Saltar para o conteúdo

Isto chama-se torrar o dinheiro dos contribuintes

18 Maio, 2020

Acesso à habitação. Tudo o que precisa saber sobre o Programa Renda Segura. A ABRIR O INEVITÁVEL TÍTULO EM ESTILO AMANHÃ QUE CANTA

A Câmara Municipal de Lisboa quer arrendar até ao fim do ano 600 imóveis para colocar no mercado e subarrendar a preços acessíveis destinados à classe media. Proprietários que aderirem terão benefícios fiscais. NÃO SEI SE LÁ NO JORNAL DERAM POR ISSO MAS O TURISMO ESTÁ DE RASTOS, O ALOJAMENTO LOCAL À PROCURA DE CLIENTES RESIDENCIAIS, AS RENDAS ESTÃO A BAIXAR… LOGO A CML AO INTERVIR DESTA FORMA NO MERCADO ESTÁ SIMPLESMENTE A TORRAR O DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES E  A  AJUDAR A QUE AS RENDAS NÃO BAIXEM

 

 

26 comentários leave one →
  1. Filipe Bastos permalink
    18 Maio, 2020 18:10

    AS RENDAS ESTÃO A BAIXAR…

    Estão? Quanto?

    Em Lisboa e Porto continua tudo parecido. Pesquisa online, rendas em Lisboa até 635€ – o salário mínimo nacional – 92 resultados. Ou seja, apenas 2,5% das casas. Rendas até 1000€ – um salário médio – 35% das casas.

    Até ver, a chulice dos senhorios está bem e recomenda-se.

    Quem se enche há anos não se assusta com qualquer crise: muitos têm dinheiro amealhado e optimismo bastante para aguardar que a coisa passe. Até lá, a crise que se amanhe; eles é que não abdicam da mama.

    Nada de novo. Ainda antes do boom do turismo, dos Airbnbs e Homeaways, da grande mama do imobiliário, imóveis ficavam desocupados durante meses, às vezes anos, à espera de quem pagasse a (absurda) renda pretendida.

    Gostar

    • 18 Maio, 2020 18:29

      Filipe, se conceder que as regras não estão feitas para se alugar casa de forma franca, se conceder que o Estado se faz substiuir socialmente na pessoa dos senhorios e se conceder que nem todos os referidos senhorios nasceram em berço de ouro, eu não o desminto quanto à especulação das rendas, nem quanto ao facto de muitos senhorios terem uma postura perfeitamente sociopata.
      A não ser assim, direi que os senhorios se defendem…

      Gostar

    • Filipe Bastos permalink
      18 Maio, 2020 19:05

      Concedo, Raposo. Há realmente regras a melhorar, assim como há senhorios menos chulos e menos abusadores.

      Tal como há muitos inquilinos que beneficiaram de rendas absurdamente baixas durante anos, inquilinos incivilizados, inquilinos caloteiros. Nada é a preto e branco.

      O meu papel, como já terá percebido, é tão-só pincelar alguma cor no preto e branco cá da casa.

      Liked by 2 people

    • Zé Manel Tonto permalink
      18 Maio, 2020 20:54

      O país não se resume a Lisboa. Não tem dinheiro para alugar em Lisboa? Alugue na Amadora…

      Liked by 1 person

    • Filipe Bastos permalink
      18 Maio, 2020 21:07

      Já nem na Amadora, Zé: só 18% das casas lá custam menos de 635€ /mês. Fora água, luz, gás, etc.

      A lógica está de pernas para o ar. Devíamos era dizer aos senhorios: não pode mamar tanto? Mame menos…

      Gostar

      • Jornaleca permalink
        18 Maio, 2020 21:15

        @ Filipe Idiota Bastos!
        Sem senhorios dormia na rua, seu vigarista.

        Você não sabe fazer contas à vida, mas quer viver à custa dos outros.

        São os seus porcos, que fazem aumentar os preços, por má governação, aqui há tantas provas todos os dias, é você vem sempre com a mesma cantiga de esterco. .Vá foder gatos.

        Gostar

      • 18 Maio, 2020 21:44

        Filipe, estabeleceu-se que em Lisboa não pode haver prédios muito altos (veja o drama do edifício projectado para a Almirante Reis, junto à cervejaria Portugália). Este disparate tem levado ao aumento doido do consumo de combustíveis, à impermeabilização de solos na zona urbana, à ocupação dos cursos aquíferos por construções que os obstruem e, em última análise, ao aumento brutal dos preços em Lisboa face aos territórios que a circundam na área metropolitana.

        Num país em que muito bons e talentosos arquitectos de 35, 40 anos emigram, só damos trabalho a reboqueiros de manutenção.

        Sei que é politicamente incorreto dizê-lo e é por isso que o digo: – Lisboa precisava de meter 100 000 pessoas em edifícios de boa construção.

        Enquanto sociedade, expulsámos os lisboetas de Lisboa. Ao contrário do que muitos pensam, a prazo, a disneyficação da cidade é péssima para o Turismo.

        Aquilo que digo não é uma inspiração. Em turismo, a sobrexploração dos territórios é muito estudada e é estudada há muito tempo.
        Os ciclos de crescimento dos territórios assentam nos trabalhos de geógrafos, de economistas, de economistas, de urbanstas, de sociólogos, de antropólogos e, já agora e à brasileira, de turismólogos.

        Estude-se sem pré conceitos. Investigue-se a partir da realidade e não da ideologia. E explique-se à juventude deste país por que carga de água é que têm de fazer 4 horas de transporte para trabalharem em Lisboa se morarem nas ‘magníficas e bem esruturadas’ urbanizações para a classe média.

        Gostar

      • 18 Maio, 2020 22:30

        Todos os inutólogos em instutúpidos e desfodações pagas com o dinheiro dos contribuintes acangalhados.

        Não se esqueça do Grande Plano Quinquenal de Fomento da Economia.

        Deu muito que falasse por ele na União Soviética, O problema é o que se fala.

        Gostar

      • 18 Maio, 2020 23:24

        É irónico ver o quanto liberais adoram o feudalismo…
        Na verdade esse parece ser mesmo, o verdadeiro problema deles para com o feudalismo Estatal. Apenas uma questão de luta pelo pela posição de poder de senhor feudal.
        É nisto que se divide em grande parte a direitêlha da esquerdalha. Entre Senhores sucialistas muitos deles empresários, xupistas, e Senhores liberais muitos deles funcionarios públicos, rentistas.

        Gostar

      • Andre Miguel permalink
        19 Maio, 2020 11:12

        Não te preocupes, porque sem inquilinos eles deixam de “mamar”. Já faltou mais para a bolha imobiliária estoirar. Deixem o mercado funcionar.

        Liked by 1 person

  2. JPT permalink
    18 Maio, 2020 18:32

    Mesmo assumindo que ninguém pode ser tão ignorante como o Sr. Bastos, vou ilustrá-lo: a CML que ajudar amigos com casas encravadas num mercado que vai demorar um par de anos a recuperar. Por exemplo, neste altura, o Ricardo “Cheka” Robles, tem os ALs às moscas, sem dinheiro para pagar o financiamento que pediu para comprar, arranjar e correr com os inquilinos, e dava-lhe jeito que a CML as arrendasse – sendo que à CML dá sempre jeito distribuir casitas por amigos (é só lembrar o saudoso Batista Bastos). PS: leia “Obelix e Companhia”, está lá tudo o que lhe interessa aprender sobre o funcionamento do mercado e tem bonecos (eu até lho emprestava, mas, pelo que leio aqui, depois nunca mais o via).

    Liked by 1 person

    • 18 Maio, 2020 18:43

      Já estive mais pessimista quanto ao nosso turismo, o mesmo será dizer quanto ao futuro do negociozinho do tão ‘étonnant’ quão inenarrável Robles. O Figaro, que estive a ler há pouco, tem vindo a publicar uns artigozitos bem supimpas para o turismo do nosso país.
      Vamos ver, vamos ver…
      O ‘La Razon’ publicou uma foto do nosso Marcelo fazendo compras em calções de banho…
      A coisa há de compor-se, assim Deus queira.

      Gostar

    • 18 Maio, 2020 22:24

      A Câmara está só a surfar a onda atual. Ajuda o Banco para que não fique com mais uns monos no património, ajuda o empresário até virem melhores dias, ajuda o Estado em sede de IRS ou IRC (conforme o Robles tenha decidido pagar os impostos sobre rendimentos).
      Afinal, toda a gente ganha, até porque o dinheiro sai pela porta da frente e, grande parte dele, volta a entrar pela porta de trás (impostos).
      O contribuinte, esse, não tem nada que querer viver em Lisboa se não tem dinheiro para pagar o preço que as casas custam em Lisboa. É o que eu digo às pessoas que que queixam dos preços no Celeiro; “porque não vai comprar ao Mini Preço?, é 30% mais barato”…

      Liked by 1 person

  3. Weltenbummler permalink
    18 Maio, 2020 18:54

    as elites políticas da esquerda
    vivem do orçaminto

    Liked by 1 person

  4. Filipe Bastos permalink
    18 Maio, 2020 19:10

    Nunca subestime a ignorância alheia, JPT.

    Está coberto de razão quanto aos esquemas da CML, essa entidade corrupta e chupista, em particular do bandalho Merdina.

    Claro que isto é apenas para fazer propaganda barata (barata para eles) e jeitos a compinchas. Mas uma coisa não invalida a outra.

    Tenho todos os livros do Astérix, o “Obelix e Companhia” é aquele em que abre uma fábrica de menires, não é? Se bem se lembra, o Obelix torna-se um snob intragável; um chulo de quem trabalha; um mamão!

    E aprende-se realmente algo: a ganância é má para todos; e nem todos podem ser ricos. Esta última, por incrível que pareça, é dos maiores segredos do capitalismo.

    Liked by 1 person

    • JPT permalink
      18 Maio, 2020 19:27

      Isso. Mas, ao menos, é transparente. Mil vezes o vilão que diz “greed is good”, do que os “heróis” que utilizam a palavra “socialismo” como caução para fazer a mesma coisa, mas sem trabalharem metade nem suportarem o risco associado. I say potato, you say potato,I say impostos directos e austeridade, you say, impostos indirectos e cativações.

      Liked by 1 person

    • Andre Miguel permalink
      19 Maio, 2020 11:14

      Nem todos têm as mesmas capacidades, porque todos haveriam de ser ricos?!

      Liked by 1 person

  5. Albino manuel permalink
    18 Maio, 2020 21:29

    Se ainda não percebeu, com o keynesianismo que aí vem, cá e lá fora, bem pode começar a vestir-se como a Rainha Dona Maria Pia. Tudo tem o seu tempo. Bem pode clamar pelo seu Pedrinho. É igual. Também pode clamar por Péricles. Um está fisicamente morto. O outro está fisicamente vivo mas é igual.

    Numa mulher da sua idade, já avançada, aconselha-se maior modéstis nas afirmações e melhor prática no manejo de tachos e frigideiras.

    É a vida. Também eu estou velho e preparado, como dizem os católicos.

    Gostar

  6. chipamanine permalink
    18 Maio, 2020 22:00

    O socialismo quer voltar aos bons tempos em que durante quase 50 anos os inquilinos mamões chularam os proprietários com ridiculas rendas de propriedades a muito custo compradas com muita poupança e sacrificios. Pagavam rendas (alguns ainda pagam apesar das actualizações) que nem uma torneira se podia trocar com o valor recebido. A paisagem urbanistica das cidades tugas eram mais parecidas com aquela rica democratica e maravilhosa Cuba que tem o aspecto de ter caído por lá uma bomba atómica.
    Muitos desses mamões chulos subalugavam a totalidade ou partes dessas propriedades 100 vezes mais caro que o valor que pagavam.
    O hominidius socialisticus esqueceu disso como bom mamão chulo que é e sempre será.
    O que ele quer é precisamente transformar as cidades novamente me Havanas lindas e a cair de podre,

    Gostar

  7. 18 Maio, 2020 22:38

    Alguém me poderá explicar como era e estava o estado da habitação em Portugal antes de os “súcialistas” tomarem o poder ? Sei que na altura uma pessos sozinha ainda podia construir a sua casa sem precisar de licença de empreteiro. Mas era assim muito diferente da realidade actual, sobretudo de quem não vê Portugal mais do que Lisboa e arredores ?
    Já agora o que é que o psd/cds fizeram de diferente para além de umas mexidas e disrupção nos contratos de arrendamento para agradar a uns certos lobbies ?

    Gostar

    • chipamanine permalink
      19 Maio, 2020 07:05

      Isso é porque os tugas não tem memória senão a de curto prazo…apesar de hoje em dia se poder percorrer a essa “memória” com um click a que se recusam quando lhes interessa ou não, segundo as crenças e a propaganda. Bastaria pesquisar quais foram os maiores programas governamentais de habitação social e em que tempo eles foram implementados em muito grande escala (aliás nunca mais sequer repetida antes pelo contrário totalmente minimizados). Teria uma escandalosa surpresa se assim o fizesse .
      A curto prazo sim a sua dita “disrupção de contratos de arrendamentos” (assim dito para lhe dar um cunho negativo) foi necessária para o imobilismo contratual de quase 50 anos dos mesmos contratos que ultrapassava toda e qualquer realidade mínima de sobrevivência de qualquer possibilidade de se manter, com as consequências a que todos assistimos de um património imobiliário a cair de podre em cada esquina (e no meio) de qualquer rua de qualquer cidade (também rapidamente esqueceram isso?) com prédios em condições miseráveis, outros entaipados e derrocadas. Era a maravilhosa “não disrupção dos contratos de arrendamento” com casas onde chovia lá dentro, onde bocados de tectos caiam na cabeça das pessoas nas piores condições de salubridade imaginaveis. Então não era lindo?
      Há muito pouco tempo (7/8 anos) em Lisboa havia T3/4 a pagarem 15 euros por mês (depois de “actualizadas”) que alugavam quartos a 250 euros e ninguém “reparava” nisso. (nunca quiseram “reparar” e ainda fazem de conta que não sabiam nem sabem)
      Os núcleos antigos das cidades de Lisboa e Porto eram de uma miséria franciscana tanto no imobiliário físico, como no tecido social que neles habitava (uma boa parte nem instalações sanitárias tinha) e à boa maneira tuga era tudo “romântico”pela suposta “intectualidade” pequeno-burguesa que lá não vivia nem nunca iria aceitar viver naquelas condições.
      E assim vamos que vamos nos bitaites que mandamos com um único fim predefinido cuja “conclusão” tiramos antes de qualquer conhecimento efectivo das realidades. Essas não interessam para nada para as conclusões que já tiramos antes de conhecer ou saber as coisas.

      Gostar

    • 20 Maio, 2020 02:08

      Eram os súcialistas que governavam à 50 anos atrás e antes disso, seu idiota ? E não existia uma regra de senso comum qualquer do negócio, assim qualquer coisa do género: Se o negócio é assim tão mão para quê é que participas nele idiota ? E já sei, a única coisa que não se pode criar disrupção é na garantia eterna do direito de propriedade certo. O inquilino até podia ter investido e renovado toda a casa ao senhorio, sobretudo os que tinham espaços comerciais reabilitados pelo seu proprio investimento e que o perderam tudo com as novas regras e postos a mexer.
      É você um daqueles coitadinhos rentistas oportunistas que ainda me lembro bem o quanto despachavam portugueses para as encher às dúzias de romenos e ukranianos a preços inflacionados casas com a cair as bocados construidas com baldes de saibro e uma colher de cimento ? Ou não passa também de outro lambe cus idiota de sinal trocado a debitar bitaites que lhe emprenharam pelos ouvidos, por odiosinhos politiqueiros ou pior de tipico oportunista que lhe vê o chinelo a fugir do pé ?

      Gostar

      • chipamanine permalink
        20 Maio, 2020 07:09

        Afinal para quem pedia esclarecimentos você já sabia de tudo. Nem sabe ler ou interpretar o que é normal hoje em dia. Ninguém disse, e eu seguramente não que eram os socialistas que governavam mas sim que a “não disrupção do contrato de arrendamento” durava esse tempo. Não basta ser burro porque vc faz questão de parecer. Não não existia regra de senso comum no negócio de arrendamento porque a lei nem sequer o permitia. A lei obrigava a manter a renda “actualizada” pela “inflacão”
        Também não sei onde foi buscar que eu participava “no negócio”. Será mesmo falta de neurónio ou eles se desligaram com o uso de susbstâncias recreativas? Nunca tive nem tenho nada arrendado nem para arrendar
        Vc é daqueles que afinal sabe tudo até da vida dos outros por umas linhas num comentário mas não soube ler sequer , nem teve intenção (porque já “sabe” tudo) que lhe deixei pistas para vc ir ver a sua solicitação de “esclarecimento” no seu comentário anterior.
        Foi ver que e quais governos mais promoveram a “habitação social? Não foi não sabe
        Foi ver o que se dizia do estado da habitação nos anos 80-90? Não foi, não sabe nem quer saber. (faltavam 500 mil habitações no mercado)
        Nada disso lhe interessa afinal, além de burro é cínico e mal intencionado
        Precisamente um hominidius socialisticus ganzado cheio de ódio que na sua viagem vê fantasmas “rentistas fássistas reaccionários neoliberais” por todo o lado.
        Deixe-se de “recrear” com essas substâncias (sobretudo as ideológicas) que verá que esses fantasmas só existem na sua paranóia.
        Não se esclareceu, não quis se esclarecer (preguiça de chulo mamão socialista que até estudar e informar-se tem horror porque dá trabalho), não quer reflectir porque já sabe tudo (até a vida dos outros) e os seus neurónios já estão programados para o ódio…..que é a única coisa que afinal vc faz na sua resposta.

        Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: