Saltar para o conteúdo

Mulatas

22 Junho, 2020

As imagens abaixo são auto-esclarecedoras da alucinação neo-fascista dos actuais anti-racistas e feministas.

Mulata-auchanBolachaMulata

17 comentários leave one →
  1. JPT permalink
    22 Junho, 2020 17:37

    A ver se alguém acorda para o café “Negrita”.

    Liked by 2 people

  2. castanheira permalink
    22 Junho, 2020 18:29

    Este neo-antirascismo do seculo XXI emana de um rascismo inconsciente de quem se considera superior e por isso não se pode expressar a realidade porque essa no seu entender é uma chamada de atenção á inferioridade que subconscientemente consideram nos outros que pretensamente querem defender .
    Estes pretensos anti-rascistas com a ajuda dos MERDIA pretendem convencer todos os outros que são uma cambada de rascistas quando são eles proprios os verdadeiros rascistas .

    Liked by 5 people

  3. Zé Manel Tonto permalink
    22 Junho, 2020 18:37

    Não censurem o nome destes imbecis.

    Por dois motivos:

    -eles não vão censurar o vosso nome, e vão divulgar tudo o que puderem, para vos lixar.
    -é sempre bom saber quem são estes doidos, para não me associar com eles, nem que seja por engano.

    Liked by 5 people

  4. 22 Junho, 2020 18:51

    Que saudades do café Sical, com uma negra em destaque, ainda bem que acabou, senão fechavam por ideologia racista.

    Liked by 2 people

    • Viriato Viseu permalink
      23 Junho, 2020 14:03

      SICAL era a abreviatura de, Sociedade Importadora de Cafés de Angola, Lda.
      Exportei muitas toneladas de cafe para esta empresa que sei ter pertencido à familia do General Galvao de Melo.

      Gostar

  5. 22 Junho, 2020 19:28

    E se em vez de Mulata for Cabrita ? Ainda se lembram do que era em Angola quando fazia parte de um País a sério?

    Gostar

  6. pmanuelp37 permalink
    22 Junho, 2020 19:31

    Preto com branca também dá mulata. Essa não conta?

    Liked by 3 people

    • lucklucky permalink
      22 Junho, 2020 20:12

      Já hoje se saires à rua para protestares e destruíres a favor do racismo anti-racista és aplaudido, se for por outro motivo és criminoso.

      Um Marxista tanto pode dizer uma coisa e o seu contrário.

      Se for director das Bolachas Progressistas – Empresa Popular
      pode colocar 2 negros como símbolo…diz que é homenagem aos dotes culinários e toda a Comunicação Social irá aplaudir.
      Artigos elogiosos nas Universidades demonstram a bondade da ideia quando há 5 anos atrás eram considerado “ofensivos” nas mesmas Universidades…

      Liked by 3 people

  7. 22 Junho, 2020 21:59

    O “anti-racismo” nas sociedades ocidentais é actualmente a verdadeira e única descriminação racista em prejuizo das minorias étnicas :

    “Não te iludas : não és uma pessoa como nós. Não vale a pena esforçares-te individualmente no sentido de seres aceite e reconhecido como um de nós porque tal não depende de ti mas sim do lugar estruturalmente subalterno da étnia a que pertences. Só confiando o vosso destino colectivo nas nossas mãos, estando ao nosso lado, apoiando as nossas causas, votando em nós, é que podereis esperar que um dia vos reconheçamos finalmente como iguais e responsáveis e não como inferiores e incapazes.”

    Liked by 4 people

  8. Albano Silva permalink
    22 Junho, 2020 22:09

    E homem preto com mulher branca o que dá? Um Hobama, presidente dos EUA!
    Assim já está bem? Está. Até por isso, diziam com orgulho que era o primeiro presidente negro (afrodescendente) dos EUA. Porque não branco? Ele tem metade de cada um!
    Só que negro parece estar muito mais na moda.

    Liked by 1 person

  9. 22 Junho, 2020 22:24

    É a melhor solução para acabar com o racismo (que está manifestamente por todo o lado em que escolhemos procurar): proibir e destruir palavras!
    Se não o conseguimos expressar, este deixa de existir.
    O Orwell é que a sabe!!

    Liked by 3 people

  10. 22 Junho, 2020 22:35

    ‘Mulata’ veio de ‘mula’? Isso torna a palavra racista?

    Sim, o parentesco etimológico da palavra “mulato(a)” com “mulo(a)” é verdadeiro.
    Quanto a isso tornar racista o termo, bem, cabe aí uma longa – talvez infindável – discussão.
    Em algum momento desse debate, vamos nos defrontar com a seguinte pergunta: apesar dos desdobramentos semânticos que muitas vezes conduzem seu sentido a territórios distantes – e às vezes até opostos – ao lugar de origem, devem as palavras ser eternas reféns da etimologia?
    Tenho opinião formada sobre isso: não, não devem. Mas comecemos pela história.
    O português foi buscar diretamente no latim mulus, no século XV, a palavra “mulo”, ou seja, “animal híbrido, estéril, produto do cruzamento do cavalo com a jumenta, ou da égua com o jumento”.
    No século seguinte, por influência do espanhol, o termo “mulato” era usado para designar um mulo jovem, e foi certamente por analogia com o caráter mestiço do animal que a palavra passou – a partir de meados do século XVI, segundo o Houaiss – a ser aplicada também, como adjetivo e substantivo, a pessoas descendentes de brancos e negros.
    O tom depreciativo da associação original é indiscutível e facilmente explicável pelo racismo escancarado de uma época escravocrata. O que cabe discutir é se vale a pena condenar o vocábulo por causa disso.
    Fazê-lo significa manter artificialmente vivo na língua de hoje um parentesco praticamente esquecido, além de ignorar os novos sentidos – alguns deles francamente positivos, como o da exaltação da miscigenação – que foram se colando com o passar do tempo ao termo “mulato(a)”.
    Não tenho a pretensão de esgotar o debate, mas lembro que não são poucas as palavras que, hoje vistas como inatacáveis, têm origem escusa. O singelo substantivo “rapaz”, por exemplo, é um parente etimológico do rapto e da rapina e nasceu com o sentido de “ladrão, salteador”.

    Sérgio Rodrigues
    Tirado de :
    veja.abril.com.br/blog/sobre-palavras/8216-mulata-8217-veio-de-8216-mula-8217-isso-torna-a-palavra-racista/

    Gostar

  11. 22 Junho, 2020 22:58

    Isto é, se percebo, a respeito de um comentário no Facebook?

    Gostar

  12. Mauritano permalink
    23 Junho, 2020 09:34

    Já faltou mais para vermos manifestações progressistas de racistas anti-racistas a exigirem a proibição de relações sexuais entre pessoas de cores diferentes. Certamente vão utilizar o argumento que a miscigenação, desde que praticada por um homem branco heterossexual, é uma herança imperialista do colonialismo. De fora ficarão as mulheres e todo o colectivo LGBTI para além de outras etnias, minoritárias ou não.
    Irão defender a “pureza da raça”. Onde é que eu já vi isto?

    Gostar

  13. isabel permalink
    23 Junho, 2020 15:06

    olhem que estas coisas são a sério. Vejam bem só o que sai do craneo pantanoso da picareta falante, vulgo, Guterres:

    Human Rights Council concludes urgent debate on current racially inspired human rights violations, systemic racism, police brutality and violence against peaceful protests.

    « Les experts des droits de l’homme à l’ONU expriment leur profonde préoccupation face à la récente déclaration du procureur général américain décrivant #Antifa et d’autres militants antifascistes comme des terroristes nationaux. Ils affirment que cela porte atteinte aux droits de libre expression et de réunion pacifique dans le pays. »

    É o texto de um tweet da ONU que não consegui copiar para aqui.

    Liked by 1 person

    • 24 Junho, 2020 20:05

      Claro que os Antifas são terroristas! PQP e ao “Pantanoso” de calças ridiculamente molhadas! Devemos ser um povo de vigaristas, conseguir exportar lixo como o Pantanoso ou o Cherne tem que se lhe diga!

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: