Saltar para o conteúdo

A propósito dos tiroteios que tiroteiam na Holanda

18 Março, 2019

recordo o que escrevi sobre o atentado terrorista ocorrido na Nova Zelândia

Os terroristas são terroristas. Não desequilibrados.
Os terroristas têm nome, rosto e ideologia.
Os terroristas matam e querem matar.
Os terroristas accionam as armas, não são estas que se disparam.
Os terroristas contam com cumplicidades, apoios e solidariedades. Os terroristas-lobos solitários costumam estar razoavelmente acompanhados.
O terrorismo é um perigo.
Foi assim na Nova Zelândia. E é assim em Bruxelas, Paris, Suécia, Inglaterra, Espanha…

Anúncios
27 comentários leave one →
  1. A.lopes permalink
    18 Março, 2019 17:27

    Mas repare só nisto:quanto ao da Nova Zelândia, fizeram-se reportagens em directo que até já chateava. Com este, está tudo calado! Porque será?

    Liked by 1 person

    • Carlos Rosa permalink
      19 Março, 2019 00:57

      É que o da Nova Zelândia foi terrorismo mau e o da Holanda foi terrorismo compreensível.

      Gostar

  2. A.lopes permalink
    18 Março, 2019 17:29

    Quando foi na Nova Zelândia, por ser da extrema-direita, até directos as TVs fizeram, o que eu achei um despautério; agora, como se trata de mouros, está tudo mais ou menos calado: porque será?

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      18 Março, 2019 18:01

      Bruxelas não quer inquietar as pessoas. O plano feito às escuras, sem perguntar ao povo, é o de inundar toda a Europa com racistas e terroristas muçulmanos, desesperados em cortar cabeças a aqueles, que não querem ser muçulmanos. Bruxelas não permite oposição a este plano. De Lisboa até Riga, de Estocolmo até Roma. Tudo, assim Bruxelas, vai ser inundado com muçulmanos. Eles podem fazer tudo: matar como querem. As vítimas não se podem defender. Devem aceitar a morte. Quem se defender é punido.

      O jogo sujo que eles fazem, é a distinção falsa e errada, a de fingir, que há estes e aqueles. Que há muçulmanos “bons” e os maus. Essa teoria, esse modelo é uma mentira para enganar o povo.

      O Erdogan da Turquia desmente esse modelo. Todos os muçulmanos desmentem esse modelo. A realidade desmente esse modelo.

      Só aqueles que vão au cu um do outro, em Bruxelas, Lisboa, Paris, Madrid, Berlim, Londres, e demais, é que não o querem ver. São os mesmos que andam a abusar as nossas criança.

      Liked by 1 person

  3. Jornaleco permalink
    18 Março, 2019 17:49

    Informação objectiva e sem nepotismo, que qualquer ser humano, que o saiba fazer,
    pesquisar ao mais alto nível, ao mais alto, pode verificar, sabendo aplicar os métodos da ciência objectiva, imparcial e não corrupta, se ele o quiser. Isto tudo a seguir é comprovado e absolutamente seguro!!

    Vamos lá aguçar o cérebro e fazer boa comunicação, simples e sem afectação, qualquer afectação. A escola de pensamento, a melhor de todo o mundo, desde o primeiro dia, é aquela, que Karl R. Popper, reencontrou na história, porque desapareceu no tempo, estava desaparecida: o termo alemão é: “Kritischer Rationalismus”. Em português deve significar, “crítica do racionalismo” ou qualquer coisa assim. O que Popper provou, e é inatacável, até hoje e para sempre, por qualquer comunista, ateu ou palhaço, ou lunático da lua, o racionalismo leva a erros fatais.

    Para o homem da estrada: Pensar com a cabeça pode enganar e bastante. Muito, muitíssimo.

    Doutra forma: o racionalismo preenche todas as condições de uma religão, que como qualquer ateu gosta de desprezar, quem não quer ser como ele. O ateu é arrogante, nada sabe, mas diz saber muito. E não tem provas nenhumas para a fé dele. Nenhumas. O ateísmo é uma das maiores vigarices de todos os tempos.

    Agora pulo para o islão. O muçulmano é racista e terrorista, porque a leitura do livro “Corão” o transforma numa máquina de matar. Sem a mínima dúvida. As provas estão à vista daquele, que não ter medo, de afirmar o que lê. Os livros dos muçulmanos provam-o sem a mínima dúvida. E trezentas (300) milhões de vítimas desde o século 7 (sete) ou assim, devem ser provas suficientes.

    Mas a palavra islão engana. O significado do islão é outro: o verdadeiro significado, a verdadeira tradução é: submissão ao mal. O mal quer mandar sobre o resto. E quem não obdecer morre o é obrigado a pagar um imposto especial.

    Matar, cortar cabeças, bater nas mulheres, odiar, discriminar, ser racista, aterrorizar o próximo é a maldade em si. Isto é o produto do islão, da submissão ao mal.

    E o muçulmano tem a obrigação de o fazer. E desde 9/11 já o fez mais de 34 (trinta e quatro) mil vezes. Isto é brutal. E existe uma certa canalha, que não é muçulmana, e gosta muito de ocultar estes pormenores, que ninguém consegue negar. Ninguém. E essa canalha é da escola do ateísmo. São ateus, malvados e estúpidos.

    A esquerda é também bruta e criminosa. O ateísmo desconhece a justiça. O ateísmo não e nunca prometeu justiça. Impossível. E com quais meios? Por isso, quem pensa que é mais esperto que o vizinho, engano o mesmo vizinho, e faz com que não é apanhado ou compra o juiz, o mais tarde possível, e se for possível.

    Esta esquerda, cuja religião é o ateísmo, e que também despreza a mulher, bate nela, viola a mesma, e muito mais, ajuda nestes momentos à organização da submissão a pôr os pés em Europa, para destruir os restos bons, que por aqui ainda existem. E mandar esta vez a organização da submissão (islão) embora, vai ser muito mais difícil, porque Bruxelas quer misturar toda a Europa com esses seres humanos, que praticam o racismo na sua forma mais pura.

    Dizem que o Erdogan, que sempre afirma, que só existe um islão, anda a mostrar o filme (video) dos ataques em NZ aos fieís dele, ao público turco. Para os incendiar mais, contra nós. Eu gostaria de saber, se o Erdogan também mostra filmes sobre os ataques dos racistas e terroristas muçulmanos a matar cristãos e não-cristãos a eito.

    Na NZ fazem ao contrário. Castigam a quem os espalhar, com penas de prisão, que podem ir até aos 14 (quatorze) anos de prisão. A submissão é enorme.

    Nos Países Baixos (Holanda) vivem pessoas que quiseram abandonar a falsa religião do islão e ao fazer esse acto, são tratados como esterco pelos antigos irmãos muçulmanos, e não só, são permantentemente ameaçados com a morte. Porque, oficialmente, o muçulmano é obrigado a matar aquele, que foi muçulmano, e agora já o não quer ser. O islão não permite que deixam a religião falsa. Lá dentro, nunca mais podem sair. E se o fizerem, os outros têm a obrigação de os matar. Na teoria. A prática felizmente não é bem assim. Mas muitos pagam com a morte.

    As autoridades na Holanda nada fazem, para ajudar essas pessoas. Nada. Aconselham à pessoa, para ocultar o facto, de não querer ser mais muçulmano. Isto é submissão do mais reles que existe. Já nem na Holanda se pode viver em liberdade? Na Alemanha não é melhor. Se assim fosse, eu sabia-o.

    A solução é a discriminação positiva. Os muçulmanos que vivem na área deles e tenham muito sucesso e paz, com quem quererem.

    Mas a nossa Europa, para ficar livre e doce, não pode conviver com essas pessoas. Nunca haverá paz, se uma certa percentagem da população ultrapassar os 10 a 15 por cento. Eu refir-me aos muçulmanos.

    O Erdogan na Turquia tem um problema parecido. Os curdos têm muito mais filhos do que os turcos. O dobro, mais ou menos. E o Erdogan odeia os curdos, que também são muçulmanos, como ele. Mas os turcos estão em sério perigo, de um dia, serem a minoria no próprio país. O que irá suceder, sem a mínima dúvida.

    E em Europa é ao contrário. Em Europa os muçulmanos encontram uma vida muito, muito melhor, do que nos países, donde vêm. E têm muito mais filhos, do que os que já vivem em Europa, faz muitos anos. O resto é matemática. A matemática não é nenhuma ciência, é só um método, um instrumento da ciência.

    No fim, digo ainda algo sobre a parvoíce da religião do islão, que tem muita coisa em comum, com o ateísmo. Muito!!

    O muçulmano adora uma coisa, sobre a qual, não existe prova nenhuma. Nenhuma. Até hoje, não há prova nenhuma, que o alá existe. Mas pior do que isso, o livro do muçulmano racista e terrorista, diz, que o alá, deixa os seus soldados da morte, os fieís, até ao último segundo, e depois, na insegurança total.

    Nenhum muçulmano, nenhum, ele seja um bom muçulmano a matar muitos ou um mau muçulmano, que não faz mal a ninguém, sabe, se vai para o inferno ou para o céu muçulmano. Nenhum.

    O alá é também um perverso. Um cretino, um doido. O crente muçulmano, quem não acreditar o que eu aqui escrevo que verifique, não sabe para onde vai. Isto é diabólico. Só um idiota de alá, é que trata assim aqueles, que matam em seu nome.

    O ateísmo é muito parecido ao islão. Muito.

    Tudo o que eu aqui escrevi, quem souber, pode verificar. Quem souber. Sem afectação.

    A verdade é o único fundamento válido na ciência, seja ela natural ou não. A ciência deve ser sempre objectiva e imparcial e justa. Por isso, ninguém é obrigado a acreditar, mas então fazer o favor de verificar e encontrar os erros.

    No Restelo, nem isso sabem fazer. Mas o Restelo é pequeno, em relação ao resto de Portugal, a nossa bela pátria.

    Gostar

  4. 18 Março, 2019 19:13

    O Erdogan já se pronunciou?

    Gostar

  5. Andre Miguel permalink
    18 Março, 2019 19:29

    Na Nova Zelandia as primeiras notícias já anunciavam ataque terrorista, na Holanda passadas horas ainda se suspeitava… sempre quero ver se agora tambem mostram imagens da detenção ou da apresentação do terrorista em tribunal com a cara bem visível a todos. Esperemos sentados. Que jornalismo de merda…

    Liked by 1 person

  6. sousa permalink
    18 Março, 2019 19:56

    “Speaking at the funeral of a former minister, Erdogan said the Islamophobia that motivated the attacks “has rapidly started to take over Western communities like a cancer.”
    Pakistan’s Prime Minister Imran Khan echoed those sentiments.
    “I blame these increasing terror attacks on the current Islamophobia post-9/11 where Islam & 1.3 bn Muslims have collectively been blamed for any act of terror by a Muslim,” he tweeted.

    Gostar

  7. sousa permalink
    18 Março, 2019 20:04

    Agora imaginem que os lideres ocidentais acusavam o islão de cristianofobia, após mais de 5.000 ataques contra cristãos no ocidente e restantes países de áfrica e medio oriente, que causaram dezenas de milhares de vitimas nos últimos 10 anos. Só em França nos últimos 4 anos morreram vitimas de atentados mais de 1.000 pessoas . Para não falar de Madrid, Bruxelas, Londres, Estocolmo,Moscovo, Nova York, Los Angeles, Toronto, Sidney, etc….

    Gostar

  8. sousa permalink
    18 Março, 2019 20:07

    Isto vindo de 2 países Turquia e Pakistão onde a religião cristã é perseguida abertamente, as igrejas queimadas e proibida a sua reconstrução, os padres assassinados em grande numero e as minorias cristãs vivem como cidadãos de terceira.

    Gostar

  9. Andre Miguel permalink
    18 Março, 2019 20:52

    Reparem nesta parte da noticia actualizada às 18h pelo JN:

    “registaram-se esta manhã incidentes similares “em vários locais” da cidade de Utrecht, causando “várias vítimas”,

    https://www.jn.pt/mundo/interior/policia-divulga-foto-e-nome-do-suspeito-do-ataque-em-utrecht-10693023.html

    Mas então houve mais ataques??? Mais vítimas?? E nada mais se sabe?!

    Sem comentários…

    Gostar

  10. Weltenbummler permalink
    18 Março, 2019 21:30

    só será crime para a morte de cães, gatos m lacraus, viboras, etc

    Gostar

  11. weltenbummler permalink
    18 Março, 2019 21:32

    só será crime param cães , kacraus, etc

    Gostar

  12. Arlindo da Costa permalink
    18 Março, 2019 23:05

    Exactamente. Tal como se passa em Portugal em relação ao assassinato sistemático de mulheres e que a ideologia oficial jornalística nacional classifica como «violência».
    Na última dúzia de anos devem ter siso ASSASSINADAS mais de 500 MULHERES. Isso não é terrorismo? è muito mais do que isso. É muito mais do que todos esses ataques terroristas que ocorrem no mundo «ocidental». Mas para a «justiça» portuguesa é uma fatalidade que deve ser combatida com a Bíblia, Alcorão e o Código Penal do tempo dos afonsinhos.
    Quanto a isto o vosso silêncio é comprometedor. Chique é falar nos atentados de lá de fora…

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      19 Março, 2019 00:23

      Comprometedor e muito preocupante são só as suas muitas mentiras, a sua ignorância e muito ar quente, em pouco espaço.

      Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      19 Março, 2019 10:46

      É por estas e por outras que eu prefiro que os donos dos blogues teham que aprovar comentários para estes serem publicados.

      Evitáva-se que os frequentadores tivessem que lidar com palermices arlindicas.

      Gostar

  13. 19 Março, 2019 02:07

    Jornaleco, cheguei agora do mar e confrontado com a tua marrativa aconselho-te a teclar quando estiveres mais sóbrio

    Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      19 Março, 2019 07:32

      Também fiquei com essa impressão. Principalmente quando li tamanhas parvoíces como “O ateu é arrogante, nada sabe, mas diz saber muito. E não tem provas nenhumas para a fé dele. Nenhumas. O ateísmo é uma das maiores vigarices de todos os tempos.”

      Vamos falar de virar o bico ao prego…

      Gostar

    • Jornaleco permalink
      19 Março, 2019 14:09

      A carroça anda à frente dos bois. Ignorantes, zeros à esquerda. Mais dois macacos, ateus arrogantes, que nada da vida sabem.

      Quais as vossas profissões, ateus arrogantes? Nunca olharam por encima do vosso prato? Nada aprendaram na vida? Mas querem dar lições a quem?

      Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        19 Março, 2019 20:14

        Você parece estar com a corda toda. Acaso conhece-me de algum lado para se pôr a fazer estas figuras tristes à minha frente. Olhe que eu só aceito palhaços quando pago para ir ao circo. De borla não quero.

        É uma coisa quando o Jornaleco se põe a falar de politica. Aí o seu discurso não é o de uma pessoa estúpida, mas sim de alguém que vale a pena ouvir. Agora vir para aqui insultar-me pela minha opção religiosa que nunca em momento algum ela atira carros para cima de pessoas, lhes enfia facas na barriga ou desata aos tiros no Bataclan, parece mais o discurso do exacto tipo de ignorante que você diz ver.

        Gostar

  14. Maria da Luz Moutinho permalink
    19 Março, 2019 09:58

    A Europa tem de mudar de trajectória..com a pressão dos refugiados a dividir a Europa e a tornar-se insustentável, a única coisa que a liderança europeia soube fazer foi mudar a porta de entrada na Europa da Líbia para a Turquia e contratar um porteiro…o ditador Erdogan..o mundo certamente um lugar mais perigoso para se viver e o mundo árabe mais fundamentalista e a regredir … A dualidade de acordos económicos, do instrumento o dinheiro…
    Racismo /Xenofobia … uma realidade a que não podemos estar indiferentes, porque são ameaças mui reais… Ontem … Incas … Indianos … Alemães … hoje …continua-se de uma forma ou de outra a incrementar a superioridade de uma raça perante as restantes Áustria o Nazismo está adormecido e mexendo … mas não extinto …
    Cada vez mais latente em certos conflitos étnicos …em diversas partes do Mundo, bem como no relacionamento com os emigrantes em vários países do nosso globo …
    Recentemente em França…um certo chauvinismo, onde o sentimento patriótico exagerado de quem exagera sem objectividade … quem diria que o Chauvinismo derivava do Granadeiro de Napoleão Bonaparte Francês N. Chauvin…
    O problema é que ainda não perceberam o erro de entregar as chaves da porta da Europa a Erdogan… talvez seja demasiado tarde e na Casa Branca, esteja um alaranjado que incite ainda mais ao ódio aos refugiados…
    Angela Merkel é a culpada…
    Os Árabes não acreditam na capacidade e vontade dos Estados Unidos e União Europeia para por termo ao conflito Israel-Árabe e promover o desenvolvimento e uma nova ordem na região…
    O grande medo do Ocidente é o mundo Árabe…

    Gostar

    • André Miguel permalink
      19 Março, 2019 10:56

      Eu não tenho medo do mundo Árabe, tenho medo da cobardia e hipocrisia dos líderes do mundo ocidental.

      Gostar

    • Jornaleco permalink
      19 Março, 2019 14:18

      Com todo o respeito. Qual conflito?
      Aquilo pertence tudo, tudinho aos Israelitas. Tudo!

      Os racistas e terroristas muçulmanos não têm direito nenhum a um metro quadrado daquele terreno.

      O muçulmano tem medo, de pessoas com coragem e respeita esses.

      Agora, o mesmo muçulmano despreza macacos, ateus, perversos, sociedades decadentes. E graças ao socialismo lá estamos.

      20 por cento dos cabrões no parlamento europeu só pensam em ir ao cu um do outro, no lugar de governar a Europa como devia ser. Vinte por cento. Filhas da puta do ateísmo. Nojo, por todo o lado.

      Os bárbaros vêm para limpar a Europa desse esterco. E quem é que os vai parar? Ninguém quer.

      Ninguém, eu repito, ninguém, vai conseguir tirar de lá os Israelitas. Ninguém. Todos vão se queimar o cu e mais outras coisas. O conflito é resolvido assim: os muçulmanos deixam viver os judeus lá em paz e já não há conflito nenhum.

      Gostar

  15. Jornaleco permalink
    20 Março, 2019 15:24

    Um rapaz de 26 anos foi assassinado à facada por um desconhecido, na segunda-feira passada, 18.03.2019, ás dez da noite. Na alameda de Karl Marx (no centro de Berlim, Alemanha) veio um desconhecido do sentido contrário que o atacou com uma faca e o feriu gravemente. Depois do ataque a vítima ainda conseguiu chamar o alarme de emergência. Quando a polícia chegou a pé do sítio do crime a vítima já não tinha consciência. Pouco depois a vítima faleceu no sítio do crime.

    Faca e um desconhecido: o assassino é um racista e terrorista muçulmano, com uma probabilidade de 99 por cento.

    Antes de ano de 2015 isto não sucedia em Berlim. Não com esta frequência. Impossível. A polícia recebeu ordens para ocultar que o criminoso é muçulmano. Salvo erro, também em Portugal e no resto desta Europa dos cabrões, é assim ou deve ser parecido.

    Viva o 25 de Abril. Viva.
    Ter a maldade em Portugal, e recusar reconhecer a mesma, é um grande avanço tecnológico, na verdade. E depois esperar da maldade, da fábrica que só sabe produzir esterco, milagres, que dizem não existir, é outro avanço tecnológico do caraças.

    Há aqui autênticos idiotas, do Restelo por exemplo, que não sabem nada da vida, não sabem nadinha do que se passa lá fora, e quiseram, que eu nem fosse nascido. Coragem de me dizer isso na cara, esse autêntico porco, nunca o teria. São assim os maus. Fazer mal gostam. Pagar por isso não querem.

    Assim, mais uma vida perdida, porque os porcos da esquerda são assim. Eles gostam muito de matar os outros. A Merkel não fechou as fronteiras em 2015 por causa das putativas imagens feias nas televisões. Agora a população paga os erros desta desgraçada e comunista Merkel. Uma zero à esquerda. Dizem que ela é doutora da física, doutorada nesse área, numa teoria completamente estúpida, só para fingir aos outros, que ela fosse inteligente. Mas a Merkel não é inteligente. E ninguém sabe onde está o doutoramente dela. Desapareceu.

    Gostar

  16. Jornaleco permalink
    21 Março, 2019 14:08

    Os jornais alemães falam de “homem” ou de “italiano”. A esquerda criminosa a mentir sem vergonha na cara. Não é verdade!!

    A verdadeira história é esta:
    Em Itália um muçulmano (racista e terrorista) do Senegal tentou incendiar uma camioneta com 50 (cinquenta) crianças lá dentro. Mas no último minuto, a polícia consegui salvar as crianças. Mais por enquanto não sei.

    Os jornais alemães são um autêntico esterco. A maioria de hoje é assim. Controlados pelos amigos dos preservativos e de Estaline.

    Gostar

  17. Jornaleco permalink
    23 Março, 2019 11:08

    Canada! Ontem, sexta-feira.
    Durante uma missa católica, que estava a ser transmitida em directo, pela televisão, um cabrão, filho da puta do diabo, um racista e terrorista muçulmano, dos quais o Costa muito gosta e toda a esquerda fascista, atacou o padre com uma faca, feriu o padre gravemente.

    Mas vá lá. O padre levado ao hospital, sobreviveu.

    Que azar, para os racistas e terroristas muçulmanos, e os muitos amantes do culto da morte e de estupidez. 300 milhões já mataram, desde o século 7 ou assim.

    Trezentos milhões de vítimas. Número um na lista.

    O corão está cheio de erros, mentiras e os burros da esquerda fascista têm medo, de encontrar um único. Hipócritas. Até as cobras são mais honestas.

    Nada fica esquecido. Nadinha.

    Gostar

  18. 26 Março, 2019 18:37

    Gughgj

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: