Saltar para o conteúdo

Podem mandar o Expresso para a faixa de Gaza e entregar a sua redacção aos ternos cuidados do Hamas? Obrigada

9 Maio, 2019

Depois de termos vencido a Eurovisão em 2017, a Eurovisão tornou-se uma espécie de obsessão nacional. Este ano é Conan Osíris a representar Portugal em Israel, um país com um governo que subjuga milhares de palestinianos. “Quem mata quem? Quem mata quem?”, pergunta ele na música que lá vai cantar. A resposta perturba muita gente

Perora uma jornalista num video sobre a subjugação dos palestinianos pelo Estado de Israel. Quem ouvir aquele arrazoado de disparates acreditará que existiu alguma vez um estado palestiniano. Mas o mais espantoso é a desresponsabilização dos palestinianos, simultaneamente subjugados pelos israelitas mas dependentes deles para tudo nas palavras da jornalista. Enfim umas criancinhas.


 

 

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. Daniel Ferreira permalink
    9 Maio, 2019 10:43

    eu tive q esfregar os olhos duas vezes, mas a Dª Helena escreveu mesmo “acreditará que existiu alguma vez um estado palestiniano”… uau!!

    Com frases destas, começo a achar que o seu Matos é igual ao do Arnaldo

    Gostar

    • JPT permalink
      9 Maio, 2019 14:27

      Diga lá então qual é o “Estado Palestiniano” que existiu, que é para todos ficarmos a saber.

      Gostar

      • Daniel Ferreira permalink
        10 Maio, 2019 10:53

        Tendo em conta que tirar pessoas que sempre lá moraram é coisa que também vai acontecer em PT, prepare-se para perguntar num futuro não muito distante “Diga então qual é o Estado Português que existiu, que é para todos ficarmos a saber”

        Gostar

      • Jornaleco permalink
        10 Maio, 2019 22:27

        @ Daniel Ferreira

        Eu não compreendo o seu raciocínio. Quem é que lhe disse, que aquilo é dos palestinianos?
        Porque é que a esquerda fascista usa sempre o poder e a força para impor as suas injustiças sobre os que querem ser livres?
        Acha que a esquerda fascista, que é a mesma que vai ao cu aos do Restelo, se interessa um corno, com a vida dos palestinianos? É só um pretexto para ocultar um pormenor.

        Gostar

    • Tiradentes permalink
      9 Maio, 2019 20:00

      Estado palestiniano é aquele que quando a Autoridade Palestiniana ganha, o Hamas sequestra. Estado Palestiniano depende do Hezbollah xiita contra o Hamas sunita. Se eexistisse até seria bom…matavam-se uns aos outros. Entretanto vão disfarçando querendo matar os judeus

      Gostar

  2. 9 Maio, 2019 11:03

    De facto o estado palestiniano é apenas uma ficção para manter a fricção na zona evitando o óbvio que é que as fronteiras de Israel deviam ser sempre e para sempre do Sinai ao Norte do Líbano.

    Gostar

  3. JgMenos permalink
    9 Maio, 2019 11:28

    Desde as condições de criação e expansão do Estado de Israel, às condições dos palestinianos nos países e territórios onde se acolhem (inclusive o de Israel) , o caso dos palestinianos não é assunto para duas tretas.
    E quanto à chiadeira do Osíris bem podia ter sido composta em Gaza por entre os vapores de umas cachimbadas.

    Gostar

  4. sam permalink
    9 Maio, 2019 12:08

    Parafraseando o grande Conan, esta malta jornaleira tem é celulitite na mona.
    Dêem-lhes um cu dum nenuco, que eu ’tou me a cagar.

    Gostar

  5. Ana Vasconcelos permalink
    9 Maio, 2019 15:28

    Parece-me que os nossos jornalistas e comentaristas ainda não se deram conta de uma transformação significativa nas relações de Israel com os seus vizinhos árabes. Israel só ataca xiitas. Ou seja, provavelmente fez uma acordo secreto com a Arábia Saudita e outros estados árabes sunitas para lhes fazer o trabalho sujo de atacar xiitas, o que lhes ficaria mal porque são todos muçulmanos. Hoje em dia o conflito no Médio Oriente é entre xiitas e sunitas. Israel contra árabes é muito Guerra Fria, completamente ultrapassado. Quem ainda está nessa é muito burro e está totalmente out.

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      9 Maio, 2019 17:24

      ” fez uma acordo secreto com a Arábia Saudita e outros estados árabes sunitas para lhes fazer o trabalho sujo de atacar xiitas, o que lhes ficaria mal porque são todos muçulmanos.”

      Errado. Sunitas e xiitas não consideram os outros como verdadeiros muçulmanos. Consideram que o outro grupo segue uma versão errada. Reservam à outra seita tratamento igual ou pior que a judeus ou cristãos.

      Gostar

  6. Prova Indirecta permalink
    9 Maio, 2019 16:21

    O mais espantoso mesmo , é supôr existir uma mensagem política , ou tão só uma mensagem , no desempenho do gajo das colheres .

    Gostar

  7. lucklucky permalink
    9 Maio, 2019 18:28

    Sem Israel os Palestinianos seriam Jordanos e Egipcíos e ninguém escreveria alguma coisa sobre eles.

    Mas é o Jornalismo Marxista. Não se admire que seja anti-semita como Karl Marx. Tudo o que não fique dependente da boa vontade do Socialismo é para ser exterminado.

    Veja-se aliás como a jornalista do Expresso está-se nas tintas para o que a Sociedade Palestiniana faz às mulheres. Obrigar-lhes a cometerem um atentado para limpar a honra manchada da família por um adultério ou outro “crime”….

    Ali já não hà patriarcado e discriminação. Isso é só narrativa jornalista para o Ocidente.

    Gostar

  8. Arlindo da Costa permalink
    9 Maio, 2019 19:14

    Era só que faltava ir para o maior campo de concentração a céu aberto que há memória desde que o mundo é mundo.

    Vão vocês para testarem a fofura dos israelitas criminosos!

    Gostar

    • lucklucky permalink
      9 Maio, 2019 19:43

      Campo de concentração controlado pe,o Hamas com milhares de rockets – com maior alcance que qualquer peça de artilharia do exército Português –

      Gostar

    • Jornaleco permalink
      11 Maio, 2019 10:29

      Ó @Arlindo feio e burro e injusto e PERVERSO. Você vai ao cu daqueles do Restelo, Arlindo feio, não é?

      Um criminoso é você e os seus amigos criminosos na faixa de Gaza, que levam boa porrada. Israel vencerá sempre. Sempre.

      Gostar

  9. 9 Maio, 2019 21:04

    “Palestinians in Gaza and West Bank get somewhere around 1.3 billion USD aid per year, according to one of your references. (300 million from the US, nominally.) With a population of 4.5 million or so, that’s about 290 per capita. Their GDP is around 13.4 billion: that’s almost 3000 per person”. Mais uns bilioes dos Paises Arabes, e claro nao necessitam de trabalhar, passam os dias a atirar calhaus e rockets aos Isreelitas

    Gostar

  10. Carlos Rosa permalink
    9 Maio, 2019 21:21

    A maioria dos jornalistas do sistema, ao serviço do governo marxista do Costa são uns ignorantes. Limitam-se a seguir a cartilha do politicamente correto e a copiar as notícias das agências noticiosas devidamente controladas.

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      11 Maio, 2019 10:35

      Eles mentem, MENTEM.

      O politicamente correcto NÃO EXISTE. Um termo estúpido, da mesma esquerda, para enganar o pessoal. Não devemos usar as palavras, a terminologia desses cabrões.

      A esquerda gosta de matar, como aqueles que na faixa de Gaza gostam de matar, que não estão de acordo com esses doidos e fascistas muçulmanos.

      Karl Marx, um judeu, foi um burro e um mentiroso e um ladrão, claro.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: