Saltar para o conteúdo

Flores no esterco

20 Outubro, 2020

Como uma avalanche que extingue a aldeia a partir da queda de uma pequena massa que desencadeia inumeráveis reacções, atingimos em Outubro de 2020 o patamar do progresso a partir do qual não há retorno. Daqui para a frente, do “ninguém está disposto a ouvir seja quem for”, só virá o “calem-no antes que alguém o possa ouvir”.

Os nossos antepassados já passaram por isso. Não há volta a dar. Resta o silêncio, aliás o mesmo silêncio que já se faz sentir nas redes sociais, a Torre de Babel do nosso tempo. Se alguém fala na floresta e as árvores falam ao mesmo tempo, será que alguém falou?

Pouco importa se há confinamento ou não. A própria palavra nunca existiu. Existe agora, e não é para designar prisões domiciliárias: designa o muro que cada um construiu à volta de si próprio. Uns chamam-lhe política partidária, outros chamam-lhe a choldra, outros ainda – os ingénuos – chamam-lhe esperança. Eu prefiro chamar-lhe o desígnio humano para a destruição.

Primeiro foram os artistas, ou porque morrem, ou porque já não interessam. E depois disso não há nada.

Against the wall.

Nota: não publico este post no Facebook porque calaram a cotovia por 7 dias.

17 comentários leave one →
  1. Weltenbummler permalink
    20 Outubro, 2020 10:41

    voltou-se ao tempo em que os animais falam

    Liked by 1 person

  2. JMS permalink
    20 Outubro, 2020 13:13

    Excelente texto.

    Só fico admirado por ainda ter facebook. Masoquismo? Chega a mais gente, eu sei, mas…

    Liked by 2 people

  3. carlos rosa permalink
    20 Outubro, 2020 13:39

    Temos de pegar o touro pelos cornos.
    Ou vence o touro ou vencemos nós.
    Mas uma vez agarrado, não pode haver contemplações com o bicho.

    E, já agora, já se aperceberam que o António Costa já anda em campanha eleitoral?
    Não é preciso ter-se muita esperteza para ver a jogada do sr António Costa.
    Quem foi o 1º a falar numa crise política? Quem foi?
    Quem deu as instruções para escrever o orçamento do Estado? Quem foi?
    (Ele ou os republicanos da treta, da camarilha, inimigos dos portugueses, os donos disto tudo até ver.).
    Quem pôs no orçamento as coisinhas necessárias para as muletas do Costa, comunistas e bloquistas, não aprovarem o orçamento? Quem foi?
    Quem anda à rasca porque o dinheiro dos cofres do Estado desaparece dia a dia, hora a hora? Quem num mês correu duas vezes para Bruxellas a pedir dinheiro? Quem?
    Quem se desdobra em entrevistas a desculpar-se com os outros, sendo 1º ministro há seis anos?
    Quem tem o descaramento de dizer numa dessas entrevistas que não se demite, não vira as costas ao país, parafraseando Pedro Passos Coelho, quando este fazia das tripas coração para corrigir o descalabro deixado pelo Sócrates?
    Quem é que ainda não percebeu que tipo de pessoa é este sr António Costa?
    Quem é que ainda não percebeu o que é o PS?

    Continua a fazer campanha eleitoral. Sim Costa, continua. Já sabemos que queres eleições legislativas no ano que vem para te safares dos problemas e entregares o governo ao galego Rui Rio e tu perderes por pouco nessas eleições para o PS ficar mais perto do poder para voltar à carga quando a tempestade passar.
    Mas de uma coisa não te vás safar. Tu e os teus comparsas.
    Da oposição de cada vez mais portugueses.

    Liked by 2 people

  4. Expatriado permalink
    20 Outubro, 2020 13:49

    Isto vem mesmo a propósito…

    Liked by 1 person

  5. LTR permalink
    20 Outubro, 2020 14:07

    Sinais da venezuelização total, acelerada, descarada e habilidosa:

    https://portadaloja.blogspot.com/2020/10/procurador-nacional-indicado-para.html

    Não espanta que seja preciso passar Trump todos os dias e a toda a hora.

    Liked by 2 people

  6. Arnold Schwarzenegger permalink
    20 Outubro, 2020 14:38

    No sábado passado houve uma grande demonstração contra o confinamento e a vigarice com o vírus chinês (Corona/Covid-XX) em Londres.

    A comunicação social ou algum jornal mafioso noticiou em Portugal?

    Em França 250 “intelectuais” exigem na revista “Marianne” uma política alternativa ao confinamento e ao terror como o vírus.

    A comunicação social ou algum jornal mafioso noticiou em Portugal?

    Dizem que os gigantes da tecnologia, conduzidos por pandeleiros, lésbicas, os tais fanáticos da esquerda porca e fascista, esses que querem destruir o elo da mão com os filhos, destruir a família, ocultam tudo isto.

    A televisão russa do Estado fala sobre estas coisas. Na Alemanha a comunicação social oculta tudo isso. Enquanto os hospitais vão a caminho da falência.

    Ter uma “infecção, não significa estar doente, de modo nenhum!”

    Os porcos, os tontos, os fascistas do ambiente querem aproveitar isto tudo, para acalmar o clima. Desemprego, pobreza para a plebe? Não interessa aos pandeleiros. Os perversos vivem muito bem dos vossos impostos e são poucos.

    Liked by 1 person

  7. Expatriado permalink
    20 Outubro, 2020 17:42

    Contratações públicas. Para quem não entendeu o “esquema “ aqui fica o desenho…

    Gostar

  8. chipamanine permalink
    20 Outubro, 2020 18:10

    Gostei de ver os jovens estudantes das “artes” a reclamar que “o dinheiro vai prós privados”
    Quer dizer que os futuros “artistas” sonham ser assim…ou funcionários públicos ou viver dos impostos dos outros

    Gostar

    • 20 Outubro, 2020 18:54

      Eu disse artistas, não disse cagōes.

      Gostar

      • chipamanine permalink
        20 Outubro, 2020 19:43

        Por falar em “artistas”…o Marcelo ainda não foi tirar umas selfies na Cova da Moura com os artistas de lá. Discriminação? em que é que a Cova da Mora é menos que a Jamaica?

        Liked by 1 person

  9. Weltenbummler permalink
    20 Outubro, 2020 21:24

    Une grande partie des pharmaciens en rupture de stock de vaccins contre la grippe
    afinal não há vaginas para todos

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    20 Outubro, 2020 22:19

    Vou ser sincero. Não percebi nada. Este texto deve estar encriptado.

    Gostar

  11. 20 Outubro, 2020 22:21

    Este socialismo é como um cancro, que se vai espalhando e destruindo tudo. Quando o povo se aperceber, já não há remédio….

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: