Saltar para o conteúdo

As gaffes de uma (bi)candidata

10 Maio, 2009
by

Rui Rio poderá dispensar a campanha se Elisa Ferreira continua neste ritmo. No fundo, ela está a mostrar o que sempre foi, um perfeito bluff político (bolds meus):

Elisa Ferreira diz que tudo fará para que o Porto seja uma cidade onde as pessoas se sintam bem. Apela a uma grande mobilização em torno da sua candidatura. E promete que só vai ao Parlamento Europeu “dar o nome”.

(…) “Toda a gente tem de ter um espaço nesta cidade. Temos de ter uma câmara mais humana, mais voltada para as pessoas e uma cidade onde as pessoas se sintam bem”, defende, para avisar os cerca de 30 utentes do centro de convívio do Grupo Desportivo do Viso que, em princípio, as eleições autárquicas são no dia 11 de Outubro. “Mas primeiro, a drª Elisa vai ao Parlamento Europeu”, acrescenta, de imediato, Alfredo Fontinha. “Vou só dar o nome e volto”, garante, instintivamente, Elisa Ferreira.

Já no Bairro de Campinas, a candidata independente pelas listas do PS à Câmara do Porto apresenta-se aos idosos. “Na Europa, estamos a fazer um trabalho bom. Se não fosse a nossa força, isto ainda tinha sido pior“, afirma, para voltar a falar na condição de dupla candidata. “Sinceramente, eu quero vir para o Porto. Quero-vos pedir que me ajudem a conquistar a Câmara do Porto. O meu objectivo é sair de onde estou e trabalhar para a cidade“, assegura.

Apesar de pouco antes ter referido que está “a tentar nem sequer fazer muitas críticas”, Elisa não resiste mandar algumas indirectas a Rui Rio. “Pintaram os bairros, mas esqueceram-se de vos dizer que o dinheiro é do Estado, é do PS”, diz. Pouco depois, volta a atacar: “Não quero o poder. Já tive muito. (…)

Daí que por onde passe Elisa apela à mobilização em torno da sua candidatura. “Vocês que têm tantos filhos e netos, a vossa experiência, força e credibilidade é muito importante para mobilizar”, sustentou, no Centro Social das Campinas.

Já no final da jornada, em Francos, foi mais directa, ao conversar com dois moradores: “Tem que votar em mim. Vota? E quantos leva consigo? É preciso uma grande mobilização”. 

Anúncios
58 comentários leave one →
  1. Pedro Freire permalink
    10 Maio, 2009 00:21

    É pena que as televisões não passem isto (pelo menos eu, que até vejo regularmente os noticiários das TVs, não vi). Quem quer ter um mínimo de informação independente tem mesmo de procurar nos blogs. Com que então “o dinheiro é do Estado, é do PS”??? No tempo do Rei-Sol, este dizia “L’état ç’est moi!”. Pelos vistos, agora o Estado é o PS! Já desconfiava.

    Gostar

  2. 10 Maio, 2009 00:36

    Essa frase

    “o dinheiro é do Estado
    é do PS”?

    assim escrita fora do contexto, pode ter várias interpretações. Tal como a legendagem de um filme sem imagem e sem som.
    A personagem pode estar a referir-se a uma coisa (a parede?) quando diz “o dinheiro é do Estado
    e virar-se depois para alguém vestido de cor de rosa perguntando-lhe “ é do PS”?

    Gostar

  3. Pifas permalink
    10 Maio, 2009 00:36

    Os Ferreiras têm alguma tradição nisto. O Ferreira de Castro, por exemplo, seguiu um caminho muito semelhante ao da sua homónima tripeira, facto que está retratado nesta sucessão de obras que escreveu: Emigrantes, (1928), A Selva, (1930), Terra Fria (1934), A Curva da Estrada (1950), A Missão (1954), O Instinto Supremo (1968), Sim, uma Dúvida Basta (1994).

    Gostar

  4. 10 Maio, 2009 00:55

    “Elisa Ferreira afirmou que “apenas emprestou o nome à lista”. “Eu vou ao Parlamento Europeu assinar o nome. Quero é vir para cá para o Porto”, declarou a dupla candidata (Câmara do Porto e Parlamento Europeu) durante uma visita de campanha ontem a um lar de idosos. “Vou só dar o nome e volto, segundo a notícia do Jornal de Notícias.
    Como? Importa-se de repetir?
    Estas afirmações são graves. Indiciam que o Partido Socialista anda a brincar com os eleitores. Apresenta em lugares cimeiros na sua lista para o Parlamento Europeu candidatos fantasmas que, na realidade, não pretendem cumprir o mandato. E assumem isso publicamente. Ou será ao contrário? Estará Elisa Ferreira tão convencida que não consegue conquistar a Câmara do Porto que mais vale garantir um “lugarzinho dourado” no Parlamento Europeu? Em qualquer caso a situação é lamentável. Uma fraude eleitoral. Má para a democracia. Que faz perder credibilidade aos candidatos europeus do Partido Socialista como afirmou Paulo Rangel.
    cachimbodemagritte.blogspot.com/2009/05/parlamento-europeu-fur-elise.html

    Gostar

  5. mcorreia permalink
    10 Maio, 2009 00:56

    Por este andar, quando entrarmos no periodo oficial de campanha eleitoral para as eleições europeias, o PS não terá candidatos disponiveis para fazer essa mesma campanha.

    Gostar

  6. Anónimo permalink
    10 Maio, 2009 01:18

    Elisa Ferreira “Socia e membro do conselho superior do FCP ” interessante no minimo.

    Gostar

  7. Pifas permalink
    10 Maio, 2009 01:29

    #6 “Elisa Ferreira “Sócia e membro do conselho superior do FCP ” interessante no minimo.”

    Sim, parece que o Pintinho tem uma fixação no nome Elisa. Mas não nos devemos preocupar: a Elisa ainda não sabe para onde vai mas sabe que não vai por aí.

    Gostar

  8. 10 Maio, 2009 02:02

    A qualidade da maioria dos políticos “famosos” neste sítio entre o Atlântico e a Europa, é muito fraca.

    Culpados: os indigentes encabrestados que votam nos partidos.

    Gostar

  9. "ISTO" TEM QUE LEVAR UMA VOLTA permalink
    10 Maio, 2009 02:31

    Exactamente como o candidato Vital Moreira, que tanto diz que “balanços de Barroso ainda é cedo”, como depois vai a santarem dizer « que quer corrigir os erros que esta política de direita da EU nos está a obrigar a pagar”.»

    Haja paciencia

    Gostar

  10. "ISTO" TEM QUE LEVAR UMA VOLTA permalink
    10 Maio, 2009 02:32

    UE

    Gostar

  11. Cuidado!... permalink
    10 Maio, 2009 03:10

    À Elisa, qual personagem do “My Fair Lady”, tal como a outros, poderá convir-lhe Bruxelas, local interessante para encontros com um amante, como se alvitra num outro comentário qualquer.
    No Porto dá muito nas vistas, embora também seja, evidentemente, possível.
    Para além de tudo isto, também se pode confirmar, pela posição que ocupa como sócia e membro do conselho superior do FCP, que este clube disfruta de excelentes relações com os socialistas, o que explica muitas coisas a que eventualmente o CAA poderá responder.

    Gostar

  12. 10 Maio, 2009 05:59

    “o dinheiro é do Estado, do PS”. “só vou lá dar o nome”…. Esta malta de esquerda diz as maiores barbaridades sem que ninguém os incomode!

    Gostar

  13. Unreal permalink
    10 Maio, 2009 06:29

    “assim escrita fora do contexto, pode ter várias interpretações.”

    Claro que pode, a D. Elisa é uma verdadeira Bíblia à espera que a interpretem… A capacidade de certa gente para desconversar é fantástica.

    Gostar

  14. ordralfabetix permalink
    10 Maio, 2009 08:35

    4 Nimo diz:

    Estas afirmações são graves… Apresenta em lugares cimeiros na sua lista para o Parlamento Europeu candidatos fantasmas …. E assumem isso publicamente. … a situação é lamentável. Uma fraude eleitoral. Má para a democracia…

    Mas, em 20/4

    “Segundo a edição de hoje do jornal “Público”, Teresa Morais e Regina Bastos, que alegadamente estarão incluídas na lista europeia do PSD em lugares elegíveis (3ª e 6ª posições), poderão vir a renunciar aos respectivos mandatos, assegurando assim que o social-democrata madeirense (que estará em 8º lugar) tenha a sua eleição directa assegurada para o Parlamento Europeu.

    O “Público” cita a este propósito uma declaração que terá sido feita neste sentido pelo vice-presidente da Assembleia da República e deputado do PSD, Guilherme Silva: “Há duas candidatas que não vão assumir funções no Parlamento [Europeu], pelo que Sérgio Marques será 6º e, como tal, a sua eleição não estaria em causa”. ”

    Ou o Nimo tem má memória ou a sua dualidade de critérios é igual à do Olegário Benquerença.

    Gostar

  15. Araujo permalink
    10 Maio, 2009 09:07

    Se a candidata Elisa Ferreia é assim tão má, na vossa opinião, porqwue motivo estão tão preocupados com ela?

    Gostar

  16. José Manuel Santos Ferreira permalink
    10 Maio, 2009 09:31

    #15#

    É verdade
    Porque será ????
    Será do Guaraná ???

    Estes tripeiros são danados para a brincadeira

    Gostar

  17. Carlos permalink
    10 Maio, 2009 10:14

    Devem desculpar a senhora. Isto são coisas que se pegam. Ela antes não era assim e era um excelente técnica. Lembram-se de quando ela ministra do Ambiente do Eng.Guterres e andava sempre em guerra com um secretário de Estado que andava lá pelo ministério a fazer tudo para lhe tirar o lugar? Como diria o Guterres, é a vida. O tal sec. de Estado é hoje primeiro-ministro e ela apenas mais uma técnica que passou para o lado da política sem perceber nada disso e que precisa de um lugar ao Sol, completamente na dependência dele. É nestas situações que o carácter das pessoas se expõe e, sinceramente, não é bonito de se ver.

    Gostar

  18. Carlos permalink
    10 Maio, 2009 10:16

    O momento chave foi quando mudou o nome de Taveira para Ferreira, lembram-se? Que chatice, a memória.

    Gostar

  19. Anónimo permalink
    10 Maio, 2009 10:17

    “Pintaram os bairros, mas esqueceram-se de vos dizer que o dinheiro é do Estado, é do PS”,

    É muito dificil perceber o sentido dessa frase ou só a vossa cabeça leva tudo à letra?
    porque é que o combate politico é assim tão feio, destruindo as pessoas e ridicularizando-as? porque fazem isto com todos, desde manuel pinho, freitas do amaral,.. ridicularizais as pessoas para as minimizar. Está mal. É feio. É de meninos maus. Ficam histericos quando alguém diz uma frase com maizena, mas passais a vida a ridicularizar os adversários politicos.

    Gostar

  20. Carlos permalink
    10 Maio, 2009 10:32

    Se o ridículo matasse…
    Caro 19, quem anda à chuva molha-se. Ou mudam de pessoal político ou mandam calar estes que têm e não prestam. Era só o que faltava agora não se poder mostrar as fraquezas desta malta que supostamente nos devia governar e deixar bem melhor quando saem do que quando entram.
    Habituem-se…

    Gostar

  21. Alberto Costa Andrade permalink
    10 Maio, 2009 11:09

    Se fosse do Porto, não votava na Elisa, é uma independente. Nada me obriga a votar na senhora, tanto mais, as autaquicas, a meu vêr, é um voto pessoal…Não estou a vêr, por exemplo, o CAA, a votar na senhora, apesar de muitas afinidades. Por mim, votava Rui Rio.

    Confio na Rosa para legislativas

    Gostar

  22. anti-comuna permalink
    10 Maio, 2009 11:10

    Esta senhora sempre foi um bluff.

    Vem desde os tempos em que ela, como professora, criava quotas rígidas sobre quem devia passar e quem devia chumbar. Passava poucos alunos para mostrar que era dura. Mas era péssima professora, dizem muitos seus ex-alunos.

    Nunca teve escrúpulos para subir na vida e criar uma imagem de competência, que nunca a teve. Seja a nível profissional como político.

    O país político está cheio deste tipo de pessoas sem escrúpulos e incompetentes.

    anti-comuna

    Gostar

  23. Alberto Costa Andrade permalink
    10 Maio, 2009 11:14

    O cabeça de Lista do PSD, quando entrar no PE, os seus colegas europeus vão dizer- A creche é ao lado – pensam que é filho de alguma funcionaria – mostra bem a nossa pequenez

    Gostar

  24. 10 Maio, 2009 11:30

    «O país político está cheio deste tipo de pessoas sem escrúpulos e incompetentes.»

    É um verdadeiro choque, durante estes 4 tenebrosos anos, o constatar(mos).
    Quase todos incompetentíssimos, com cultura anti democrática, sem escrúpulos, corruptos.

    Gostar

  25. tina permalink
    10 Maio, 2009 11:32

    Como se explica que a sondagem do Semanário Económico deu empate para as europeias, 33,1% para VM e 32,9% para PR, a sondagem da Católica para as legislativas deu 39% para o PS e 36% para o PSD, e vem a Eurosondagem dar 39% para o PS e 30% para o PSD (legislativas)? Este governo usa os truques mais manhosos – até tem a sua própria equipa de sondagens. A Elisa Ferreira é só mais mais produto do PS, está tudo dentro da mesma linha de conduta de falta de nível.

    Gostar

  26. Paulo Nunes permalink
    10 Maio, 2009 11:35

    #23 – “O cabeça de Lista do PSD, quando entrar no PE, os seus colegas europeus vão dizer- A creche é ao lado – pensam que é filho de alguma funcionaria – mostra bem a nossa pequenez”

    Este tipo de pensamento é que mostra, e bem, a nossa pequenez.

    Gostar

  27. tina permalink
    10 Maio, 2009 11:38

    Desculpe Paulo, mostra é a pequenez deste simpatizante socialista

    Gostar

  28. Anónimo permalink
    10 Maio, 2009 11:40

    Quando os homens valer dinheiro, o Rangel vai para trocos

    Gostar

  29. 10 Maio, 2009 11:40

    #23
    A opnião é livre, mas seria bom que usasse argumentos de pessoa crescidinha.

    Gostar

  30. ordralfabetix permalink
    10 Maio, 2009 11:43

    23 Alberto

    Na UE conhecem a nossa grandeza. Desde que o António Vitorino foi comissário europeu. E no PPE também estão habituados a dois matulões: Deus Pinheiro e Carlos Coelho.

    Gostar

  31. Anónimo permalink
    10 Maio, 2009 11:47

    #22 o prato tipico, alguém sem o minimo de escrupulos a lançar o ódio e o anátema. É isto a que e referia. Os que não valem nada a lançar os boatos. Gente rasca.

    Gostar

  32. 10 Maio, 2009 11:51

    Não acho correcto criticarem Rangel por ser baixo.
    Já o timbre da sua voz, seria mais fácil vingar no Egipto, onde Manuel José fez carreira.

    Gostar

  33. Alzirinha permalink
    10 Maio, 2009 11:52

    http://www.cbc.ca/mrl3/8752/news/features/durham-portugal081020.wmv

    Isto foi pago a jornaistas

    Cheira-me a corrupçã0.

    Vejam e digam

    Gostar

  34. anti-comuna permalink
    10 Maio, 2009 11:58

    “#22 o prato tipico, alguém sem o minimo de escrupulos a lançar o ódio e o anátema. É isto a que e referia. Os que não valem nada a lançar os boatos. Gente rasca.”

    Se calhar sou uma sua ex-vítima. Dela. O que acha?

    Não o sendo, sei quem foi vítima dela.

    Poranto, rasca era ela, que queria imitar outros que faziam o mesmo. E ainda por cima era péssima professora.

    O Bessa, ao contrário, ensinava. E nunca criou quotas. Por isso hoje é respeitado por muitos seus alunos, que até estavam nos antípodas da sua ideologia política. Mas ele ensinava, não passava quem comungava do seu radicalismo de esquerda de então.

    A FEP era um feudo. Havia uma espécie de escola estalinista, pouco depois do 25 de Abril. Só se ensinava teorias de esquerda, a maioria delas desactualizadas à muito.

    A Elisa Ferreira era uma das critpo-políticas que por lá passaram, não para ensinar, mas grangear fama para se catapultar noutros lugares.

    E quem não gostar das opiniões sobre esta magnífica senhora, que ponha na beirinha do parto.

    anti-comuna

    Gostar

  35. Anónimo permalink
    10 Maio, 2009 12:00

    “Se a candidata Elisa Ferreia é assim tão má, na vossa opinião, porque motivo estão tão preocupados com ela?”

    Não estou nada preocupado com a candidata, simplesmente existem fasquias que devem ser colocadas ao discurso e actuação política que não convém ultrapassar. A vergonha escasseia na politica porque existiu uma verdadeira inversão de valores. A credibilização dos políticos passa exactamente por não entrar nestes jogos de “cadeiras” e pela sua divulgação como se algo de correcto fosse, o que nos conduz imediatamente por associação de ideias para a falta de ética na assinatura de projectos técnicos elaborados por outrem….

    Gostar

  36. Anónimo permalink
    10 Maio, 2009 12:04

    esta conversa ainda vai render mais uma dúzia de postes à falta de melhor. com todos os defeitos sabe-se quem é a eferreira, mas curiosamente ninguém sabe quem são os outros candidatos do psd e ideias nem falar. a campanha do rangel fica por campanhã, acho que quer apanhar o comboio da europa na estação errada. devem ser preconceitos ferroviários da patroa.

    Gostar

  37. 10 Maio, 2009 12:08

    Pis-coi-so #32

    Timbres de voz são com o seu camarada Vital.
    Arrepia qualquer ouvido decente. Na forma (rouxinol) e no conteúdo (fax).

    Gostar

  38. Alzirinha permalink
    10 Maio, 2009 12:09

    Pelas razões que o Candidato da S. Caetano evoca, como sempre. não lhe assiste razão.

    Os deputados não reeleitos, despedem-se dos eleitos, é normal e de bom tom

    Castigo a aplicar ao Miguelito:

    Orelhas de burro e vai passar o resto da aula virado de costas para um canto da sala.

    Gostar

  39. 10 Maio, 2009 12:14

    #37.
    Ao arrogar-se em colar camaradas aos outros, dá bem a noção do seu timbre.

    Gostar

  40. OLP permalink
    10 Maio, 2009 12:16

    Eu gosto é da alzirinha/ anónima com a reportagem sobre as energias solares/éolicas pagas a 60% do bolso dos contribuintes.Para eles é dispiciendo desde que não vá ao bolso deles.
    O que a reportagem não diz é que num único estado dos eua e com imensamente menos impostos um fassista inveterado anti-aquecimento global promoveu e montou um parque de energia muito superior em quantidade e qualidade que os avançados portugueses.
    Ora adivinhem quem foi o fassista que mais promoveu estas energias nos EUA?

    Gostar

  41. Tribunus permalink
    10 Maio, 2009 12:20

    Elisa Ferreira, sempre foi pessoa de pouca firmeza de atitudes, muto a desbancar, para a pouca seriedade. Lembram-se dela como ministra do planeamento? ao fazer o Pidac só as camaras socialistas tinham acesso ao dinheiro, as outras recebiam umas migalhas que não davam para nada e oministro das finanças rapava-as! Eles comem tudo! Ela gabou-se que era rica, mas dava um cert jeito ser um fernades gomes ou um gago,
    para empochar umas coroas………

    Gostar

  42. 10 Maio, 2009 12:20

    # 39

    Está a atingir os «objectivos» que o s/ camarada controleiro-chefe lhe traçou …?

    É a vidinha.

    Gostar

  43. Pi-Erre permalink
    10 Maio, 2009 12:21

    Unreal,

    “A capacidade de certa gente para desconversar é fantástica.”

    Piscoiso não é gente. É paspalho.

    Gostar

  44. 10 Maio, 2009 12:24

    O «timbre do primeiro» é mais tipo surreal.
    Só comparável o Cânci(a).

    Gostar

  45. 10 Maio, 2009 12:26

    “Tem que votar em mim. Vota? E quantos leva consigo? É preciso uma grande mobilização”.

    Sem comentários.

    Gostar

  46. Alzirinha permalink
    10 Maio, 2009 12:31

    A Zitinha Seabra, tem uma vozinha esganiçada, que o diga os ouvidos, enquanto vivo, do Camarada Cunhal , por isso mesmo, ela não foi a “passionaria” Portuguesa, bem tentou, não a deixaram.

    Tinha uma voz “orientalista” e “mascula”

    Gostar

  47. Anedote Algarvia permalink
    10 Maio, 2009 12:36

    O Rangel não fala, grunhe, de grunhir.

    Em tudo, é mais dificil

    Gostar

  48. Anónimo permalink
    10 Maio, 2009 12:50

    Aproveitar a aurora do comunismo, para obrigar os outros a fazer o que eles querem.

    Pedido aos Militantes Comunistas

    Gostar

  49. 10 Maio, 2009 12:54

    ElisaFerreira é um bocadinho imprudente em aparecer em fotos (hoje no Jogo) com o cachecol do FCP.
    O eleitorado benfiquista não lhe perdoa.
    Até admira como Filipe Vieira ainda não veio a terreiro.

    Gostar

  50. lucklucky permalink
    10 Maio, 2009 12:59

    “Se a candidata Elisa Ferreia é assim tão má, na vossa opinião, porque motivo estão tão preocupados com ela?”

    Não deu conta de quem tem sido eleito nos últimos anos , onde foi buscar a ideia de que os eleitores afastam os maus? A escolha também é entre o péssimo e os maus. E parece que este ano em vez dos maus os Portugueses vão caminhar para os péssimos, em vez de simplesmente tornarem o País ingovernável que era a melhor coisa(ou menos má) que poderia acontecer. Sem Governo e sem Orçamento era o ideal.

    Gostar

  51. 10 Maio, 2009 13:05

    É tão giro brincar à democracia, não é?

    http://tinyurl.com/px3ulh

    Gostar

  52. Joaquim Amado Lopes permalink
    10 Maio, 2009 14:38

    23. Alberto Costa Andrade:
    O cabeça de Lista do PSD, quando entrar no PE, os seus colegas europeus vão dizer- A creche é ao lado – pensam que é filho de alguma funcionaria – mostra bem a nossa pequenez

    Se há alguma coisa que demonstra a nossa pequenez é o partido que sustenta o Governo apresentar candidatos como Elisa Ferreira e haver quem os defenda.

    Sugiro-lhe que procure no Google por “Paul Pots” ou “Susan Boyle”.
    Para o que interessa num eurodeputado, Paulo Rangel é um gigante.

    Gostar

  53. 10 Maio, 2009 20:21

    Para o seu nome dar
    e fazer figura desagradável,
    com vacuidade de bradar
    miseravelmente degradável!

    Outros poderiam aparecer
    sem tão evidente ubiquidade,
    assim não conseguirá transparecer
    a tão necessária equidade.

    O mexilhão atento às declarações
    em período eleitoral,
    considera estas afirmações
    sem qualquer sentido moral.

    Gostar

  54. caracol permalink
    10 Maio, 2009 21:14

    Na politica mediática
    dar nas vistas
    é atitude pragmática.
    Se dizem mal ou bem
    Não interessa a ninguém
    Interessam mais dez comentários a dizer mal
    do que um ou dois a dizer bem.
    Conta a imagem!

    O que os políticos dizem,
    não é o que pensam.
    Respiram a mentira
    como o comum dos mortais
    o faz com o oxigénio do ar

    Por isso o pacato cidadão precavido,
    não acredita nos discursos,
    não os lê, não perde tempo.
    Observa os sinais que não estão nos manuais.
    Segue os instintos.

    Gostar

  55. WALTZ permalink
    11 Maio, 2009 02:23

    O CAA vai votar Rio. Que grande sapo. Haja goela.

    Gostar

Trackbacks

  1. Leituras: « BLASFÉMIAS
  2. O que é do Estado é do PS « BLASFÉMIAS
  3. Deus dá, o governo tira | BLASFÉMIAS

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: