Saltar para o conteúdo

O especulador

12 Setembro, 2018

buy_sell_1024x1024

Um empresário é aquele identifica (mais rápido e melhor do que outros) oportunidades no mercado de fazer lucro, combina recursos e orquestra as operações para produzir esse bem e serviço, arriscando recursos e património próprios.

Um especulador é aquele que procura antecipar as condições futuras do mercado e com essa análise atenta e muitas vezes profissionalizada procura ter ganhos com esse conhecimento diferenciado que possui.

O especulador, portanto, é tipicamente um first-mover: compra quando a procura de um determinado bem é diminuta (e preço está baixo) e vende quando a procura desse bem é grande (e preço está alto). Há algum mal nisto? Seria preferível o especulador não colocar no mercado os produtos precisamente na altura em que as pessoas necessitam deles e os querem comprar?

Estou mais do que acostumado a que socialistas, trotskistas e comunistas menosprezem e, no fundo, sejam contra os empresários, entendidos aqui como empreendedores.

Já me causa alguma surpresa que à Direita muitos cedam ao politicamente correcto e à novinlíngua ao terem o cuidado de afirmar em público não quererem ser confundidos com apoiantes da especulação.

*

 

Anúncios
45 comentários leave one →
  1. Procópio permalink
    12 Setembro, 2018 23:56

    Telmo, não especule.

    Gostar

  2. mg42 permalink
    13 Setembro, 2018 00:19

    “O especulador, portanto, é tipicamente um first-mover: compra quando a procura de um determinado bem é diminuta (e preço está baixo) e vende quando a procura desse bem é grande (e preço está alto). Há algum mal nisto?”

    Não sei, a crise financeira de 2008 diz-lhe alguma coisa ?

    Gostar

    • lucklucky permalink
      13 Setembro, 2018 01:32

      A si parece que não…

      Diga Maschinengewehr 42: quem é que não pode pagar o que pediu emprestado?

      O único especulador ilegítimo é o Estado pois até usa violência agressiva para o efeito.

      Gostar

    • mg42 permalink
      13 Setembro, 2018 02:27

      Karl Marx também dizia o mesmo sobre Estado, e apelava a sua abolição, mas lucky não é um marxista pois não , pois não…
      Agora vá lá continuar a sua luta separatista catalã contra o opressor Estado de Castela alinhado com os seus amigos marxistas de que berra constantemente detestar.

      Gostar

  3. 13 Setembro, 2018 00:31

    Há um erro de apreciação relativamente ao especulador, porque de facto ele não compra em baixa para vender em alta. Compra em qualquer momento desde que a sua compra sustente ou seja sustentada por uma pequena subida. Em suma é um short seller ao contrário de um investidor e nos antípodas de um investidor tipo Muffet. Logo a resposta é sim: o especulador está tão a mais quanto um comunista, e um financeiro comum está tão a mais quanto um socialista. Bem vindos são os empreendedores e os investidores de longo prazo, esses fazem economias sólidas.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      13 Setembro, 2018 01:36

      Então o especulador comprou algo a outra pessoa que queria que lhe comprassem e vendeu algo a outra pessoa que queria comprar.

      Todos de livre vontade e sem violência. Fantástico. E raro.

      Já a violência agressiva do Estado para “fazer o bem” é elogiada. Ou o estado expropriar – ou seja com violência – algo para vender a um investidor de longo prazo.

      Gostar

      • Andre Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 10:28

        Lucky, concordo consigo, mas então como chamar a quem vende acções a descoberto? Especulador ou investidor?

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        13 Setembro, 2018 12:50

        Especulador, André. Sem dúvida,

        O problema não está aí. O problema está na diabolização que a esquerda tenta fazer da especulaçáo e dos especuladores, em nada diferente da forma como tentam diabolizar a iniciativa privada. Daí a tentativa deles de reescrever o sentido da palavra.

        O LuckyLucky cai na armadilha e mostrasse desnecessariamente defensivo, dando força à tese da esquerda.

        O problema não é como lhes chamamos. Chamamo-lhes como aparecem em qualquer 101 de economia. O que é preciso é contrariar a narrativa da esquerda que isso é mau. Não é.

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        13 Setembro, 2018 12:55

        É preciso contrariar e pôr um fim nesta ideia que especulador é uma palavra má.

        Ainda há poucas dias em Dublin ouvia a palavra ser atirada sem qualquer medo ou preconceito durante o telejornal de um cana estatal de televisão. Mas em Portugal todos fogem dela como um estigma. Precisamente porque nos deixámos consumir por este regime Abrilista e a sua narrativa de esquerda que varre o parlamento português de uma ponta à outra.

        Gostar

      • 14 Setembro, 2018 15:11

        André Miguel,

        Resposta à sua pergunta: temerário.

        Ou idiota.

        Gostar

  4. Mario Figueiredo permalink
    13 Setembro, 2018 01:16

    “Já me causa alguma surpresa que à Direita muitos cedam ao politicamente correcto e à novinlíngua”

    O problema é que também nós deveríamos começar a adoptar uma novinlíngua. E a primeiríssima regra semântica desta nova língua é que a direita não existe em Portugal e que em lado nenhum do mundo o Socialismo é, pode ser, ou sequer se aproxima, da direita. Portanto o que o Telmo está a observar é apenas a esquerda portuguesa, que numa sua versão mais soft (na forma do PSD) colabora na tentativa de reescrever os manuais de economia. O que o Telmo definitivamente não está a observar em lado nenhum é uma tal de “direita”.

    Esta novinlíngua que proponho adoptarmos não é portanto uma língua que observa e reescreve a realidade. Isto é, não é uma novinlíngua de esquerda. É, isso sim, uma novinlígua que observa e abstrai a realidade. É uma novinlíngua da direita.

    Posso parecer um chato. Até posso ser um chato. Não me importo. Mas é urgente de uma vez por todas avançamos com este processo de reeducar a nossa sociedade na reposição da verdade política que foi perdida quando se estabeleceu o actual regime Abrilista. Só assim poderemos aspirar a uma sociedade informada e ao nascimento de uma Direita, com maiúscula, em Portugal — não poderá existe maior desígnio nacional neste graves tempos que vivemos momento para qualquer pessoa de direita.

    O que não pode continuar a acontecer é continuarmos a chamar de direita uma coisa que não é, nem nunca foi, de direita e com isso contribuir para o escamotear da verdade política portuguesa e o amordaçar de qualquer possibilidade de uma direita vir a existir neste país.

    Caro Telmo, veja bem. Apenas com este exercício já o seu post ficaria inteiramente explicado e não restariam dúvidas a ninguém — e muito menos a si — porque é que o PSD se cola ao principio do speculatorem-malus.

    Liked by 2 people

    • Mario Figueiredo permalink
      13 Setembro, 2018 01:19

      Correcção. Onde se lê:
      não poderá existe maior desígnio nacional neste graves tempos que vivemos momento para qualquer pessoa de direita.

      Deverá ler-se:
      não poderá existir maior desígnio nacional para qualquer pessoa de direita nestes graves tempos em que vivemos

      Gostar

    • 13 Setembro, 2018 13:50

      Exactamente!

      Gostar

    • Filipe Bastos permalink
      13 Setembro, 2018 20:40

      «…Este processo de reeducar a nossa sociedade na reposição da verdade política»… para alguém de direita, lembra bastante a esquerda.

      Só não ainda não entendi isso de um especulador ser coisa boa. Alguém que multiplica dinheiro sem produzir nenhum serviço, nenhum produto, nenhum posto de trabalho, nada de útil à sociedade, alguém que inflacciona artificialmente o valor de algo para mamar umas lecas fáceis, é bom para quê e para quem, além de si próprio?

      Liked by 1 person

  5. Mauritano permalink
    13 Setembro, 2018 08:32

    Mas há partidos de direita em Portugal?

    Liked by 1 person

  6. weltenbummler permalink
    13 Setembro, 2018 08:39

    O SOCIAL-FASCISMO É UM REGIME CASTRADOR

    Gostar

  7. Andre Miguel permalink
    13 Setembro, 2018 10:26

    “Um empresário é aquele identifica (mais rápido e melhor do que outros) oportunidades no mercado de fazer lucro”

    Errado. Identifica lacunas de mercado que ele poderá cobrir com melhores produtos e serviços, o lucro será a consequência do seu sucesso.

    Lucro pelo lucro mais vale aplicar o dinheiro a render ou comprar acções, dá menos trabalho e é mais seguro.

    E um “especulador” na boca de um socialista é apenas alguém que faz dinheiro sem a permissão do Estado.

    Liked by 1 person

  8. Whatever.. permalink
    13 Setembro, 2018 10:39

    O especulador é a antítese do empresário.

    O especulador nada produz, mas pode arruinar uma economia inteira.

    Só compara um empresário a um especulador, quem nunca teve que pagar ordenados no final do mês.

    Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      13 Setembro, 2018 13:40

      Ai santa ignorância, whatever.
      Queria tanto voltar a ser criança assim.

      Gostar

    • mg42 permalink
      13 Setembro, 2018 14:10

      Estava à espera de um argumento do Francisco sobre o benefício que a acção do especulador traz à sociedade à economia e a Nação . Não li nada. Criar uma narrativa do género, tudo o que os nossos adversários e inimigos, propagam e proselitam, nós dizemos o contrário, é apenas maniqueismo partidário e politica de terra queimada.

      Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        13 Setembro, 2018 14:21

        Aguardemos.

        Gostar

  9. mg42 permalink
    13 Setembro, 2018 14:10

    Estava à espera de um argumento do Francisco sobre o benefício que a acção do especulador traz à sociedade à economia e a Nação . Não li nada. Criar uma narrativa do género, tudo o que os nossos adversários e inimigos, propagam e proselitam, nós dizemos o contrário, é apenas maniqueismo partidário e politica de terra queimada.

    Gostar

    • Andre Miguel permalink
      13 Setembro, 2018 16:35

      Se eu lhe vender hoje acções a 2 euros, mas só as compro daqui a 5 dias, quando sei que valerão apenas 1,5 euro, ganhei dinheiro e qual foi o prejuízo causado à “economia e à Nação”?

      Se conseguir argumentar e justificar o suposto malefício desta especulação talvez dê algum credito às suas ideias.

      Gostar

      • carlos alberto ilharco permalink
        13 Setembro, 2018 18:49

        Mas como é que sabe que vão valer 1,5 euros?

        Gostar

      • André Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 19:37

        Aposto na sua queda ou tenho informação privilegiada.

        Gostar

      • carlos alberto ilharco permalink
        13 Setembro, 2018 21:24

        Pois bem me parecia.
        Apostar é no euromilhões e a outra modalidade dá cadeia.
        Claro que não estamos a falar de Portugal.

        Gostar

      • André Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 22:09

        Se não roubar essa informação ou a obter pela força dá cadeia porquê?

        Gostar

    • mg42 permalink
      13 Setembro, 2018 18:40

      O malefício está no próprio exemplo que o Miguel deu. Isso é no fundo a degeneração do livre mercado .A economias para funcionarem têm de ser baseadas na confiança entre as partes que participam nos negócios e que beneficiam mutuamente das trocas de serviços e produtos. Essa relação de confiança implica a autoconsciência de boa fé de quem vende, de que produto ou serviço prestado é de valor e acrescenta benefícios a quem os adquire, como aquele que os adquire precisa de confiar que o produto ou serviço que lhes está a ser vendido é lhe benéfico e fiável. O exemplo que o Miguel deu é precisamente o oposto disso e destroi a base do funcionamento da economia. O Miguel ao saber e ter consciência que o seu produto vai falhar no periodo curto de tempo que referiu como exemplo e ao decidir colocá-lo à venda, sabendo que quem o comprar vai ter prejuizo e sair prejudicado. Está a participar no jogo da “ganancia que justifica as acções”, independentemente das consequências, e a corroer o princípio natural da confiança, aliás explícito no exemplo da histeria do Cartoon que foi colocado. Enquanto esse jogo de ganância e desconfiança histérica estiver de alguma maneira contida e for de pequena dimensão, dentro de um equilibrio dinâmico de soma zero restringido a pequenos participantes particulares que ora perdem hoje ora ganham amanhã, não traz grande problema ao mundo. Mas quando elas aumentam em escala e em corrupção ao ponto como se assistiu à crise financeira de 2008, que não teve só como consequência o colapso do dominó financeiro mundial, mas também o colapso da confiança, a catástrofe é brutal e não há nenhuma razão para além da ganância pessoal de alimentar tais comportamentos. Do seu pequeno exemplo que o Miguel deu, até à deliberada venda de produtos financeiros “tóxicos” da goldman sachs é um saltinho de pardal.
      Já os especuladores de compra e venda de propriedade imobiliária, sequestram, bloqueiam e corrompem a dinâmica e o fluxo natural da lei da procura e oferta. Sempre que compram propriedades estão deliberadamente a se aproveitar dos constragimentos regulamentares do Estado que a sua capacidade financeira lhes permite sobrepôr, estão a se intrometer e a bloquear o fluxo natural da limitada oferta, e a prejudicar para seu estrito benefício pessoal, quem tem a necessidade legítima de procura de habitação para viver .

      Gostar

      • André Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 19:41

        Mas eu não enganei ninguém, nem corrompi seja quem fosse e foi uma troca livre, sem coerção. Qual é o pecado disso?

        Continua sem justificar.

        Gostar

      • mg42 permalink
        13 Setembro, 2018 20:01

        Se você souber que o seu carro vai avariar daqui a 5 dias e o vender antes de avariar a alguém, que não sabe que o carro vai avariar daqui a 5 dias e o comprar livremente sem coerção por um preço baseado nessa perspectiva e não daquela que você sabe e que lhe oculta. Você não está moralmente corrompido nem a enganá-lo ?

        Gostar

      • André Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 20:22

        O comportamento das acções, da bolsa e dos mercados internacionais são públicos, já o meu carro só eu o conduzo (e mesmo assim há sintomas de má utilização).

        Continuamos com o impasse…

        Gostar

      • mg42 permalink
        13 Setembro, 2018 20:47

        É normal, o seu ultimo argumento não faz qualquer sentido, é apenas uma deflexão, da questão moral que lhe coloquei paralela ao seu primeiro exemplo. Se quiser faço-lha de forma abstrata, mas receio que seja dificil a alguém assumir a imoralidade das suas posições e acções, porque são sempre os outros os corrompidos e os que que agem imoralmente, nós fazemos parte das “boas pessoas” .

        Gostar

      • André Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 21:10

        Quando não conseguimos argumentar atiramos que aquilo que outro diz não faz qualquer sentido, não falha e acabamos a discussão por cima.

        Lamento, mas isso não justifica porque o meu argumento não faz sentido. Não basta atirar sentenças, é necessário refutar.

        Continuamos na mesma…

        Gostar

      • mg42 permalink
        13 Setembro, 2018 21:55

        Eu já o refutei logo na primeira resposta à sua pergunta, tudo o resto é apenas a sua dissonância e a sua deflexão para evitar abordar directamente a minha resposta e fugir a questão que lhe coloquei a seguir. O seu argumento é que não há nada de mal na especulação. Mas nós sabemos quais as consequências da especulação e das bolhas financeiras e imobiliarias que produzem. O que refuta sua afirmação absoluta de que não ha “nada” de malefício.
        Agora eis outra questão para si, apresente o Miguel o caso de que a Especulação trás na realidade Benefícios, de tal forma que se vivessemos sem ela , teriamos uma sociedade e uma economia menos próspera e empobrecida.

        Gostar

      • André Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 22:28

        Não refutou coisa nenhuma, pois não conseguiu contradizer os meus argumentos.

        A situação que coloquei foi provocadora e propositada para aprofundar uma questão que não é simples, mas como não chegou lá, eu liberal e capitalista, explico:
        Vender acções a descoberto é moralmente incorrecto? Não, desde que seja uma troca livre e sem coerção. É eticamente incorrecto? É. Pois a mais valia que daí advem não é resultado da criação de valor, e este é o cerne da questão: agregar valor. Isto é o motor do capitalismo.

        Como já comentei antes, para um socialista a especulação é sempre que alguém enriquece sem o aval do Estado, para um capitalista é sempre que alguém enriquece sem criar valor.

        Já Adam Smith dizia que é na procura pela satisfação das nossas necessidades individuais que satisfazemos as necessidades dos outros, quando uma das duas acontece sem a outra: especulamos ou somos socialistas, as duas juntas é o capitalismo.

        Não tem de agradacer.

        Gostar

      • mg42 permalink
        13 Setembro, 2018 22:38

        Deixe-me só perceber. O Miguel é um liberal capitalista que decidiu emigrar para Angola certo ? Tá bom.

        Gostar

      • André Miguel permalink
        13 Setembro, 2018 22:54

        E o que é que isso invalida os meus argumentos e as minhas crenças?!

        Mais uma vez: foi uma escolha livre, ninguém me obrigou, não me prejudica, nem prejudico seja quem for. Até crio valor! LOL

        E já agora não sou emigrante, sou expatriado, há uma pequena grande diferença…

        Gostar

      • mg42 permalink
        13 Setembro, 2018 23:41

        “E o que é que isso invalida os meus argumentos e as minhas crenças?!”
        So te faz num num hipocrita Fariseu para quem passa o tempo a criticar o regime socialista em Portugal .

        “E já agora não sou emigrante, sou expatriado”, há pois está bem, mas tenho a certeza que se apresentar em Portugal como refugiado politico o aceitam certamente.

        Veja se percebe uma coisa, vocês pedânticos hipocritas do Adam Smith para quem não há paciência tal como os pedânticos de Karl marx.
        Não há Direito à Propriedade nem ao Enriquecimento sem o AVAL do Estado. seja ele socialista, monárquico, liberal , totalitário, ou o raio que o parta. O Direito é em si próprio uma atribuição do Estado. E isso já tinha sido esclarecido à 2000 anos em Mateus 22:17-21 quando lhe perguntaram a Cristo se era licito pagar o tributo a César, ao qual Jesus lhes perguntou acusando-os de hipócritas, a quem era a imagem do cunho da moeda que eles possuiam. Ao qual eles responderam de César.

        E já agora quem é o cunho da moeda que o Miguel “liberal capitalista” “voluntariamente” tem no seu bolso e cujo enriquecimento só é possivel com o AVAL do regime do MPLA ?

        Gostar

      • André Miguel permalink
        14 Setembro, 2018 00:21

        Ehehehe

        Não tem melhor que isso para argumentar?!

        Veja lá que estar em Angola até reforçou as minhas crenças liberais. Pense um pouco e perceberá porquê.

        E quanto ao “direito” único e inalienável é a liberdade. Stuart-Mill e Ayn Rand também escreverem umas cenas engraçadas sobre isso.

        Como não me consegue refutar fico por aqui. Sorry. Game over.

        Gostar

      • mg42 permalink
        14 Setembro, 2018 00:53

        Deixe de ser tonto, se quiser ser LIVRE é só ir para o meio do mato . Se quiser associar a liberdade a um “Direito” então tenha em atenção que esse direito só pode ser consagrado pelo AVAL e poder do Estado, ponto. O que raio é isso do “Direito inalienável” ? Vá lá falar isso para a malta enfiada nos gulags.

        E de todos os paises a escolher do mundo para um “liberal capitalista” de um “expatriado” fugido do “socialismo” opressivo de Portugal teve logo que escolher voluntariamente o regime da Foice e da Catana. O Miguel é apenas mais um Robles mas na versão liberal como muitos outros seus camaradas liberais, a sua hipocrisia refuta-se a si mesma. Game over a treta vá mas lamber o tomates ao “liberal” Eduardo dos Santos.

        Gostar

      • André Miguel permalink
        14 Setembro, 2018 07:00

        Não conseguindo matar a mensagem, vai de tentar matar o mensageiro.

        Passou de discutir o tema da especulação, para a discutir a minha vida profissional, quando a minha explicação sobre o assunto deixou-o KO. Valeu.

        Gostar

      • 14 Setembro, 2018 15:20

        O vendedor quis vender. O comprador quis comprar. Acordaram um preço que ambos consideravam do seu interesse.

        Por que raio é que o Estado se quer meter?

        O que é que se segue: namoro por quotas e concurso público? Uma reedição d’As Mulheres na Assembleia?

        [Sempre é melhor As Mulheres na Assembleia do que a Lisístrata.]

        Gostar

  10. Vítor permalink
    13 Setembro, 2018 22:26

    A especulação pode ter influências diferentes consoante o mercado. Se num mercado de produtos perecíveis o papel de especulador pode fazer sentido, já num mercado de produtos não perecíveis não me parece que o especulador puro, ou seja, aquele que se limita a comprar e vender um imóvel uns meses depois faça muita falta o mercado. A meu ver faz todo o sentido taxar mais pesadamente este tipo de lucro face ao lucro de promotores imobiliários que melhoram e beneficiam um imóvel.

    A meu ver a mais valia adicional obtida pelo estado desta forma deveria ser utilizada para descer a carga fiscal sobre a contratação de trabalhadores e sobre atividades com cariz de exportação ou equivalente.

    Choca-me muito mais o IVA sobre a eletricidade que pagamos atualmente do que uma taxa sobre especulação imobiliária.

    Gostar

  11. Arlindo da Costa permalink
    15 Setembro, 2018 06:38

    A «racionalidade» dos mercados tão apregoada pelos liberais da treta que por aqui vegetam 🙂

    Gostar

  12. 15 Setembro, 2018 12:07

    É um inferno!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: