Saltar para o conteúdo

“uma abjeta peça de anticomunismo”…

18 Janeiro, 2019

Fantástica a argumentação do PCP face à revelação pela TVI dos contratos entre a autarquia de Loures e o genro de  Jerónimo de Sousa. Note-se que  atónica não é colocada na falsidade das revelações ma sim no facto de elas serem  “uma abjeta peça de anticomunismo”.

Nesta soviética concepção do mundo a realidae não conta o que conta – e é em função disso que as notícias são avaliadas – é se são ou não favoráveis aos comunistas. Daí que ser anticomunista seja apresentado como um aleijão moral.

Para se perceber o grotesco da situação repita-se: abjeta peça de anticomunismo; abjecta peça de antinazismo; abjeta peça de anticomunismo; abjecta peça de antinazismo… Depois retire-se o abjecto.

Anúncios
11 comentários leave one →
  1. R. Cardoso permalink
    18 Janeiro, 2019 10:22

    Já foi estudado o impacto ambiental sobre as toneladas de hipocrisia que imperam pela bandas dos “avante camaradas”??? É que será preciso um batalhão de retro-escavadoras para remover aquele “entulho” todo!

    Gostar

  2. Rão Arques permalink
    18 Janeiro, 2019 10:37

    Os outros e nós.

    Gostar

  3. Vitor permalink
    18 Janeiro, 2019 11:23

    O PCP e as suas autarquias talvez seja o mais corrupto partido de Portugal. A moral dos comunistas é: vale tudo e tudo é bom desde que ajude na construção do socialismo; e tudo o que atrasa ou impede essa construção é mau e imoral.

    Gostar

    • The Mole permalink
      18 Janeiro, 2019 13:14

      Mas com a imagem (graças em grande parte também à comunicação social) de serem sérios! A maioria acredita nisso.
      Como se fosse possível defender ideologias mortíferas, dizendo que é para o bem do povo e com cara de pau proclamar-se sério. Só é enganado quem quer…

      Gostar

  4. 18 Janeiro, 2019 12:14

    “O PCP acusou, esta quinta-feira, a TVI de fazer “especulação e insulto gratuito a par da conhecida promoção da extrema-direita e da reabilitação de Salazar e do regime fascista”.

    Portanto, a culpa é do Salazar.

    Liked by 1 person

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      18 Janeiro, 2019 13:00

      Nem podia ser de outra maneira. Salazar é o culpado de esta espécie de coisa chamada PCP vicejar entre nós. 1) Devia ter informado o povo em campanhas maciças e 2) devia ter perseguido ferozmente estes fulanos. Assim, ficou com a fama de ter perseguido, mas não com o proveito. E nós é que pagamos hoje, com um palmo de língua de fora, estas sanguessugas do nosso (sub-sub)desenvolvimento.

      Liked by 1 person

  5. Daniel Ferreira permalink
    18 Janeiro, 2019 13:21

    Estão-me a dizer que os mentirosos compulsivos, destruidores de histórias, culturas e tradições, versados nos MAIORES GENOCIDAS de que há memória e culto de psicopatas não querem para eles ou que querem para a população que querem exterminar… mentiram mais uma vez??????? Estou chocado

    Liked by 1 person

  6. Zé Manel Tonto permalink
    18 Janeiro, 2019 19:02

    Qual é o problema de se fazer peças anticomunistas?

    Acho isso de louvar, o verdadeiro serviço público.

    Todos os dias, sempre que um comuna abrir a boca, deviam martelar os espectadores com quantos milhões morreram na China, URSS, Cambodja, Cuba, etc…

    Liked by 1 person

  7. Artista português permalink
    18 Janeiro, 2019 19:28

    É mais que evidente que a TVi está a fazer o jogo dos comunistas, logo agora que o PCP estava a render-se aos valores da iniciativa privada pela mão do genro do Jerónimo Sousa, vieram estes “reabilitadores do regime fascista” e estragaram tudo.

    Gostar

  8. A. R permalink
    18 Janeiro, 2019 20:55

    É a “arma de arremeso” do Jerónimo: o afinador de máquinas. A linguagem de apontar inimigos e conspirações é do tipo chavista: em Venezuela Chavez mandava as milícias armadas e de mota (Nina Riñon) disparar contra os prédios dos órgãos de comunicação social que denunciavam corrupção.

    Estes dinossauros da ideologias mais criminosa e letal que já foi criada não desaparecem.

    Gostar

  9. Leunam permalink
    19 Janeiro, 2019 17:19

    O que é que os comunistas criaram, construíram ou melhoraram, algum dia, em Portugal?

    Empresas industriais pequenas e médias que existiam — quase tudo por água abaixo.
    Explorações agrícolas que existiam no Alentejo — roubo e destruição.
    Construção Naval, ferroviária e rodoviária — no lixo ou quase.
    Escolas e Universidades — nem uma.

    E de Obras Públicas que me lembre só fizeram uma:
    Acabaram com a Ponte Salazar e construíram a Ponte 25 de Abril.
    Aqui foram rápidos: tudo feito numa noite.

    Grandes amigos de Portugal, não haja dúvida.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: