Saltar para o conteúdo

Verão: quando é que deixámos de acreditar que a vida sorri?

21 Junho, 2020

Deve ter sido dos corantes e conservantes. Ou da falta deles. Só sei que nos verões dos anos 80 a vida sorria. Sorria mesmo. Comêssemos ou não os gelados  que nos garantiam que ela, a vida, sorria. Da SIDA às discriminações, tudo se ia resolver.  De facto nós acreditávamos não só que a vida ia ser melhor como que o seu desenho era o de uma curva ascendente a caminho do bem estar, da liberdade e do fim das injustiças. Havia caminhos diferentes para atingir tudo isso mas era certo que lá chegaríamos.

Deixámos de acreditar que a vida sorri porque deixámos de nos indignar com o autoritarismo e a mediocridade? Ou terá sido ao contrário? Não sei mas sei que alguma coisa aconteceu para que aceitemos com resignação dias como os que acabamos de viver. Dias de Socialismo, pimba e futebol

8 comentários leave one →
  1. Expatriado permalink
    21 Junho, 2020 13:08

    Deixamos de acreditar quando vimos isto a dar para o torto e que vai ser preciso endireitar o que está mal. Vai doer?? Vai, mas o que tem de ser feito vai mesmo, COME HELL OR HIGH WATER ser feito!!

    Gostar

  2. Leunam permalink
    21 Junho, 2020 14:39

    Pois, Dª Helena

    Anos 80, foi na realidade uma bela época para quem tinha emprego seguro.

    Mas houve muito boa gente, a trabalhar QUARENTA (40) ou mais meses, numa grande empresa pertencente ao talvez maior grupo industrial nacional da época, que trabalhando todos os dias de trabalho e assumindo enormes responsabilidades, NÃO RECEBIA O SEU SALÁRIO.

    Para vir a receber o que a empresa lhe devia, AO FIM DE TANTOS MESES, essa boa gente, (mais de 1500 pessoas) foi constrangida a rescindir voluntariamente o seu contrato de trabalho, com os olhos turvos de lágrimas e a mão trémula.

    Esta e outras situações similares noutras Empresas, aconteceram graças às diligentes COMISSÕES DE TRABALHADORES, QUE TUDO FIZERAM PARA ACABAR COM AQUELA E OUTRAS EMPRESAS, o que veio a acontecer mais tarde.

    O COMUNISMO E SEUS DERIVADOS ARRASTAM OS POBRES PARA A MAIS PROFUNDA MISÉRIA E INDIGÊNCIA .

    Haja quem me desminta.

    Liked by 1 person

  3. Weltenbummler permalink
    21 Junho, 2020 14:48

    mais socialismo
    mais pobreza

    Gostar

  4. Marta permalink
    21 Junho, 2020 17:06

    Eu não me resigno. Já chega de ser banana.

    Gostar

  5. 22 Junho, 2020 12:56

    Anos oitenta … ora deixa cá ver se me lembro de como se vivia nessa década !
    Parece que foi nessa altura que comprei o meu 1º carro ! Um fiat 127 já com muito uso, por 90c!
    Pois, ainda não tinham inventado o “crédito fácil”, e por isso cada qual só comprava o que podia pagar …
    Com o nível de inflacção convinha mesmo gastá-lo rápido, porque no dia seguinte já valia menos !
    É por essa altura que aparecem os “grupos” e as cooperativas de habitação, e depois é que veio o crédito fácil, a orgia dos fundos europeus e o climax do Socas!
    Claro, depois dum orgasmo mal preparado vem sempre uma grande ressaca!

    Liked by 1 person

    • Expatriado permalink
      22 Junho, 2020 14:30

      Particularmente se ela não gozou… Enxaqueca garantida!! hehehehehe

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: