Saltar para o conteúdo

A máquina de ficcionar problemas

2 Setembro, 2020

Ricardo Lobo: O Ministro do Ambiente e da Acção Climática (MAAC) «visita a Casa dos Animais de Lisboa e marcha, qual general, para uma parada de cães enjaulados e de ladrar estridente. Em simultâneo, o presidente da Câmara de Lisboa anuncia, sem pudor, um investimento de 1,2 milhões de euros para uma ampliação destinada a alojar 60 cães. Em simultâneo, o presidente da Câmara de Lisboa anuncia, sem pudor, um investimento de 1,2 milhões de euros para uma ampliação destinada a alojar 60 cães.O MAAC aproveita a ocasião para indicar o nome da provedora, que no ICNF irá ser a responsável omnipotente pela elaboração e execução de toda a política relacionada com os animais de companhia, incluindo “naturalmente”, como refere o MAAC, as questões de saúde pública.Estava dado o mote para todas as autarquias de todo o país que agora ficarão sob a tutela do provedor: alojamentos pomposos para cães de ninguém – 20 mil euros/cão, canis cheios de animais não adotáveis e animais na rua a atacar pessoas ou outros animais, ou a encher pardieiros em espaço florestal.(…) A ficção e o absurdo, esses não terminariam sem uma visita a uma colónia de gatos errantes que usam máquinas de lavar em fim de vida como casotas. Do ponto de vista da reciclagem de eletrodomésticos, seria uma apenas uma medida fofinha acarinhada por um ministro do Ambiente, não fossem os gatos errantes responsáveis, em todo o mundo, pela extinção de uma série de espécies de fauna selvagem. Assim, é só ficção da terceira divisão regional.»

4 comentários leave one →
  1. maria permalink
    2 Setembro, 2020 19:54

    Muita gente doente por aí. Qual a inteligência de um deputado que não enxerga que há molduras penais mais gravosas para as pessoas.
    Muitas pessoas têm cão como aditivo á sua própria inteligência. A coisa mais triste é jovens que ocupam o seu tempo passeando cães.A mais valia de um cão é cheirar a urina e as fezes em qq canto. Nada mais dá!
    TANTO HUMANO NOS HOSPITAIS E VIRAM-SE PARA CÃES!

    Liked by 1 person

  2. lucklucky permalink
    2 Setembro, 2020 20:24

    É preciso construir narrativas para justificar a violência de ir buscar mais euros a quem os ganha.

    Liked by 5 people

  3. Duarte de Aviz permalink
    2 Setembro, 2020 22:31

    Dois bons filhos da puta.
    A senhora não.
    Só lá está por causa do tacho.

    Liked by 1 person

  4. 3 Setembro, 2020 01:36

    Ó Helena, que falta de sensibilidade para com os animais. Todo e qualquer investimento para viverem em segurança e com dignidade é bem vinda.
    É uma prioridade nacional!

    Menos prioritário (muito menos), mas também importante para estarmos todos mais protegidos – e conseguirmos formar cidadãos independentes, resilientes, criativos e solidários – deviamos também preocupar-nos com as crianças.
    Prestes a começar as aulas, estão num risco enorme se não as mantivermos mascaradas e bem afastadas umas das outras!

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: