Saltar para o conteúdo

A campanha de desinformação amorosa do Polígrafo

17 Outubro, 2019

A campanha de ódio, mentiras e desinformação contra a ativista Greta Thunberg

A guerra de desinformação odiosa contra Joacine Katar Moreira

Fotografia viral de obras por começar da nova Ala Pediátrica do Hospital de São João no Porto é autêntica?

10 comentários leave one →
  1. 17 Outubro, 2019 09:37

    O Polígrafo até pode ser, em tese, uma iniciativa com mérito. Contudo, não posso deixar de notar que sempre que a verificação fere, de alguma forma, a Esquerda no poder, o Polígrafo faz papel de contorcionista para colocar no veredicto um “mas…”

    Liked by 2 people

    • lucklucky permalink
      17 Outubro, 2019 11:55

      Então porque é que diz que aquilo tem mérito?

      O Polígrafo existe para reforçar as fake news do jornalismo Marxista.

      Liked by 3 people

      • 17 Outubro, 2019 15:32

        Eu escrevi “em tese”, ou seja, “em princípio” teria mérito. Eu depois prossegui para mostrar que a bondade do princípio não passou para a prática. Admito que teria sido mais apropriado eu escrever “podia ser”. Consequências do pouco tempo ao dispor.

        Gostar

    • The Mole permalink
      17 Outubro, 2019 12:40

      Só o facto de existir um “polígrafo” para verificar notícias diz tudo sobre o estado do jornalismo…
      E suponho que o próprio polígrafo também é elaborado por “jornalistas”; ou seja é fake-news sobre fake-news. Muito relevante, com certeza…

      Liked by 2 people

  2. 17 Outubro, 2019 10:10

    … ou nada, como no caso da Greta ou da Katar. nestes casos nada analisam, apenas enunciam. Na Katar fazem mais: nem falam dos videos da Katar a discursar sem gaguez, prova que seria fundamental testar para um “apuramento da verdade”.

    Liked by 1 person

    • carlos reis permalink
      17 Outubro, 2019 13:35

      Se você não é gago não vá por aí. Só outro gago consegue saber que há dias piores e outros assim assim. Por outro lado sou gago desde que me conheço e nunca me passaria pela cabeça candidatar-me a um cargo cuja exigência fosse falar em público com tempos contados. Para mim seria uma loucura. As minhas mãos são mais ágeis que a língua, foi por aí que eu fui.

      Liked by 2 people

      • 17 Outubro, 2019 16:51

        Eu por volta dos 5 anos tive um período de gaguez e lembro-me bem Carlos Reis. Acho que não seria impeditivo de alguém ser deputado. A questão é que há filmes verídicos publicados até pelo Livre em que não há gaguez nenhuma durante mais tempo do que os tempos de intervenção que ela vai ter. Para mim o problema é só um: A MENTIRA! Usar uma diminuição na capacidade de expressão oral para parecer uma vitima esforçada é: PORCO! Da parte dela e do Livre.

        Gostar

      • carlos reis permalink
        17 Outubro, 2019 18:08

        Não me parece que aquela gaguez seja fingida…mas…

        Gostar

      • carlos reis permalink
        17 Outubro, 2019 20:22

        Não me parece forçada a gaguez da senhora…mas. Também acho que não deva ser impeditivo,mas a senhora devia ter bom senso – porque vai ser confrangedor para si e para outros – e usar as capacidades que diz ter para intervir no espaço público através de outras formas de expressão.

        Gostar

  3. 17 Outubro, 2019 15:33

    Como eu gostava que este Polígrafo já existisse em 2012 para ver o que diria de “Artur Baptista da Silva é, realmente, um economista da ONU”?

    Liked by 4 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: