Saltar para o conteúdo

Os idiotas úteis

8 Maio, 2019

holodomor

Alguns partidos ainda não perceberam o que se passa com a Europa e o Mundo. Metidos nas suas bolhas no Parlamento Europeu, completamente isolados do mundo real, e no conforto das suas vidinhas, ainda por cima,  bem pagos com os impostos dos europeus , são idiotas úteis ao grande plano globalista dos poderosos que querem fundar um governo único mundial, sem se darem conta. E isso só acontece porque são ignorantes ou distraídos. O problema é que esse alheamento é grave para as nossas vidas e eles nem sequer se preocupam com isso.

Então não é que um grupo desses idiotas do PPE  resolveu pedir a expulsão do Fidesz, partido que ganhou 2/3 do parlamento húngaro liderado por Viktor Orban, uma figura heróica do derrube da “cortina de ferro” em 1989 e do avento da democracia na Hungria? Mas o que anda a “direita” a fazer? A dar tiros nos próprios pés? E que tal se saíssem desse sono profundo e acordassem antes que seja tarde?

A Hungria foi vítima de invasão turca, do fascismo de Hitler e do comunismo de Lenine. Não quer o islão político na sua sociedade; não quer imigração massiva sem controle imposta por quotas; não quer um país a suportar mais despesa do que aquela que pode; nem pessoas a trabalharem cada vez mais para sustentar um sistema condenado ao fracasso social; não quer um país dominado pela violência e a colapsar por via de políticas comuns irresponsáveis e ainda há quem faça disto uma ideologia “extremista” não sei do quê. Mas que é isto?

Os países de leste sabem bem o que é ser-se invadido por ideologias castradoras e sanguinárias impostas a toda uma população. Sabem porque já o viveram. É preciso recordar  Holodomor na Ucránia para perceberem qual o medo subjacente a esta necessidade governamental de possuir controlo sobre suas políticas de fronteira? Uma coisa é o espaço schengen entre países da europa comunitária, outra coisa é escancarar portas a tudo o que vem, de todo o lado, sem qualquer filtro só porque alguém disse tratarem-se de “refugiados”  que não passam afinal de migrantes económicos. A propósito, se quiserem entender porque assim acontece, leiam NEW REPORT ON REPLACEMENT MIGRATION ISSUED BY UN POPULATION DIVISION da ONU. Isto não se inventa.

É preciso antes de mais, respeitar a História dos países que sofreram horrores num passado ainda muito recente e fazem questão em perpetuar essa memória na sua capital para que jamais  seja esquecido. O Museu Casa do Terror, pintado a cinza tal como tantos outros edifícios que sinalizam essa época. Dentro,  fotos de pessoas torturadas e mortas às mãos dos regimes totalitários. Toda a cidade está repleta de lembranças. É um país que não esquece sua História.

A Hungria não é racista nem xenófoba. Combate apenas um inimigo já sinalizado também por Macron: o islão político. E o que é isso? Exactamente o que descreve Sayyid Qutb – activista político e militante radical muçulmano – “O grande objectivo do islamismo é fruto de uma linha hermenêutica precisa e unilateral que procura a refundação da sociedade. Caso esta missão encontre oposição entre o statu quo, procurará subverter o poder visando a instauração de um modelo de Estado de acordo com o modelo ideal presente no Alcorão e na tradição islâmica. O unilateralismo é bem evidente no facto de o islamismo investir, acima de tudo, no âmbito político.” Alguma dúvida?

Nuno Melo, que votou a saída do partido do Orban no PE,  já tem uma posição diferente em relação ao VOX. Mas o que diferencia um do outro? Nada. O VOX nasce de uma reacção à falta de respostas ao combate do  terrorismo e ao marxismo. O outro também.

Por outro lado,  o PE concebeu a hipótese  da entrada da Turquia, que foi responsável pelo genocídio arménio e é governada por um ditador doido que não satisfeito com as eleições, ordenou a sua repetição. Faz sentido?

O comunismo tomou conta da Hungria com uma geringonça. O partido dos pequenos proprietários tinha obtido 57% dos votos mas não governou. O islão politico assemelha-se ao comunismo na forma como se impõe e governa. E ainda há gente que acha que o que motiva os húngaros a não querer migração massiva sem controlo é o racismo e a xenofobia. Francamente!

 

Anúncios
62 comentários leave one →
  1. 8 Maio, 2019 16:43

    Espero que os partidos dos 10 países europeus com o bom senso de ter uma Direita a sério se unam num novo grupo coeso no PE e comecem a forçar medidas!

    Liked by 1 person

  2. Daniel Ferreira permalink
    8 Maio, 2019 17:21

    Não são migrantes, nem refugiados, nem outro nome qualquer… São invasores, igualzinhos aos invasores de muitas vezes em séculos passados, com a diferença de que antes usavam a força e os números para atacar e agora têm os seus generais a chefiar os governos dos países que querem colonizar.

    A legalização da Invasão está praticamente concluída e a ilegalização da auto-defesa também.

    O “feminismo” que por aí anda, em que dizem que as mulheres são muito forte e independentes é mesmo para elas baterem de frente no que aí vem.

    A senhora Le Pen vai ser processada com base em “mensagens anti-estado islamico”! Ser anti destruidores é ilegal!!!!

    E claro, achar que não devemos ser invadidos por gente de países com QI abaixo de 70 é racista e querer q os políticos respeitem os costumes, tradições e povos dos próprios países é “populista”….

    E claro, é por de mais evidente quem é que está por de trás disto tudo, aqueles alguéns que odeiam visceralmente tudo o que representa o Cristianismo e tem como missão de vida matarem-nos a todos. Se acham que é malta que não sabe ler nem escrever, pensem outra vez.

    Liked by 1 person

    • Daniel Ferreira permalink
      8 Maio, 2019 17:22

      Se acham que o cartaz do PCP que diz “política patriotica e de esquerda” refere ao patriotismo português…. abram os olhos

      Liked by 2 people

  3. Daniel Ferreira permalink
    8 Maio, 2019 17:24

    escrevi isto num post anterior, escrevo aqui novamente:
    Entretanto, num país (Hungria) onde quem dirige tem a ousadia de achar que o dinheiro do Tesouro Público é para gastar nos cidadãos desses País e não para roubar a céu aberto(o horror!), foi instituído que:
    – A Instituição Família, o Pilar da sociedade Cristã, é definida pela junção voluntária entre um Homem e uma Mulher, e é a base da sobrevivência da Nação;
    – É emprestado 35.000€ a todos os casais abaixo dos 40 anos que se casem: os pagamentos são suspensos 2 anos após o 1º filho, a dívida é cortada em 1/3 após o nascimento do 2º filho e TOTALMENTE perdoada após o nascimento do 3º filho; Dão 35 mil euros aos jovens para terem 3 filhos…
    – Uma Mulher que tenha o 4º filho NUNCA MAIS NA VIDA paga impostos.
    – Permitida a reforma antecipada sem cortes a Avós que se reformem para ajudar a cuidar dos netos.

    Não consigo imaginar o Horror, a Miséria e a Tragédia que os Húngaros estarão a sentir neste momento. Vou aproveitar o 13 de Maio para ir acender umas velinhas a Fátima e esperar que melhores ventos soprem para aqueles lados.

    “The people of Europe have come to a historic crossroads,” Orbán said on Sunday, criticising the “mixed population countries” that result from allowing migration. The process was moving so quickly, he said, that the transformation of previously Christian countries into those where Christians were a minority would happen in his lifetime. “There is no return ticket,” he said.

    !There is no return ticket!
    Isto não é um filme ou um sonho ou uma História… Acordem

    Liked by 3 people

    • Daniel Ferreira permalink
      8 Maio, 2019 18:00

      No ano de 2017, a cidade Hungara de Székesfehérvár candidatou-se a Cidade Europeia da Cultura. Perdeu a nomeação porque os psicopatas da UE acharam que o vídeo promocional tinha:
      – Demasiadas pessoas brancas
      – Demasiadas pessoas a sorrir
      – Demasiadas cruzes de Cristo


      According to Cser-Palkovics one member of the jury of “experts,” whom he identified as a Belgian politician, strongly disapproved of the promotional video, calling it a “propaganda film for white Christian Europe” in which “everyone is white, happy and dancing in the streets.”

      He said that the panel criticized the film for leaving out “the poor and migrants” while having too many “crosses and churches.”

      Brancos, felizes e cristãos são o alvo a abater

      Liked by 2 people

  4. Daniel Ferreira permalink
    8 Maio, 2019 17:36

    Agora também tenho uma ou duas perguntas para queijinho aqui para os escritores do Blasfémias, Dª Cristina:

    Acham que morreram mais pessoas nos confrontos na Venezuela do que Portugueses espancados em Angola apenas nas últimas semanas? Estariam enganados…

    Quantas semanas consecutivas é q andam a aparecer portugueses assassinados por lá?

    Acham que o genocídio de europeus que está acontecer na África do Sul e já aconteceu no Zimbabwe, não vai/está acontecer em Angola também?

    Vão haver denúncias por aqui ou a Chica não deixa escrever sobre isto?

    Liked by 2 people

    • André Miguel permalink
      8 Maio, 2019 22:18

      Vá devagar… eu passo grande parte do ano entre Angola e África do Sul e não há comparação possível.

      Gostar

  5. Arlindo da Costa permalink
    8 Maio, 2019 17:58

    Pior do que esta fome foi a fome na Irlanda no final do século XIX quando milhões de irlandeses morreram à fome ou tiveram que emigrar desesperadamente para a América.

    Morreram às mãos dos senhores e colonizadores ingleses. Lembram-se deste holodomor?

    Gostar

    • licas permalink
      8 Maio, 2019 20:03

      Os criminosos emigrantes caem sob a alçada da lei, os que não são
      tem o direito a serem legalmente protegidos. Assim é que está bem.

      Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        8 Maio, 2019 20:28

        Antes de cair, matam. Não é assim que se protege uma nação. Veja Alemanha, Bélgica, França e por aí fora.

        Liked by 1 person

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        9 Maio, 2019 20:03

        Exactamente! Serem apanhados depois de terem provocados danos serve a sociedade? Que culpa têm os que cá estão e são alvo da sanha dessa gente? A obrigação de um Estado não é proteger os seus cidadãos, tomando todas as medidas necessárias? Isso é o mesmo que dizer que se pode deixar entrar os vírus porque temos antivirais para eles. Alguém vê interesse em deixar adoecer primeiro para curar depois? Mas que raio de raciocínios!

        Liked by 1 person

    • A.R permalink
      8 Maio, 2019 20:03

      Oh, triste e ignorante de cabo a rabo

      Morreram por maus anos agrícolas devido a um arrefecimento acentuado do clima e uma doença na batata (e não chegou sequer a um milhão): Não foram vítimas de um governo bárbaro com o dos comunistas como tu que roubaram os alimentos de reserva e as sementes para os anos agrícola seguintes e cercaram as populações. Ainda incentivaram a bufaria e interrogatórios a crianças nas escolas para descobrir onde os pais escondiam alimentos.

      Liked by 3 people

  6. licas permalink
    8 Maio, 2019 20:06

    A.R PERMALINK
    8 Maio, 2019 20:03
    A PIDE teve em quem se inspirar…

    Gostar

  7. Pedro Grangeio permalink
    8 Maio, 2019 23:21

    Estamos a assistir, alegremente, à derrocada da civilização mais avançada do Mundo, com a conivência dos patéticos políticos europeus. Em algum ponto isto tem que parar. O meu medo é que acho que já lá não vai a bem….

    Liked by 2 people

  8. Pedro Grangeio permalink
    8 Maio, 2019 23:21

    Estamos a assistir, alegremente, à derrocada da civilização mais avançada do Mundo, com a conivência dos patéticos políticos europeus. Em algum ponto isto tem que parar. O meu medo é que acho que já lá não vai a bem….

    Liked by 2 people

  9. Pedro Grangeio permalink
    8 Maio, 2019 23:28

    Estamos a assistir ao fim de uma civilização, como se estivéssemos a ver um filme em câmara lenta. As coisas acontecem à frente dos nossos olhos e nós fingimos não ver. É uma perfeita loucura! Estamos a criar uma juventude que não percebe o que se passa (fruto da lavagem cerebral a que está sujeita) e os políticos sentem-se tão bem a viver à custa do Povo que não querem mudar. Ou me engano muito, ou isto já lá não vai a bem…

    Liked by 4 people

  10. André Miguel permalink
    9 Maio, 2019 07:34

    Mais jornalismo de causas (para não dizer de merda).
    Veja-se como um politico que defende a liberdade de escolha e a responsabilidade do indivíduo é logo apelidado de populista:

    https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/as-pessoas-devem-poder-fumar-beber-e-comer-a-carne-vermelha-que-quiserem-defende-ministra-da-saude-norueguesa-442016

    Liked by 1 person

  11. Maria da Luz Moutinho permalink
    9 Maio, 2019 10:47

    Este assunto dá pano para muitas mangas…E Europa devia ir para o Guiness à custa dos idiotas úteis, uma lista:
    – Sadam
    – Ben Ali
    – Kadhaffi
    – Mubarak
    e mais Assad
    Uma política de padrões ambíguos (da UE), mudar a porta ou uma roda giratória de entrada de refugiados na Europa da Líbia para a Turquia e contratar um novo porteiro- Erdogan.. Ditador e à mercê de um dos principais patronos do terrorismo islâmico! Era o tiro final se a Merkel e a Europa tomassem como certa a adesão da Turquia à UE!? Este homem tem as costas quentes pelo lado dos EUA e da UE…Erdogan exigiu a Bruxelas três mil milhões de euros por ano para conter os refugiados da guerra da Síria e conseguiu com que UE lhe garantisse essa verba, suprimiram os vistos de circulação com a Turquia. Os operacionais da al-Qaida ou do Estado Islâmico passam… a mover-se muito mais facilmente, por exemplo, entre o Oriente e/ou qualquer recanto europeu… Então andam aqui a esfolar-nos e a extorqui-nos para sustentar um Ditador sanguinário que se dá ao prazer de assassinar e a razia de Curdos??
    Esta UE é um sitio muito mal frequentado! Mais sintonizados com as correntes intervencionistas e na prática, reforçam o terrorismo!!
    O objectivo orwelliano sempre é reinar sobre uma Sociedade do Medo…
    Quanto à Hungria é uma Nação que não nos alumia!! Muitas coisas não batem certo…
    O Islão não é sinónimo de violência?
    O islamismo não apregoa a violência…o problema é o aproveitamento político que esses países fazem da religião com fins políticos…O que está realmente em causa…além de limitar as nossas liberdades para maior controle das populações…é uma guerra geopolítica para controle de uma região…A Europa secundarizada no mundo global!

    Genocídio: termo consagrado em 1945 para deferir assassinato deliberado de pessoas motivado por diferenças étnicas, nacionais, raciais, religiosas ou políticas…então todos os dias se cometem genocídios…
    Só sei que à custa de muitos golpes sujos e os que os suportam têm as mãos sujas.. muito sujas mesmo.. do sangue de seres humanos inocentes!!!

    Liked by 1 person

  12. ATAV permalink
    9 Maio, 2019 11:28

    História engraçada acerca dos países de Leste que ouvi algures. Creio que foi alguém que disse ao Krugman no inicio dos anos 90 após a queda da cortina de ferro mas não tenho a certeza. Estou a parafrasear:

    “Agora que os países de Leste se livraram da ideologia comunista que sempre foi um corpo estranho naquelas sociedades, podem dedicar-se à sua verdadeira paixão: o Fascismo.”

    Apócrifa ou não esta história é interessante. Cada qual que tire as lições que entender sobre o que se está a passar a Leste…

    Liked by 2 people

    • Cristina Miranda permalink
      9 Maio, 2019 14:06

      O fascismo é uma corrente ideológica do SOCIALISMO. Não há fascismo nesses países. Para o ter teriam de ter um Estado totalitário e que concentra em si todo o poder.

      Liked by 1 person

      • ATAV permalink
        9 Maio, 2019 14:40

        O fascismo é socialista??? Isso não passa da retórica que a extrema-direita utiliza para despejar o entulho que a ideologia deles produziu no quintal dos outros.

        Tenha muito cuidado com os argumentos que utiliza. Se a Cristina não quer ser confundida com uma fascista aconselho-a a não utilizar as ferramentas de propaganda deles..

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        9 Maio, 2019 15:11

        A ignorância combate-se estudando. Sim meu caro, fascismo é uma corrente revisionista do marxismo. Não é propaganda. Está nos livros que você não leu. E cuidado você com a forma como me trata. Faça contraditório mas com educação e ARGUMENTOS, não insultos. Não basta dizer que “não é”. É preciso provar.

        Liked by 3 people

  13. ATAV permalink
    9 Maio, 2019 15:34

    Eu não a insultei. Mas a Cristina apelidou-me de ignorante só porque não engulo a sua propaganda facilmente desmontável! Um belo exemplo de projecção!

    Também não tenho culpa que a Cristina tenha escolhido utilizar péssimos argumentos. Argumente melhor da próxima vez…

    Seja como for obrigado pela sua resposta. Ajudou a clarificar de forma exemplar as suas preferências politicas dissipando qualquer dúvida…

    E fique a saber que você está a lutar para que, caso a sua ideologia pegue de estaca aqui no burgo, você e todas as outras mulheres sejam recambiadas de volta para a cozinha como antigamente. Um mimo!

    Gostar

    • ATAV permalink
      9 Maio, 2019 15:52

      E quanto às provas que me está a exigir… Será que preciso de provar que o Hitler e o Mussolini invadiram a União Soviética?

      E que ambos vituperavam constantemente o Marxismo nos discursos que faziam e nos livros que escreveram (ex: Mein Kampf)?

      Santo Deus!

      Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        9 Maio, 2019 16:11

        Negativo. Já escrevi sobre isso com links. Já lhe coloco aqui o texto pra ler com muita atenção. Tem todas as respostas Pras suas dúvidas.

        Liked by 1 person

      • Cristina Miranda permalink
        9 Maio, 2019 16:17

        Quer Hitler quer Mussolini eram ambos socialistas e governaram de acordo com a ideologia Socialista. As desavenças com o próprio partido, é outros seiscentos paus.

        Liked by 1 person

      • 13 Maio, 2019 17:42

        Curiosamente, durante quase metade da 2GM, entre 1939 e a terminar em 1941 com a operação Barbarossa, existia uma forte aliança entre os Nazis e a URSS…

        Isso permitiu que a Polónia fosse retalhada entre os dois, não mais se livrando do comunismo até bem recentemente, em leis de 1996 ano em que foram proibidos políticos comunistas e 2007 pela reposição da verdade histórica sobre o periodo de ocupação e liderança comunista.

        Liked by 2 people

    • Cristina Miranda permalink
      9 Maio, 2019 16:09

      Vá acalme-se e releia o q escreveu antes de se vitimizar. Fiz-lhe uma pergunta: qual a sua argumentação pra afirmar q fascismo não é 1 corrente revisionista do SOCIALISMO.

      Liked by 1 person

    • 10 Maio, 2019 10:13

      Se a parvoíce pagasse imposto ATAV você sustentava-nos a todos!!! Essa da cozinha é pura propaganda Bloco Esterqueirista, a minha mãe, tia e muitas outras fizeram licenciaturas e trabalharam, tal como os maridos nas décadas de 50, 60 e 70 até ao descalabro de 74. Quanto a Stalin matou muito mais gente do que Hitler e o Mussolini teria adorado conseguir sequer sair de Itália … olha agora a invadir a URSS, LOL que ignorância: Mussolini tentou e não conseguiu por completo invadir a … Etiópia!

      Liked by 2 people

      • ATAV permalink
        10 Maio, 2019 12:10

        Olha, olha!… Um saudosista do Estado Novo! Não é muito comum hoje em dia alguém admitir isto em público.

        E de quê sente mais falta? Da guerra colonial? Da censura que omitia todos os escândalos da classe governante da altura? Ou da PIDE e das prisões por motivos políticos? Talvez da oligarquia da altura como os Espíritos Santos, o Champalimaud ou os Melos que eram os donos de metade do país e tomavam decisões que afetavam milhões dos seus concidadãos sem dar cavaco a ninguém…

        E já agora também tenho mulheres na família que trabalhavam e tiraram licenciatura nessa altura mas, mesmo assim, tinham posição subalterna em relação aos homens. Sem contar que estas mulheres eram uma minoria na altura. A esmagadora maioria remetia-se na cozinha e se tivessem um marido que lhes batesse, bem… azar o delas!

        Enfim… Bons tempos!

        Liked by 1 person

      • ATAV permalink
        10 Maio, 2019 12:30

        “Quanto a Stalin matou muito mais gente do que Hitler…”

        Whataboutism puro e duro… Sabia que esta ferramenta de propaganda foi popularizada pelos comunas? Quando os americanos falavam do Gulag os soviéticos desviavam as atenções para os linchamentos e perseguições de negros nos estados do sul.

        “o Mussolini teria adorado conseguir sequer sair de Itália … olha agora a invadir a URSS, LOL que ignorância: Mussolini tentou e não conseguiu por completo invadir a … Etiópia!”

        Não sei se sou ignorante, mas tenho certeza que você é preguiçoso. Nem se dá ao trabalho de ir ao google antes de debitar postas de pescada… Demorei 10 segundos.

        “Italian participation in the Eastern Front”
        https://en.wikipedia.org/wiki/Italian_participation_in_the_Eastern_Front

        Gostar

      • 10 Maio, 2019 13:04

        LOL e LOL e quanto a essa “participação de Itália” contra a URSS … então não esqueça os batalhões Espanhóis na Batalha de Kursk ….

        Liked by 3 people

      • 10 Maio, 2019 13:09

        Já agora a maior saudade é da Ordem e Disciplina e das prisões de alucinados. Quanto às Oligarquias só mudaram os nomes de família, hoje são César, Balsemão, os Melos continuam, os Espirito Santo … you name it!

        Liked by 1 person

      • ATAV permalink
        10 Maio, 2019 14:22

        Ora então muito bem… Aparentemente declarar guerra e mandar 250 000 homens armados e material de guerra para outro país não é nada. Que argumentos posso invocar contra baboseiras deste calibre?

        “Já agora a maior saudade é da Ordem e Disciplina e das prisões de alucinados.”

        Ou seja, gosta da cultura do respeitinho, dos abusos das autoridades e das perseguições políticas. Certo! Fica aqui registado para memória futura…

        Tem razão quanto às oligarquias. Uma pequena correção: enquanto alguns nomes mudaram, os outros ficaram iguais. Só que agora têm de pagar mais impostos e já não conseguem capturar o poder político com tanta facilidade. É que agora, como o poder vai mudando de mãos nas eleições, têm que se esforçar mais e tentar agradar a muita gente diferente. Já não basta casarem-se entre si e telefonar ao “Doutor Salazar”.

        Gostar

  14. ATAV permalink
    9 Maio, 2019 17:46

    Cristina. Obrigado pela sua resposta.

    O Mussolini abandonou os comunistas para desenvolver o fascismo e o Hitler aproveitou a estrutura do partido onde se inseriu para aplicar as politicas nazis. E ambos fizeram estas coisas enquanto estavam a mandar vir com os comunas.

    É evidente que o Mussolini e o Hitler foram influenciados pela época em que viveram. Não conheço quem não o seja. Ser influenciado por algo não é ser igual ou ter origem nessa coisa. E mesmo a militância num partido não significa que uma pessoa vá defender para sempre aquelas ideias.

    Quer exemplos? O José Manuel Fernandes (JMF) do Observador e o Vital Moreira eram do MRPP e do PCP respetivamente. O Vital Moreira refere-se a si próprio hoje em dia como simpatizante do PS e defende o Ordoliberalismo alemão e todos nós conhecemos os artigos de opinião do JMF. Estes dois são comunistas? E o Durão que era do MRPP? Estava a aplicar o Marxismo aos países do Sul durante a crise das dívidas soberanas?

    O artigo do José Rodrigues dos Santos não passa de um 6 degrees of Kevin Bacon ideológico. Ele meteu-se numa alhada quando o pessoal percebeu que ele estava a utilizar a argumentação da extrema-direita para branquear o seu passado e escreveu esse artigo para tentar descalçar a bota.
    Igual ao Jaime Nogueira Pinto que passou a vida toda a escrever densos tratados para tentar passar a mensagem que o Salazar não era fascista.

    Enfim. Não passam de tentativas de sepultar os cadáveres que a extrema-direita produziu na vala comum da extrema-esquerda.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      10 Maio, 2019 18:36

      É esta a sua argumentação? Explique lá porque Mussolini e Hitler governaram segundo a ideologia Socialista e deixe-se de rodeios.

      Liked by 1 person

      • ATAV permalink
        11 Maio, 2019 16:46

        Sim, é esta a minha argumentação. Defensores de uma ideologia estarem constantemente a mandar vir contra outra ideologia e invadir o pais que é o principal promotor dessa ideologia deveria ser prova mais que suficiente.

        E o facto do Mussolini ter militado no Comunismo na juventude e desamparado a loja assim que perdeu a fé nessa ideologia e o Hitler ter tomado conta de um partido com a palavra socialista no nome, não quer dizer que defendam essa ideologia ou mesmo que sejam aparentados dela.

        Aliás a Alemanha de Leste chamava-se República Democrática Alemã e a Coreia do Norte é oficialmente a República Popular Democrática da Coreia. Logo são democracias segundo a argumentação demagógica do José Rodrigues dos Santos no artigo que a Cristina citou em cima. Argumentação essa que eu também já vi repetida por estes lados e que é tão facilmente desmontada que só engana quem quer ser enganado…

        Mas na realidade é absolutamente indiferente se o fascismo tem origem ou não no socialismo. Estes argumentos são utilizados apenas com um único propósito: branquear o passado sanguinário da extrema-direita para aqueles que defendem essa ideologia se possam apresentar a eleições limpos de qualquer pecado.

        Mas os comunistas também fazem isto: quando alguém lhes aponta os crimes contra a humanidade que os regimes comunistas produziram ao longo da história eles correm a dizer que não era o “verdadeiro comunismo”.

        Só caem nestas balelas os incautos e quem quer. Ou seja, idiotas úteis…

        Gostar

    • Augusto Falcao permalink
      10 Maio, 2019 20:20

      ATAV Boa noite. A história diz, que a mesma e escrita pelos vencedores e que dos vencidos não reza a história. Ou seja na largada da bomba atômica sobre Hiroshima reza os livros que só nos primeiros 15 dias morreram até 90 000 japoneses. Se aceitemos estes números como verdade (.Porque nos convém) não deixamos de poder dizer que:
      Stalin – só durante o grande expurgo, Stalin terá sancionado a.morte de 680 000 pessoas (1936 / 1940) l. Já não falo dos seguintes dirigentes comunistas; Polt Pot no Camboja, Ho- Chi-Min no Vietnam, os Kim na Coreia do Norte, Castro em Cuba., Mao na China. A história é o que é. Simplesnente a forma como a contamos ou a vemos é que conta. Agora não podemos e usar a que nos interessa é depois dizer que a que não nos interessa foi “exacerbada “. Tenha uma.boa noite. E ao menos seja coerente.

      Gostar

      • ATAV permalink
        11 Maio, 2019 17:21

        Olhe lá! Essa conversa da bomba atómica e do Estaline veio de onde? Não me lembro de ter defendido o Estaline ou qualquer ditador vermelho… Deixe-se de me tentar associar a esses carniceiros. Seja sério…

        E essa coisa da história ser escrita pelos vencedores. É para tentar minimizar os crimes dos nazis? Se não é essa a sua intenção olhe que parece…

        Se a sua intenção é defender os nazis, minimizando os crimes deles e aumentando os dos outros porque concorda com a ideologia nazi então deixe-me explicar-lhe o seguinte:

        Os nazis não querem saber de pureza ideológica. O que eles gostam é de pureza racial. Ou seja, você como latino é um ser inferior para eles. Não passa de um sub-humano útil para trair a própria raça que será prontamente
        enviado para as camaras de gás logo após os outros todos.

        E logo num post com o título de “Os idiotas úteis”. A ironia é fantástica!

        Gostar

  15. Arlindo da Costa permalink
    9 Maio, 2019 19:18

    O Salazar foi um grande socialista. Adoptou as teses do Estado Novo proclamada pelo seu camarada Mussolini, desde o estado corporativo, a Legião Portuguesa, a Mocidade Portuguesa, o sindicalismo nacional, etc.

    Afinal o que se verificou no 25 de Abril foi a queda dum estado socialista e os comunistas eram apoiados pela CIA e pelos EUA.

    Liked by 1 person

    • Cristina Miranda permalink
      10 Maio, 2019 18:36

      É só AR nessa cabeça meu LINDO

      Gostar

    • Jornaleco permalink
      10 Maio, 2019 22:56

      Salazar não foi nenhum socialista, Arlindo feio. Que disparate.

      A esquerda e muitos Arlindos odeiam Salazar só por um simples facto.

      Liked by 3 people

    • 13 Maio, 2019 18:11

      Arlindo Costa fica desde já perdoado porque não deve ter idade para ter vivido a realidade do estado Novo … mas peca por acreditar nos contos da carochinha da esquerdalha hodierna … e hedionda. Salazar era um Tradicionalista Ibérico, tal como Franco acabou por ser, embora Franco tivesse de facto uma grande admiração por Hitler. Não existiu nada que se chama-se “Sindicalismo nacional”, isso era um sonho de um teórico dos anos 30 chamado Rolão Preto. Mocidade Portuguesa e Legião são duas realidades, a Mocidade até aos 21 anos (maioridade legal) e a Legião após os 21 anos. A Mocidade era uma organização típica, de tipo British HighSchool, como as Confrarias nas universidades americanas, etc. só que era a União Nacional dos Estudantes e não apenas das elites. Na Mocidade todos eram iguais, todos evoluíam na hierarquia ou não de acordo com as mesmas provas e critérios ao contrário da vida quotidiana. Na Legião era uma organização para militar exactamente igual à Milícia nos USA, só para por de lado disparates ideológicos. Quanto ao estado Corporativo era, esse sim a essência do estado Novo e excelente organização social e económica que era!!!

      Liked by 2 people

  16. Augusto Falcao permalink
    9 Maio, 2019 21:41

    Boa noite. E com tristeza que mais uma vez vejo um assunto sério esvaziado a dicotomia esquerda/direita. E eu recuso-me a reduzir o assunto a isso somente. Toda a gente que segue os textos de Cristina Miranda sabe que ela defende ideias de direita. E claro, sujeita -se aos ataques de indivíduos de esquerda. Mas ser de direita como é Cristina Miranda.nao lhe pode logo dar a partida o epíteto de fascista, rótulo que os indivíduos da esquerda moderna e progressiva usam logo para calar todos aqueles que não segue o pensamento deles. Ora eu recuso me a cair nesta dictotmia, que muito beneficia a esquerda porque ninguém quer ser rotulado de fascista. E se eu sou fascista pelo que defende então sou. Nunca serei um prisioneiro de ideias com as quais não posso concordar.
    Tendo dito isto, a autora permita me dizer que acho que foi longe demais. Não precisamos de ir a Bruxelas para achar estes idiotas úteis. Temos 200 e qualquer coisa comodamente abancados na AR. Idiota desse que depois são assessorados por avançados que debitam ódio por tudo quanto é sítio. Exemplo Mamadou Na, essa personagem que com o alto patrocínio do BE se deu ao luxo de chamar bosta a polícia e ainda “tugas” num postnnuma rede social dizendo que havia tugas disposto a bater nos desgraçados das minorias. Depois temos uma das manas Mortágua que diz que é melhor que a polícia comece a pensar em desculpas e.outra que pode a.morte de um indivíduo eleito pelo seu povo. Ainda temos o PCP que diz que a.democracia dos Kim ano e uma ditadura e temos os três estarolas do costume. E ainda temos os ciganos, os africanos e talvez.os muçulmanos. E nós cidadãos deste burgo mal frequentado por estes idiotas que referi acima, ainda não temos total consciência deste.perigo porque a última vez.que estivemos sobre domínio estrangeiro foi em 1580 e depois porque felizmente todos os “refugiados” fogem do burgo ( porque será que fogem?) incluindo aqueles que apenas fazem estragos uma vez. Sim porque no dia que um louco se estoure durante o 13 de Maio em Fátima ou num daqueles festivais do continente talvez a nossa elite.moderna, humana e progressiva, todos eles filhos de famílias de bem abra os olhos e sinta vergonha de viver rodeada de segurança e longe destas “vitimas” do racismo do tuga. Sim porque viver longe deles é defende-los e fácil. Chato e viver lado a lado com eles e não ter ninguém nos defenda.
    Termino dizendo duas coisas; para os amantes da esquerda um conselhode leitura : https://www.dn.pt/edicao-do-dia/08-mai-2019/interior/homofobia-de-hoje-e-resultado-direto-dos-erros-dos-progressistas-10866119.html?target=conteudo_fechado.

    Por fim, que Cristina, você não é uma mulher. Você é uma senhora, e digo isto porque mulheres ha muitas. Senhoras como a Cristina há poucas e o seu destino não é a cozinha como alguém referiu ai.
    Boa noite.

    Liked by 5 people

    • Cristina Miranda permalink
      10 Maio, 2019 18:41

      Que grande comentário digno de ser partilhado no meu mural. Autoriza?

      Liked by 1 person

      • Augusto Falcao permalink
        10 Maio, 2019 20:03

        Boa noite Cristina. Sim desde que nao seja identificado por causa apenas do meu filho e da.minha esposa. De resto a Cristina está a vontade para.concordar e discorda comigo. E já agora nunca deixe de ser uma Senhora. Bom fim de semana.

        Liked by 1 person

      • Cristina Miranda permalink
        10 Maio, 2019 20:06

        Sim, sem identificação. Pode estar descansado.

        Gostar

    • Augusto Falcao permalink
      10 Maio, 2019 20:56

      Cristina autoriza me a entrar em.contacto consigo por facebook via Messenger.psor algo que me.esta a fazer doer a alma?

      Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        10 Maio, 2019 21:40

        Sim. Sabe qual é a minha página ou precisa q a ponha aqui?

        Gostar

  17. Jornaleco permalink
    11 Maio, 2019 00:03

    O artigo é bom.

    Mas, a esquerda não está interessada em comunicação aberta ou em justiça ou em mudar as regras.

    Citação: “A Hungria não é racista nem xenófoba. […]”

    Claro que não o é! A Hungria partilha um pormenor comum com Salazar. E esse pormenor aqui, no artigo, não é mencionado, e o problema principal.

    Toda a esquerda não têm autoridade moral nenhuma em decidir o que é bom e o que é mau. As putas não mandam. E quando mandam, vivemos em tempos PERVERSOS e muito perigosos.

    Os bois têm que andar à frente da carroça! E em Portugal não o deixam fazer e uma grande parte das mulheres são culpadas por isso.

    Todo o destino desta UE é a destruição da coisa, que une Salazar e esta Hungria e a Polónia.

    Isto não é um erro da esquerda, mas a lógica de toda a esquerda. Uma convivência não é possível. A guerra terá que vir. E toda a esquerda proibida. Sem excepção.

    Liked by 1 person

  18. Augusto Falcao permalink
    11 Maio, 2019 18:28

    ATAV seja sério e não coloque palavras na.minha boca nem sobre mim nem sobre si. Você é que afirmou que os comunas popularizaram as mortes nos gulag com o ferramentas de.propaganda. Eu apenas lhe disse e com exemplos que não se pode usar isso para.desviar as pessoas da verdade e usar a mesma argumentação para criticar os outros. Se não entendeu o que eu disse foi porque não quis.

    Liked by 1 person

    • ATAV permalink
      11 Maio, 2019 20:34

      Então se bem percebo foi um mal-entendido e você não é um nazi. Óptimo! Quanto menos nazis no mundo melhor! É nestas situações que gosto de estar enganado.

      Então assim sendo, está a alvejar a pessoa errada. Quem andou a praticar whataboutism (que em bom português chama-se desconversar) foi o utilizador jorgercramos, que puxou o Estaline à conversa para me tentar associar a esse animal e para tentar desviar as atenções do fio da conversa.

      E utilizei o termo whataboutism especificamente para que o jorgercramos, um salazarista confesso, percebesse que estava a fazer o mesmo que os comunistas faziam antigamente quando alguém falava no Gulag ou no Holodomor. A ideologia muda mas as ferramentas de propaganda são as mesmas…

      Gostar

      • Jornaleco permalink
        11 Maio, 2019 21:25

        Você é um parvo, idiota ou cretino ou do Restelo? Tudo junto?
        O que é um salazarista confesso, seu ditador?

        Desde quando é que joga na quarta divisão?

        Liked by 2 people

  19. 11 Maio, 2019 21:36

    Lenine felicitou Mussolini pela sua Vitoria no congress do partido sociailsta. Lenin Collected Works:
    Volume 23, 26k https://www.marxists.org/archive/lenin/works/1916/oct/15.htm .Foram Hitler e Mussolini socialistas? http://www.thehistoryforum.com/forum/viewtopic.php?t=30139

    Liked by 1 person

  20. ATAV permalink
    11 Maio, 2019 21:50

    Jornaleco

    Você não passa de um malcriado e um ignorante! E também não aparenta ser muito inteligente… Um salazarista confesso é alguém que demonstra admiração pelo Estado Novo e pelo Salazar e quer regressar a esse regime ímpio.

    Seguem em baixo as citações que comprovam o que afirmei sobre o utilizador jorgercramos. Entre parenteses estão os meus comentários para facilitar a sua compreensão e contextualizar.

    “até ao descalabro de 74” (Ele está a referir-se ao 25 de Abril)

    “Já agora a maior saudade é da Ordem e Disciplina e das prisões de alucinados.”
    (A resposta dele quando eu afirmei que ele era um saudosista do Estado Novo e lhe perguntei o que ele sentia falta no regime antigo)

    Ele também não negou quando o rotulei de salazarista. Que mais precisa para chegar à mesma conclusão?

    E quanto à sua acusação de eu ser um ditador. Então para si alguém vir para aqui denunciar o fascismo, nazismo, comunismo e demais totalitarismos é ser-se um ditador?!!??

    Talvez seja melhor você não andar na internet sem tomar a medicação primeiro….

    Gostar

  21. Augusto Falcao permalink
    12 Maio, 2019 09:51

    Olá Cristina. Peço desculpa por só responder agora. Sim eu sei qual a sua página do Facebook. Eu entro em contato consigo lá. Desejo lhe um bom fim de semana.

    Liked by 1 person

  22. 13 Maio, 2019 17:25

    Republicou isto em O Pica-Miolos and commented:

    Infelizmente tenho de discordar num ponto deste artigo, apesar de estar cristianíssimo em todos os outros.

    Maioria dos políticos ocidentais sabem exatamente o que estão a fazer, pois “isto”, está planeado há décadas, e tem sido a cada acordos ou pactos aproximado da realização – É a implementação do novo governo mundial, comandado pela ONU\UE.

    Eles não podiam era ter adivinhado o factor da informação deixar de vir dos meios controlados pelas elites (jornais, televisões, rádios, cinema, teatro), mas por pessoas comuns, independentes, pelas redes sociais globais, tal como a Cristina Miranda ou eu.

    Dai a censura nas redes sociais cada vez estar mais intensa. É sinal da intervenção dos globalistas.
    Veja-se os exemplos recentes de cidadãos neozelandeses que já nem podem falar livremente nas redes sociais contra a imigração ou islamização, pois recebem visitas da policia para “confirmar a forma de pensar” ou chegam mesmo a ser presos.

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: