Saltar para o conteúdo

centeno no ministério público?

12 Dezembro, 2018
by

índice1Conta-nos o Público, a propósito da investigação criminal que parece estar a incidir sobre alguns altos responsáveis das finanças, que «o Ministério Público recebeu um ofício do gabinete do ministro das Finanças, Mário Centeno, ainda durante o dia de terça-feira a pedir informação sobre o envolvimento de dirigentes da administração pública nos factos investigados». Pois bem, a não ser que Mário Centeno tenha acrescentado à sua já enorme plêiade de cargos e ofícios também a de inspector da Polícia Judiciária (Departamento de Criminalidade Económico-Financeira), ou de procurador do Ministério Público, deveria saber que essas informações estão em segredo de justiça e que Portugal é um Estado de direito onde, supostamente, vigora o princípio da separação de poderes. Mas deveria saber também que qualquer suspeito, alvo de uma acção criminal inspectiva, tem direito à presunção de inocência e que o segredo de justiça serve, precisamente, para o poupar ao vexame de suspeições injustas. Deste modo, em vez de pedir ao MP aquilo a que, em circunstância alguma, deverá ter direito, Mário Centeno devia inquirir os serviços de que é responsável sobre os controles que lá existem – ou não existem -, como estão a ser desempenhados e quem os fiscaliza, para perceber se, nos serviços de que é responsável, anda por lá alguém a gamar ou não. O resto serve somente para fazer de conta que não é nada com ele, especialidade da casa governativa a que pertence, e que foi diligente até ao limite do possível. Ou seja, não serve para nada.

Anúncios
10 comentários leave one →
  1. Velho do Restelo permalink
    12 Dezembro, 2018 18:51

    Caro Rui, eu diria mais : neste momento o Centeno devia ficar quieto e por aquele ar “baby face” que lhe dá um aspecto tão inocente e tranquilo que ninguém imagina que acabou de meter a mão no pote dos rebuçados!
    Aquilo que recomenda fazia sentido antes de haver uma investigação. Agora é a vez dos investigadores a sério, que honra lhe seja feita, ainda é dos poucos organismos públicos que vai funcionando bem, e trabalho não lhes falta.

    Liked by 2 people

  2. procópio permalink
    12 Dezembro, 2018 18:55

    O sem tino ainda é uma carta do baralho. Mais cedo que tarde sai de fora.
    O jogo vai recomeçará num ambiente imprevisível.
    “We are a society that is absolutely addicted to cheap debt, but now interest rates are going up, and that is going to cause some enormous financial problems.
    Our world has never seen anything like the debt bubble that we are facing right now, and most of that debt was accumulated when interest rates were low. The system simply cannot handle higher rates at this point, “a worldwide depression is coming like we have never seen before”…diz quem sabe.

    Gostar

  3. 12 Dezembro, 2018 20:45

    Perante tantos casos de abusos de poder, falcatruas e não só, desastres que não incomodam o desgoverno, greves das quais eleitoralmente a geringonça toda ela vai reverter a seu favor, incompetências e mentiras evidentes de praticamente todos os governantes, etc., etc.,
    quando é que o Presidente da República chama a Belém o MarceloCarmonaThomaz para puxar-lhe as orelhas, questionar-lhe a sua passividade, compadrio, laxismo, e impõe-lhe um curto prazo para admoestar o AC-DC, intervir a favor da populaça, deixar-se de surgir como bobo e quebrar a muleta que ampara a geringonça ?

    Liked by 2 people

  4. Rão Arques permalink
    12 Dezembro, 2018 21:15

    Centeno é inocente postiço, que quando alguém se mete debaixo do Costa para lhe fazer o frete será tão igual ou pior do que ele.

    Gostar

  5. A. R permalink
    12 Dezembro, 2018 22:24

    Não vivemos num estado de direito: vivemos num estado socialista e daí tudo se pode esperar.

    Liked by 1 person

  6. procópio permalink
    12 Dezembro, 2018 23:04

    Vegetamos no politicamente correto, doutrina sustentada por uma minoria de falsários profissionais com agendas totalitárias. Belas palavras, promessas mil.
    Essa minoria é promovida por meios de comunicação prostituídos e sem vergonha a veicular a ideia de que é perfeitamente possível, pegar num pedaço de merda pelo lado limpo. O ambiente de resignação generalizado permite que a merda se espalhe um pouco por todo lado sem haver qualquer intenção de a limpar. Cada um procura fugir para lugar seguro. Não percebem que na maioria dos casos já lhe dá pelos joelhos.

    Liked by 2 people

    • 12 Dezembro, 2018 23:41

      Na área das decisões finais da justiça-do-regime, nos próximos dois anos assistiremos semi-incrédulos à absolvição de trafulhas e de mega-gatunos. E siga o baile na justiça dançando com mão preta e mão amarela nas negociatas e nos negócios, no futebol, na maçonaria, na comunicação social, nos bastidores da política estatal e autárquica, na banca, etc., etc. — “a bem da nação” e “com sentido de Estado e de responsabilidade”.
      Varas, sócrates, salgados, bavas & associados já regam com afã e sorridentes o roseiral chamado ivo, sob proteção do ti’marcelo e do ti’costa.

      Liked by 2 people

  7. procópio permalink
    12 Dezembro, 2018 23:06

    No caso daquelas senhoras e senhores que vêm à televisão ainda não se nota porque em geral estão sentada/dos.

    Gostar

  8. Vitor permalink
    13 Dezembro, 2018 08:49

    A última violação do direito de propriedade vem pelas mãos do PS na AR com o projeto de lei sobre o assédio aos inquilinos. Para a corja social fascista os senhorios são o bombo da festa. É um convite aos inquilinos para não pagarem a renda e acusarem o senhorio de assédio. Basta umas falsas testemunhas e uma visita da pidaria camarária a casa e o senhorio corre o risco de pagar uma multa de 20 a 30 euros por dia. E depois querem que haja oferta de casas para arrendar. Só um doido investirá no mercado de arredamento depois desta lei ser aprovada. A pouco e pouco caminhamos para o socialismo de tipo venezuelano.

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: