Saltar para o conteúdo

Sócrates também anunciou o “melhor” défice da democracia portuguesa

2 Abril, 2019

As patranhas à volta do défice voltaram. Costa diz que é o “um resultado histórico e virtuoso”. Centeno afirma que “é uma conquista desta legislatura”,  que “Portugal conseguiu virar a página da austeridade” e que “as profecias da direita falharam”.  Ambos estão em êxtase e vangloriam-se deste valor – 0,5% do PIB. É impressão minha ou já vivemos este filme com a mesma histeria nos anúncios de  Sócrates a poucos passos de uma bancarrota ?

Se visse seu vizinho que ganha o salário mínimo, cheio de dívidas, a comprar um Lamborghini, a fazer férias no Mónaco, a dizer que está cheio de dinheiro o que pensaria? Certamente diria que o tipo é um mentiroso, que jamais poderia ter aquele nível de vida se não se endividasse até ao pescoço e fizesse ainda calotes a toda a gente, certo? Então porque teima em acreditar que este magnífico défice feito às custas da falência técnica de todo um país com a suspensão dos pagamentos, cativações,  retenção das pensões dos nossos emigrantes e aumento  de impostos nunca vistos desde 1995, é verdadeiro?

O país está um caos. Os comboios estão a cair aos bocados; nos hospitais e escolas falta tudo; as estradas, pontes, viadutos, edifícios públicos estão  a ruir; a (des)Protecção Civil  mata em fogos florestais por via da colocação de “boys”sem qualificações e meios obsoletos; a polícia não tem gasóleo nem carros em condições sequer para fazer rondas; os transportes públicos são suprimidos por falta de manutenção;  a emigração é  elevada; o endividamento das famílias aumentou; a poupança caiu. 

Se tudo o que foi varrido para “debaixo do tapete” fosse colocado nas contas do défice, teríamos um valor muito superior a 3-4% mas a UE permite cosméticas no apuramento do défice. Malabarismos contabilísticos que fazem com que possam levar umas despesas ao défice e  outras já não. É o ilusionismo do costume que fez e faz de nós grandes aldrabões profissionais na Europa. Foi assim com esta marosca  toda, que aderimos ao euro. Lembram-se?

Como pode uma dívida pública estar constantemente a subir e o défice ser historicamente baixo sem manipulação de números contabilísticos? Façamos um exercício simples: você em casa tem um desequilíbrio financeiro. Suas despesas são maiores que as receitas. Para equilibrar esse défice o que faz: 1. pede um aumento ao patrão? 2. tenta fazer mais entradas de receitas com horas extra ou um part-time  aos fins semana? 3. corta nas suas despesas que não são de primeira necessidade? 4. deixa de fazer qualquer despesa não comprando quase nada e  não paga contas seja de luz,  água, renda e empréstimos?

Obviamente que não optou pela 4 hipótese, certo? Não optou porque sabe que isso não soluciona nada, pelo contrário, adia e agrava o seu défice, certo? Então porque aceita que Centeno o faça no país? A fórmula utilizada por este malabarista da treta é exactamente aquela que você rejeitaria a todo o custo para resolver seu défice doméstico. Pior: ele além de  usar esse método, chama-o de “sucesso”. Não lhe parece estúpido? 

Sócrates também anunciou “milagrosos” défices. Às portas de anunciar mais uma bancarrota, dizia:  “o défice de 2,6% é o mais baixo da democracia portuguesa” e  “está para nascer um primeiro-ministro que faça melhor no défice do que eu”.  Entretanto, em Maio de 2010 anunciava: “um esforço adicional a todos os portugueses” que se traduz em aumentos de um ponto percentual de todos os escalões do IVA até ao final de 2011. A taxa máxima passa para 21 por cento e a reduzida, que incide sobre bens de primeira necessidade (alimentos e medicamentos comparticipados) fica em seis por cento, enquanto o IVA sobre a restauração sobe para 13 por cento” (notícia Correio Manhã) e em Setembro de 2010: “José Sócrates anunciou esta noite o aumento do IVA para 23% e um corte de até 10% na despesa total de salários do sector público, entre outras medidas de austeridade aprovadas em Conselho de Ministros extraordinário (…) aumento de impostos, corte de salários e prestações sociais, congelamento de todo o investimento público até ao final do ano e redução do número de contratados na função pública (…) redução média da massa salarial dos funcionários públicos em 5%  nos vencimentos entre 1.500 e 2.000 euros, a redução será de 3,5%. Nos escalões mais elevados, o corte chega aos 10% (…) ajudas de custo e horas extraordinárias também serão cortadas e termina a acumulação de pensões e vencimentos (…) as prestações sociais também serão sacrificadas, com a anulação do aumento extraordinário do abono de família e a redução em 20% do rendimento social de inserção” (notícia Jornal Sol).

Está para nascer um primeiro ministro que faça melhor no défice do que eu Economia RTP Notícias (1)

Sócrates Défice de 2 6 «é o mais baixo da democracia portuguesa» TVI24

Sócrates anuncia aumento do IVA e IRS até 2011 Política Correio da Manhã

Sócrates anuncia cortes salariais até 10 e aumento do IVA para 23

JOSÈ SOCRATES Portugal pede ajuda financeira YouTube

Em resumo, Sócrates começou por anunciar défices espectaculares e acabou anunciando uma bancarrota pouco tempo depois. Desafio-o a encontrar as diferenças entre ele e Costa.

Entretanto,  prepare-se para o embate.  Pelo lógica da matemática, vem aí dias difíceis.

 

Anúncios
21 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    2 Abril, 2019 22:10

    Um flashback a 2009 não faz mal a ninguém:
    Agosto: “Incentivo ao abate de veículos sobe para 1500 euros”
    Setembro: Eleições legislativas
    Dezembro: “Uma circular (nº121/2009) do Ministério das Finanças suspende a atribuição, a partir de 1/1/2010, do conhecido incentivo fiscal ao abate de veículos em fim de vida”

    E foi o vara dentro por causa de uns robalinhos. Pobre homem. Aguardemos para ver o que dirão os operadores com acordos “articulados” de transportes a seguir às eleições. Pergunte-se às vacas voadoras e seus mestres qual é a periodicidade e quando calha o pagamento da segunda tranche, que eu gostava de saber se por acaso não é logo a seguir às eleições. E em que ano vão ser contabilizadas as despesas dos últimos meses. E se os barquinhos a que ontem fez referência o chefe do rancho folclórico já estão comprados e a navegar ou se são para os próximos 10 anos. Ou qual é o tamanho das frotas de quatro patas de borracha estacionadas à espera nos fornecedores, se é que as há e porquê.

    Fonte: “O Retorno do Consultor da ONU – Histórias de «Fake News» Desconhecidas que Fizeram História no Ano que Vem”

    Liked by 1 person

  2. Carlos Rosa permalink
    3 Abril, 2019 00:55

    Conselho:
    Tentem perceber as pessoas no seu íntimo e não levem a sério o que dizem.
    É mais difícil perceber as pessoas no seu íntimo. Só se percebe de forma indireta, quer seja por pequenas coisas do comportamento, pela lógica do que diz hoje comparado com o que disse há meses ou anos, etc..
    Uma coisa muito importante para perceber um político é se diz mentiras ou qualquer falsidade por mais pequena que seja. Uma pequeníssima falsidade esconde um grandessíssimo aldrabão.
    Mas uma grande mentira bem orquestrada e repetida também denuncia o político a desprezar.
    Vou dar o exemplo do PCP. Este partido é o mais refinado de todos os partidos portugueses na mentira e na hipocrisia. Quando repete à exaustão que defende o povo e o país e uma política patriótica e de Esquerda está a propalar uma mentira total. O PCP nasceu de fora de Portugal e não defende Portugal nem o povo português. É mesmo o partido mais anti-patriótico dos partidos portugueses; mas repete, repete………..
    E sabem porque o faz? Fá-lo para, antecipadamente tentar desarmar um partido que desponte em Portugal, verdadeiramente patriótico e nacionalista que será o verdadeiro opositor aos comunistas. Esse tempo já esteve mais longe. Vão começar a aparecer muitos portugueses fartos da pulhítica que tem degradado Portugal ano após ano. Quantos mais aparecerem, melhor; e que seja uma maré jovem para correr com a política velha.

    Liked by 4 people

    • André Miguel permalink
      3 Abril, 2019 09:23

      Os portugueses fartos da pulhítica emigram, não estão para alimentar um manicómio a céu aberto.
      Daqui a 20 anos Portugal será um imenso albergue da terceira idade. Boa sorte aos que ficarem e aos que contribuíram para isso. Só tereis o que mereceis.

      Liked by 1 person

  3. Rão Arques permalink
    3 Abril, 2019 09:50

    MARCELO E COSTA CAMPEÕES EM TITULO
    A esta gente tão fixada na propaganda enganosa não lhe sobra tempo para um exercício de funções sério sem manhas.
    A melhor memória do presidente sempre aparecido, para não ir mais longe, fica-se pelo inventor de factos políticos.
    Na do nosso 1º empestado pesa a qualidade de serventuário de Sócrates, enquanto o
    anestésico comandante supremo continua a ver o melhor do melhor dos mundos com o fogo do palheiro a avançar em várias frentes sem que as barbas lhe ardam.
    Planador e nosso típico gajo porreiro, verborreico e superficial por atavismo mórbido não nos deslustra na sua representação grotesca.
    Se querem povo venham ao meu bairro na margem sul ajudar pobres a apanhar beatas do chão ou estender com eles a mão nos passeios pedindo esmola.
    Venham cá que eu mostro para evitar acusações de especulação.
    Com o passe que ostentaram no dia das mentiras podem vir barco ou comboio.
    Fica-me a curiosidade se o titulo para facilidade de deslocação serve para todo o serviço ou apenas para viagens pessoais e quem os pagou.
    Nada de infantilidades.
    Com o patrocínio de um pasmado presidente, um caloroso adoçar da curvada comunicação social, e da nossa ajoelhada roda de sombras, o Costa dos engodos convenceu-se mesmo que pode fazer tudo o que lhe der na real gana sem ninguém lhe gritar aos ouvidos com voz poderosa, em sentido!

    Liked by 2 people

  4. Artista português permalink
    3 Abril, 2019 10:00

    Cristina, como sempre muito bem. Não vai ser preciso esperar muito para ver as aldrabices com que nos empanturram todos os dias. Basta esperar pelo resultado do Brexit que não irá tardar. Nem precisa de esperar pelas (nossas) eleições. Sobretudo agora que já se sabe que a saída negociada parece posta de parte. Tudo aponta para um desastre e receio que mais para a UE do que para o RU.

    Liked by 3 people

  5. Velho do Restelo permalink
    3 Abril, 2019 10:42

    Um dos truques para fazer passar uma grande mentira, consiste em misturar alguma verdade para camuflagem.
    Quando o Pinóquio dizia “Está para nascer um primeiro-ministro que faça melhor no défice do que eu”, falava verdade, ou quase !
    De facto o tal PM ainda não nasceu, mas nasceu recentemente um ministro das finanças, que ainda com cara de bebé já é conhecido pelo Ronaldo das finanças, e que cita literatura para maiores de 4 anos!
    A grande questão é saber se o “baby face” conseguia este resultado se não estivesse empoleirado no trabalho do Victor Gaspar
    e Passos Coelho ?
    * Se acha que sim (que conseguia), então porque não desfez todo o “mal” herdado desses dois “facínoras” ?
    * Se acha que não, então porque não morde a língua cada vez que insulta o governo anterior ?
    Como em política a verdade é um bem escasso, e para romper com este ciclo de “PS estraga / PSD conserta”,
    o melhor mesmo é dar maioria absoluta ao PS para o próximo mandato … the show must go on !

    Liked by 1 person

    • André Miguel permalink
      3 Abril, 2019 11:34

      Isso é o que eu defendo há imenso. Há situações em que para começar de novo há que mandar tudo a baixo, por isso o PS deve ter a maioria absoluta.

      Porquê?

      O PS não sabe governar em tempos difíceis e eles estão ao virar da esquina

      Assim teria duas opões: ou a fuga para frente e estoura isto de uma vez por todas, ou aplica medidas brutais de austeridade nunca antes vistas.

      Só assim o povo iria (talvez) aprender o que é o verdadeiro socialismo.

      Se ganhar com maioria relativa vamos continuar com uma geringonça, as mesmas medidas de austeridade e quando a coisa der para o torto encenam um golpe de teatro e saem de cena (PS nunca terminou o segundo mandato!). Volta o PSD para endireitar a coisa e fica com o ónus das medidas de austeridade que mata etc e tal… E voltamos ao mesmo.

      Querem salvar o país? Votem PS. A sério.

      Liked by 2 people

  6. Rui Silva permalink
    3 Abril, 2019 12:08

    “Como pode uma dívida pública estar constantemente a subir e o défice ser historicamente baixo sem manipulação de números contabilísticos?”

    Como é óbvio não podia deixar de ser de outra forma.
    Se há défice, a divida tem mesmo que subir , caso contrário é que poderia haver manipulação de números.
    A frase acima é simplesmente contraditória em si mesma. Está logicamente errada.

    Rui Silva

    Liked by 1 person

    • Cristina Miranda permalink
      3 Abril, 2019 15:32

      “se há défice a dívida tem mesmo de subir” ora acontece que o défice é quase zero e a dívida é galopante. Ou seja, défice a desaparecer e dívida a subir exponencialmente. Não, amigo. A minha afirmação está corretíssima.

      Liked by 2 people

      • André Miguel permalink
        3 Abril, 2019 16:37

        O raciocínio do Rui não está de todo incorrecto.
        A divida pode subir e o défice ser baixo, basta que a primeira cresça abaixo da economia. Uma coisa é o crescimento do stock da divida outra é a percentagem face ao PIB.
        Mas não me parece que seja o caso, pois se o stock da divida era de 238 mil milhões em 2017 e em 2018 era de 244 mil milhões, então tivemos a divida a crescer, em percentagem, acima da economia… Ou estou a ver mal a coisa?

        E convém não esquecer a pergunta do milhão: para quê cativar despesa orçamentada e depois aumentarmos a divida? Se cativamos não precisamos gastar, então para que nos endividamos?

        Não há um jornalista que pergunte isto ao Ronaldo das Finanças?

        Liked by 1 person

      • Rui Silva permalink
        3 Abril, 2019 19:03

        Cara Cristina Miranda,
        A sua formulação não está correcta, se quiser pensar um bocadinho vai ver que tenho razão.
        Para que o stock de divida (para usar a terminologia correcta trazida aqui e bem pelo André Miguel ) diminua, tem que existir Superavit (condição Sine Qua Non poderíamos dizer, a menos que houvesse algum perdão).Isto não é uma opinião é aritmética simples.
        Parece-me aqui que a Cristina ainda tem tiques esquerdistas antigos, que ainda não conseguiu de todo abandonar e que apenas a prejudicam. Veja que, para tudo o que escreveu (que eu concordo , diga-se de passagem) não precisa de hiperbolizar com afirmações aritmeticamente erradas, e muito menos sustentá-las a qualquer custo, pois apenas a levam a argumentar de forma ilógica parecendo aos olhos de um comuna por exemplo, que não tem razão.
        Porque é que eu digo isso ? Porque para justificar o seu erro numa frase que nem sequer invalida de todo o seu raciocínio, vai dizer que a subida é exponencial, facto que não é verdade , pelo menos oficialmente.
        Será verdade se vier a ser descoberto ( à semelhança do governo Socrates) da suja e ilegal desorçamentação.
        A meu ver é melhor assumir um erro que batalhar para justificar algo que não está correcto, pois a energia despendida é muita e desacredita, e ainda por cima num post que você tem razão em tudo o resto…

        Rui Silva

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        4 Abril, 2019 09:06

        Caro Rui, parece-me q não soube transmitir correctamente o que eu quis dizer. Eu sei q pra haver défice tem de haver dívida e q para deixar q isso aconteça tem de haver superávit. O q eu quis dizer é que, se o défice não pára de baixar e está quase em zero, a dívida tem de acompanhar baixando ou estabilizando. Aquela frase do Marques Mendes “menos défice é menos dívida e isso é bom” faz sentido mas não neste défice deste Governo q desde 2015 só a faz subir enquanto o défice ainda não parou de descer. Há algo aqui q não bate. E isto só tem uma explicação: há muita dívida q não está a ir ao défice. Senão vejamos: se o investimento e verbas de outras rubricas do OE estão cativas, porque o Estado ainda não parou de se endividar? É só isto. Se estiver errada, é mais do q certo q corrijo. Não sou marxista nem tenho tiques de esquerdistas. Sei assumir com frontalidade meus erros. Já o fiz e volto a fazê-lo sempre q se justificar.

        Liked by 1 person

      • Rui Silva permalink
        4 Abril, 2019 09:24

        Estou completamente de acordo consigo, quanto ás suspeitas de desorçamentação , pois o PS tem isso como “método de trabalho” , o que justificará com certeza o suposto bom resultado do déficit.
        Mas bastará um ligeiro aumento de juros para que o serviço da dívida, por si só, faça disparar o deficit, que obrigarão a cortes no investimento público.
        Quando isto estoirar de novo o Governo que tiver de gerir a massa falida terá que contabilizar tudo para Deficit, como teve que fazer Passos Coelho.

        Temos aquilo que merecemos. Enfim…

        cumps
        Rui Silva

        Liked by 2 people

      • Cristina Miranda permalink
        4 Abril, 2019 15:03

        É o que nos espera, caro Rui, não tenha dúvidas disso. Infelizmente.

        Liked by 1 person

  7. Daniel Ferreira permalink
    3 Abril, 2019 12:53

    Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

    João 8:44

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      3 Abril, 2019 13:59

      Excelente!!

      Não há melhor escola (de pensamento).

      A melhor escola é de borla e os altivos ignoram a mesma.

      Stanford de hoje? Lixo.
      Harvard? Lixo.
      Yale? Lixo.
      Por livre vontade lixo. Querem ser burros, por livre vontade.

      Gostar

  8. José Pires Borges permalink
    3 Abril, 2019 17:35

    Claro que o Costa sabe. Ele era o nº2 do Governo Sócrates, ainda se deve lembrar bem da “táctica”. Resta saber se também tem um amigo…

    Liked by 1 person

  9. Maria permalink
    4 Abril, 2019 23:39

    Texto oportuno e brilhante, para não fugir à regra. Olhe, Cristina, estava desde há semanas para lhe sugerir justamente o assunto que abordou nesta altura. Portanto ele veio mesmo a calhar.

    O Costa é um rematado aldrabão e um mentiroso relapso. Os governantes deste e do governo anterior estão todos feitos com o seu chefe na ladroagem e na corrupção. Ele é que manda no seu partido (e porventura nos outros todos) e nos respectivos membros e a maioria deles é tão corrupta e aldrabona quanto ele. Mas este estado lastimoso de coisas não vem desde o tempo de Sócrates, outro corrupto e mentiroso da pior espécie, com quem ele aliás colaborou e consentiu na roubalheira, na trafulhice, no tráfico de influências e na mega corrupção, já que ele era seu vice e portanto seu braço direito.

    Esta escandaleira governamental vem de longe, com efeito desde 1974. Este regime/sistema foi inventado com a única finalidade de dar total liberdade de acção à politicagem que a ele aderisse – toda a esquerda e alguma direita está nele metida até à medula – tanto na ladroagem como na corrupção monstruosa, nela incluídos os membros de todos os partidos, aos que se juntam inúmeros familiares e amigos.

    Os partidos da direita existem para mascarar o regime e fingir que ‘isto’ é uma verdadeira democracia. Os seus membros foram escolhidos a dedo e passaram a fazer parte do sistema com a expressa autorização de Cunhal e Soares, seus mentores, donos e senhores, tendo sido Soares um dos maiores corruptos e mais falso político que a ‘democracia’ pariu.

    Este regime está pôdre e está-o desde há muito tempo e o País só se salvará desta seita maldita quando todos os seus elementos, reles actores que andam há quatro décadas a desempenhar uma farsa da pior qualidade, forem todos demitidos dos seus cargos e para bem do País e do Povo expulsos de Portugal. Mas não sem antes terem prestado contas à Justiça.
    Maria

    Liked by 3 people

Trackbacks

  1. Sócrates também anunciou o “melhor” défice da democracia portuguesa – PortugalGate

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: