Saltar para o conteúdo

Extra! Extra! Avião aterrou em aeroporto!

24 Julho, 2018

Recentemente, foi notícia que um avião aterrou num aeroporto. Sim, pode ser “o maior avião do mundo” e também pode ser o aeroporto mais ridículo do mundo, mas, para todos os efeitos, a notícia é de que um avião aterrou num aeroporto.

Estou bastante entusiasmado com as próximas notícias de “carro é conduzido numa auto-estrada”, “barco atraca num cais” e “taxista transportou passageiros sem parar para bater num condutor da Uber”.

Felizmente, este país existe, porque, se não existisse, ninguém teria imaginação para o inventar.

Anúncios
19 comentários leave one →
  1. António Maria permalink
    24 Julho, 2018 09:55

    A notícia certa seria que tinha pousado uma enorme mosca.

    Liked by 1 person

  2. Manuel Traquina permalink
    24 Julho, 2018 11:09

    E será que este País existe mesmo, ou é uma ficção?

    Liked by 1 person

  3. 24 Julho, 2018 12:05

    Sim, o melhor é censurar as notícias e os hobbies aeronauticos para não ofender o sr. vitor cunha…

    Gostar

  4. JMS permalink
    24 Julho, 2018 12:36

    Somos um país de parolos. E se isso não fosse já mau por si, somos um país socialista. Realmente, uma desgraça nunca vem só…

    Liked by 1 person

  5. Pedro Martins permalink
    24 Julho, 2018 12:44

    Como campanha de marketing para mostrar que tem capacidade para qualquer avião foi brilhante. Até aqui se leu sobre isso.

    Gostar

  6. sam permalink
    24 Julho, 2018 13:01

    A notícia é o dito aeroplano ter aterrado em Beja sem ser por emergência.

    Liked by 1 person

  7. Leunam permalink
    24 Julho, 2018 13:45

    Mais de TRINTA MILHÕES DE EUROS, em BEJA enterrados.

    Quanto à rentabilidade do investimento: NIKLES BATATÓIDES; ninguém responsável, a isto se refere.

    O socialismo e a democracia são uma lindeza!

    E grandes amigos do Povo pois, em contrapartida, fecham Escolas, fecham Postos da GNR, fecham Estações de Correios, fecham Hospitais, fecham Balcões da Caixa Geral de Depósitos, etc. EM TODO O PAÍS!

    Entretanto, os otários estão a pagar, através dos seus IMPOSTOS, a módica quantia de 29 000 euros mensais para que os donos dos automóveis eléctricos carreguem as suas viaturas À BORLA e ocupem, nos lugares de carregamento, lugares que anteriormente eram de estacionamento. (Notícia do Dinheiro Vivo).

    Liked by 2 people

  8. The Mole permalink
    24 Julho, 2018 14:34

    Os “socratóides” também podiam ter noticiado:

    “Passado o período de austeridade da direita, tráfego no aeroporto de Beja aumenta 100% em 2018″…

    Liked by 1 person

  9. Bavaro permalink
    24 Julho, 2018 14:52

    Você é único! : “Sempre, sempre ao parapeito, nesta guerra de trincheiras”.
    Vale o dia!

    Gostar

  10. carlos alberto ilharco permalink
    24 Julho, 2018 16:11

    A vontade de o português, melhor dizendo o tuga, falar mal sobre tudo é genética e aumenta proporcionalmente à cultura do mesmo.
    O aeroporto de Beja era uma base militar feita e operada por alemães.
    Os mesmos foram-se embora.
    Se a opção fosse deixar apodrecer tudo, tínhamos desde essa altura e regularmente, talvez no Outono, as normais críticas.
    Assim temos críticas ao contrario.
    Há uma história muito engraçada, chama.se O Rapaz, O Velho e O Burro.
    Recomendo essa leitura.
    Outra coisa.
    A aterragem e descolagem de um A380 ainda hoje é seguida em todo o mundo com particular atenção, mesmo em aeroportos um bocadinho mais movimentados do que o de Beja.
    Consultem os vários sites dedicados ao assunto.

    Gostar

    • The Mole permalink
      24 Julho, 2018 16:58

      Desde 87 que é muito utilizada pela F.A. Portuguesa – nos últimos anos cada vez mais.
      Os alemães já saíram em 93 e a base não estava nem nunca esteve ao abandono muito menos a apodrecer…
      Enterrou-se lá + de 30 milhões – para não falar na auto-estrada que começaram a construir e entretanto parou/faliu, havendo bocados de alcatrão e de viadutos espalhados por esse Alentejo fora… tudo isto para receber em média menos de 1.000 passageiros (serão 150?) por ano (segundo O Jornal Económico)!

      Isto sim que é “cultura”!
      P.S. Consulte os vários “sites” dedicados ao assunto.

      Liked by 1 person

      • carlos alberto ilharco permalink
        24 Julho, 2018 18:01

        Muito obrigado.
        Era melhor voltar a ler o que escrevi.
        Leu o que não estava lá escrito e não leu o que estava lá escrito.
        É muito comum, esse problema.

        Gostar

      • The Mole permalink
        24 Julho, 2018 18:43

        Reli. Proponho que releia também a minha resposta, pois a mesma só não vem a propósito se os seus 4 ou 5 primeiros parágrafos forem frases soltas e desconexas. Parti do princípio que não eram.

        Gostar

  11. Juromenha permalink
    24 Julho, 2018 17:10

    Irremediavelmente pategos…
    E, pelos vistos, ainda compram as folhas-de-couve paroquiais que no sítio passam por imprensa…

    Gostar

  12. 24 Julho, 2018 21:54

    “Para mim” há dois grandes acontecimentos em aeroportos portugueses nos últimos 10 anos: a aterragem do maior avião do mundo (sem passageiros e em propaganda à “justificada eficácia” e necessidade socrática do aeroporto de Beja) e, a chegada (também com reportagem directa numa TV) do “menino de ouro do P’S'” à Portela, levado directamente para interrogatório e prisão.

    Gostar

  13. Artista português permalink
    25 Julho, 2018 18:32

    AVIÃO VAZIO ATERRA EM AEROPORTO VAZIO. Quem é que não acha esta notícia extraordinária, sobretudo porque aconteceu num país também vazio ….de bom-senso.

    Gostar

  14. 6 Agosto, 2018 20:09

    Com a devida vénia transcrevo, do Blogue Corta Fitass, este comentário que traduz a realidade actual:
    https://corta-fitas.blogs.sapo.pt/almas-de-lacaio-6687717
    Almas de lacaio por José Mendonça da Cruz, em 24.07.18
    O povo. O povo são os condutores que no passado fim-de-semana, na A12, perto de Palmela, fizeram inversão de marcha na faixa em que seguiam de uma autoestrada porque viram fumo: um bando ovino e medroso, a quem tudo sobressalta e perturba. A plena assunção da condição ovina veio de um dos do grupo que, em entrevista à Sic, se queixou de que não tinha informação, nem havia «apoio».

    O Estado. O Estado é aquele corpo adiposo que deixa roubar armamento, deixa arder populações, sorve mais de 50% da riqueza nacional, deixa deteriorarem-se todos os serviços, não presta contas nem cumpre as leis, se engalana de modernidade promovendo a eutanásia dos humanos enquanto proibe a dos cães e gatos, e que pesa sobre o ombro de quem tenha iniciativa, com o hálito fétido regulamentador e a avidez babada de novos saques.

    A Comunicação Social. A comunicação social são as televisões comemorando a aterragem de um avião muito grande no aeroporto de Beja, celebrando o que dizem ser o futuro redescoberto da coisa — sem memória, sem responsabilidade, sem juízo, sem contas, com a habitual e abjeta complacência, o medular servilismo por qualquer coisa de esquerda, mesmo que ruinosa.

    A CS não existe, não comunica nem é social, é pessoal nas causas, nos enviesamentos e no consciente desprezo da notícia. O Estado é tão fiável que, à simples vista de fumaça, o rebanho dispara tonto, aterrorizado, inimputável, e para onde calhar. Mas, sendo este o Estado e esta a Comunicação Social, é este o rebanho. E sendo este o rebanho, é mais deste Estado que ele quer.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: