Saltar para o conteúdo

O próximo julgamento de Nuremberg

30 Março, 2021

(foto Jornal O Observador)

Não, não é uma teoria da conspiração. Vem aí mais um julgamento internacional de crimes contra a Humanidade levado a cabo pela Comissão alemã de Investigação à C0v1d.

O assunto é sério. São milhares de, advogados, cientistas, médicos, denunciantes e lesados, num mega processo internacional que visa responsabilizar civil e criminalmente, os principais intervenientes na criação desta pandemia. Os factos já apurados por esta comissão, liderada pelo prestigiado advogado alemão Dr. Reiner Fuellmich, são os seguintes:

  1. A taxa de mortalidade deste vírus é equivalente a uma gripe severa.
  2. 94% das mortes em Bérgamo deveu-se à transferência de doentes para lares onde infectaram idosos com fraco sistema imunitário.
  3. Houve médicos e hospitais em todo o mundo que foram pagos para declarar mortes por covid a quem morresse positivo.
  4. As autópsias demonstraram que as mortes decorreram, na sua maioria, em pessoas com comorbilidades, idosas ou com sistema imunitário deficitário.
  5. A Suécia sem lockdown teve melhor desempenho que outros países com lockdown total.
  6. Nos EUA, diferentes estados com e sem lockdown apresentaram praticamente os mesmos dados estatísticos;
  7. Hospitais vazios e hospitais de campanha quase sem utentes.
  8. Imunidade de grupo é suficiente a partir dos 15-25% e já foi atingida.
  9. Apenas quando há sintomas é que a infecção é contagiosa.
  10. O teste PCR põe pessoas saudáveis a testar positivo; cria falsos positivos que chegam aos 89-94%.
  11. Prof. Drosten desenvolveu este teste PCR a partir do vírus SARS sem ter observado o vírus novo da China.
  12. O teste PCR não detecta infecções: um teste positivo não significa infecção; os testes PCR são inúteis para detectar infecção; e a amplificação acima dos 35 ciclos não é fiável nos resultados (mas a OMS mandou fazer 45).
  13. O governo alemão tomou decisões de lockdown total, máscaras etc. com base numa única opinião.
  14. O lockdown foi imposto depois da retracção do vírus; os lockdown basearam-se em infecções inexistentes.
  15. As medidas não têm base científica nem legal e são inconstitucionais; nenhum cientista sério valida o modelo computacional de Neil Ferguson (Imperial College) que previa milhões de mortes.
  16. O RKI alemão recomendou que não se fizessem autópsias.
  17. Os media não reportaram os factos; a democracia foi substituída por modelos fascistas autoritários.
  18. Drosten (teste PCR ), Tedros director-geral da OMS, entre outros, cometeram graves crimes contra a Humanidade segundo o Código Internacional.
  19. Os políticos e media conduziram ao medo e pânico deliberadamente.
  20. O teste PCR foi usado para produzir medo e não para diagnosticar.
  21. Não há segundas vagas.
  22. Há danos de saúde e económicos gigantescos.
  23. As medidas mataram inúmeras pessoas inocentes; destruiu todo o tecido empresarial de pequenas e medias empresas provocando falências em massa.
  24. As imposições autoritárias nunca foram por uma questão sanitária.

O que já está em curso:

  1. um recurso para anulação da aprovação da vacinação em curso contra a Comissão Europeia;
  2. um processo judicial em Nova Iorque contra os testes PCR;
  3. vários processos alemães, canadianos, australianos e austríacos ao Tribunal Internacional de Justiça e Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

O que exigem:

  1. a suspensão imediata das medidas desastrosas e vacinação em massa com vacinas experimentais, ainda não aprovadas;
  2. responsabilidade criminal e civil de todos os responsáveis pela gestão da pandemia num tribunal internacional independente com base no modelo dos processos de Nuremberg.

Segundo Dr. Reinier Fuellmich (veja aqui), os dados actuais não mentem: não há mais mortes do que as que existiram com a gripe sazonal. Sem máscaras, sem encerramento de escolas, sem confinamento, a Suécia, que seguiu a ciência, é o elefante branco na sala que expôs a falácia da “crise pandémica”. Que por confrontarem a narrativa oficializada do pânico, sofrem muita pressão externa. Refere ainda que o ministro da saúde sueco lembra-se de como o enganaram com a gripe suína e por isso, não cedeu à OMS. Afirma que muita fake news está a ser produzida sobre a Suécia para desacreditar a estratégia seguida, explicando também que, naquele país, o SNS é para as pessoas: primeiro atende-as até à sua capacidade limite, depois entram as forças armadas com hospitais de campanha e se essas medidas não forem suficientes, activam outras.

Este advogado descreve ainda que houve mais países a não fazer lockdown total mas que os media não falam deles porque não querem que saibamos o que lá se passa. Que a narrativa e procedimentos são iguais em todos os países que adoptaram estas medidas catastróficas, o que demonstra ser uma agenda. Porque as pessoas pensam que se é assim em todo o lado, então é porque é verdade. E devido a essa formatação, as pessoas acreditam em mentiras sem as questionar. Reinier Fuellmich fala da isenção de responsabilidade das farmacêuticas em relação a esta vacina experimental questionando a pressa de pôr em curso uma vacinação em massa para um vírus cuja mortalidade é menor que 1%.

Segundo ele, Prof. Drosten, director do Hospital Universitário Charité, foi o responsável na Alemanha por esta situação. Do dia pra noite, mudou o seu discurso sobre a pandemia que passou de “isto não é grave” para “isto é extremamente mortal”. Reinier Fuellmich diz não saber exactamente quem está por detrás disto mas que basta seguir o rasto do dinheiro para lá chegar. Aponta 3 grandes responsáveis por esta crise mundial: Tedros director-geral da OMS; Drosten, director do Charité e Lothar Wieler, presidente do RKI (a DGS alemã). Afirma que estas pessoas são as mesmas que, aquando a gripe suína em 2009, criaram alarmismo dizendo que “todos iriam morrer” e que agora já se sabe que não passava de uma gripe comum (veja aqui). Neste grupo inclui também outro responsável, Neil Ferguson do Imperial College, cujo currículo desastroso, em previsões de outras “pandemias”, é incontestável:

  1. em 2001 trabalhou numa pesquisa que levou ao abate de milhares de animais, desnecessariamente, durante a “epidemia” da doença “Foot and Mouth” que depois foi contestada pelos seus pares;
  2. em 2002 previu que 50 000 pessoas morreriam (só no RU) da “doença das vacas loucas” ao comerem bife e que esse número poderia subir para 150 000 se houvesse transmissão para ovelhas, porém, a realidade demonstrou que foram menos de 200 pessoas a morrerem da variante humana no RU;
  3. em 2005 previu a morte de mais de 200 milhões de pessoas com a gripe das aves e numa entrevista ao The Guardian até a comparou à gripe espanhola de 1918, mas apenas algumas centenas de pessoas morreram da doença em todo o mundo;
  4. em 2009 previu que a gripe suína teria uma taxa de mortalidade entre 0,3 a 1,5% o que levaria à morte de 65 000 pessoas só no RU, mas a realidade demonstrou que apenas morreram 457, ou seja, uma taxa real de 0,026%.

Sobre isto, eis o que dizem alguns especialistas que estão em sintonia com o que é dito por este advogado:

Dr. Michael Yeadon: “Não há absolutamente nenhuma necessidade de vacinas para extinguir a pandemia. Nunca ouvi falar tão absurdo sobre vacinas. Você não vacina pessoas que não correm o risco de contrair doenças. Você também não planeia vacinar milhões de pessoas saudáveis e em forma, com uma vacina que não foi amplamente testada em seres humanos. Isso eu sei depois de 30 anos na indústria farmacêutica.”

Van Kerkhove da OMS: “Pelos dados que temos, ainda parece muito raro que uma pessoa assintomática consiga transmitir o vírus a um segundo indivíduo”.

Prémio nobel Michael Levitt: “Não tenho dúvidas de que, quando olharmos para trás, os danos causados pelos lockdowns excederão qualquer economia de vidas por um grande fator”.

Professor Isaac Ben-Israel: “Um padrão semelhante – rápido aumento de infecções até um pico na sexta semana e declínio a partir da oitava semana – é comum em todos os lugares, independentemente das políticas de resposta (…)  Não se deveria fechar o país inteiro quando a maior parte da população não está em grande risco”

Outros especialistas questionaram o EMA da União Europeia numa carta aberta, aqui:

https://doctors4covidethics.medium.com/urgent-open-letter-from-doctors-and-scientists-to-the-european-medicines-agency-regarding-covid-19-f6e17c311595

Outros manifestaram-se na Declaração Great Barrington, aqui:

Outros milhares de profissionais de saúde estão unidos contra a desinformação, aqui:

https://joinunitedhealthpr.wixsite.com/professionals?fbclid=IwAR0lwjnV9VGJOQfxzWrZqUbFuljk8pL2yPl2xHru650fok6XdTSGOYt4SxM

Reinier Fuelmich não hesita em dizer que a OMS se tornou numa organização corporativa e considera que estamos perante um grupo de criminosos. Que esta alterou em 2009 as definições de pandemia – que inicialmente tinha de ser uma doença mundial, com um grande número de pessoas doentes e de mortes -, e que agora só contam os casos de infecção. Significa, segundo ele, que qualquer gripe pode passar a ser declarada pandemia. Afirma ainda que Bill Gates contribuiu para alterar essas definições. Mais: de acordo com uma denunciante da OMS, Dra. Astrid Stuckelberguer, há um alerta oficial da OMS (intencionalmente em letras muito miudinhas) a dizer que os testes PCR não funcionam para detectar infecções, mas ao mesmo tempo empurrou o teste como único meio de rastreio.

Sobre a vacina experimental, Reinier Fuellmich revela que nunca se tratou de uma questão de saúde pública mas sim a injecção de substâncias genéticas experimentais disfarçadas de vacinas que estão a causar danos graves e consequências fatais. A população mundial serviu de cobaia a essa injecção experimental de forma progressiva e rápida. Que numa denúncia em vídeo foi demonstrado que num lar de idosos, 31 utentes foram vacinados (alguns à força), 8 morreram e 11 ficaram com danos graves. Que todos eles tinham testado negativo ao novo vírus e estavam de boa saúde. Revela que continuam a receber vídeos de mais denunciantes e que vão investigar e pedir autópsias. Refere que as mortes são declaradas por c0v1d sem o serem, e que há incentivos financeiros para doentes declarados com c0v1d. Reinier fala também da censura do Facebook que elimina quaisquer publicações que denunciem mortes ou qualquer outra problemática com vacinas, classificando-as de “falsas” sem o serem. E que depois os media em vez de fazerem o escrutínio, ainda assinam por baixo. Explica que na Alemanha paga-se para ver e ouvir os media e que em contrapartida têm de produzir boa informação – o que não se verifica -, e por isso, vão reclamar o que foi pago durante os últimos 12 meses pelos utentes porque andaram a fazer propaganda em vez de informar. (veja aqui)

É dito no Código de Nuremberg:

“O consentimento voluntário do sujeito humano é absolutamente essencial. Isso significa que a pessoa envolvida deve ter capacidade legal para dar consentimento; deve estar situado de forma a ser capaz de exercer o livre poder de escolha, sem a intervenção de qualquer elemento de força, fraude, engano, coação, exagero ou outra forma ulterior de restrição ou coerção; e deve ter conhecimento e compreensão suficientes dos elementos do assunto envolvido, de modo a capacitá-lo a tomar uma decisão compreensiva e esclarecida. Este último elemento requer que, antes da aceitação de uma decisão afirmativa pelo sujeito experimental, seja dado a ele conhecimento da natureza, duração e propósito da experiência; o método e os meios pelos quais deve ser conduzido; todos os inconvenientes e perigos razoavelmente esperados; e os efeitos sobre sua saúde ou pessoa que podem vir de sua participação na experiência. O dever e a responsabilidade de verificar a qualidade do consentimento recaem sobre cada indivíduo que inicia, dirige ou se engaja na experiência. É um dever e responsabilidade pessoal que não pode ser delegado impunemente a outrem.”

e na Declaração de Helsínquia:

“Em qualquer pesquisa com seres humanos, cada sujeito potencial deve ser adequadamente informado sobre os objetivos, métodos, fontes de financiamento, quaisquer possíveis conflitos de interesse, institucionais afiliações do pesquisador, os benefícios esperados e riscos potenciais do estudo e o desconforto que ele pode acarretar. O sujeito deve ser informado sobre o direito de se abster de participação no estudo ou para retirar o consentimento para participar a qualquer momento sem represálias. Depois de garantir que o sujeito entendeu a informação, o médico deve, então, obter informações informadas livremente fornecidas pelo sujeito, consentimento de preferência por escrito. Se o consentimento não pode ser obtido por escrito, o consentimento não escrito deve ser documentado formalmente e testemunhado.”

Para Reinier Fuellmich não restam dúvidas: ” Serão estas verdades que farão cair as máscaras dos responsáveis por estes crimes. Aos políticos que fizeram fé nestes personagens corrompidos, os factos apresentados serão a boia de salvação para os ajudar a acertar as coisas e começar o debate científico tão esperado pelo público a fim de evitar cair ao mesmo tempo que estes charlatões criminosos”.

Entretanto, já há recuos da Alemanha, da UE, de Israel e RU. Coincidência? Veremos. A mim parece-me que este próximo julgamento de Nuremberg já começa a preocupar muita gente.

73 comentários leave one →
  1. João Lopes permalink
    30 Março, 2021 22:38

    Finalmente uma grande notícia. Ainda bem que há pessoas com a coragem necessária para tentar acabar com esta farsa!

    Liked by 1 person

  2. Mário Marques permalink
    30 Março, 2021 23:02

    Como o disse no outro tópico, vai haver falta de fraldas descartáveis para certa gente que andou a enganar o próximo, os “cóvideiros”, devia passar ser obrigatório usar máscara até ao fim do século e a ficar em casa, de modo a ficar tudo bem, entretidos agarrados ao arco-íris dos LGBTQQICAPF2K+ o raioqueosparta.

    Liked by 1 person

  3. JgMenos permalink
    30 Março, 2021 23:44

    Não tenho opinião clara sobre o assunto mas, como quase sempre. as opiniões tendem a extremar-se. Assim:
    A par de lutar contra o fecho de actividades, porque não proclamar a máscara como justificável?
    Aliás, entendo que a propaganda de que máscara será no futuro dever cívico para quem tenha sintomas gripais tarda em ser promovida; o regime actual só se justifica por não estar determinado qual o momento de início da comunicação viral por contágio.

    Liked by 1 person

    • carlos rosa permalink
      31 Março, 2021 08:34

      O Costa anda inquieto. A sua especialidade em aldrabar o povo está a ficar tremida.
      O Diabo só já pensa em como fugir com o rabo à seringa. Pode ser que consiga agora com a bronca dos apoios sociais inconstitucionais.
      É uma boa jogada à Costa.
      Esperemos que da Europa não lhe venha fôlego e que ele vá pró Inferno ainda este ano, porque lá é que é a casa dele.

      Liked by 2 people

    • 31 Março, 2021 09:51

      Pode crer. E vai ser por anos. A máscara como protecção já era usada lá para as bandas de onde as coisas vêem, e mesmo os japoneses não viajavam sem elas.

      Quem tiver tininho e não ande a toque de caixa do que os que mandam, mandam fazer, tratam de se acautelar.

      Chama-se a isto instinto de vida e pragmatismo.

      Gostar

      • 6 Abril, 2021 01:25

        Não sou minimamente negacionista dos efeitos do covid, ao contrário do post delirante que se comenta, e aceito que usem máscaras pelo menos no interior dos edifícios em tempos de pandemia, mas dispenso usos futuros. Não me interessa absolutamente nada se se usa “de onde as coisas vêm”. Não acho minimamente “delicado” vir alguém com uma fralda repelente na cara só para evitar constipações. Sou europeu, não asiático. e não pode de aforma alguma ser uma “dever”. Aliás boa parte dos virologistas nem a aconselham, porque acaba por enfraquecer o sistema imunitário, que deve estar em contacto com vírus e bactérias – por outras palavras, apanhar uma constipação acaba por fazer bem. E as máscaras, fora de pandemias, são não só inúteis como nocivas: para além de desfigurarem e de imporem uma barreia social insuportável, são mais um detrito a juntar aos plásticos que já há nos oceanos.

        Gostar

      • 4 Julho, 2021 10:05

        Subscrevo, mas temos que admitir que há excepções (como sempre)!
        Por ex. no caso do tamboril da AR, a máscara favorece-o bastante …

        Gostar

  4. Expatriado permalink
    30 Março, 2021 23:45

    Fui informado, pela DGS, que tinha sido agendada a minha vacinação para dia 31/03. Não pedi para ser vacinado e assumo a minha responsabilidade pelo livre exercício da minha liberdade de não aceitar fazer parte de uma experiência. Mais, tenho 73 anos, dois enfartes de caixão à cova que resultaram na instalação de 5 stents na máquina e dois aneurismas na aorta. Será que querem ver se, com este cardápio, consigo sobreviver à experiência? Esqueçam…

    Liked by 1 person

    • 31 Março, 2021 09:48

      Olhe uma coisa: Em Londres existe um sistema prático no que diz respeito ao uso de lugar para estacionar os carros no seu próprio bairro.

      Quem não quer usar o lugar, pode dispensá-lo a outro.

      Quer-me dispensar a sua recusa à vacinação?

      Agradecida.
      Por motivos que me ultrapassam, apesar de estar em grupo de risco, colocaram-me para o fim. Deve ser piropo ao olharem para a cara.

      Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        31 Março, 2021 18:16

        Se fosse professora, saudável, e com 25 anos, já tinha sido vacinada.

        A Zazie tem que se juntar a um sindicato que faça tremer governos, Dão-lhe logo todas as vacinas que quiser.

        Liked by 1 person

      • 31 Março, 2021 22:35

        Pode crer…Mas isso de ajuntamentos sindicais é que ainda era mais perigoso para a saúde ehehehe

        Gostar

      • 31 Março, 2021 22:38

        Não só fiquei para o fim como me desconvocaram uma consulta para daqui a um ano, sem mais.
        Mandei um email a perguntar-lhes se estaria na lista de nova consulta para daqui a quantas décadas.

        Gostar

    • Isabel permalink
      20 Junho, 2021 09:07

      Minha senhora a vida está lhe a dar uma oportunidade para viver mais ou com qualidade. A vacina é experimental. Há pessoas vacinadas que desenvolvem muitas complicações de saúde irreversíveis.

      Liked by 1 person

  5. chipamanine permalink
    31 Março, 2021 09:17

    Mais uma vez a Cristina Miranda nos premeia com um serviço público de informação. Por acaso eu já tinha tido acesso a uma boa parte desta através de um epidemiologista de renome mundial (escuso-me a divulgar o nome por ele próprio) com quem tenho o privilégio de privar e que me vai dando ao longo do tempo muita desta informação. Não tenho meios nem tempo e suponho que também não teria as qualidades aqui demonstradas em sintetizar, ordenar esta informação toda como a Cristina o fez aqui. O meu bem haja para esta senhora.
    Cumpre-nos, no mínimo, reflectir de forma informada sobre isto tudo e sobretudo perguntar quais são os propósitos (quais foram também) de todas estas medidas de caracter politico (muito pouco cientificas) invocando a “ciência” que lhes convinha.
    Tive o cuidado de enviar o seu post a esse tal epidemiologista que irá discutir com os seus colegas e se possível me enviar a sua critica.
    É disso que se trata …pensar, expor as contradições ….ou seja, no mínimo manter a sanidade mental.
    Mais uma vez obrigado pelo seu post

    Liked by 1 person

  6. FreakOnALeash permalink
    31 Março, 2021 09:25

    Eu custa-me ser este tipo, até porque gosto dos textos da Cristina, mas odeio negacionistas que só contribuem para que esta merd@ nunca mais volte ao normal. Alguns dados e links:

    Performance da Suécia superior, sim mas com fecho de fronteiras e sinceramente não é assim tão bom quanto isso, ao dia de hoje olhando ao dashboard do instituto Jonh Hopkins:
    Portugal – 821.104 casos confirmados, 16.845 óbitos, Suécia – 796.445 casos confirmados 13.430 óbitos…Portanto em óbitos está melhor mas longe de ser um sucesso, se calhar pode-se justificar por um SNS mais robusto e repito fecharam as fronteiras e embora o governo não tenha decretado lock down as pessoas tendem a seguir as recomendações que lhe foram dadas. Ou seja podemos aferir que fechar as fronteiras como AV sugeriu talvez tivesse sido positivo.
    Covid 19 equivalente a gripe normal em termos de mortos, ora segundo uma pesquisa por número de mortes nos EUA por gripe somando a época 2016-2017 com a época 2017-2018, estima-se cerca de 99.000 mortes https://en.wikipedia.org/wiki/United_States_influenza_statistics_by_flu_season
    , ora em termos de fatalidades por Covid os EUA já vão em 550.996.
    Citar exemplos de situações catastróficas que cientistas ou governantes informados por cientistas tomaram e que depois chegou-se à conclusão que não havia alarme…e se tivesse sido o contrário!? A ciencia é assim, os cientistas não se atravessam em verdades finais, especialmente em previsões, é tudo hipóteses e modelos a serem testados constantemente, nada é definitivo.

    Obrigado

    Gostar

    • Mr. Smith permalink
      31 Março, 2021 09:50

      Inocente. Um dia irá perceber que “esta merda” não pode e não vai voltar a normal absolutamente nenhum.

      Gostar

    • Andre Miguel permalink
      31 Março, 2021 09:52

      Passado um ano faleceu 0.04% da populaçao mundial, acredita que este numero merece declarar “pandemia” e fechar compulsivamente países inteiros, privando as pessoas do seu ganha pao e dos mais elementares direitos humanos?
      Creio que a resposta é óbvia.

      Gostar

    • balio permalink
      31 Março, 2021 10:52

      Concordo, o covid-19 não tem uma mortalidade igual à de uma gripe forte, nem nada que se pareça, tem uma mortalidade substancialmente superior.
      Ademais, e isto é muito importante, uma gripe dura tipicamente uma semana ou duas, o covid-19 enche camas hospitalares (de cuidados intensivos) durante muitas semanas, muitos doentes demoram bué de tempo a morrer.

      Liked by 1 person

      • ZGT permalink
        1 Junho, 2021 22:35

        Mas o lado positivo é que baixaram drasticamente as mortes por gripe sazonal, por cancro, por ataques cardiacos e etc.. Mais, estive 5 vezes em hospitais, fingindo-me com sintomas de covid-19, nunca esperei mais de 5 mn para ser atendido, nunca dei positivo nos testes e nunca fui contagiado. Só não consegui o que queria, ser vacinado naturalmente. Eu cá gosto de respirar o ar sem máscara para manter o meu anti-virus natural (que DEUS me deu) actualizado.

        Gostar

    • balio permalink
      31 Março, 2021 10:56

      Concordo, Portugal teve uma mortalidade enorme porque fez o enorme disparate de não fechar as fronteiras ao Reino Unido logo em dezembro de 2020, só o fez em janeiro de 2021, quando o vírus de Kent já tinha transitado para Portugal. Foi uma das maiores burrices do governo na gestão da epidemia. Privilegiou os burgueses portugueses que têm filhos a estudar no Reino Unido, os burgueses portugueses que trabalham no Reino Unido, e o setor do turismo algarvio que anseia por ingleses, e com isso lixou o país todo durante dois meses.

      Liked by 1 person

      • ZGT permalink
        1 Junho, 2021 22:39

        As pessoas “formatadas” têm uma visão pouco abrangente

        Gostar

    • chipamanine permalink
      31 Março, 2021 11:27

      Freak. Não há diferença substancial entre Portugal e a Suécia? Há uma vital e demolidora em termos económicos e sobretudo em termos sociais de que resultam duas “politicas” opostas. Quantos tugas ficaram e vão ficar sem rendimento, trabalho , pobreza por conta dessa diferença demolidora? Ao mesmo tempo estará vc a elogiar o facto de a Suécia não ter feito confinamento, já que com os nossos confinamentos ficamos com números semelhantes?
      Comparar aquilo que chamamos de gripe sazonal de uma estirpe que circula no mundo há um século e que a população mundial já ganhou (em média) algum tipo de imunidade e muitos através da vacina com a mortandade de uma estirpe nova é um exercício de desonestidade ou de mau gosto.
      Eu acho (só acho) que tem de ordenar os seus critérios de pensamento. Utiliza coisas diferenciadas para chegar às conclusões que quer. Ou anda mesmo “baralhado das ideias”

      Gostar

      • FreakOnALeash permalink
        31 Março, 2021 15:54

        O meu texto tinha um ponto 1 em “Performance da Suécia superior…” e um ponto 2 em “Covid 19 equivalente a…” que foram apagados ao publicar o comentário e pode estar a gerar confusão na interpretação do que escrevi.

        Dito isto não estou a elogiar o facto de que a Suécia não fez lock down, apenas quis assentar que os números da Suécia não são assim tão positivos quando comparados connosco no que em número de casos e óbitos da Covid 19 diz respeito.

        Quem comparou os números da Covid 19 aos de uma gripe foi a Cristina
        “1. A taxa de mortalidade deste vírus é equivalente a uma gripe severa.” Eu fui ver números dos EUA, o país mais assolado pela Covid 19 em termos de óbitos e vemos que não é assim.

        “Passado um ano faleceu 0.04% da população mundial, acredita que este numero merece declarar “pandemia” e fechar compulsivamente países inteiros”
        Se não tivesse sido feito nada e as mortes o tivessem atingido na sua família estaria a clamar por medidas que evitassem a disseminação da doença até si e aos seus.

        As medidas tomadas são exageradas em muito sentidos? São. Eu detesto a ideia que o governo tem que quem tem Covid pode encher os hospitais e outros que se phodam! A minha companheira esteve à espera um ano (UM ANO!) para retirar a vesícula à custa desta merd@! Mas também os indigentes que vão fazendo festas e pegando esta praga aos mais débeis também podem ir à badamerd@!

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        31 Março, 2021 23:12

        Senhor freak, as palavras do texto NÃO SÃO MINHAS mas sim do Dr. Reinier Fuellmich. Este texto só tem uma reflexão minha: o último parágrafo.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        31 Março, 2021 18:26

        “Se não tivesse sido feito nada e as mortes o tivessem atingido na sua família estaria a clamar por medidas que evitassem a disseminação da doença até si e aos seus.”

        Ou consegue demonstrar que as medidas foram justificáveis com vítimas abstractas, ou não consegue.
        “E se fosse a tua mãe a morrer” soa a argumento desesperado.

        É o argumento que a maioria dos covideiros recorre, por isso parece-me que a maioria das pessoas que são a favor de destruir a liberdade individual nem sequer conseguem explicar porquê.

        Gostar

      • chipamanine permalink
        31 Março, 2021 19:52

        Esta gente quando se lhes aponta um qualquer ainda que suposto erro de raciocínio fica furibunda e recorre ao básico.
        Não não tenho mortes na família por causa do covid. Tenho mortes na família , inocentes, jovens por causa de uma guerra.
        E nem por isso, ou talvez por causa disso, deixei de pensar, reflectir e ser tolerante.
        Quando se chega a este tipo de argumentário fico-me pelo “tenha uma boa noite”

        Gostar

    • Joao Lopes permalink
      31 Março, 2021 15:37

      Os únicos números que ainda poderão fazer algum sentido são os referentes às mortes por milhão. E mesmo assim estão aldrabados. Exemplifico: um vizinho meu caiu de uma escada e teve uma perfuração pulmonar. Depois da autópsia, pasme-se (!!!) concluíram que o infeliz senhor tinha morrido de covid! Se isto não é crime de falsificação de documentos, não sei o que será. Se o falecido fosse meu familiar a coisa não teria ficado assim.
      Quanto a Suécia, EUA, Brasil e alguns outros países, o número de mortes por milhão demonstra que a campanha de difamação tem sido por demais evidente.

      Liked by 1 person

      • 31 Março, 2021 15:58

        Não vejo onde está o pasmo. Se o senhor, para além do azar ainda foi contaminado pelo Covid, então só se pode dizer que as doenças não se excluem e a mais contagiosa só acrescenta problemas a quem já os tem e ainda os pode espalhar a quem os não tem.

        Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      31 Março, 2021 18:22

      É olhar para Estados Americanos que borraram a cueca com o covid, e “seguiram a Ciência”, fechando tudo, e impondo máscaras, como New York, e outros que foram muito menos radicais, como a Florida, ou Texas.

      Quanto à utilidade das máscaras, quando elas foram tornadas obrigatórias em espaços fechados no Reino Unido, em Julho, havia menos de mil novos casos por dia.
      é dar uma vista de olhos pelos gráficos com a evolução de casos diários para perceber que a máscara não serve para nada.

      Liked by 1 person

    • 31 Março, 2021 20:39

      Parece-me que o FreakOnALeash é a essência do negacionismo. De duas uma. Ou é um avençado da máfia socialista ou então 2+2 para FreakOnALeash é 5.

      Gostar

      • FreakOnALeash permalink
        1 Abril, 2021 08:54

        Right yeah…eu avençado do socialismo…olha quem! Parece que agora só os negacionistas é que são de direita e ou outros são falsos direita queres ver!? Vai mas é ver a merd@ da bola e espuma-te da boca!

        Gostar

  7. 31 Março, 2021 09:53

    o único próximo “julgamento de Nuremberga” que devia ser feito, era político e à China.

    Gostar

    • 31 Março, 2021 09:54

      Atentado contra a humanidade maior que o nazismo.

      Esta pandemia saída de laboratório (como até o Jaime Gama diz nas calmas, sem ser um imbecil alarmista) é crime contra a humanidade e a China devia ser politicamente punida por isso e pagar os danos.

      Gostar

      • chipamanine permalink
        31 Março, 2021 11:32

        Exactamente Zazie. Este tipo de acção (não lhe estou a tirar o mérito) o que faz é “esquecer” ou retirar da China a sua responsabilidade maior senão exclusiva e premeditada, na disseminação da epidemia.

        Gostar

      • 31 Março, 2021 11:39

        Não vou por aí, por ser premeditada. Mas o que começa a ser mesmo muito pertinente e ao qual a OMS faz vista grossa é ao que pode ter acontecido, por azar, em testes de criação de bruta vacina para problemas de vírus muito fortes.

        E isso era feito particularmente naquele laboratório.

        Retirar essa hipótese chamando-lhe nomes porque foi o Trump que disse, ou porque há status quo em muitos cientistas (não há noutros que pensam o que eu escrevi) é um tanto preconceituoso.

        Por outro lado, pensar que é natural um vírus ter assim mutações macacas e passar a funcionar em humanos do dia para o outro, após milhares e milhares de anos em convívio com o morcegos, tal nunca ter acontecido é que me parece ideia sem grande nexo.

        O modo de contaminação e funcionamento deste vírus é demasiado estranho para ser a mera variante das gripes. E isso está agora a ser testado com as mutações e o problema com as vacinas.

        E num século nunca a humanidade tinha vivido tamanha contaminação.

        Acho que bastava esta questão óbvia para os malucos das estatísticas acordarem ou pensarem antes de escreverem, ou ficarem quietos e com menos certezas de agit prop

        Gostar

      • Expatriado permalink
        31 Março, 2021 11:43

        Aqui está um tratado sobre o assunto China que não verão nas TVs portuguesas.

        https://www.foxnews.com/opinion/tucker-carlson-why-the-media-scientific-community-and-who-wont-investigate-covid-origins

        Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      31 Março, 2021 11:38

      Quanto ao “laboratório” ainda tenho dúvidas apesar de os melhores virulogistas do mundo dizerem que É A PRIMEIRA VEZ QUE UM VIRUS SOFREU UMA MUTAÇÃO DESTE GÉNERO DE UMA VEZ SÓ.

      Liked by 1 person

      • 31 Março, 2021 11:45

        Pois. A primeira vez e morcegos e gente existem juntos há milhares ou milhões de anos.

        E um vírus gripal que ataca cérebro, que até pode reagir a remédios contra piolhos, por favor, nunca me lembro de tal ser usual fazer-se para não se apanhar gripe.

        Por outro lado, ler o estudo das pestes é útil porque a coisa vem sempre das mesmas bandas. E os hábitos alimentares, idem. E a promiscuidade da glotonia com o exotismo animal, idem, idem, aspas aspas.

        E a natureza tende para o equilíbrio- cada macaco no seu galho.

        Isso é tão contra-natura como estava e vai continuar a estar a febre de “as fronteiras matam, toda a gente em toda a parte”, turismo por competição democrática a jacto e descabelamentos de excessos do género.
        Como dizia o Júlio Verne, já nem se tratava naquela viagem de conhecer mundos novos, o problema era apenas os atrasos.

        Gostar

      • chipamanine permalink
        31 Março, 2021 16:29

        Eu não contesto virulogistas credenciados por ler a história das pandemias ou de morcegos. Apenas referi a parte técnica feita por eles que constatam que nunca observaram uma mutação tão profunda num virus (do SARS para o COV 2) em nenhum virus até agora estudado. E claramente dizem que isso é no mínimo muito estranho.
        Por outro lado a premeditação a que me referia não foi em relação à possível criação/manipulação laboratorial do mesmo e/ou o escape dele para a comunidade mas sim em relação às medidas tomadas para que ele não se espalhasse, A verdade é que a China tomou medidas drásticas proibindo a circulação interna no país enquanto permitia a circulação livre para o estrangeiro.

        Gostar

      • 31 Março, 2021 17:26

        E não se sabe se circulou lá ou não e não informaram nada.

        Gostar

      • chipamanine permalink
        31 Março, 2021 19:55

        Não não se sabe se circulou lá.. Mas sabe-se que as pessoas foram impedidas de circular bem antes de impedidas de viajar para o estrangeiro

        Liked by 1 person

    • FreakOnALeash permalink
      31 Março, 2021 16:00

      Cheguei a ler artigos onde já se falavam se haveria jurisprudência internacional para pôr a China em tribunal…mas duvido que vá avante, o chineses já controlam o mundo. Se foi a China que premeditadamente deixou “escapar” o vírus ou não, isso não sei agora que eles facturaram e bem à custa desta merd@ lá isso facturaram. Mas pode ser que tenha acordado o mundo para a extrema dependência que tem da China e o garra que o PPC tem sobre o mundo comece a ficar frouxa!

      Gostar

  8. 31 Março, 2021 10:23

    Bom e sensato balanço aqui

    Gostar

  9. Weltenbummler permalink
    31 Março, 2021 10:33

    conselhos aos jovens desta república dos bananas
    não estudem – não trabalhem – façam turismo
    inscrevam-se numa jota do centrão: serão dirigente ou governantes; no mínimo funcionários públicos

    Gostar

    • FreakOnALeash permalink
      31 Março, 2021 16:02

      Falta chutar a bola! Há sempre imbecis desejosos de circo que aplaudem e fazem chover €€€ sobre que tão bem sabe encostar o pé numa bola!

      Gostar

  10. Weltenbummler permalink
    31 Março, 2021 11:20

    « n, Organisation mondiale de la Sante´ , 20 avenue
    Appia, 1211 Gene` ve 27 (Suisse) (te´ le´ phone : +41 22 791 2476 ; te´ le´ copie : +41 22 791 4857 ;
    adresse e´ lectronique : bookorders@who.int).

    Gostar

  11. Mário Marques permalink
    31 Março, 2021 12:33

    O que parece é que há muita gente que passa por aqui e ainda não percebeu que esta história está muito mal contada, como é que a planificação da vacina está planificada na EU muito antes (desde 2016) deste vírus aparecer, não me digam que ainda não se tinham apercebido disto?!?!?!.

    O link seguinte é uma das muitas pistas que andam por aí.

    https://ec.europa.eu/health/sites/health/files/vaccination/docs/2019-2022_roadmap_en.pdf?fbclid=IwAR1bGdTvS6DSG4cNjYD9kFQVKnkZJIXF8hcQWoJHekVaQj1Rb2VnNSOYbnY

    Gostar

    • Andre Miguel permalink
      31 Março, 2021 13:42

      Ha uns anos atrás apareceram uns “malucos” a acusar o clube Bilderberg, Maçons, Iluminati e afins quererem instaurar o governo unico mundial… E nao é que agora todos os governos mundiais obedecem à cartilha covid? Por causa de 0.04% da populaçao mundial que faleceu temos todo o mundo agrilhoado… Eu nao acredito em bruxas, “pero que las hay las hay”…

      Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      31 Março, 2021 16:37

      Isso sempre houve e haverá …planos de contigência caso haja são documentos que se produzem sobre hipoteses. Também os há para uma invasão russa ou mesmo turca (militar) ou para imensos outros cenários como a introdução por exemplo da variola. Lembrar que a Russia detem o maior “depósito” de varíola do mundo.
      Não é por haver esse tipo de “planos” que já se sabia que iria haver. Ou antes pelo contrário. Os virulogistas há vários anos vinham alertando para uma possibilidade dessas. Simplesmente porque estudam e sabem que de tempos a tempos uma epidemia aparece.

      Liked by 1 person

      • Mário Marques permalink
        31 Março, 2021 17:51

        Portanto depreendo do que diz no seu texto que os virulogistas começaram a fabricar uma vacina para este coronovirus (não é para outro, é para este), muito antes de ele aparecer, propondo até a implementação do passaporte de vacinação até 2022 (ver mapa do link que enviei anteriormente)?.

        Estes cientistas na sua óptica não são só homens de ciência, são também adivinhos!.

        Gostar

      • chipamanine permalink
        1 Abril, 2021 07:22

        Vc pode “depreender” o que quiser e sobretudo o que lhe der na real gana.
        No entanto não foi esse o sentido que lhe dei e apenas referi que países responsáveis ou grupos fazem planos genéricos de contigências que possam ocorrer e não é por isso que elas ocorrem ou não e o facto de existirem esses planos não são premonições. Algumas vezes são probabilidades.
        Quanto às divagações vc é que é responsável por elas mas não “meta na minha boca” o que eu não disse.
        Não estou aqui para me divertir com as suas palhaçadas

        Gostar

    • 31 Março, 2021 19:13

      Mais lixo de malucos de Facebook

      Gostar

  12. Vasco Silveira permalink
    31 Março, 2021 19:00

    Cara Senhora

    Não se esqueça que o “Julgamento de Nuremberga” foi promovido pelos vencedores da II Guerra Mundial.
    Está assim tão certa que conseguem vencer BIll& Melinda ,mais OMS, mais GAVIN; mais agenda 21, covidisteria, mais …?
    Hope so: good luck.

    Cumprimentos

    Vasco Silveira

    Gostar

  13. FreakOnALeash permalink
    1 Abril, 2021 09:01

    Cristina eu interpelei o texto como sendo a sua linha de pensamento e foi nessa base que comentei. Logo no meu comentário não discriminei se os conteúdos eram da sua autoria ou não. Se esta falta de descriminação a afrontou peço desculpa.

    Gostar

    • 1 Abril, 2021 15:16

      Se calhar nem precisa de concordar ou sequer ler o que posta. Mandam-na e faz.

      Gostar

    • 1 Abril, 2021 15:20

      Basta escrever que a pandemia foi criada por invenção de uns tantos malucos que nem merece a pena continuar a ler o que quer que seja.

      Deicei aí atrás um link onde se procura, com seriedade, aferir os efeitos negativos das medidas com os efeitos naturais da existência do vírus espalhado pelo mundo.

      E como uma coisa não se pode dissociar da outra,

      Mas isso é demasiada areia para as camionetas do flash mob

      Gostar

  14. 1 Abril, 2021 16:08

    Há conta de 4 pontos que calhou terem sido exageros dos cientoinos das estatísticas mas que, nuns casos, só não se espalhou por sorte e também não era grande petisco, seja de aves, seja de suínos, o resto é pura demagogia e tudo mentira.

    E nem merece a pena explicar porque é mentira porque se houvesse interesse em saber não se faziam listas declarativas destas, como se fossem verdades ditas por grandes sábios, quando depois o conteúdo é mais merda do Facebook.

    Negam tudo. Até negam que nem se pega por assintomáticos mas sabem que com 25% de contaminação já está tudo imunizado.

    Onde? não interessa- serve para a agit prop dedicada à mongalhada e mongalhada básica tribalista é coisa que não falta.

    Adoram tribalismos e exageros e atirar culpas com tom moralista por causa dos coitadinhos e agarrarem-se à dona democracia e maila liberdade e até a fraternidade já se chega à dança.

    Gostar

  15. 1 Abril, 2021 16:21

    Ah, e esperneiam muito com palavras como “negacionismo” mas depois são muito educados e inteligentes a chamar de “covideiros” ou “medricas”, ou “totalitaristas” a generalidade das pessoas que é sensata e que toma cautelas para poder levar a sua vida.

    Estes acham que “levar a sua vida” só existe dentro da política, da ideologia e da militância.

    Gostar

  16. Sergio Tavares permalink
    1 Abril, 2021 16:37

    AHHAHAA A CHALUPAGEM QUE VAI POR AQUI. Esta critina miranda é a maior !!! O chega ja nao tem grande futuro mas com gente como ela e como o tilly… é uma animação !
    Força Miranda !!!

    Gostar

  17. Manuel permalink
    2 Abril, 2021 18:26

    Efetivamente este é o caminho, o verdadeiro caminho da Luz. Qualquer um com dois palmos de testa percebe que isto é a maior farsemia conhecida. Não é nem nunca foi um problema sanitário. Não sou negacionista, não nego que o vírus existe, apesar de ainda tb não ter sido provada a sua existência, não é o da gripe só porque é de outra espécie. Mas é um vírus que não é de forma alguma mais grave do que o da gripe, apenas mais contagioso simplesmente porque é recente. Pode ser mais perigoso para pessoal idoso e com comorbilidades, mas apenas isso, para o resto da população não faz pior que uma gripe. Naturalmente que foi criado em laboratório para, em conjunto com a farsa cruzada dos testes PCR, se induzir esta agenda de controlo policial ditatorial sobre a humanidade, a par da redução da população e lucros desmesurados da indústria farmacêutica que deve provavelmente ser a mais corrupta deste planeta na atualidade. Felizmente o planeta está a entrar numa fase de maior Conscie estes assassinos vão ser expostos e terem o que merece. Aqui em Portugal também temos que meter o Estado em tribunal…

    Liked by 1 person

  18. Manuel permalink
    2 Abril, 2021 18:30

    Efetivamente este é o caminho, o verdadeiro caminho da Luz. Qualquer um com dois palmos de testa percebe que isto é a maior farsemia conhecida. Não é nem nunca foi um problema sanitário. Não sou negacionista, não nego que o vírus existe, apesar de ainda tb não ter sido provada a sua existência, não é o da gripe só porque é de outra espécie. Mas é um vírus que não é de forma alguma mais grave do que o da gripe, apenas mais contagioso simplesmente porque é recente. Pode ser mais perigoso para pessoal idoso e com comorbilidades, mas apenas isso, para o resto da população não faz pior que uma gripe. Naturalmente que foi criado em laboratório para, em conjunto com a farsa cruzada dos testes PCR, se induzir esta agenda de controlo policial ditatorial sobre a humanidade, a par da redução da população e lucros desmesurados da indústria farmacêutica que deve provavelmente ser a mais corrupta deste planeta na atualidade. Felizmente o planeta está a entrar numa fase de maior Consciência estes assassinos vão ser expostos e terem o que merecem. Aqui em Portugal também temos que meter o Estado em tribunal…

    Gostar

  19. Manuela Paiva permalink
    3 Abril, 2021 15:24

    Mas é o 2º e o 1º? Gostava de seguir de mais perto. O que está a acontecer? Os governos não parecem ter medo.

    Gostar

  20. 6 Abril, 2021 00:58

    Não é teoria da conspiração? Não, que ideia. É apenas a colectânea das teorias da conspiração, fundadas em videos do youtube, sites negacionistas, dados viciados, “especialistas” escolhidos a dedo e a mesma conversa de há meses. E claro, sempre a Suécia, esse modelo de sucesso que “teve menos mortos que países que confinaram” mas que curiosamente, se posta ao lado dos vizinhos Dinamarca, Finlândia e Noruega, tem o triplo destes três países em conjunto, mesmo tendo menos população que o conjunto. Claro que isto os teoricozinhos da conspiração não referem. Por falar em Nuremberga, quem se viu julgado aí foram precisamente os que criaram teorias da conspiração obscuras e odiosas que levaram a alguns dos actos mais odiosos da humidade.
    O Blásfémias foi em tempos um blogue liberal, vivo, animado e pluralista. Agora é isto e tem disto.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      7 Abril, 2021 06:55

      João Pimenta, o texto é sobre um mega processo internacional que vai decorrer contra os Estados por crimes contra a Humanidade. Quer goste quer não, isto é um facto e não uma teoria. NEGACIONISTAS são aqueles q mesmo perante factos inquestionáveis, continuam a fingir q não os vêem. Sobre os vídeos no YouTube, que eu saiba todas as televisões q você segue religiosamente têm os seus programas nessa plataforma. Tentar desacreditar quem por aí é idiotice. Os especialistas são apenas dos mais prestigiados do Mundo, quer goste ou não é a realidade. Sobre a Suécia, escusa de ENVIESAR a realidade, também. Era suposto nesse país e outros q não fizeram lockdown, morrerem MILHÕES de pessoas tal foi previsto pelo Imperial College. Mas pelo contrário, os dados revelam que países com lockdown tiveram resultados muito mais desastrosos. Esse é o ponto. O Blasfémias continua a ser um local de liberdade de pensamento. Não venha agora armado em ditador fascista impor o seu pensamento único. Para terminar: o texto apenas relata o que a equipa de advogados de Reinier Fuellmich já apurou. São as alegações deles. Não é um artigo de opinião. É informação. Não quer ser informado do que se está a passar no Mundo? Tem bom remédio. Não leia o q escrevo.

      Gostar

    • 4 Julho, 2021 10:28

      E porque não comparar a Suécia com a Noruega geograficamente e socialmente mais próximas ?
      Será que esses valores de mortalidade 1%, ou 0,04% what ever que se refere por aqui tem alguma credibilidade ? Esses valores foram obtidos num certo contexto ( crescimento exponencial seguido de lockdown)!
      Qual seria o valor sem o lockdown ?
      O Blas diz-se contra a bovinidade, acho bem e não a aceito venha ela da esquerda, do centro ou da direita!
      Sim tenho dúvidas, quero informação de qualidade e procura-a, não gosto de “fast-food”!
      João Pimenta, já somos 2!

      Gostar

  21. Venus Lua permalink
    8 Abril, 2021 00:02

    Abracemos com toda a nossa determinação por esta causa comum e imprescindível: desmascarar esta guerra contra a humanidade decretada pela AM e apoiada pelos falsos governos que estão ao serviço deste Plano Reset Mundial.
    Façamos alargar este cordão cívico internacional começando a pôr um xeque-mate a todos eles no Tribunal de Haia.
    Honremos dinamizando o 2ºTribunal de Nuremberg.

    Liked by 1 person

  22. Aleide Cavalcanti Siqueira permalink
    1 Julho, 2021 18:47

    Este longo texto reflete exatamente o meu pensamento. Tenho 70 anos, sou hipertensa, mas, me recuso a tomar está vacina , que para mim, só tem motivação política e comercial. Os poderosos encontraram uma maneira eficaz de por a humunidade de joelhos para oprimi-la e aterroriza-lá.

    Liked by 1 person

  23. José Assunção Paredes permalink
    4 Julho, 2021 04:35

    Um excelente trabalho para apuramento da verdade. Que recolhidas as provas convenientes, se faça justiça e os responsáveis pela calúnia, atrocidades e propagação de mentiras, nedos e mortes por doenças (não Covid) por falta de assistência, sejam julgados e condenados por crimes contra a humanidade.

    Liked by 1 person

  24. Rosa permalink
    9 Julho, 2021 16:26

    Que Deus abençoe e proteja todos aqueles que estao a trabalhar para trazer a verdade ao mundo, so assim pode acabar os crimes contra a humanidade e o planeta terra. Bem haja para todos. Gratidao infinita

    Liked by 1 person

  25. isabel Maria permalink
    29 Setembro, 2021 07:43

    A gripe foi redenominada Cov19 ( e outras infecções respiratórias ) por ordem das autoridades de saude .Mesmo para leigos como se aceita que o uso de mascara tenha ” extinguido a gripe ” e com o com 19 foi o que se sabe?

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: