Saltar para o conteúdo

Autocrítica

11 Agosto, 2020

Acho que devo uma explicação a toda a gente, além de a mim próprio. Sim, é verdade que fui atuar profissionalmente a um jantar privado do partido Chega, com o qual não tenho nenhum tipo de relação política ou afetiva. Sim, sou eu na selfie tirada pelo André Ventura, num momento final da minha atuação. Confesso que na altura encarei isto só mesmo como mais uma atuação e mais uma selfie, especialmente numa altura em que eu, os músicos que me acompanham e os técnicos têm quase a totalidade do seu ganha pão cancelado desde Março…Mas percebo que errei. Nunca pretendi apoiar o Chega, assim como nunca apoiei qualquer força política para as quais já toquei ao longo de toda a minha carreira. Mas devia ter tido o discernimento para perceber que não era só mais um concerto para mais um partido e das implicações que esta atuação profissional iria desencadear…– Olavo Bilac”

28 comentários leave one →
  1. Weltenbummler permalink
    11 Agosto, 2020 09:32

    isto resolve-se com uma aplicação

    Liked by 1 person

  2. Artista Português permalink
    11 Agosto, 2020 09:51

    Mais uma vítima da Inquisição

    Liked by 4 people

    • carlos rosa permalink
      11 Agosto, 2020 13:41

      Este caso faz-me lembrar aquela cena de um outro Olavo Bilac que atravessava uma ribeira cheia, por uma passadeira geringonça de madeira, que abanava toda com a força da corrente.
      Com medo de ir parar à água o homenzinho que não sabia rezar, só dizia para com ele:
      -Ai, Deus é bom!
      Mas o Diabo ……também não é mau!

      Coitado!

      Liked by 1 person

  3. PORTUGA permalink
    11 Agosto, 2020 10:02

    Onde isto chegou! Os músicos terem medo de actuar livremente, e terem de se justificar por que o fazem. Então que democracia é esta?

    Liked by 4 people

    • isabel permalink
      11 Agosto, 2020 13:36

      Quem não se lembra de uma cena de confissão semelhante que se vê no filme o Padrinho?

      Liked by 1 person

  4. LTR permalink
    11 Agosto, 2020 10:10

    Isto é apenas um sinal da doença. A doença é muito pior.

    Liked by 3 people

    • Ausente52 permalink
      12 Agosto, 2020 09:57

      se nada for feito, a doença VAI ser muito pior. Depois é tempo perdido para ir a Fátima, porque já nem a Senhora vos pode valer.

      Liked by 1 person

  5. Expatriado permalink
    11 Agosto, 2020 10:27

    Ao que os homens chegam para terem pão na mesa. A chantagem da esquerdalha vai fazer muitas repetições desta cena a quem, profissionalmente e a ser pago pelos serviços prestados, se disponha a fazer uns trabalhos para os que os FDPs odeiam. Odeiam porque têm medo deles.

    Será que os não-comunas também vão fazer estas cenas por actuarem na Festa do Avante?

    Liked by 5 people

  6. 11 Agosto, 2020 11:11

    Isto é patético. É mais fácil termos coluna quando não temos o estômago vazio.
    Pobre homem…

    Liked by 2 people

    • 11 Agosto, 2020 12:04

      Eu diria mesmo, é no que dá pensar com a barriga !
      Pode ser até que, passada a crise, o “artista” devolva o dinheiro facturado para não lhe pesar na “cunsciência”, e poder continuar a facturar à esquerda (onde o negócio tem mais futuro).

      Liked by 2 people

      • Oscar Maximo permalink
        11 Agosto, 2020 18:16

        Passada a crise devolve ? Ha,ha, Fama sem proveito ? Aposto já !

        Gostar

      • Artista Português permalink
        11 Agosto, 2020 23:55

        O Tordo devolvia?

        Liked by 1 person

    • Oscar Maximo permalink
      11 Agosto, 2020 18:14

      Quem tem ética passa fome, diz a senhora que voltou.

      Liked by 1 person

      • 12 Agosto, 2020 00:17

        Óscar, não é mentira nenhuma que muitas vezes quem ‘tem ética passa fome’. Mas ser parvo e não construir uma ética de trabalho também pode ser problemático…

        A Amália dizia sempre que não lhe pedissem para oferecer a única coisa que tinha para vender. Recusava, portanto, comparecer em lugares onde suspeitava que lhe iam pedir que cantasse.

        Um amigo meu nunca me pagou uma cerveja no seu café. ‘Estava ali para as vender…’, dizia.
        Qualquer um pode perceber isto.
        Penso que já toda a gente percebeu onde quero chegar… O Bilac é um bom artista e não precisava de se humilhar desta forma.
        Nenhum profissional se prostitui por vender o seu trabalho e receber por isso.

        Dito isto, também é verdade que os sectários esquerdóides cá da Pátria fizeram a vida negra à Amália, ao O’Neil e a muitos outros e outras.

        Já agora: escrevi este comentário tendo presente a memória da Dina.
        Nunca lhe perdoaram ter feito o hino do CDS… Até hoje.
        Esta gente não esquece, é bom que nos lembremos que esta canalha não esquece nem perdoa. Por isso é que adora criar observatórios…

        Liked by 2 people

  7. chipamanine permalink
    11 Agosto, 2020 11:15

    A Inquisição tomou conta disto tudo. Só falta mesmo policiar os peidos. Se forem dirigidos à esquerda ou te retratas ou sofres as consequências de ser ostracizado…..em tempo, serás detido , preso, deportado ou…..aniquilado.
    É esta a sociedade dos valores mais elevados.

    Liked by 5 people

  8. 11 Agosto, 2020 11:30

    Esta propaganda que a esquerdalhada faz do Chega vai dar em votos.
    O ridículo antecipa o pânico..

    Liked by 2 people

  9. Desalinhado permalink
    11 Agosto, 2020 11:56

    Ou seja, Olavo Bilac, como todos os músicos e cantores da nossa praça, aceitam qualquer coisa para não terem a barriga vazia, mas depois querem dar uma de dignidade para não ficarem mal na fotografia.
    Na festa do Avante, deste ano, está prevista uma homenagem a Amália Rodrigues, depois de os comunistas terem achado, após o 25 de Abril, que a senhora era informadora da PIDE.
    Ao que isto efectivamente chegou. O medo, a arruaça, a angústia, a incúria, a podridão que tomou conta da sociedade já parecem aqueles slogans que dizia o Artur Albarran.
    Uma coisa eu sei. André Ventura é digno do futuro assim como Amália foi digna do passado. Quanto ao resto são migalhas para os pombos!

    Liked by 4 people

    • 12 Agosto, 2020 10:46

      E o que é pior é que não me parece que haja um jornalista com coragem de denunciar a hipocrisia montada em palco. Este país fede…

      Gostar

  10. Adelaide permalink
    11 Agosto, 2020 12:18

    Por essa ordem de ideias um enfermeiro de esquerda não cuidaria do André Ventura, arriscando-se a ser expulso da profissão. É uma indignidade, agravada pela mea culpa da vítima, que compreende os seus algozes (” percebo que errei”). Pornografico!

    Liked by 4 people

    • chipamanine permalink
      11 Agosto, 2020 17:06

      Lá chegará o tempo em que lhe entrevistarão para saber se vc merece ser tratada …..u se é descartavel para os amanhas que cantam

      Liked by 3 people

  11. 11 Agosto, 2020 12:33

    Mais um vaporizado!

    Liked by 1 person

  12. carlos rosa permalink
    11 Agosto, 2020 13:48

    O Francisco Louçã é o padrinho do estado a que isto chegou. O homem discursa sempre com um ar de sábio mas sempre a abanar a cabeça que não.
    E a maralha gosta disso.

    Gostar

  13. Ze Manel Tonto permalink
    11 Agosto, 2020 16:03

    Mandar esta posta de pescada depois de ter o dinheiro na conta e’ facil, recusar o carcanhol esta quieto.

    Liked by 2 people

  14. Chopin permalink
    11 Agosto, 2020 18:33

    “O DINHEIRO É DO ESTADO, É DO PS”
    https://www.jn.pt/nacional/elisa-ferreira-sinceramente-eu-quero-vir-para-o-porto-1226299.html

    Grandes “artistas” !
    Os Bilacs sabem quem controla a máquina do dinheiro. Não são vítimas, são parasitas.
    A “arte” em Portugal, vive do saco dos impostos.

    Avante nº 1293
    Festa do Avante
    “. Pelo seu lado, os portugueses dos «Santos & Pecadores», com a voz poderosa e a ágil movimentação de Olavo Bilac no comando, revelaram-se uma escolha acertada para o encerramento do Palco demonstrando no aprumo instrumental dos arranjos vocais e instrumentais, na encenação dos coros e, em geral, na planificação e alinhamento do seu espectáculo uma crescente maturidade cuja consistência não escapou aos muitos milhares de espectadores que enchiam por completo o recinto.”

    Liked by 1 person

  15. vasco silveira permalink
    17 Agosto, 2020 12:48

    Caro Senhor

    Confesso-me surpreendido pelo post:
    _ nunca li nenhum pedido de desculpas público por actuações na festa do avante!
    Sim, o Avante do Pcp, o que recomenda estaline e a chacina de milhões nos campos forçados da sibéria, na fome da Ucrânia, no terror generalizado.
    Talvez por causa disso mesmo, de a história ainda não ter feito as contas com esses ferozes e sanguinolentos regimes comunistas, é que os artistas que para eles cantam não têm de pedir desculpas públicas…

    Cumprimentos

    Gostar

  16. ausentenoparlamento permalink
    20 Agosto, 2020 22:48

    Pobre Olavo Bilac, fez a pior coisa que poderia fazer, pedir perdão à extrema-esquerda. Esta não quer perdão, quer humilhar e aniquilar aqueles que transgridem, não há reconciliação possível pois não a deseja.
    A ironia é que se não tivesse pedido desculpa, a tempestade passaria e daqui a umas semanas e toda a gente ter-se-ia esquecido.
    Agora só terá cada vez mais pessoas a condená-lo e as sucessivas desculpas só piorará.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: