Saltar para o conteúdo

E o primeiro convidado é o Artur Baptista da Silva

24 Janeiro, 2019

Lusa lança site sobre o tema ‘fake news’ para debater o fenómeno
Esta conversa da treta em torno das fake news já começa a ser cansativa. Não há nem mais nem menos fake news que no passado (a propósito lembram-se do “Acudam ao Mestre?”) A incapacidade da esquerda em aceitar as suas derrotas leva-a a arranjar constantemente bodes expiatórios. Como é óbvio lá vamos pagar esta tralha. Mas pelo menos teremos de exigir que se aborde o caso Artur Baptista da Silva

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. Ana Vasconcelos permalink
    24 Janeiro, 2019 10:19

    As fake news são uma desculpa para instituir a censura. Mas eles não censuram, eles só eliminam as noticias que eles acham que são falsas. Um modelo de democracia. E a extrema direita é que é perigosa para a democracia. Pois…

    Gostar

    • Alberto Silva permalink
      24 Janeiro, 2019 23:57

      Se o André Ventura tiver a coragem de se apresentar às eleições e pegar o touro pelos cornos, quero dizer, chamar hipócrita ao Jerónimo de Sousa por isto e aquilo, chamar aldrabões e parasitas aos bloquistas que não sabem que coisa é trabalho, definir com palavras portuguesas a personalidade do António Costa que criou um governo que ilude o povo português e o arrasta para a miséria e fome com casos concretos; um governo que em vez de fazer serviço que se veja na melhoria da saúde e da educação, na justiça e nas obras públicas só sabe anunciar milhões de investimentos para os anos 20 e tal;
      vê-lo-emos na Assembleia da República das Bananas a contribuir para a revolução que urge fazer em Portugal.

      Liked by 2 people

    • Alberto Silva permalink
      25 Janeiro, 2019 00:01

      E ainda desmascarar o Marcelo R de Sousa que com os seus bailaricos e selfies só anda a embalar os portugueses para não se aperceberem do caminho para onde o Costa os está a levar, o pântano.

      Liked by 1 person

  2. António Maria permalink
    24 Janeiro, 2019 10:21

    Ainda hoje não percebo como é que o Nicolau não recebeu um prémio Pulitzer.
    Bem, recebeu o prémio “Lusa” que para quem é bacalhau basta e dá muito jeito à Geringonça.

    Gostar

  3. lucklucky permalink
    24 Janeiro, 2019 10:44

    Ou seja o jornalismo Marxista diz-nos que vai forjar ainda mais Fake News.

    Gostar

  4. Luis Lavoura permalink
    24 Janeiro, 2019 11:05

    Não há nem mais nem menos fake news que no passado

    Disparate. Claro que há mais fake news, porque atualmente há a internet, que dantes não havia. A internet está cheia de fake news, e permite espalhá-las muito mais.

    Claro que sempre houve fake news, mas atualmente, com a internet, há muito mais facilidade em criá-las e pô-las a circular.

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      24 Janeiro, 2019 14:51

      E quem são os jornalistas, os políticos, os donos de sites, ou o Luís, para dizer o que deve ser, ou não, censurado?

      Não foram os jornalistas os primeiros a propagar a feke news do miúdo americano que estava a gozar com o índio, e afinal não é nada disso? Não fosse a internet e a fake news da CNN pegava.

      Quantas coisas assumimos como verdade ao longo dos anos e não passavam de mentiras dos jornalixos?

      Gostar

    • Alberto Silva permalink
      24 Janeiro, 2019 23:44

      Olha Lavoura, lá vai mais uma fake news:
      -O Costa mente.

      Gostar

  5. Rão Arques permalink
    24 Janeiro, 2019 11:36

    “Cortam-se as árvores para não fazerem sombra aos arbustos”

    Gostar

  6. LTR permalink
    24 Janeiro, 2019 12:16

    Ontem mesmo, um representante do BE na RTP3 acabava [rindo] a sua intervenção sobre a CGD em pleno serviço informativo afirmando que foram as forças de direita que não quiseram chegar a conclusões sobre a CGD. Espera-se que a Lusa aproveite para tipificar e sinalizar estes fenómenos em que o “jornalista” de serviço se limita a ouvir estas bacoradas grosseiras e a não incomodar a fonte, contribuindo para a mais descarada desinformação sobre factos ocorrridos em comissão e em plena Assembleia da República. Afinal, é de jornalismo que se trata. Ou então podem começar pela notícia “FMI já não vem”.

    Gostar

  7. The Mole permalink
    24 Janeiro, 2019 12:34

    Se não houvesse fake-news há décadas (e pior ainda, fake-history )os partidos comunistas e cripto-comunistas não existiam nem eram socialmente aceitáveis em democracia.
    Daí haver tantas…

    Gostar

  8. Alexandre Policarpo permalink
    24 Janeiro, 2019 13:17

    O Passos Coelho e o Gaspar “não liam a ONU”, mas o Expresso e o Nicolau também não, porque o tal Baptista da Silva tinha tanto a ver com a ONU como eu: nada!
    Este triste episódio, tal como a célebre parangona do Expresso dizendo que o “FMI já não vem” quando o FMI já tinha aterrado em Lisboa, num jornal a sério de um país a sério, seria suficiente para destruir a reputação profissional dos responsáveis pelas notícias falsas, o Nicolau Santos e o Ricardo Costa, e eles teriam sido obrigados a procurar outro modo de vida, porque para jornalistas não servem.

    Gostar

  9. PA, permalink
    24 Janeiro, 2019 13:59

    Como é possivel este hipócrita do Nicolau santos ser director da Lusa. Grandes cunhas e padrinhos que tem no PS.

    Gostar

  10. 24 Janeiro, 2019 14:41

    Lê-se isto no SAPO e pensa-se imediatamente que será fake news: “Faz hoje três anos que Marcelo mudou Portugal” e, o mesmo MarceloCarmonaThomaz convidou o jornalista João Miguel Tavares para presidir (!) às comemorações no 10 de Junho… Dá vontade de rir e ignorar o próximo 10 de Junho.
    Portugal está cada vez mais banalizado, formatado para pior pelo entertainer MCThomaz.

    Gostar

  11. Raghnar permalink
    24 Janeiro, 2019 16:01

    Definição de fake news: “tudo o que não é jornalismo de reverência”!

    Gostar

  12. Chopin permalink
    24 Janeiro, 2019 16:21

    É apenas mais um expediente para não perder o controlo hegemónico da informação.
    O aproveitar da onda que vem dos EUA, onde os jornalixeiros fabricam diariamente aldrabices sobre conspirações do Trump com a Rússia enquanto escondem as negociatas dos Clinton e classificam de fake news a reposição da verdade. Nem nisto são originais. É tudo importação 🙂
    https://www.projectveritas.com/2018/01/11/undercover-video-twitter-engineers-to-ban-a-way-of-talking-through-shadow-banning-algorithms-to-censor-opposing-political-opinions/

    Gostar

  13. Arlindo da Costa permalink
    25 Janeiro, 2019 16:46

    Baptista da Silva, ao pé dos comentadores residentes das televisões portuguesas, é um estagiário.

    Façam um histórico do que esses comentadores disseram e dizem acerca da política, da economia e da situação internacional nos últimos anos?

    Nem os dirigentes desportivas nem os treinadores mentiram tanto como mentiram essa corja da sociedade!!!!!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: