Saltar para o conteúdo

Lá fora cá dentro

7 Abril, 2019

Toda a conversa que se perpetua sobre nomeações de familares de governantes atingiu proporções épicas. O problema, claro está, não é a contratação de um jardineiro que é primo, de um motorista que é amante ou de uma senhora de limpeza pela activista feminista de redes sociais. A questão coloca-se, e bem, a propósito de cargos de governação. Cargos estes que indicam, mais do que eventual nepotismo, o quão certas famílias educam os filhos para a profissão de parasitas. Portugal é um país tóxico, cheio de filhos e enteados do Senhor das Terras, um triste morgadio de figurões herdados do pântano da Primeira República, que se perpetua no pós-25 de Abril em borrascosa pasmaceira da “ética republicana”.

Uns organizam-se em coligações improváveis da terceira liga com um discurso anti-imigração, outros em novas agremiações destinadas a agitprop para convertidos. Eu, eu vou de férias, para respirar um bocado. É que mesmo que não possa ir sempre para fora lá fora, tenho aprendido a ir para fora cá dentro.

Anúncios
11 comentários leave one →
  1. MJRB permalink
    7 Abril, 2019 12:19

    Opinião sucinta e na mouche !
    (Para ajudar a zarpar de Portugal e sentirmos alívio, os muito bons sapatos Mark Bellucci…).

    Gostar

  2. weltenbummler permalink
    7 Abril, 2019 13:11

    consta que são 35% de bois neste desgoverno

    Gostar

  3. 7 Abril, 2019 14:25

    Exacto, da primeira República- os primos das choças

    Gostar

  4. JCA permalink
    7 Abril, 2019 15:24

    .
    Eh pá mas que o Costa fez um pasodoble de mestre ao resto dos politicos dos Partidos na Assembleia da Republica e a seguir lhes enfiou a espada até punho …… Triste espetaculo que o boi deu ….
    .
    Marcelo mais direto vale o que vale no Sistema, nem vota nem redige nem propoe leis na AR e como os neo-sangue azuis não surgem para o Sistema como decisivos nem despoletam coragem para uso da bomda atomica ‘demissao da AR’ e do Governo’, siga a rusga no vira do ‘minho’. Ficam mais uns milhoes de bites e papelada escrita na Comunicação Social com destino marcado: lixo.
    .

    .

    Gostar

  5. LTR permalink
    7 Abril, 2019 17:01

    A gente lê sobre a competição de Ferro e César pela próxima presidência da AR e fica a pensar se não nos terá dado um AVC durante a noite!

    Gostar

  6. 7 Abril, 2019 22:41

    Ainda ontem começou com o M5.7. E hoje já vai de férias…
    Você cansa-se muito depressa, oh senhor Vitor.

    Gostar

  7. 8 Abril, 2019 11:13

    Uns tentam fazer alguma coisa (organizam-se em “improváveis coligações de terceira liga” ou fazem “agitprop para convertidos”), outros tiram férias. Os que tiram férias acham que têm a solução para a desgraceira que é Portugal, mas não dizem a ninguém. Deve ser segredo.

    Gostar

  8. Arlindo da Costa permalink
    9 Abril, 2019 04:55

    As direitas é que são as herdeiras dos morgadios, das corrupções, das endogamias das cunhas, dos compadrios, etc. Ou vocês acham que os vossos amigos «subiram» na vida por mérito e esforço próprio? Se alguém descobrir um ofereço-lhe um bilhete para o NOS Alive….

    Gostar

    • sam permalink
      9 Abril, 2019 08:54

      Trabalhas na Galp, Arlindinho? Também tens bilhetes para ver a selecção jogar no estrangeiro?

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: