Saltar para o conteúdo

A falta de coragem explicada ao povo e às crianças

24 Abril, 2019

Expresso anunciou que Marcelo Rebelo de Sousa vetaria qualquer lei de bases da saúde que impusesse o fim das parcerias público-privadas (as chamadas PPP) na saúde.

Ou melhor dizendo, Marcelo anunciou ao Expresso que vetaria qualquer lei de bases da saúde que impusesse o fim das parcerias público-privadas (as chamadas PPP) na saúde. Pressuroso o Expresso fez a notícia que Marcelo esperava.

Agora na RTP Marcelo veio corrigir a notícia que ele mesmo dera ao Expresso.

A minha opinião não é ideológica, é pragmática: uma lei que feche totalmente essa hipótese é uma lei irrealista. Nem me parece que haja alguém que pense em fechar totalmente essa hipótese, quer em relação ao setor social quer em relação ao setor privado. Hão-de existir situações em que a gestão pública integral do SNS não é possível”, lembrou Marcelo.

a) A minha opinião não é ideológica, é pragmática: uma lei que feche totalmente essa hipótese é uma lei irrealista

Moral da História: a esquerda tem direito à ideologia. A direita não. Quando muito pode invocar a realidade.

b) Nem me parece que haja alguém que pense em fechar totalmente essa hipótese, quer em relação ao setor social quer em relação ao setor privado. 

Moral da História:  Marcelo e o seu “parecismo” a salvar a pele própria e a dar uma ajudinha aos promotores desta lei  pois por residual que seja  ninguém vai “fechar totalmente” o papel dos privados.  A questão é mesmo essa: os privados existem nos interstícios daquilo que o público não faz?

c) Hão-de existir situações em que a gestão pública integral do SNS não é possível”, lembrou Marcelo.

Moral da História: Marcelo não tem coragem para enfrentar o Governo. Aprova tudo e mais alguma coisa porque, como ele nos explicará com os olhos fixos num ponto do infinito,  a lei não fecha totalmente a participação dos privados (Contra o totalmente claro ele seria contra. Ó se seria!) e na verdade “Hão-de existir situações”  em que os privados estão lá.

Amanhã se for necessário Marcelo dará uma entrevista à Renascença explicando que não se podem salvaguardar situações que hão-de existir mas que não se sabe quais são. Por isso embora a lei pareça que fecha totalmente o papel dos privados na prática não o fecha

Marcelo é isto.

 

Anúncios
14 comentários leave one →
  1. Antonio Maria Lamas permalink
    24 Abril, 2019 11:13

    E os Ucranianos é que elegeram um comediante.
    Ao menos já sabiam antecipadamente. Nós só soubemos depois.

    Gostar

    • LTR permalink
      24 Abril, 2019 11:53

      Por acaso eu já sabia que ele se vergava perante tudo o que fosse instituição, poder ou poder económico e foi só porque me pareceu muito e há muito tempo. Portugal simplesmente não tem presidente, nem ele tem esféricos para nada, ou então está trilhado.

      Gostar

  2. JgMenos permalink
    24 Abril, 2019 11:30

    O país não é comuna, mas se o governo o for, nada a opor!

    O abrilesco na sua formulação de cobardes treteiros que sempre o acompanha.

    Liked by 2 people

    • Mário Fernandes permalink
      24 Abril, 2019 12:35

      Muito bom.

      Gostar

      • Carlos Rosa permalink
        24 Abril, 2019 14:43

        O Marcelo Rebelo de Sousa é um Marcelista (relativo ao Marcelo Caetano que falava, falava, conversas em família, blá blá blá, mas assim é que ele abriu caminho ao fim do Salazarismo, esse sim um Regime com tomates, patriota, que muito fez por Portugal e pelos portugueses. Não fez tudo e também fez erros, mas o balanço não tem nada a ver com o balanço que estes democratas da treta nos vão deixar.).
        A mim, este Marcelo nunca me enganou. Por isso não votei nele. E ele é ainda mais pernicioso porque se apresentou como um homem de uma Direita moderada que levou muitos portugueses ao engano.
        Nunca nos devemos orientar pelos slogans dos marxistas. Eles é que catalogam as pessoas em esquerdas e direitas, centros e extremas.
        Como dizia o outro, vão tomar no cú!
        Deve ter-se muito cuidado a analisar as pessoas.
        Não é com vinagre que se apanham moscas e os inúteis atrevidos usam os mais variados truques para enganar as pessoas.

        Gostar

  3. 24 Abril, 2019 14:34

    Marcelo é isto, um cata-vento.

    Gostar

    • licas permalink
      24 Abril, 2019 15:08

      Carlos Rosa PERMALINK
      24 Abril, 2019 14:43

      — e que me diz a cerca de 8000 mortos na Guerra e 4 vezes
      mais de estropiados, todos para nada pois sabia-se da derrota
      da tese Salazarista de Portugal do Minho a Timor.
      Foram puros assassinatos em que os autores intelectuais
      ficaram impunes…

      Gostar

      • Carlos Rosa permalink
        24 Abril, 2019 19:20

        E o que me diz das centenas de milhar que morreram após o processo de independência promovido pelos marxistas?
        Não foram assassinatos? Não foram vidas perdidas de falantes da língua portuguesa que o regime salazarista antes protegia?

        Gostar

  4. Rão Arques permalink
    24 Abril, 2019 15:01

    Marcelo é de tal maneira manhoso que posa para a fotografia mostrando-nos o nosso mais repulsivo retrato na sua figura alarvemente retocada.

    Gostar

  5. lucklucky permalink
    24 Abril, 2019 16:29

    Porqwue é que continuama dizer que Marcelo é de direita. Não é.

    Se é expliquem porque é que foi ao beija-mão a um ditador comunista – perdoe-se a redundância- que matou milhares e provocou milhões de refugiados.

    Gostar

  6. licas permalink
    24 Abril, 2019 20:35

    Carlos Rosa PERMALINK
    24 Abril, 2019 19:20

    É já muito difícil de encontrar, mas “eles” ainda existem : os que aclamam
    a independência de Portugal, perante os pré-espanhóis, mas que que
    não admitem que os africanos tenham lutado por tal resultado no sec XX.
    Indefensável foi não termos , logo no início, facilitado a independência às Colónias.
    Afinal os tais “terroistas” eram apenas e só patriotas.
    O bandido do Salazar não o permitiu. . . e, lá se foi para uma guerra injusta a mando dele.

    Gostar

  7. Velho do Restelo permalink
    24 Abril, 2019 21:24

    Marcelo é um comentador como nós, mas ficou fascinado por aquela parafernália de tripés, cameras, projectores, jornalistas, maquilhadoras !!!
    Quem sabe se não vem aqui dar umas bicadas 🙂 🙂
    Só espero que não “desapareça” mais nada do museu da AR … a propósito, aquela medalha já foi recuperada ?

    Gostar

  8. 25 Abril, 2019 00:16

    O Marcelo já fez pareceres para os rapazes da massa mais poderosos desta piolheira. Se calhar é ingénuo acreditar que ele não está a mexer-se de forma a garantir a continuação de bons proventos aos grupo Mello e quejandos,
    ‘Pragmatismo’, é assim que a coisa se chama…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: