Saltar para o conteúdo

Se querem salvar a cervejaria Galiza vão lá comer e beber.

26 Novembro, 2019

A Câmara do Porto aprovou, esta segunda-feira, por unanimidade, uma moção da CDU para “expressar pública e institucionalmente” a todas as entidades envolvidas, um apelo à viabilização da Cervejaria Galiza.

Como os representantes de todos os partidos e movimentos estiveram de acordo neste apelo à viabilização da Cervejaria Galiza não vai ser difícil salvá-la: fazem uma conta conjunta com o dinheiro próprio e compram-na. Não vejo outra possibilidade. Aliás ficam todos com bela ocupação para o momento em que deixarem a actividade política: gerir a Cervejaria Galiza.

16 comentários leave one →
  1. procópio permalink
    26 Novembro, 2019 10:17

    Eu não largo o Procópio. Já se vê.
    Atendendo a que o Porto é uma cidade única, onde ainda se respira, e o Galiza serve cerveja de muito boa qualidade, mais dia menos dia vou até lá dar uma ajudinha

    Gostar

  2. procópio permalink
    26 Novembro, 2019 10:27

    Quando falo de lugares onde ainda se respira faço referência à asfixia.
    https://observador.pt/opiniao/estado-de-asfixia/

    Gostar

  3. Manuel Assis Teixeira permalink
    26 Novembro, 2019 10:43

    Isto tudo cheira a gonçalvismo! Só falta mesmo ver o Brigadeiro Corvacho ( alguem ainda sabe quem é? ) a liderar o protesto à porta da cervejaria! E mais uma vez a ” direita” dá um tiro no pé! É por essas e por outras que estão a ter a votação que têm! Não percebem bem quais são as causas que devem defender! Ridiculos…

    Gostar

  4. rogerio alves permalink
    26 Novembro, 2019 10:52

    Neste caso particular, tanto quanto sei (e se calhar sei mais do que a maioria), o problema da Galiza não era falta de clientes. Mais provavelmente alguma incompetência da gestão… A ser como digo, seria até expectável que alguém se interessasse na sua compra. A ver vamos.

    Gostar

    • Luís Lavoura permalink
      26 Novembro, 2019 10:59

      o problema da Galiza não era falta de clientes

      Pode ter sido um empresário que deu o golpe do costume, descapitalizando a sua própria empresa para transferir o dinheiro para uma outra. É muito praticado em Portugal por empresários que querem fugir a dívidas que criaram e não conseguem pagar.

      Gostar

  5. Luís Lavoura permalink
    26 Novembro, 2019 10:55

    O povo português é um povo muito conservador, muito arreigado aos seus costumes e tradições. Os portugueses emigram muito, e adaptam-se muito bem aos usos e costumes dos países para onde emigram, mas continuam muito conservadores no que a Portugal diz respeito. O amor às lojas e cervejarias do costume, da tradição, já antigos, faz parte desse conservadorismo atávico.

    Gostar

    • jppch permalink
      26 Novembro, 2019 17:52

      sem ter conservadorismo atávico que não possuo, não prezo e academicamente , não possuo nem adubo, contudo meu caro, dê uma volta por Londres, pela Escócia, pela Baviera, por até Paris, para não me alongar mais, e vê e talvez possa ter uns minutos de reflexão sobre o atávico das lojas e das portas abertas… não o conheço mas, lelo o que escreve…. posso sustentar que lhe falta mundo…passeie e voa… e comece por uma boa cerveja e francesinha na Galiza… quem diz aqui, diz noutros espaços que são conservadores atávicos e que o servem bem

      Gostar

  6. LTR permalink
    26 Novembro, 2019 11:31

    Há muitos anos que defendo que a entrada na vida política deveria ser precedida de uma passagem obrigatória por junta médica especializada em assuntos do andar superior, com parecer vinculativo de efeito imediato, sem recurso e definitivo.

    Liked by 1 person

    • José Monteiro permalink
      26 Novembro, 2019 21:05

      Tal como exigido para obter carta de condução.
      Agora imagine um exame mental a Sócrates, eh eh.

      Gostar

  7. Velho do Restelo permalink
    26 Novembro, 2019 12:51

    O ti Jerónimo já deve ter tempo suficiente na AR para se poder reformar !
    O PCP gosta tanto de investir em imobiliário, só tem que comprar o estabelecimento, e por lá o ti Jerónimo atrás do balcão !

    Gostar

  8. Artista português permalink
    26 Novembro, 2019 13:27

    Qualquer dia lá vamos nós ao Galiza tomar uns finos que pagamos a dobrar…

    Gostar

  9. André Miguel permalink
    26 Novembro, 2019 16:47

    O que eu gostava mesmo era de ver uma moção para expressar “pública e institucionalmente” a todas as entidades envolvidas, um apelo à viabilização da dignidade e nivel de vida do cidadao português, cada vez mais reduzido à figura de mero contribuinte.
    Mas como este país é um manicómio a céu aberto vou esperar sentado.

    Gostar

  10. marina permalink
    26 Novembro, 2019 17:13

    o que é completamente surreal é não deixarem uma senhora de 87 anos reformar-se. por que razão não pode ela desfazer-se do negócio se já não o quer ? quando a senhora morrer , como é ? manifestam-se ao pé da sepultura ? os funcionários que se organizem em cooperativa e fiquem com a cervejaria , ainda por cima se o negócio vai bem.. o que têm a perder ?

    Gostar

  11. hajapachorra permalink
    26 Novembro, 2019 18:22

    Essa agora! O serviço sempre foi pior que péssimo. Têm o que merecem.

    Gostar

Trackbacks

  1. Galizamos | BLASFÉMIAS

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: