Saltar para o conteúdo

Arnaldo Matos, camarada, esta é para ti

4 Setembro, 2019

Ando há semanas para escrever sobre isto por um mero sentimento de obrigação, não por gosto ou por vontade de participar nesta fantochada a que se chamam eleições. Depois de quatro anos a carpir sobre como foi possível que o parlamento se sobrepusesse à declaração de voto dos portugueses com mudança das regras estabelecidas pela tradição para o jogo e abrindo um precedente do qual nunca mais se sairá, eis que a direita – em sentido muito lato – se convenceu da impossibilidade física da sua sobrevivência no regime sem uns favores sexuais. Já não tinha grande fama, a tal da direita, mas agora decidiu simplesmente virar puta. Assumiu-se, portanto.

Sem o minúsculo sector católico do CDS a esbracejar, passaria durante o mês de Agosto (felizmente ameno para grandes incêndios) sem qualquer menção o despacho que determina o novo rumo para a Parque Escolar II (ou III, ou IV), a da construção em massa de lavabos em todas as escolas do país para que eventuais filhos dos secretários de estado proponentes (supondo que a Natureza falhou ao não bafeja-los com a merecida infertilidade) pudessem dar azo à psicose de pertencerem ao terceiro, quarto e décimo-quinto sexo. São como uns anjinhos, já se sabe, não é malta de pénis ou vagina, é algo diferente, algo de inútil para a espécie.

Não satisfeita com mais uma agradável colonoscopia com mangueira de esgoto, a tal de direita – a que se junta a mui moderna interpretação do liberalismo como Estado-concessionário do poder divino de cada um se sentir como lhe apetecer (eu hoje sinto-me um helicóptero verde) – ocupou-se na elaboração de programas sobre problemas prementes da humanidade, como o direito a exterminar velhos, o monopólio estatal da concessão de produção de drogas ou o quão bom seria se começássemos a taxar as prostitutas. Eu disse prostitutas, não disse putas: para estas o mote é quotas binárias (pelo que se amanhã me sentir um carro de bombeiros vermelho em vez de um helicóptero a situação poderá ser problemática em termos de discriminação).

Estúpido que sou, meti-me a ler os programas eleitorais. O do CDS até se lê, admito. Tirando umas besteiras típicas da crise de identidade que toda a direita vive, até é a coisinha menos execrável que por aí circula. O resto é intragável: é o produto de gente que vive numa bolha que está, ela própria, dentro de outra bolha. É uma dupla camada de protecção perante o mundo, o que permite grandes elogios e muitas palmadinhas nas costas, mas também permite que os filhos nasçam demasiado tantãs por tanta consanguinidade. Não brinco: eles andam por aí, como papoilas. Outra coisa que permite tal consanguinidade é que os jornalecos publiquem, impunemente, historietas de Gretas e da necessidade de todos os humanos deixarem de comer carne, passando, como já fazem com o conteúdo informativo, a comerem merda.

Portanto, se espera da minha parte um apelo ao voto, cá vai ele: se for mesmo votar, vote PS. A maioria absoluta seria melhor que toda esta hipocrisia; mas, se tem algum juízo, fique mas é em casa a ver o putedo todo a desfilar nas televisões.

17 comentários leave one →
  1. 4 Setembro, 2019 18:04

    “É uma dupla camada de protecção perante o mundo, o que permite grandes elogios e muitas palmadinhas nas costas, mas também permite que os filhos nasçam demasiado tantãs por tanta consanguinidade. Não brinco: eles andam por aí, como papoilas. Outra coisa que permite tal consanguinidade é que os jornalecos publiquem, impunemente, historietas de Gretas e da necessidade de todos os humanos deixarem de comer carne, passando, como já fazem com o conteúdo informativo, a comerem merda.”

    O vitor podia antes chamar-lhes de elitismo burguês , ou apenas burgueses, e poupava nas palavras em descrevê-los. Mas é compreensivel a relutância em usar a linguagem do “inimigo”. E também imagino a reação pavloviana daqui da malta “não bovina”. Assim talvez é melhor ir mandando a coisa às colheradas para ver se a malta vai entendendo a falsa dicotomia ideológico/politica que lhes fizeram acreditar.

    Gostar

  2. maria permalink
    4 Setembro, 2019 18:21

    Não podia ter dado um conselho mais racional? Desconhece o verdadeiro PS. Está quase tudo tomado por esta gente.Não são só os lugares visíveis há muito mais.
    Já tivemos uma amostra com os motoristas do que Costa é capaz de fazer.

    Liked by 1 person

    • Mario Figueiredo permalink
      4 Setembro, 2019 19:16

      Cara maria, o mal já está feito. O regime de Abril está consumado e não passa disto. A única forma de o derrubar é deixarmos-nos de tretas e perceber que não existe qualquer alternativa politica de direita em Portugal. E é preciso deixar bem claro que o CDS — o tal que que o Vitor Cunha diz ainda conseguir ler — não escreve com a mesma cor com que pinta a sua acção politica. Mente ainda mais que todos os outros.

      Portanto o Vitor tem razão. É mesmo no PS que devemos votar. E é no PS que eu vou votar. A única forma de derrubar este regime é forçar esta gente a governar e forçar o resto do país a pensar. Sacrificar uma ou duas gerações para o futuro do país.

      Agora, achar que votar CDS ou PSD vai mudar o que quer que seja, é precisamente contribuir para a Grande Mentira Nacional e ajudar a perpetuar o regime de Abril, de esquerda e marxista, que sobrevive precisamente da ilusão que cria de pluralismo democrático.

      Gostar

      • Carlos Rosa permalink
        5 Setembro, 2019 08:56

        O Mário Figueiredo é como o PCP,
        quanto pior, melhor.

        Gostar

    • 4 Setembro, 2019 23:45

      “A única forma de derrubar este regime é forçar esta gente a governar e forçar o resto do país a pensar.”

      Vocês podiam-no ter feito em 2010/11 só era necessário 2 aninhos 2. Mas não, tiveram que trazer o coelho, “ai o nosso coelho” o “salvador da pátria(regime)” . Agora aguentem mais 15 ou 20 aninhos…

      Gostar

  3. Paulo Valente permalink
    4 Setembro, 2019 19:55

    Tão elevada prosa só me leva a uma conclusão, em vez de chá, desde pequenino que Vítor Cunha come merda. Peço desculpa pela vulgaridade.

    Gostar

  4. Prova Indirecta permalink
    4 Setembro, 2019 21:14

    RIP

    Gostar

  5. Weltenbummler permalink
    4 Setembro, 2019 22:07

    ‘desist! desista” vá para jornalista!’

    Gostar

  6. JMS permalink
    4 Setembro, 2019 22:13

    Pedindo as habituais desculpas pelo off topic, gostaria de tecer algumas (muito poucas) considerações sobre o que acabei de ver na TVI/TVI24.

    Enquanto os proibicionistas do BE e, até do PCP, tudo têm feito para nos fazer recuar até ao Séc XIX, vá lá, princípios do Séc XX, onde ainda vivem, estes obrigacionistas do PAN querem fazer-nos recuar até à Idade Média. São os dignos representantes dos vigaristas do IPCC, ambientalistas extremistas e ONG’s onde a corrupção e a falta de escrúpulos são o dia a dia. Não entendi o #bem #mal mas também não é para entender. Quanto à estúpida da Constança Cunha e Sá esteve muito calma, como só podia. Não estava lá ninguém de “direita”.

    Em relação ao post em si, excelente.

    Gostar

  7. Zé Manel Tonto permalink
    4 Setembro, 2019 22:28

    “Estúpido que sou, meti-me a ler os programas eleitorais”

    Só cometi esse erro uma vez na vida. Em minha defesa, tinha 20 anos, e nessa altura todos fazemos coisas estúpidas.

    O Vítor já tem idade para ter juízo.

    Gostar

  8. Carlos Rosa permalink
    5 Setembro, 2019 09:01

    Vocês não notam?
    Dá a impressão que quando fala, o Costa sente que lhe andam a mexer no cú.

    Gostar

  9. 5 Setembro, 2019 10:29

    “da necessidade de todos os humanos deixarem de comer carne, passando, como já fazem com o conteúdo informativo, a comerem merda.”

    “:O)))))))))

    Gostar

  10. 5 Setembro, 2019 10:30

    O texto está delicioso!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: