Saltar para o conteúdo

3×30 – A redes sociopatas

17 Abril, 2021

A era covid, com mais de um ano, serviu para testar a teoria de que redes sociais aproximam pessoas. Presumindo que cada caso é um caso por cada rede ser única a um indivíduo, não posso relatar mais que a minha experiência.

As pessoas estão más, zangadas, mesquinhas e sobretudo sem sentido de humor. Recordo com carinho quando o meu pai, homem nortenho, descrevia a casa futura como quinta das tabuletas pouco tempo antes de morrer. Nas redes já não encontro isto. Não há riso preparatório para o choro. Há, sim, uma certeza em certezas de cada um que torna diálogos em exposições de virtude.

A atracção anterior desvaneceu. Salvo as situações de divulgação de coisas da minha vida, como actividades escolares, não encontro utilidade em máquinas de criação de inimigos artificiais. Não se trata de uma epifania: trata-se sobretudo de constatar que o preço na etiqueta é demasiado para o meu bolso.

One Comment leave one →
  1. Weltenbummler permalink
    18 Abril, 2021 10:14

    há 65 anos cantavam uma canção americana com a letra
    ‘ matam-se pretos na América

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: