Saltar para o conteúdo

Otelo e a acção armada terrorista em Democracia

29 Julho, 2021

Otelo Saraiva de Carvalho morreu há dias com 84 anos quase 50 anos depois do 25 de Abril de 74. Mas o nosso actual presidente da República entende que ainda é cedo para a História fazer uma análise deste personagem com o devido distanciamento.

Parece um subterfúgio dos fracos para nada dizer de substancial e não comprometer a sua popularidade política. Mas, se meio século de distância não chega para Marcelo, quantos anos mais propõe que se espere?

Na verdade, há factos abundantemente comprovados, absolutamente irrefutáveis e que não dependem de interpretação histórica que as gerações mais novas desconhecem ou a que não dão atenção e que importa recordar.

A organização terrorista de que Otelo foi fundador não foi criada em reacção ao Estado Novo antes do 25 de Abril. Otelo montou uma organização terrorista depois de ter perdido pela segunda vez as eleições presidenciais a que se havia candidatado depois da revolução. Os crimes praticados pelo grupo armado de Otelo aconteceram a partir dos anos 80 quando Portugal já tinha pedido a adesão à Comunidade Europeia, já tinha havido uma revisão constitucional para acabar com o Conselho da Revolução, o PS e o PSD já tinham alternado no governo e figuras como Mário Soares ou Sá Carneiro já tinham sido primeiros-ministros.

Ou seja, o recurso à violência armada por Otelo se absolutamente condenável em qualquer circunstância, tem ainda culpa agravada e totalmente indesculpável por ocorrer já em Democracia.

Excertos do meu comentário de ontem cujo vídeo completo pode ser visto aqui:

17 comentários leave one →
  1. Prova Indirecta permalink
    29 Julho, 2021 10:59

    Faria todo o sentido que neste preciso dia da morte de OSC , fosse instituída a efeméride do luto nacional em memória das vitimas das FP 25 de Abril .

    Liked by 2 people

  2. JgMenos permalink
    29 Julho, 2021 13:34

    A constante cobertura das acções de Spínola na Guiné – em particular pelo Expresso – publicado o livro de Spínola ‘Portugal e o Futuro’, o seu prestígio e a expectativa de mudança, que se sabia necessária, criaram as condições necessárias a essa mudança.
    Daí resultou que, a parir de um incidente corporativo (salários e carreiras na função pública – que há de mais mobilizador?) os homens-de-mão de Spínola tiveram nesse movimento um ascendente que a sua valia individual não justificava.
    Otelo foi dentre eles o mais inconsistente, histriónico e aparvalhado de todos.
    Foi pasto da ganga esquerdalha, e é ainda essa canalha que o toma por bandeira.

    Gostar

  3. jose valeriano permalink
    29 Julho, 2021 18:47

    Sei que o tema não é este mas o poste de cima esta com os comentários desativado pois o tema é as vacinas e dessas não se pode mesmo falar.
    Acabei de ver as declarações do PM depois do Conselho de Ministros onde anunciou as novas medidas.
    Estou estupefacto ao que a Comunicação Social chegou, pois não fazem uma unica pergunta seria e direta.
    O PM continua a mentir com a conivência dos mesmos, pois este continua a falar na Imunidade e estes não lhe perguntam se ele sabe o que quer dizer (por enquanto) a referida palavra.
    Mais umas perguntas e o PM disse mais uma baboseira quando afirmou que teriam que ser vacinadas as crianças para se protegerem e para não andarem a propagar a doença, mais uma falha grave do CS pois quem esta vacinado continua a poder ser infetado e a transmitir a doença.
    Sendo a vacina experimental e não obrigatória como irão as crianças que os pais não os querem vacinar ser aceites nas escolas?
    Como serão as pessoas que não querem ser vacinados tratados tratadas na sociedade, e quais as suas restrições?
    Será que as pessoas que não aceitam as vacinas terão que se tornar mendigos e excluídos da sociedade?
    A quando da assinatura do Certificado Digital do Covid no Parlamento Europeu foi feito um discurso já não me lembro por parte de quem que o mesmo era somente para a livre circulação dentro da Europa e que nunca poderia ser utilizado para entrar em restaurantes , espetáculos, eventos , espaços públicos e outros porque não tiveram ainda a coragem de perguntar o que tinha o PM a dizer sobre isto?
    Eu sei quando se recebe algo têm que se dar algo em troca foi o que fez a CS.
    Os jornalistas deveriam ter vergonha do trabalho que estão a fazer.

    Gostar

    • 30 Julho, 2021 01:59

      Vergonha ? Não seja ingénuo, eles passaram metade da nossa história democrática a viver de subsídios para serem fofinhos com o “poder político”, e à conta da pandemia puderam matar saudades desse tempo …

      Gostar

      • Expatriado permalink
        30 Julho, 2021 12:04

        @Velho do Restelo. Uns artigos atrás fez-me umas perguntas a que respondi:

        “ Caro Velho do Restelo. O meu nick revela que andei por aí, no mundo, durante muitos anos (de 1974 a 2016) a vender experiência profissional. Na verdade já pensei em mudar para “ex-expatriado” ou para “último retornado”. Veremos…
        Fui refugiado e os meus filhos nasceram todos em terra estrangeira mas são Portugueses dos quatro costados, desde sempre e consolidados nos últimos 28 anos.
        Quanto ao meu interesse pelo que se passa no EUA, é tão só porque o que se passa lá, e não é pouca coisa, acaba sempre por se espalhar no resto do mundo ocidental. Já está a acontecer e faço um paralelismo com o que os esquerdopatas do BE fazem através de sub-organizações que paulatinamente vão influenciando as políticas e as mentalidades do país. A “template” do marxismo continua a funcionar… e a CS cá do burgo só bebe “notícias” da CNN, que também vejo e comparo com outras para formar as minhas opiniões.
        Corri o mundo a trabalhar e só não trabalhei no continente Antártico. De resto, foram anos de contacto com diferentes religiões, culturas e regimes políticos. Tenho uma base comparativa sólida para decidir qual o caminho que quero e esse não se compatibiliza com o dos papagaios-de-bico-vermelho que poluem este espaço. E por aqui me fico.”

        Gostar

      • 30 Julho, 2021 18:24

        @Expatriado, eu li, as minhas desculpas se não assinalei a “leitura” o que gostaria de ter feito com um “like”, mas a minha conta aqui no Blas está “Meia – Banida”, ou seja, às vezes consigo publicar, outras nem por isso, e há uns tempos para cá os “likes” deixaram de funcionar !
        É da velhice, começam por cair os dedos, depois vão os calcanhares os cotovelos, mas a “bengala” um dia destes vai entrar-lhes pela cl0aca acima 🙂
        Fiquei esclarecido, e por isso nem senti necessidade de contestar nada do que disse! O like teria desambiguado a situação, mais … c’ est la vie

        Gostar

    • 30 Julho, 2021 20:29

      Há quinze milhões e razões por ano para nenhum jornalista tornar a vida do primeiro-sinistro difícil-

      Gostar

  4. castanheira permalink
    29 Julho, 2021 22:07

    Jose Valeriano,
    O seu comentario é serviço publico.
    A chamada comunicação social é servida por indigentes intelectuais .
    Os Portugueses estão a ser esmagados por doses massivas de estupidez e tirania , vivendo com medo do virus . No que me diz respeito , tenho muito mais medo da tirania .
    Se houvesse democracia , a decisão de se vacinar ou de fazer confinamento ou de outra terapeutica qualquer deveria pertencer a cada pessoa individualmente . Somos governados por fascistas sociais , ignorantes , incompetentes e malevolos.Tudo isto poderá ter consequencias desastrosas . Tenho esperança que Ingleses , Franceses ou Americanos possam sacudir o colete de forças e mostrar ao mundo o caminho da liberdade .

    Gostar

  5. lucklucky permalink
    30 Julho, 2021 06:55

    Que o Otelo seja sequer “um caso” mostra a estupidez da narrativa jornalista do regime.

    Alguém que derruba uma Ditadura não implica ipso facto que esteja a favor da Democracia, pode estar a favor de outra Ditadura. O Otelo estava.

    Gostar

  6. Expatriado permalink
    30 Julho, 2021 12:07

    Já alguém notou que Portugal sofre de Síndroma de Estocolmo?
    Devem andar muito distraídos…

    Gostar

    • 30 Julho, 2021 19:34

      É pior, anda com tendências masoks , ou mesmo suicidas!
      Não admira que os nºs da “violência doméstica” estejam em escalada !
      Está tudo naquela onda : “Quanto mais me bates, mais gosto de ti …” 🙂

      Gostar

    • 30 Julho, 2021 20:08

      A resposta está mais na sombra jungiana do inconsciente, do que duma tendência freudiana fetichista.

      “A maneira mais certa de fazer uma cruzada em favor de uma boa causa é prometer às pessoas que terão a chance de maltratar alguém. Ser capaz de destruir com boa consciência, ser capaz de se comportar mal e chamar o seu mau comportamento de “justa indignação” – esse é o cúmulo do luxo psicológico, o mais delicioso deleite moral.”

      aldous huxley

      Gostar

  7. Expatriado permalink
    31 Julho, 2021 10:20

    Eina pah. Pro e contra, foi lá uma porrada de gente.

    https://fb.watch/74PqLUZYFn/

    Gostar

  8. Expatriado permalink
    31 Julho, 2021 10:42

    A diferença entre o que se passa, nesta matéria, entre os EUA e Portugal é que lá ainda há abertura nos canais televisivos para arejar opiniões contrárias à mantra governativa. Por cá andam todos bem afinadinhos…

    https://video.foxnews.com/v/6265938485001#sp=show-clips

    Gostar

  9. Expatriado permalink
    31 Julho, 2021 18:05

    A Cristina Miranda vai gostar de ver isto:

    https://rumble.com/vivkrl-astrid-stuckelberger-who-whistleblower-vaccines-as-a-bioweapon-to-depopulat.html

    E com razão, direi eu.

    Gostar

  10. Expatriado permalink
    1 Agosto, 2021 12:25

    Transcrevo aqui este comentário ao artigo da Helena Matos no Observador.

    “José Paulo C CastroDali ou Picasso ?
    1 h
    Primeiro cria-se o dependente (o assistencialismo estatal ajuda, as normas estatais também). Depois sustenta-se o dependente. Depois, não se deixa fugir o dependente, pela escolha de outras opções, e restringe-se a fonte de alimento. Por fim, o dependente vem comer na mão de quem o domesticou por falta de alternativa. Pior, com receio da alternativa.
    É assim com os animais todos… A ironia é que alimentam uns com os restos dos outros.“

    Mais certeiro que isto não há!!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: