomia de uma Tragédia”.
    Este coutinho fez tudo por que os trucidassem todos de modo a obstar ao seu regresso. OPodiam ser um perigoso grupo de reaccionários. Com algumas excepções, mário soares merece menção honrosa, o acolhimento de que foram alvo pela dita esquerda e pelos jornaleiros de serviço expressou-se nos rótulos: fascistas, colonizadores, desalojados, retornados. A hostilidade não se esquece, à medida que se ia aproximando a desgraçada independência. Muitos bandalhos, os mesmos de hoje, achando-se sábios, vomitavam os seus sentimentos de desagrado, passando a agressoras quer em palavras, quer amiúde em actos rancorosos,

    Liked by 3 people

  12. Zebedeu Flautista permalink
    3 Julho, 2018 19:28

    Triste, muito triste ao que chegou o Blasfemias. Posts de fazer inveja ao Sr. Brandão do novoadamastor.

    Liked by 1 person

  13. Zebedeu Flautista permalink
    3 Julho, 2018 19:34

    …sub-humanos fruto do cruzamento multi-cultural…
    Tipo o Obama… ainda bem que o Trump ė monocultural!

    Liked by 1 person

    • 3 Julho, 2018 19:36

      Zebedeu, a expressão é mesmo do senhor Coudenhove-Kalergi, não é daqui do site

      Gostar

    • Fernando Liz permalink
      3 Julho, 2018 22:54

      Zebedeu Flautista

      Die eurasisch-negroide Zukunftsrasse, äußerlich der altägyptischen ähnlich, wird die Vielfalt der Völker durch eine Vielfalt der Persönlichkeiten ersetzen.

      Euro-Asiáticos-Negroides

      Sugiro que leia o meu post anterior e faça o TESTE que lá vem.
      o resultado é apenas UMA amostra das várias keywords que serem colocadas no search do google, acabam por gerar uma resposta similar 😦

      Liked by 1 person

  14. Arlindo da Costa permalink
    3 Julho, 2018 19:49

    Oxalá que venham centenas de milhares de luso-venezuelanos para Portugal. Refrescarão a nossa demografia e serão um bálsamo para o nosso dia a dia. Estamos fartos de gente mal disposta e com cara ruim.

    Gostar

    • 3 Julho, 2018 20:18

      Vá à Madeira (e tambem no Continente) e encontrará gente fugida da Venezuela muito bem-disposta, sorridente, cara sempre alegre pelo seu destino…

      Liked by 1 person

  15. 3 Julho, 2018 20:39

    Ó senhora, nem o Orban da Hungria conseguiria dizer tal coisa: “plano globalista de Soros”.

    Leia um pouco antes de debitar tantas teorias da conspiração …

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      3 Julho, 2018 21:47

      António, vá você porque o ignorante aqui não sou eu.

      Liked by 4 people

    • Fernando Liz permalink
      3 Julho, 2018 22:57

      Antonio Marques Mendes

      Sugiro que leia o meu post anterior e faça o TESTE que lá vem.
      o resultado é apenas UMA amostra das várias keywords que ao serem colocadas no search do google, acabam por gerar uma resposta similar.

      penso que Ver para Crer,
      é um bom principio para as Teorias da Cosnpiração , deixarem de o ser

      Liked by 1 person

  16. Procópio permalink
    3 Julho, 2018 23:56

    Sr. mendes, o plano globalista de soros é um apêndice atrevido.
    Há inocentes que nem se apercebem do poder de um Rockefeller ou de um Rothschild. Comentam a névoa que cobre as montanhas sem fazer ideia do que está por baixo.
    Interessa pouco quem são os bons e os maus. Isso fica para a história. Há a China, a Rússia e uma batalha entre dois modelos económicos que não podem coexistir.
    Há uma luta entre os democratas ligados a Clinton, face visível de um poder transnacional centrado na figura de Rockefeller, banqueiros transnacionais, S.A. World Enterprise. São os globalistas lançados pelo pai Bush, os sábios do Vale do Silício, os porcos de Hollywood, a burocracia de Washington, Wall Street, a cia e os merdia da cnnn e nyt alinhados contra Trump sem fazer mossa.
    Do outro lado está a alta finança não-americana centrada na City, Singapura, Hong Kong,o centro mundial para a lavagem de dinheiro de drogas sob controle britânico com a complacência chinesa, certa elite do Império Britânico, Rothschild e grupos da antiga aristocracia continental das casas da Saxónia, da nobreza austro-húngara e otomana, dos guelfos e da nobreza negra veneziana.
    Estes são poderes superiores a qualquer governo na Terra.
    Há também o lubrificante da economía mundial que faz movimentar 950 mil millones de dólares por ano, a droga. Ao anular o poder do Estado Profundo podem suceder várias mudanças. No Afeganistão, na venezuela, no México e até na UE. Na UE.

    Novos tempos. Até um presidente de esquerda pode dar-se bem com Trump.
    http://expresso.sapo.pt/internacional/2018-07-03-Obrador-e-Trump-discutem-reducao-da-migracao-na-fronteira-entre-Mexico-e-EUA
    Lá por ver as moscas posarem na lixeira do sítio não se esqueça do tamanho do planeta e arredores.
    https://observador.pt/2018/07/02/novo-maximo-historico-na-divida-publica-250-313-milhoes-de-euros/
    Elogie a desfaçatez
    https://observador.pt/2018/07/03/marcelo-desvalorizou-subida-da-divida-e-confia-que-esta-ira-descer-daqui-a-meses/

    Liked by 2 people

  17. JCA permalink
    4 Julho, 2018 03:09

    .
    Sinopse generica, portanto nem contra nem a favor de nada do abaixo:
    .
    1- CDUmerkel busca solução de consenso da EU
    .
    2- CSUseehofers quer devolução de migrantes a Itália.
    .
    3.- Itália exige serem distribuídos por todos os sócios da EU e ‘safe areas’ em Africa contra as ‘Dublin Rules’ que responsabilizam pelo asilo os países onde desembarcam.
    .
    4.- Rep Checa, Hungria, Polónia e Eslovénia recusam migrantes.
    .
    5.- A Áustria exige tb ´safe areas’ nos países de origem e se necessário o seu repatriamento por meios militares.
    .
    Sugere que situacionistas e oposicionistas a Bruxelas não visam o desmantelamento da União Europeia mas a tomada do poder absoluto em Bruxelas por dentro.
    .
    A 01.7 a Áustria é a Presidência da EU cujos objetivos traçou há 3 meses, entre eles ‘the fiighting against the ilegal immigration by security external borders’
    .
    Noutras camadas por exemplo a narrativa interpretativa destes, entre outras diferentes:
    .
    -The Beginning Of The End Of The Bilderberg/Soros Era
    https://www.zerohedge.com/news/2018-06-25/beginning-end-bilderbergsoros-era
    .
    Cada um terá a sua opinião de acordo com convicções, interesses próprios e conceitos pessoais de Sociedade, Direitos Civilizacionais, Regimes, Democracia, Liberdade etc.
    .

    Liked by 1 person

  18. Procópio permalink
    4 Julho, 2018 08:27

    Vejam como são lindos os arranha céus nas américas. Moscovo, S. Petersburgo, Xangai e Pequim não ficam atrás. Por cá localizam-se mais em irmandades, sedes de associações solidárias com o nosso povo, mas não deixam de ser escrutinizadas pelos arranha céus.
    https://theintercept.com/2018/06/25/att-internet-nsa-spy-hubs/

    Gostar

  19. ingenuo permalink
    4 Julho, 2018 09:32

    Cristina,

    Tem razão na questão dos luso-descendentes da Venezuela. Também não percebo a grande preocupação do governo Português com os migrantes económicos da África sub-sariana, quando existe 500.000 pessoas em risco na Venezuela, já sem falar nos tempos conturbados que o Brasil presentemente vive e que leva a que muitos brasileiros queiram imigrar (para referencia futura: https://www.dn.pt/portugal/interior/despedindo-se-de-sao-paulo-consul-de-portugal-diz-ter-visto-uma-revolucao-da-luso-brasilidade-9477815.html).

    Mas… Soros? Ir buscar o Coudenhove-Kalergi? Não estou de acordo consigo. Acho que Soros hoje em dia tem uma dimensão associada a si que é irrealista e completamente fantasista. Digo-lhe mais: o “famoso” exército de trolls do Kremlim é responsável em grande parte por esta onda de “senhor do mal”, tipico de Tolkien ou de um filme de 007.

    Gosto do que escreve, sem rodeios e frontal. Mas nesta questão não estou de acordo consigo… não porque sinta qualquer tipo de simpatia pela personagem ou que esteja de acordo com a actual politica migratória da Europa. Apenas porque quando alinhamos em discursos fantasistas, podemos estar a alinhar em jogos de outras personagens “na sombra” tão ou menos recomendáveis do que esta em particular.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      5 Julho, 2018 12:35

      Caro leitor, comigo pode discordar sempre que assim o entender. As opiniões divergentes construtivas são sempre bem vindas. Tenho aprendido imenso com muitos q aqui passam e deixam seus comentários. Mas não se limite a divergir. Explique porquê. Fantasias? Onde? Como? Quero ouvi-lo.

      Gostar

      • ingenuo permalink
        5 Julho, 2018 17:03

        Obrigado desde já por me ter respondido.

        Repare que não julgo “fantasia” as suas opiniões sobre as migrações e a “pseuda”-necessidade das mesmas, nem estou a por em causa o argumento que apresenta sobre as questões dos portugueses e seus descendentes da Venezuela.

        Acho que é um tema pertinente e que deve ser analisado por todos nós.

        Pessoalmente, custa-me a entender a mais-valia da importação “à pazada” de homens solteiros em idade militar provenientes de contextos culturais que ficam, na maior parte das vezes, nos antípodas do que vivemos e experimentamos como sociedade. Para mim existe uma pergunta que até agora ninguém conseguiu responder de forma definitiva:

        Alguém que ainda ontem vivia numa sociedade semi-feudal, baseada numa agricultura de subsistência e ditada por uma religião conservadora e retrógrada, qual é a mais-valia que nos traz a nós, como sociedade e economia do séc. XXI? Para além do rape, claro.

        Quer dizer, passam a vida a dizer que o nosso problema como Economia é a (baixa) produtividade e a falta de formação técnica (e cívica) dos nossos trabalhadores e é importando pessoas que mal sabem ler e escrever, nem sequer falam a língua e nem sequer entendem o conceito de direitos iguais para homens/mulheres na nossa sociedade que nos vai ajudar? Ajudar a quê? Afundar ainda mais?

        Como é que partidos de esquerda, cuja bandeira é sempre os salários e as condições de vida dos trabalhadores insistem e defendem politicas de fronteiras abertas quando estas, como resultado imediato, constituem politicas de facto de desvalorização efetiva do trabalho e por outro lado de redução do salário e da oferta de emprego para as camadas mais pobres da nossa sociedade?

        Alguém percebe este paradoxo ? Eu sinceramente não consigo.

        Existe um senhor, cristão libanês, que nos últimos dias explicou de uma forma muito interessante via Twitter o que significou o desequilíbrio da demografia do Líbano nos anos 70 (que era considerado a Suíça do Médio Oriente na altura) para a população sunita e o impacto da mesma mais tarde. E hoje todos sabemos no que hoje se transformou o Líbano:

        Sobre a questão do Sr. Soros, que é apenas onde a critico, é muito simples: o mito Soros (admito que tem uma componente algo verdadeira) é uma criação dos trolls do Kremlin. É certo que ele apoia organizações (as tais ONGs do norte da Europa que vem “salvar” à vista de Tripoli, para os irem levar a Itália, ao invés dos seus países) que são duvidosas e muitas delas perniciosas (Antifa nos USA por exemplo) para a convivência democrática.

        Mas daí a entender que todos os problemas são fruto de um “mastermind” do mal é simplificar uma questão que é muito mais complexa do que parece à primeira vista.

        E aqui sou da mesma opinião do Jaime Gama e do Jaime Nogueira Pinto quando no último “Conversas à quinta” no Observador falaram sobre este tema: os problemas são as nossas “elites”. Existe um divórcio claro entre o que querem as populações e o que as elites desejam: os primeiros não querem perder a sua identidade, os segundos dão-lhe jeito a mão-de-obra barata. E esta é a surpresa que o Sr. António Costa mais dia menos dia vai ter a explodir na cara (quando anda tudo inchado a falar nas 75000 pessoas/ ano)

        O Soros aqui leva, e bastante, porque pode ser considerado (como o 26º mais rico do mundo e ainda por cima judeu branco) como um exemplo típico de elite… E ajuda o facto de ele ter também uita publicidade má de quem nunca lhe perdoou a ajuda financeira que ele deu nos anos 80 e 90 a grupos de oposição democrática no leste Europeu e que em ultima análise ajudaram ao colapso do antigo bloco soviético…
        E repare: o Sr. Putin era KGB colocado na ex-RDA e certamente que não morre de amores do Sr. Soros pelo passado e muito menos pelos apoios que este mais recentemente continua a dar a grupos de oposição russa.

        Tudo se paga na vida… e alguns ainda por cima tem memória longa. Logo considero que o Sr. Soros num fundo, é um espantalho porque desvia ou concentra a atenção de alguns problemas que neste momento o Ocidente é confrontado, seja a crise demográfica, sejam os movimentos populistas, sejam estes movimentos migratórios (invasão) que como já era previsto na altura do Brexit, estão a ter consequências calamitosas para a Europa.

        Algumas fontes sobre o que escrevo em cima:

        https://www.bloomberg.com/news/articles/2018-06-04/putin-teases-that-his-troll-factory-ally-is-just-like-soros

        https://www.politico.eu/article/republicans-take-up-russia-aligned-attack-on-soros/

        https://thesaker.is/a-brief-history-of-the-kremlin-trolls/

        Em conclusão, guerras de blocos constituído por Kremlin & Alt-Right que apoia Trump e esquerda mundialista, “virtuosa” e gramcista acéfala (apoiada pelo Soros e outros quejandos), que venha o diabo e escolha.

        E por favor, deixem o discurso racial e “pencudo” de parte. Para mim é tudo cultural e identitário. Não quero perder a febra assada de porco, nem o vinho tinto, muito menos miúdas de mini-saia que me alegram (e aquecem) a alma, nem a génese cultural greco-romana de matriz judaico-cristã que a nossa cultura representa. E isto para mim é que é o mais importante. O resto não interessa.

        Gostar

  20. lucklucky permalink
    4 Julho, 2018 13:22

    De quem será descendente o Alfredo Silva?

    In the hillside Caracas slum of La Vega, home to 124,000 people, Alfredo Silva offers a haircut for 1 million bolivars, about 30 cents at the black market exchange rate.

    He accepts transfers or food but sometimes takes clients to a nearby butcher shop and asks them to buy him something worth the same as the haircut.

    https://www.reuters.com/article/us-venezuela-barter/fish-for-flour-barter-is-the-new-currency-in-collapsing-venezuela-idUSKBN1JT1UM

    O Publico, o DN , o Expresso, a RTP, a TVI, a SIC não abrem primeiras páginas com o colapso da Venezuela..pois é preciso proteger o Socialismo.

    Liked by 1 person

  21. PiErre permalink
    4 Julho, 2018 14:03

    Em suma: este mundo está cada vez mais tétrico.

    Gostar

    • Fernando Liz permalink
      9 Julho, 2018 13:25

      EMS, mas qual é a dúvida?
      Consultando os arquivos históricos da UE, quem é que aparece como sendo o seu fundador?
      « (…) les documents qui illustrent les activités de l’Union Parlementaire européenne. Les relations particulières que cette organisation, fondée par le Comte Richard Coudenhove-Kalergi, »
      in
      https://archives.eui.eu/en/fonds/158657?item=ME.05.03

      quem foi que escreveu a obra Praktischer Idealismus?
      na pag 23, está escrito:
      «(…) Die eurasisch-negroide Zukunftsrasse, äußerlich der altägyptischen ähnlich, wird die Vielfalt der Völker durch eine Vielfalt der Persönlichkeiten ersetzen. »
      (se tiver dúvidas é só usar o Google Tradutor)

      As pessoas ligadas à Maçonaria (tal como Kalergi) fazem discursos que NÃO deixam dúvidas nenhumas, sobre a mestiçagem Obrigatória

      por fim VEJA com os seus próprios olhos, as diferenças de resultados que o search do google quando se pesquisa pregant black woman, e pregant white woman, seleccionando o separador Imagens

      Gostar

  22. 4 Julho, 2018 20:27

    Ora muito bem. Os que falam muito do marxismo cultural em chegando aqui bufam como os marxistas culturais e destravam a língua em palavras espantalho.

    No Portadaloja mais um reforço

    http://portadaloja.blogspot.com/2018/07/george-soros-patrao-das-ong-contra-os.html

    Gostar

  23. 4 Julho, 2018 20:28

    E têm de vir logo os pencudos e filopencudos. Até parece que basta assobiar e já cá estão caídos que nem arlindos e quejandos por outras coisas que também lhes tocam

    Gostar

  24. Vitor permalink
    5 Julho, 2018 05:20

    A questão dos luso-venezuelanos é muito relevante. Mais uma vez os nossos jornalistas pagos a peso de ouro (RTP- quase 200 milhões euros só em sobretaxa de eltricidade) não nos estão a informar devidamente sobre um assunto muito relevante para Portugal.

    Porque é que os jornalistas não estão a fazer perguntas sobre os preparativos que o governo Português está a fazer para receber vagas de refugiados lusovenezuelanos? Não deveríamos estar solidários com eles e proporcionar formas de saírem do país caso assim o desejem?

    Gostar

  25. JCA permalink
    8 Julho, 2018 17:59

    .
    Espremidas as oratorias demaogicas, emocionais e quejandas, restam os numeros que são os factos e a realidade,
    .
    Onde vivem na Europa os imigrantes ou migrantes ?
    .
    .
    Entre os 29 paises da Europa, Portugal está em penultimo lugar. Só 1.682 incomparaveis com o milhao e meio da Alemanha ou os 300 e tal mil da Suecia e da Italia etc:

    https://www.statista.com/chart/14473/share-of-refugees-in-europe/
    .
    Mais uma vez acaso de Sorte nossa.
    .
    Mais um acontecimento telurico na Historia da Europa que nos passa ao lado;
    .
    .
    .ate sugere provincianismo em ´bicos de pé’ dalguns habituais ‘teorico-academicos-inteletuais-politicos´ que nem msequer estao a viver o dia a dia da realidade desta situação;
    .
    .
    naturalmnte têm esse direito se expressão, mas sobre a cobertura da Comunicação Social que nunca pode ser irrealisa ou subjetiva sob pena de afinal ser a responsavel pelo ‘populismo’ que diaboliza,
    .
    isso já é outra conversa, a menos que ja se esteja a construir o que estes dizem que não confirmo nem desminto o que apenas li:
    .
    .
    = Germany: ‘Decapitating’ Freedom Of The Press?
    https://www.zerohedge.com/news/2018-07-06/germany-decapitating-freedom-press
    .

    Gostar

Trackbacks

  1. Porque não vão buscar os venezuelanos? – PortugalGate

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: