Saltar para o conteúdo

O mistério do país que não sai nas notícias

28 Abril, 2020

O que impedirá que se investigue o país em que o Covid atinge a cifra de 633 por milhãO de residentes? Ou porque apesar do número de mortos este país testa pouco? Talvez seja porque a Bélgica fica num daqueles lugares da Terra onde não existe internet, nem telefone, nem estradas, nem rede de telemóvel, nem postos de correio, nem sinal de satélite… A Coreia do Norte ao pé de Bélgica tem uma cobertura jornalística exaustiva. Aliás o querido líder se quer mesmo passar incógnito devida mudar-se para a Bélgica: ninguém dava por ele. Tal como ninguém dá pelos 633 mortos por mlhão de residentes.

58 comentários leave one →
  1. 28 Abril, 2020 11:22

    633 por 1.000.000 … 0.0633% … ou seja o horror de estar ao nível da gripe sazonal!

    Gostar

    • 28 Abril, 2020 12:51

      Falso. Até pelo euromomo se pode confirmar como há um grande acréscimo de mortalidade na Bélgica, como nunca houve desde 2016.

      Eu sei que o medo é tramado e a esperança a última a morrer. Mas, para isso, podiam encontrar formas mais honestas e respeitáveis de a vender.

      Gostar

      • 28 Abril, 2020 16:40

        Falso.
        Querer acreditar numa histeria que tem fins maquiavélicos em vista, dos quais podemos já ter a certeza de um: o Super Crash Económico que ia haver e poria a nu toda a verdade sobre o interesse de todos os Globalistas em manter “Business as usual”, dando-lhes o ónus, que merecem, de incompetentes e criadores de flutuações de mercado em que ganham sempre cada vez mais, foi posto sobre um agregado de moléculas (virus) que nem um ser vivo é.
        Única vantagem é poder ser atirada a culpa sobre a China e pedir-lhe dinheiro, muito dinheiro de indeminização, o que é bom nem que fosse para o bolso dos bancos.
        Quanto à mortalidade é como é, minima para o prometido para justificar o pânico criado para, isso sim, justificar o caos em que nos envolveram.
        Daqui a um ano fazemos as contas sem margem para dúvida. Eu estarei certo!

        Liked by 1 person

      • 28 Abril, 2020 19:49

        O único histérico e aldrabão aqui é v.
        Pegue na esfregona, limpe hospitais e desampare a loja.

        Se quer vigarizar com mentira tem boa carreira, o que mais há é aldrabões de sucesso.

        Liked by 1 person

      • 28 Abril, 2020 19:50

        V. mentiu- Fez uma afirmação falsa.
        O dados desmentem-no.
        Se precisa de aldrabar para fazer crer que está do lado da Verdade é porque está cagado de medo.
        Só que o medo tem vertentes realistas e tem vertentes demagófico-políticas.

        A sua é a de cretino.

        Liked by 1 person

      • 28 Abril, 2020 19:55

        E é a última vez que lhe respondo.

        Já basta a merda que se está a viver e ainda consegue aparecer gente a querer tribalismos dizendo que os outros é que estão com medo de uma treta que nem existe.
        Vá trabalhar em vez de gastar tempo em militâncias de merda.

        Alguém o impede de trabalhar ou de andar na rua?
        Ou quer convencer alguém que precisa de martelar números porque está com muita pena de quem ficou mesmo desempregado?
        O tanas!
        Está preocupado com a sua carteira e a empurrar os outros e nada de útil faz.

        Mente. Vigariza com números de merda como se os outros fossem tão besta e tão imbecis quanto v. é.

        Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      28 Abril, 2020 13:31

      Caro @jorgercramos, em relação à tal lista (city-journal.org, americanthinker.com, townhall.com, canadafreepress.com, frontpagemag.com, breitbart.com, etc.).

      Todos os jornais, que tratem o Trump com o devido respeito, tem mérito. Os melhores jornais são norte-americanos e não da esquerda.

      O resto para o lixo.

      Cumprimentos

      Gostar

    • Andre Miguel permalink
      28 Abril, 2020 13:39

      É o horror, Jorge! O horror!!! Quarenta até haver uma vacina! Todos fechadinhos em casa a desfrutar da prisão domiciliária. Mas vai ficar tudo bem. Ou como dizem em Espanha: este vírus venceremos juntos! Todos em casa, mas juntos…

      Eu já não sei se rir ou chorar…

      Gostar

      • 28 Abril, 2020 16:53

        Sim todos em casa a infectar-se uns aos outros, a passar virus pela escada, elevador, etc … se o vírus fosse algo mesmo perigoso, tipo Ébola, acha que estávamos a falar em quarentena em casa? Era cada um por si nos montes ou, como na “Espanhola”, que já agora também era Chinesa, abrir portas e encontrar famílias inteiras mortas.
        A “Espanhola” não era Ébola com 85% de mortalidade, era Influenza como esta, mas com 12 a 15% de mortalidade.
        Olhem para números de facto, não os atirem como bolas de neve sem significado. Um dia arrepender-se-ão de ter estado ao lado desta fantochada.
        Nesse momento percebereis porquê.
        Até há semana passada acreditei que, no desconhecimento que todos tínhamos sobre este virus, os Governos e desgovernos da CE ainda iam, num certo sentido, arrepiar caminho e fazer como a Merckel: parar, olhar e dar um diagnóstico de risco, concluindo que só há mesmo risco se num momento, como acontece aqui todos os Invernos com a gripe, os hospitais ficarem entupidos, e tomar medidas para a máxima normalização da situação.
        Desenganei-me, estes palhaços querem mesmo o pânico e Virus Parties na AR, pena não terem saído de lá todos contaminados.
        Vergonha de Esquerdalha

        Liked by 2 people

      • ameliapoulain permalink
        28 Abril, 2020 18:02

        Do que estive a pesquisar, tudo quanto é especialista em mercados e afins já previa (de tão óbvio que era) que uma nova crise económica viria aí… Até na minha empresa já prevíamos que cá, este ano, não seria nada doce… Agora o que ninguém previu (supostamente e teoricamente) foi o vír@s. Na minha modesta opinião, pois não sou da área de saúde, independentemente das contas que façam, a crise económica iria acontecer, com ou sem vír@s. A questão é que muitos governos virão neste bicho uma grande oportunidade para a derrocada inevitável… Assim, com as costas quentes, justificam a sua enorme incompetência no bicho e quem paga no fim são sempre os mesmos…

        Liked by 1 person

      • 28 Abril, 2020 23:28

        O Ébola não tem 85% de mortalidade, a não ser em África. 30% é razoável com tratamento de primeiro mundo.

        O SARS, um outro coronavírus, tem 60% de mortalidade.

        Quanto ao pânico, tem toda a razão. É irresponsavelmente criado e a crise económica vai matar mais do que a birra que se fez à birra do vírus. Mas vai matar longe das câmeras de televisão.

        Quanto a taxas de mortalidade, estão em linha com a gripe comum. Mas sendo um vírus de panelinha laboratorial, não sabemos muito sobre a sua capacidade de causar danos a longo prazo, como causa a malária.

        Eu nunca faltei ao trabalho, não uso máscara e desconfio que já ganhei a imunidade assintomática. Quando isto terminar vo-lo direi. Já agora, as brigadas russas em Itália verificaram que o vírus infecta tanto as pessoas no tépido Mezzigiorno como na fria Lombardia. Segundo surto no verão, com toda a certeza. Não em Novembro.

        Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      28 Abril, 2020 13:47

      Posso até concordar com o tremendo tiro no pé que os governos Ocidentais deram com o confinamento. Mas, Jorge, esses números são absolutamente desonestos.

      Não é assim que se calcula. Faça o favor de usar o número de infectados e não o número total da população. As duas doenças têm uma incidência na população total muito diferente. A taxa de mortalidade não pode ser calculada com base nesse valor, ou você arriscasse a mentir.

      Liked by 3 people

      • Mario Figueiredo permalink
        28 Abril, 2020 14:03

        Para clarificar — não vá você atirar que foi a Helena quem usou o número total da população — o que você não pode fazer é usar esse rácio para comparar duas doenças distintas, como a gripe e o SARS-Cov-2. Isso não é um tratamento estatístico correcto.

        O que você pode fazer é usar esse rácio para comparar diferentes casos da mesma doença, como foi o que a Helena fez. o número de 633 mortos por milhão de habitantes é o maior no mundo em países com mais de 1 milhão de habitantes, por uma grande margem. Apenas San Marino é mais elevado, o que facilmente se explica pelo facto de aquele país ter apenas 33 mil habitantes, o que desvirtua qualquer análise estatística com base em 1 milhão de habitantes.

        O que se passa na Bélgica devia ser discutido e é preocupante.
        E já agora a Índia é outro caso assustador, com a crónica falta de testes e dados estatísticos fiáveis. Ainda pior que a China.

        Liked by 1 person

      • Duarte de Aviz permalink
        28 Abril, 2020 17:16

        Concordo que o caso do Belgistão deve ser estudado.

        Gostar

    • 28 Abril, 2020 23:51

      A gripe sazonal não mata 0,06% da população (quando muito matará uns 0,06% – mais coisa menos coisa – das pessoas que ficam doentes, o que é algo diferente)

      Gostar

  2. Albino manuel permalink
    28 Abril, 2020 13:39

    Conversa da treta para esconder a higiene deficitária de Entre Douro e Minho.

    Quando não se é asseado dá nisto.

    Ponha aí: o pessoal do Porto e arredores é javardão. Porque é javardão contaminou-se e contaminaram os outros.São porcalhões. Ok?

    Porco é porco. E quem é do sul como eu deve pensar duas vezes em sentar-se à mesa com esses bácoros.

    Jamais me passaria pela cabeça aceitar ofertas dessa gente. Logo para o lixo.

    Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      28 Abril, 2020 13:50

      Ao menos a merda deles não lhes sai da boca.

      Liked by 2 people

      • Albino Manuel permalink
        28 Abril, 2020 21:38

        Oh, olha o Porto tão orgulhoso do seu vernáculo.
        São os provincianos mais provincianos porque se julgam muito especiais, muito finos, com a Foz e as quintas no Douro. Mas quando são desterrados para Lisboa nunca mais voltam à terrinha para residir.
        Nem assim conseguem ser civilizados. O tamanco não os deixa.

        Gostar

      • 28 Abril, 2020 23:34

        Caro Albino,

        Não sendo do Norte, concordo consigo. Não se deve sentar com gentes do Norte à mesa. Ninguém aguentaria o mau hálito que sai da sua boca. Acredito que seja uma condição médica, que se cura pelos lados da Avenida do Brasil, em Lisboa, ao lado do Laboratório Nacional de Engenharia Civil.

        Imbecis há-os em todos os lados. Os maiores imbecis são os que, tendo o QI ligeiramente superior ao número que calçam, mostram a sua imbecilidade em vez de a resguardar dos olhos alheios.

        Liked by 1 person

    • Desalinhado permalink
      28 Abril, 2020 16:39

      Albino Manuel tem toda a razão.
      Ao contrário do que diz a Fátima Campos Ferreira, que está sempre a defender esta escumalha do norte, eles não são genuínos, eles são atrasados, porcos e indisciplinados.
      Por culpa deles e dos refugiados que andam por aí, pois aceitam toda a merda neste país, é que hoje estamos como estamos, tendo só fronteira com Espanha.
      Já o digo há muito tempo. Dêem a independência ao norte e contem com Portugal de Coimbra para baixo.

      Liked by 1 person

      • 28 Abril, 2020 17:04

        isso mesmo! Desalinhado! Quem precisa da merda dos lisboetas? Afinal a industria é nossa, vocês nem o Alentejo conseguem plantar!

        Liked by 3 people

      • Jornaleca permalink
        28 Abril, 2020 18:14

        @Desalinhado, por favor!!!!!!!!!

        Então, quem é que a porca da Merkel, instaurou como príncipe e à frente de uma instituição que trabalha à sombra, da qual os jornais da esquerda não falam porque não podem ou não querem?

        É o António Vitorino, esse gatuno, esse traidor da pátria, que anda a trazer esses bárbaros mal-educados, para Portugal. Ele é o mais alto responsável para a migração ILEGAL em toda a Europa. E não foi eleito pelo povo que ordena.

        E o incompetente Vitorino é membro da seita maçónica mais velha em Portugal, que foi fundada em 1802 em Lisboa.

        O que o povo deve fazer, para salvar este país, era ir incendiar todas lojas maçónicas neste país, proibir as mesmas e ameaçar de morte a esse esterco, se voltarem a abrir uma. E pôr os responsáveis na prisão. Sim senhor.

        Ou porque é que pensa que o asno e incompetente António Guterres está a chefiar a ONU? Por ele ser o melhor? LOL. Nada disso. Ele trabalha para esse esterco.

        Ciganos e muçulmanos têm que ser expulsos de Portugal, o mais rápido possível, porque esses só vêm para fazer mal a nós e cometer muitos crimes.

        Liked by 1 person

    • 28 Abril, 2020 17:03

      Espero, Albino Manuel, que seja “alfácicamente” infectado em breve!

      Liked by 1 person

      • 28 Abril, 2020 19:59

        Jorge, esse murcon ainda não viu bem onde nasce a água em que se banha (supostamente) !
        Tome aí nota no cadernito daquele nosso projecto : desviar o Zêzere !

        Liked by 1 person

      • 28 Abril, 2020 20:17

        Sim Velho, vamos descarregar o Zêzere na barragem que alimenta Viseu de água que bem precisa para os do seu território é.
        Podíamos era fazer um grande canal de esgotos subterrâneos de Bragança ao Zezere para alimentar LX e “Bále do Teju”, em vez de água. O que aha?

        Gostar

      • Velho do Restelo permalink
        28 Abril, 2020 20:55

        É uma ideia a ponderar! Se nós lhe tirarmos o Zêzere, e os espanhóis secarem o Tejo (como em 2019), quero ver onde tomam banho !
        E quando a sede apertar, então negociamos 🙂

        Liked by 1 person

      • Albino Manuel permalink
        28 Abril, 2020 22:11

        Não tenha medo da água nem do sabão. A lixívia fax maravilhas.
        Quando for para o Algarve tome o avião.

        Liked by 1 person

      • 29 Abril, 2020 00:17

        Melhor ainda, passo por Espanha a partir de Badajoz já estou em território do Voxx!

        Gostar

  3. Filipe Bastos permalink
    28 Abril, 2020 15:16

    Não tem de quê, D. Helena:

    https://straitstimes.com/world/europe/why-belgium-has-worst-covid-19-death-rate

    «As autoridades dizem que a razão dos números terríveis não é hospitais sobrecarregados – 43% das camas UCI estavam vagas – mas o rigor burocrático do país. Ao contrário de outros, a Bélgica conta mortes em lares de idosos mesmo que não haja uma infecção confirmada.

    “Muitos dizem que isto dá má imagem à Bélgica, mas pensamos o oposto”, disse Steven Van Gucht. “Para comparar os nossos números com muitos outros países, basicamente precisa cortá-los ao meio.”

    Cerca de 95% das mortes por Covid-19 em lares de idosos não foram diagnosticadas, mas a Bélgica decidiu registá-las com base nos sintomas mostrados e com quem as pessoas tinham tido contato. O objectivo é ter uma imagem mais clara da pandemia e dos pontos de infecção.

    Como nem todos os países europeus medem da mesma maneira, o número de mortes é provavelmente muito maior que a contagem oficial.

    A consequência de práticas desiguais é evidente na França. Quando divulgou dados de algumas casas de repouso pela primeira vez no início deste mês, as mortes foram quase o dobro das dos hospitais.

    Em Espanha, uma rádio informou que mais de 6.800 idosos morreram em lares espanhóis com sintomas, mas não foram registados em dados oficiais.

    A taxa de mortalidade baixa da Alemanha pode ser ajudada por contar apenas as mortes com resultado positivo no teste de vírus.

    “É com os países que não reportam, ou que reportam números muito baixos, que se deviam preocupar”, diz.»

    Gostar

    • Olympus Mons permalink
      28 Abril, 2020 21:48

      A isso que fez, chama-se um Spin.
      E isso, spin, é sempre possivel de se fazer.

      Gostar

      • 29 Abril, 2020 07:34

        Metade a mais, metade a menos, quem orbita a atómica inteligência cefálica do António Costa tem necessariamente spin.

        Só dez por cento das pessoas aqui poderia compreender o que disse. E dessas, deznpor cento compreenderão. É o ónus de termos sido desgovernados pelas paixões pela educação.

        Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      28 Abril, 2020 21:55

      “a Bélgica decidiu registá-las com base nos sintomas mostrado”

      Tendo em conta que os sintomas são iguais aos da gripe, incluindo complicações como pneumonias em pessoas de saúde frágil, registar mortes baseadas nos sintomas, sem as testar, parece uma parvoice.

      Liked by 1 person

      • Filipe Bastos permalink
        28 Abril, 2020 23:25

        Não digo que não, Zé, mas sempre explica o rácio anormal de mortes. Os belgas não hão-de ter uma sensibilidade especial ao covidas, e dizem que os hospitais nem estão cheios.

        A verdade é que os números oficiais não são de fiar em lado nenhum. Os critérios variam muito, os governos mentem mais ainda.

        Liked by 1 person

      • 29 Abril, 2020 07:38

        E o que testa o teste?

        Há centenas de coronavírus à solta no Mundo, mais ou menos gnortíferos. Este teste não resta sequências específicas do Covid-19. 1/4 das constipações comuns são causados por coronavírus. Mas também o SARS é um coronavírus. Todos, ao que sei, seriam apanhados pelos testes vigentes.

        Gostar

  4. Carlos Rosa permalink
    28 Abril, 2020 15:49

    A APAV desfaz-se em publicidade à violência doméstica mas o raio da violência não aumenta. Porra!

    Liked by 1 person

    • 28 Abril, 2020 18:03

      E isso assusta-os bastante … sem violência vão para o desemprego !

      Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        28 Abril, 2020 21:56

        É como o SOS Racismo, têm que inventar racismo para justificar os subsidiozecos.

        Liked by 1 person

    • 29 Abril, 2020 07:44

      E o que testa o teste?

      Há centenas de coronavírus à solta no Mundo, mais ou menos gnortíferos. Este teste não resta sequências específicas do Covid-19. 1/4 das constipações comuns são causados por coronavírus. Mas também o SARS é um coronavírus. Todos, ao que sei, seriam apanhados pelos testes vigentes.

      Gostar

  5. Liberal de Bancada permalink
    28 Abril, 2020 15:54

    “O que impedirá que se investigue o país em que o Covid atinge a cifra de 633 por milhãO de residentes?”

    O medo que a Cristina Miranda venha desmascarar essa mentira globalista.

    Liked by 2 people

  6. Luís Lavoura permalink
    28 Abril, 2020 17:09

    Eu ainda não percebi porque se preocupa tanto a Helena Matos com a Bélgica. Que raio pretende a Helena demonstrar?

    Gostar

    • lucklucky permalink
      28 Abril, 2020 18:08

      “Eu ainda não percebi porque se preocupa tanto a Helena Matos com a Bélgica. Que raio pretende a Helena demonstrar?”

      A censura que o jornalismo faz.
      Se o governo na Bélgica fosse da “Extrema Direita” não abriria telejornais?

      Se o Governo hoje fosse do Passos o jornais e TV’s não estariam cheios de acusações de negligência, incompetência e mesmo de crime mesmo tivesse feito precisamente as mesmas asneiras que o que está lá hoje.

      Liked by 2 people

    • Zé Manel Tonto permalink
      28 Abril, 2020 22:00

      Que um país que faz confinamentos e estado policial tem dos piores resultados do mundo, e o país do lado, que está constantemente a ser atacado pelos media por não implementar um big brother, tem 40% das mortes por milhão de habitantes.

      Gostar

    • 29 Abril, 2020 00:00

      “Que raio pretende a Helena demonstrar?”

      Usar isso para criticar a legalizaçao da eutanásia, suspeito.

      Liked by 1 person

    • Liberal de Bancada permalink
      29 Abril, 2020 00:10

      A Helena, tal como o lucklucky do comentário acima e a Nova Direita em geral, está a engolir um sapo cheio de desinfectante e de lixívia. Ainda por cima com o ministro Moro a ajudar à festa. Há dois caminhos a seguir. Um é agitar os braços e fazer de conta que os governos da Bélgica e da Suécia andam a mandar as pessoas beber desinfectante ou lá o que é (e que os globalistas escondem isso). A outra é seguir o caminho da Cristina Miranda e dizer que o vírus não faz mal nenhum e os presidentes Trump e Bolsonaro é que estão certos.

      Gostar

    • Liberal de Bancada permalink
      29 Abril, 2020 00:12

      O sapo é tão grande que nem ocorre que há governadores republicanos preocupados com o vírus ou que o Brasil continuará pelo caminho certo se o general Mourão segurar o barco até começar o mandato do presidente Moro. Mas custa muito reconhecer que a demagogia tem um preço.

      Gostar

  7. Leunam permalink
    28 Abril, 2020 17:52

    Será que, depois desta enorme tragédia das mortes de compatriotas nossos ex-residentes dos Lares de Idosos, as MENSALIDADES dos mesmos vão baixar?

    Será que as LISTAS DE ESPERA para os ditos Lares de Idosos vão acabar?

    Será que as autoridades vão ser RIGOROSAS na vigilância e funcionamento de todos os ditos Lares de Idosos, reprimindo e acabando com o flagelo dos CLANDESTINOS?

    Será que com a visibilidade dada aos Lares de Idosos,pela tragédia da epidemia actual, o Governo se dispõe a criar MAIS INSTALAÇÕES e de melhor qualidade e a preços aceitáveis?

    Será que desta vez as Autoridades responsáveis vão dar MAIS ATENÇÃO AOS VELHOS filhos de Portugal, que às centenas de milhar de novos, filhos de outras nações que por cá vivem uma vida INÚTIL e o Estado apoia?

    Liked by 2 people

    • Jornaleca permalink
      28 Abril, 2020 18:24

      Enquanto os perversos imporem as regras aos bons, isto vai piorar. Reconhece a ligação, o elo entre estas forças?

      É profundamente doente, malvado, desprezar quem é membro desta nação, e ajudar ao inimigo desta mesma nação. Só perversos, pessoas decadentes, como do Bloco, comunistas, é que o querem.

      É o que as putas em Portugal fazem. De Lisboa a Berlim, tal igual. E foi Bruxelas que quis impor isso, após oito tentativas. OITO!! E oficialmente, a ideia foi lançada, por uma porca socialista de Sintra. Uma gaja profundamente doente da cabeça.

      Enquanto aqueles, que preferem ir ao cu do outro perverso, terem o poder, isto vai só piorar. Lógico.

      Os perversos reconhecem-se, porque eles fazem tudo ao contrário.

      A média na população é só de 1 a 2 por cento. Mas no parlamento podre em Bruxelas tão pelo menos 20 (vinte) por cento. Alguns até estimam que são 25 por cento.

      A UE vai auto-destruir-se. Isto é certinho. E já faltou mais.

      A mama do dinheiro fácil vai acabar. E quando o dinheiro fácil desaparecer, vão também as putas para outro lado.

      O tal Covid-19 fez com que muitos ilegais fugiram de Espanha, por causa do vírus. Muitos não estão conscientes deste pormenor. Quer dizer, que o vírus em Espanha tem efeitos positivos, para assim dizer.

      Liked by 1 person

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        28 Abril, 2020 22:57

        Eu leio o El País, uma merda de jornal ao serviço do PSOE mas leio para tirar a pinta à coisa. Depois também leio o El Mundo, o ABC e o La Vanguardia. Fico com uma ideia e espreito a seguir a Libertad Digital. Li essa notícia dos ilegais que estão a fugir. Sabem quanto pagam aos traficantes para ir de volta aos tais países de onde fugiam, tadinhos, perseguidinhos e tal? 5000!! Estes fdp têm 5 mil dele para regressarem a casa. Com 5 mil que deram para vir para cá, façam as contas. Então os povos destes países não interpelam os seus dirigentes de merda para perguntar que pouca vergonha é esta? Porque enganam as pessoas com as lérias de que vêm trabalhar e pagar reformas aos indígenas? Ou de que são pobrezinhos e desgraçados…

        Liked by 2 people

  8. George Young permalink
    28 Abril, 2020 18:18

    Falso o país com mais casos de morte por milhão é São Marino.
    Boa questão porque é que em Portugal não se fala muito da Bélgica?
    Bem na Bélgica ainda se fala menos de Portugal.
    Mas podem existir várias hipóteses. Como se tem dito que países governados por mulheres resistiam mais ao vírus o melhor é não falar da Bélgica porque é governada por uma senhora.
    Estava na ideia que era governada por uma mulher tive de googlar e encontrei Sophie Wilmè.
    Olhei bem para a foto e concluí que já não é uma mulher, mas sim uma senhora.
    De qualquer forma a imprensa portuguesa anda muito direcionada. Podemos ler dois jornais que as notícias são iguais. Ainda por cima andam a mandar o leitor para o nónio.
    São quase todos. Ao fim de 1 minuto é logo! Vai para o nónio. O que é que o leitor faz? Vai para o El país, El Mundo e fica com uma visão diferente. Há mais qualidade. Por isso há muitos leitores de Jornais em Espanha. O Faro de Vigo tem uma tiragem de 300.000 exemplares.
    O que quer a impressa portuguesa? Fidelidade? Monogamia jornalística?
    Mas também para extrair o clímax informativo do conteúdo da imprensa portuguesa um minuto chega.
    A Bélgica tem uma vantagem. Quando atingir a imunidade de grupo já pode enviar Belgas para Lisboa. Há muito serviçal em Lisboa. Estão dispostos a trabalhar como mouros para servir os belgas.

    Gostar

    • Jornaleca permalink
      28 Abril, 2020 18:30

      Desde quando é que o “El País” teve qualidade?????

      As mulheres não sabem governar bem um país. Está mais que provado.

      Ainda morre alguém em Portugal, de maneira normal?

      Façam como a Suécia, se não arruinam Portugal ainda mais.

      O que é que a Bélgica interessa um corno?

      Gostar

      • Filipe Bastos permalink
        28 Abril, 2020 19:23

        Jornaleca, uma dúvida: aí na ala psiquiátrica deixam-no usar a internet, ou vem cá às escondidas?

        Quero acreditar que seja às escondidas.

        Liked by 1 person

    • Zé Manel Tonto permalink
      28 Abril, 2020 22:12

      Na Bélgica falar-se pouco de Portugal, parece normal. Os números de Portugal nem são muito maus, nem muito bons.

      Em Portugal não se falar na Bélgica, com 640 mortes por milhão, e haver notícias sobre a Holanda, com 250 mortos por milhão, já parece mais estranho.

      É quase como se os jornalistas andassem a fazer claque pelo estado policial em que estamos metidos.

      Quando o Reino Unido não tinha entrado em modo ditadura, havia notícias todos os dias nos jornais portugueses sobre aumento de casos, e o malandro do Boris. Agora que se vive em 1984, as ilhas britânicas deixaram de existir, e o Boris só saiu do anonimato porque foi tratado por um enfermeiro português.

      Podiam disfarçar um bocadinho.

      Liked by 1 person

  9. 28 Abril, 2020 20:54

    Mas voltando ao campeonato CFR vejam lá quem está a marcar pontos !

    Liked by 1 person

    • 29 Abril, 2020 00:23

      Está a ver Velho? É pura dor de corno da esquerdalha. Espero que o virus sem Chinesices os “covid” a todos!

      Gostar

  10. grangeio permalink
    28 Abril, 2020 21:30

    Não interessa. A única coisa que interessa são as fake news em relação ao Trump!

    Liked by 1 person

  11. 28 Abril, 2020 23:48

    Por outro lado, ainda menos se fala do país com 1200 mortos por milhão de habitante..

    Gostar

  12. beirão permalink
    29 Abril, 2020 11:20

    A falta de ética, de verdade, de vergonha da maior parte da comunicação social é uma aviltante cuspidela na cara dos cidadãos que pagam o vencimento a essa gentinha vendida a inconfessáveis interesses ocultos.

    A cultura marxista dos media é uma póia que exala um fedor insuportável. A SIC e a RTP, então, são um vazadouro a céu aberto.

    De facto, cara Helena, não me canso de perguntar-se, por que carga de água a puta da Bélgica não é assinalada como o pior exemplo na Europa, quiçá no mundo, a lidar com a pandemia?

    Como podem estes gajos e gajas da cs ver-se ao espelho ao acordar pela manhã?

    Irra!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: