Skip to content

O espaço de JPP na SIC-N

28 Junho, 2009
by

Foi uma inestética masturbação do imenso ego do protagonista. Do alto de uma cátedra que só alguns acólitos lhe reconhecem, JPP tentou condicionar a informação sobre aquilo que lhe interessa, sentenciando, reprovando e elogiando consoante as suas conveniências de agenda. Não fez opinião, expeliu acinte.

Não sou nada apologista de queixinhas à ERC – mas, desta vez, julgo que o PS tem razões de queixa. Em vésperas de eleições, JPP, mal reciclado em ‘grande educador da classe média’ dispõe de um espaço de (im)pura propaganda eleitoral. Uma vez mais, a Sic-N está a patinar no ‘terreno pantanoso’ da informação que JPP tanto gosta de denunciar – o dos outros, bem entendido…

Anúncios
85 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 22:33

    os amordaçados são assim enquanto oposição, o que dá para imaginar o que seriam se alguma vez fossem governo.

    Gostar

  2. José permalink
    28 Junho, 2009 22:37

    Não concordo. Gostei do programa e por vezes não gosto do protagonista. Mas neste caso, esteve bem.

    Gostar

  3. José permalink
    28 Junho, 2009 22:38

    Mas devo dizer que não levo a sério o JPP…

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 22:47

    pronto/contra-sócrates é o pacheco armado em paquete da manéla,

    Gostar

  5. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 22:52

    caa continua menezes-dependente

    Gostar

  6. 28 Junho, 2009 22:54

    Afinal, a “loira” saiu-se bastante bem.

    O que lhe falta em empatia sobra-lhe em inteligência, argúcia e honestidade.

    Ó CAA, estes ódios de estimação são muito feios de expôr na praça pública!…

    Gostar

  7. Pifas permalink
    28 Junho, 2009 22:59

    A São Domingos! Acendam a fogueira!

    Gostar

  8. hajapachorra permalink
    28 Junho, 2009 23:01

    Nem uma crítica às opiniões do JPP, apenas acinte e mau-gosto, péssimo gosto, de um casca-grossa alambicado (um gajo diz punheta, pá!)

    Gostar

  9. José Barros permalink
    28 Junho, 2009 23:05

    Estava a ver o programa e a pensar exactamente no post que o CAA escreveria a seguir.:)

    Quanto ao programa, devo dizer que não gostei e não acredito que venha a ter grande sucesso. Por algumas das razões que serão comentadas nos próximas dias: os exemplos de JPP foram escolhidos para atacar o governo, com o que se transformou um programa que é suposto ser de desconstrução do discurso mediático num próprio acto político-mediático que merecia, ele mesmo, ser desmontado. Ou seja, o cunho fortemente politizado e partidarizado que JPP imprime ao programa acabará por derrotá-lo, na medida em que qualquer aspecto positivo que o mesmo tenha será sempre secundarizado perante a mensagem política que o autor pretende veicular. Alguns aspectos positivos do programa de hoje são disso exemplo: é interessante criticar as hagiografias de personalidades políticas preparadas por agências de comunicação, mas tal aspecto – que abrange políticos de vários quadrantes – acaba por não ter qualquer alcance crítico quando se vê que JPP o utiliza para atacar o novo porta-voz do PS. Já não tanto assim com a crítica à utilização da palavra “tabu” por parte de jornalistas e comentadores políticos, a qual me pareceu correcta, precisamente por não ter em vista qualquer mensagem política, explícita ou implícita.

    Dito isto, por que alminhas é que seriam pensáveis quaisquer queixas à ERC ou que o PS tem “razões de queixa”? Santo Deus, ninguém percebe que aquilo é um programa de opinião (iniciado até com um “disclaimer” longuíssimo de JPP)? Os espectadores da sic-notícias serão assim tão estúpidos que não percebem a clubite política do autor? A sic-notícias não é uma estação privada? Ou dito de outra forma, por que razão é que os ódios pessoais se transformam em tiques autoritários de quem gostaria de proibir o sucesso aparente e o daí resultante tempo de antena dos seus adversários políticos? É este tipo de ódio que acaba por envenenar o debate político e torná-lo uma luta de egos sem qualquer interesse. Como é que se debate ódios pessoais?

    Gostar

  10. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 23:09

    #6 – o que a loira sebosa tem a mais épátia. aquilo vai dar merda.

    Gostar

  11. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 23:09

    Quando o cagasentensas #2 diz, está dito.
    Se ele gostou, nada mais a acrescentar.

    Ah… espera. #3 Trata-se apenas de um número de palhaços.
    Não é a sério! É só rir… só rir!

    Gostar

  12. Atento permalink
    28 Junho, 2009 23:12

    Mais uma vez concordo com CAA.´
    É a 2ª vez que coincidimos, a outra foram as eleições leg e aut em datas separadas.

    Como vê Sr. C.A.A..Rangel tem razão.

    Hoje, no Jn, toca na ferida e diz o que todos já sabíamos – os media são anti-Sócrates.

    Só me entristece uma coisa nos seus comentários quando critica este governo injustamente em favor de Ferreira Leite.

    Um portista tem a obrigação de saber como é o que o Fc Porto é tratado na comunicação social em desfavor do Benfica e do Sporting.
    A equiparação política tem espelho na forma como é tratado o Ps e o Psd. O senhor sabe-o. É certo que não se deve misturar futebol com política mas o modus de tratramento é idêntico.

    (e Sócrates até é benfiquista, bem como Pinto da Costa e LF Vieira são socialistas, mas o modo de tratamento é o que descrevi acima)

    Gostar

  13. jorge permalink
    28 Junho, 2009 23:19

    vi pouco, mas achei ridiculo.

    Gostar

  14. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 23:25

    a continuar assim… com essa empatia diletante… ainda havemos de ver o CAA e o JPP juntos…

    Mal do país que tem em CAA um defensor de Alexis de Tocqville

    Gostar

  15. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 23:26

    o fervedor da leiteira acaba de comprar uma guerra com os jornalistas. o marmeleiro tá a fazer televisão àbruto, é a guedes da sic. o crespo que se cuide.

    Gostar

  16. 28 Junho, 2009 23:30

    http://bulimunda.wordpress.com/2009/06/28/in-a-democracy-were-all-parts-of-the-same-body/
    O homem pode ter imenso defeitos…que os tem…mas ao menos pensa pela sua cabeça..outros pensam com o anûs ..ou pela seborreia…

    Gostar

  17. Susana Canas permalink
    28 Junho, 2009 23:35

    CAA

    Quer partilhar connosco a sua imensa sabedoria e dizer-nos com que base legal pretende sustentar essa tese?

    Gostar

  18. ca te espero permalink
    28 Junho, 2009 23:36

    A abrir o programa o JPP disse ao que vinha nomeadamente que ia ser um “programa de opinião parcial”. Está tudo dito. Não percebo porque é que pCAA ficou com os “azeites”. Deve ser problema meu. Esta frase “informação que JPP tanto gosta de denunciar – o dos outros” centa como uma luva a si. Estão bem um para o outro.

    Gostar

  19. Salvador permalink
    28 Junho, 2009 23:46

    não concordo nada com o CAA. você quando fala do JPP e do Benfica fá-lo sempre no mesmo registo, do ódio, o que o torna completamente previsível e irracional.

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 23:47

    CAA podia expressar-se com um pouco mais de elevação.

    Gostar

  21. Anónimo permalink
    28 Junho, 2009 23:53

    #22 – pacheco só com estação elevatória. tá bem assim ou queres mais merda.

    Gostar

  22. lucklucky permalink
    29 Junho, 2009 00:07

    “Não sou nada apologista de queixinhas à ERC”

    Isto diz tudo. Afinal há quem no Blasfémias queira a censura.

    Gostar

  23. monárquico permalink
    29 Junho, 2009 00:21

    também gostei. è necessário desenvolver espirito critico e não aceitar tudo o que nos impingem. JPP disse que não era imparcial.

    Gostar

  24. Com A Verdade Me Enganas permalink
    29 Junho, 2009 00:24

    Aquele “programa de verdade”, com aquele “apresentador de verdade”…meu senhor!! E eu que pensava que só em Jesus Cristo podía confiar que falava sempre a verdade!
    JPP ainda se casa com Crespo por este caminho..

    Gostar

  25. 29 Junho, 2009 00:31

    Eu cá julgo as pessoas pelos livros que publicam que ficam muito bem encadernados na estante do hall.
    JPP tem cerca de um metro.
    Faltam-me trinta e tal centímetros para ficar uma linda estante.
    Quando CAA publicar qualquer coisa de jeito avisem-me, por favor.

    Gostar

  26. tric permalink
    29 Junho, 2009 00:35

    “Não fez opinião, expeliu acinte.”-CAA

    esta afirmação, refere-se ao Pacheco Pereira ou a si ? fiquei na duvida…

    Gostar

  27. tric permalink
    29 Junho, 2009 00:39

    “Não sou nada apologista de queixinhas à ERC – mas, desta vez, julgo que o PS tem razões de queixa.”

    os Branqueadores do Pinoquio Xuxa,tem razões de queixa!!???? você é Xuxa?

    Gostar

  28. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 00:53

    # 28 “Faltam-me trinta e tal centímetros”

    Eu tenho o que você precisa, mas não lhe posso valer.

    Gostar

  29. 29 Junho, 2009 00:55

    Não vi, mas a minha tia Du Fromage diz que é assim a modos como um programa do Fernando Seara a falar do Benfica, mas com mais bibliografia.

    Gostar

  30. Nuno Gaspar permalink
    29 Junho, 2009 01:26

    Coisa feia, a inveja.

    Gostar

  31. anónimo II permalink
    29 Junho, 2009 01:50

    no caso do caa, pavlov explica…

    Gostar

  32. Anonymous III permalink
    29 Junho, 2009 02:03

    Ainda tens que comer muita papa maisena para teres categoria para ter sequer inveja do JPP.

    Gostar

  33. Há: O estado minimo (PSD); O estado mediucre (PS/Socrates); E o estado ao que isto chegou (PSD+PS x 30 anos) permalink
    29 Junho, 2009 04:27

    .

    Gostar

  34. Há: O estado minimo (PSD); O estado mediucre (PS/Socrates); E o estado a que isto chegou (PSD+PS x 30 anos) permalink
    29 Junho, 2009 04:28

    (como já repararam ) mudei de nick

    Gostar

  35. Há: O estado minimo (PSD); O estado mediocre (PS/Socrates); E o estado a que isto chegou (PSD+PS x 30 anos) permalink
    29 Junho, 2009 04:30

    Agora sim. Está perfeito

    Gostar

  36. Toninho Saloio permalink
    29 Junho, 2009 10:31

    Eu vi, o PCP(ml), nos anuncios de procura de prostitutas, depois mudei de canal.

    Gostar

  37. pedro sousa permalink
    29 Junho, 2009 10:32

    Bom dia Sr CAA, posso-lhe sugerir uma coisa…olha para a RTP e a quantidade de “comentadores” que defendem o governo, pense sobre isso, pense sobre o que deve ser um canal de televisão do estado e depois, quando tiver analisado tudo que se faz na RTp em favor deste governo, fale sobre JPP, vai-lhe sobrar pouco tempo…

    Gostar

  38. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 10:33

    “Hoje, no Jn, toca na ferida e diz o que todos já sabíamos – os media são anti-Sócrates.”

    Em que dia é que isso começou?
    Quando deixaram de ser anti-Cavaco em 1995, passaram a ser o quê?

    Gostar

  39. Fernando permalink
    29 Junho, 2009 11:04

    CAA, de acordo consigo, mesmo correndo, eu, o risco de ser considerado menezes dependente.

    Gostar

  40. Amigo do Escrivá permalink
    29 Junho, 2009 11:10

    A CS é anti Socrates?

    Ta bem de vêr.

    É muita coisa envolvida por pessoas ligadas ao PSD, esse envolvimento, é prejudicial para o partido.

    Pode gerar a “banca rota” do PSD.

    Ate eu fico “zonzo” e não sou de cá.

    Vamos para a transparencia?

    Gostar

  41. 29 Junho, 2009 11:21

    http://bulimunda.wordpress.com/2009/06/29/a-forca-da-ignorancia/
    O Séneca já previa estes casos….

    Gostar

  42. Acção Directa permalink
    29 Junho, 2009 11:50

    A asneirar o JPP ainda faz mais do que blogar invejas ressabiadas para o ar. E inúteis. Coisas do ego, pois.

    Spartakus.

    Gostar

  43. 29 Junho, 2009 11:52

    Eu tenho o que você precisa, mas não lhe posso valer.

    Use-os ai em casa, antes que vão comprar à rua.

    Gostar

  44. Joaquim permalink
    29 Junho, 2009 12:55

    Para os que não viram, a introdução ao programa do José Pacheco Pereira:


    Este é um programa de opinião sobre aquilo que vos (nos) faz ter opinião: a comunicação social. os media, os jornais, as rádios, os blogues, os livros, a televisão.

    Eu sei que não é só comunicação social que vos (nos) faz ter opinião.
    A nossa vida, a escola que tivemos, dentro da escola e fora dela, as origens, a família, o meio social – tudo faz a nossa opinião. Mas a comunicação social conta muito, conta mesmo muito.

    O problema é que não vivemos tempos propícios à liberdade. Vivemos dificuldades, vivemos uma deterioração da democracia, vivemos demasiado espectáculo e pouca razão.
    Vivemos mais de imagens do que palavras. Vivemos mais de pressa do que da reflexão.
    Vivemos em Portugal de uma longa história de submissão ao poder, a todos os poderes.
    O do politicamente correcto. O do poder de Estado e dos Governos que abafam o cidadão e a sociedade.

    Vivemos um mau momento para a liberdade, para respirar.Todos nos querem consensuais, submissos, respeitadores. Não é o meu caminho.

    Mas há mais: a comunicação social portuguesa tem pouca qualidade. Há excepções e dela falaremos mas a regra é outra. E como há pouca critica, pouca controvérsia, demasiados silêncios, não se separam as águas.

    Ponto/ Contraponto é um programa de opinião.
    Opinião individual que vale o que vale.
    Não é ciência, nem jornalismo, não tem a preocupação de ser equilibrado, nem isento e não será muitas vezes justo.

    Mas a opinião é assim. A opinião de um consumidor de comunicação social, leitor, ouvinte, telespectador. individual, sozinho. Do que eu não ouço, nem leio, nem vejo não falarei. Não posso ler, ouvir, ver tudo, por isso, como toda a opinião, esta é parcial, de gosto, frágil.

    Ponto/ Contraponto é opinião que tem apenas o seu valor facial. Está à vista de todos com face nada mais.

    Agora comparem com o artigo do CAA.

    Gostar

  45. 29 Junho, 2009 13:13

    Este programa de JPPereira não é para pessoas que saibam analisar o actual jornalismo português e aportuguesado. Que saibam ‘ver’ para além do que leem.
    Este programa é para pessoas que pouco ou quase nada conseguem discernir para além do que leem.

    JPPereira foi sincero na apresentação: trata-se dum programa com opiniões pessoais e susceptível de ser entendido politicamente parcial. E é-o !
    São X minutos de opinião, de opinião própria, tal como a de todos os comentadores, analistas.

    Provavelmente este programa vai ajudar muitas pessoas a perscrutarem na comunicação social certas ‘nuances’ qie lhe escapam…

    Vai favorecer o PPD e MFLeite ? Por certo que sim.
    Não tem, o PS, António Vitorino às segundas, na RTP ?
    Não tem, o BEsquerda, Rui Tavares num programa da RTPN com o liberal CAbreuAmorim e o socialista Emídio Rangel ?
    Etc, etc ?!

    Gostar

  46. José permalink
    29 Junho, 2009 13:15

    O problema de JPP é que parece querer aplicar uma receita que não admite nos blogs. Acha que alguns blogs, como dizia o outro, “é uma vergonha” e já citou vários blogs e pessoas ( incluindo um tal josé) para as denegrir da pior maneira que pode haver na blogosfera: chamar-lhes encapuzados ao serviço de algo ou alguém obscuro e de carácter duvidoso. Descredibilizá-los, acantoná-los e segregá-los.

    É a especialidade de JPP quando não gosta de algo que o encanita.

    Mas leva troco, nessa altura. Ai leva, leva, porque o seu óbulo para estas coisas da blogosfera merece um troco generoso em porrada virtual.

    Agora, na SIC-N, aplica a receita ao jornalismo caseiro.

    A meu ver, o programa foi interessante e vou ver outra vez. Não há programas assim, contra um certo jornalismo abaixo de cão.

    Mas aposto que o programa de JPP lhe vai cativar muitos dissabores. Só por isso, já vale a pena seguir.

    Anda, Pacheco!

    Gostar

  47. 29 Junho, 2009 13:17

    Mr. Joaquim, 49

    Fez muito bem em colocar a apresentação de JPP.

    Gostar

  48. 29 Junho, 2009 13:23

    Um detalhe, entre outros, mas significante, no programa de ontem: Quantos leitores diários do Correio da Manhã, se têm apercebido ao longo de semanas, meses e anos, do que as páginas de diversificados anúncios espelham sobre a sociedade portuguesa actual ?

    Gostar

  49. 29 Junho, 2009 13:32

    Se é um programa de opinião pessoal, não percebo porque fala no plural:
    “Vivemos um mau momento para a liberdade, para respirar.

    Pessoalmente não tenho qualquer problema respiratório, nem da liberdade que a democracia me dá.

    Obrigado ao Joaquim(#49) pela transcrição, porque ao Pacheco, não conto sintonizá-lo.

    Gostar

  50. 29 Junho, 2009 14:55

    JPP,

    Finalmente só, ainda bem…Não sei bem o que querem fazer com este tipo, mas a ” reciclagem” neste caso seria bom…..

    Gostar

  51. 29 Junho, 2009 15:24

    Tipo sinistro

    “Esta manhã tive o privilégio de assistir a uma palestra sobre predisposição para o sacrifício dada por José Miguel Júdice no tempo de antena semanal que tem na rádio pública. Segundo este sábio da nossa praça, os 7 mil, de um total de 40 mil trabalhadores da British Airways, que acederam à solicitação que lhes foi endereçada pela sua administração da trabalharem um mês gratuitamente, revelaram uma responsabilidade, mentalidade ganhadora e outros inúmeros predicados que os trabalhadores da Auto-europa evidenciaram não terem quando recusaram a dádiva do equivalente a seis vezes a remuneração suplementar a que têm direito quando trabalham ao Sábado. “Assim o país nunca poderá ir para a frente e jamais sairá da cepa torta” foi a conclusão deste nosso génio. Tive pena que a entrevistadora, a nossa queridíssima Eduarda Maio, não o tenha confrontado com a insignificância que representam as remunerações suplementares correspondentes a seis sábados no total de custos da Auto-europa, menos de 0,001%, e que não lhe tenha perguntado se estaria disposto a não cobrar aquilo a que tem direito quando, num dos muitos empreendimentos turísticos que José Miguel Júdice detém por todo o país, um cliente se recuse a pagar alegando que não tem dinheiro. Já para não falar nos serviços que este nosso empresário do regime abnegadamente vai prestando ao Estado português, pagos principescamente e adjudicados sabe lá ele como, que isso são outros quinhentos.
    http://www.opaisdoburro.blogspot.com/2009/06/pimenta-refresco.html

    Gostar

  52. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 15:35

    Isso é que querem.. uma queixa à erc para mais polémica e marcar pontos… lol e para dizerem que querem calar pacheco pereira.

    Por amor de deus. qual queixa à erc … deixem falar à vontade
    as pessoas não são burras

    tá um fulano que lhes diz no mesmo programa olhem para aqui: isto é mau que é só dizer bem e loas a uma pessoa …bla bla .. e e isto aqui é bom porque é criticar e dizer mal e destruir uma pessoa…

    O senhor pensa que fala para gente burra

    Gostar

  53. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 15:44

    Já repararam que o abrupto nem sequer tem um perfil do autor do mesmo uma pequena nota biografica?!
    É tanta a prosápia que deve pensar que toda a gente o conhece e que sabe que ele é militante do psd quando escreve no blog
    Mas se uma pessoa ler o blog pensa que ele é comunista tal o empenho no estudo do comunismo e fotos das manifs.

    Gosta de aldrabar quem o ler

    Gostar

  54. 29 Junho, 2009 15:45

    Não fala para gente burra, mas o facto de darem tempo de antena é ridículo…

    Gostar

  55. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 15:53

    #57 – o gerómino é que cria emprego, pcp e sucursais empregam bué de people. tudo empregos para a vida, nada de precários, recibos verdes ou por baixo da mesa. é só conferir as folhas da segurança social. em segundo lugar vem o belarmino dos super.

    Gostar

  56. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 16:08

    contribuição do balsemão para a campanha do psd, um corner de propaganda eleitoral pacheco/emefele, para tentar destruir o que mais o chateia. o marcelo que se cuide.

    Gostar

  57. artur mendes permalink
    29 Junho, 2009 16:14

    CAA —
    Quando no trio maravilha da RTP-N , opina sobre a politica Nacional… está a favorecer quem? Socrartes ou MFL ? Não ha isentos neste campeonato!
    O triste é quando não se assumem… e se armam em isentos!
    Quando ouço JPP eu sei o ele quer e para onde vai… Só o ouve quem quizer…
    E você … quando bota faladura como o devo identificar?
    CDS, PS, BE, PCP,Verde, Amarelo, ISENTO? Será?

    Gostar

  58. 29 Junho, 2009 16:39

    #63

    Independentemente da isenção, parece que a posição de cada um é direccionada para influenciar a opinião pública, e depois vêm a tomar posição que lhes convém, mas também isso é liberdade de expressão…

    Gostar

  59. Minhoto permalink
    29 Junho, 2009 16:50

    CAA o senhor ainda é liberal?
    Em relação ao JPP, é a sua opinião a qual tem o cuidado de referir que é subjectiva e não uma verdade pura,absoluta e insofismável. O programa está bem feito e é curto, para dizer as verdades não é preciso rodeios. Repare sim no Emídio Rangel e esse é pago por todos nós.

    Gostar

  60. 29 Junho, 2009 17:03

    O programa é bem feito???

    Ok…Até percebo a coisa da simpatia pelo JPP, mas ao ponto de dizer ” para dizer as verdades não é preciso de rodeios”…
    Mas o que é isto???Só pode estar a gozar….
    Então agora JPP é um Deus,só porque tem um espaço na TV…
    Vergonhoso…

    Gostar

  61. 29 Junho, 2009 17:08

    «Quando no trio maravilha da RTP-N , opina sobre a politica Nacional… está a favorecer quem? Socrartes ou MFL ?»

    Tento ‘favorecer’ o País. Dizer o que penso e pensar o que digo. Sem agenda. Engano-me, cometo lapsos, muitas vezes sou injusto. Mas não tenho agenda pessoal no que digo.

    E a comparação (não é V. o único) é absurda: há um moderador e dois adversários. O que dizemos é contrariado e avaliado no momento.

    Gostar

  62. Minhoto permalink
    29 Junho, 2009 17:25

    O que o JPP faz é o contraditório de muita coisa que vem nos jornais e consequente avaliação.

    Gostar

  63. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 17:40

    E quem faz o contraditório a JPP? Porque é que ele acha que a sua opinião é melhor do que qualquer outra? Afinal a opinião dele toda a gente sabe qual vai ser: tudo o que não disser mal do governo e de Socrates não presta. Todo o calhau que diga que Socrates não presta é um ilustre e magnifico. Isso interessa a alguém? É um bom prorama de tv?

    Gostar

  64. artur mendes permalink
    29 Junho, 2009 18:09

    A BANHA DA COBRA ( qualquer semelhança com CAA é pura coinsidência)

    Cheguem pr’a lá garotos… aqui não se querem crianças…. só gente de responsabilidade.. eu tenho o curso de Jurista… não precisava desta vida p’ra nada… estou aqui para bem do País…
    Saia uma opinião isenta… um contraditório…

    – Aldrabão….
    – Adeus ó colega…

    Gostar

  65. António P. Caastro permalink
    29 Junho, 2009 18:43

    Só agora tive oportunidade de ver o programa, que está em

    http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/pontocontraponto/2009/6/edicao-de-28-06-2009.htm

    Imperdível. Vou ficar cliente.
    Parabéns a JPP – e a todos nós, espectadores.

    Gostar

  66. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 19:01

    Eu passei a ler os anuncios do truca truca, para ser franco é do melhor…ai filho, papa-me toda

    Gostar

  67. 29 Junho, 2009 19:23

    Mas não tenho agenda pessoal no que digo

    Só faltou dizer que é isento nas apreciações políticas, mas se calhar era um bocadinho exagerado.

    Gostar

  68. Ricardo permalink
    29 Junho, 2009 19:33

    “Ponto contra ponto é um programa de opinião que não é concensual, submisso, respeitador. É um programa de opinião, opinião, opinião. Não é ciência nem jornalismo. Não tem a preocupação de ser equilibrado nem isento e não será certamente muitas vezes justo.”

    O JPP para além de ser coerente e inteligente é muito honesto. E como comunicador, só tem Marcelo ao mesmo nível.

    O CAA desculpe, mas a sua crítica é esvaziada completamente pelos primeiros 5 minutos do programa. E assim sendo… é difícil não soar a dor de cotevelo.

    Gostar

  69. Jorge Lopes permalink
    29 Junho, 2009 19:54

    Acho que nunca vi ninguém a espumar tanta inveja como o Sr CAA. Que mal lhe ficam estes posts cuja motivação é tão óbvia.

    Faz-me lembrar uma antologia de Camões onde o autor, a dada altura, escreve sobre o poema “Verdes são os campos da cor do limão assim são os olhos…”:
    “(…) e aqui o autor [Camões] erra. Está provado que não existem olhos verdes (…)”.

    Pois é Sr CAA, eu sei que segundo sua Exa, a sociedade não lhe presta a homenagem que vocês mesmo considera que merece. Temos pena. Talvez quando tiver uma fracção da obra publicada e consagrada de JPP, possa merecer algumas das honras que gostaria.

    Gostar

  70. 29 Junho, 2009 20:17

    Lá arranjei um quarto de hora para ver o vídeo do programa.
    Sobre as opiniões dele, não discuto. São opiniões. Ponto
    Sobre o formato do programa, tenta ser uma aula, com o docente em pé, atrás de uma mesa com um Magalhães sofisticado, um quadro, uns jornais e um livro.
    Um bom comunicador, como era Nemésio, não precisava dos artefactos, porque o que dizia, convencia.
    As pachequices não convencem.

    Gostar

  71. lucklucky permalink
    29 Junho, 2009 22:36

    Como se manipula a informação na RTP-2: notícia sobre o Irão e recontagem de votos, fala de manifestação de protesto mas nem uma única referência á violència e aos mortos. Para quem ouvisse pela primeira vez seria como se nada de especial tivesse passado.

    Gostar

  72. Anónimo permalink
    29 Junho, 2009 22:47

    Meus Deus. Jpp afial tem razão. Se os espectadores não conseguem perceber onde está o erro no programa de jpp e tecem loas e acham que é um bom programa, isso significa que engolem qualquer programa que observem!!! Incrível.

    Gostar

  73. Tolstoi permalink
    30 Junho, 2009 00:01

    Há homens que perduram no tempo pelo trabalho que deixaram, há homens que apenas ocupam o tempo. Boa noite que vou dormir.

    Gostar

  74. José Barros permalink
    30 Junho, 2009 03:39

    Tento ‘favorecer’ o País. Dizer o que penso e pensar o que digo. Sem agenda. Engano-me, cometo lapsos, muitas vezes sou injusto. Mas não tenho agenda pessoal no que digo. – CAA

    Caro CAA,

    Reconheço que tudo o que cito é verdade. Mas também é verdade em relação a Pacheco Pereira, que também já criticou Ferreira Leite várias vezes, mesmo sendo apoiante da líder do PSD. Aliás, se ainda não percebeu, já devia ter percebido que é essa a razão por que as pessoas ouvem e lêem o JPP e não dão cavaco a 95% dos comentadores políticos em Portugal.

    O liberalismo parte – e muito bem – do princípio que as pessoas não são estúpidas, sabem o que querem e são livres de escolher o que lhes apetece, desde que não prejudiquem terceiros. Ora o programa do JPP é um exercício de liberdade de expressão como qualquer programa de opinião. JPP di-lo no “disclaimer” com que iniciou o programa e basta ler todos os comentários desta caixa para se perceber que todos compreenderam muito bem o clubite partidária do autor.

    Retomando o que disse, o CAA e independente e não tem agenda, não é isso que está em questão; o problema é que tem ódios pessoais que prejudicam cada vez mais a sua escrita. O Pacheco também os tem; mas argumenta, que é coisa que o CAA não faz quando envereda por este tipo de posts.

    Gostar

  75. g.fm permalink
    30 Junho, 2009 08:58

    Não voltem a chamar-lhe loura. As louras não fizeram mal a ninguém.

    Gostar

  76. José Rocha permalink
    30 Junho, 2009 15:36

    CAA:

    Eu não quis comentar, de imediato, o seu post por pensar que a minha discordância em relação ao conteúdo se devia a uma tradicional “embirração” com o seu estilo (pouco inteligente e, muitas vezes, pouco educado). Mas, lendo os comentários que aqui foram deixados e, até, referências escritas noutros blogues seus “amigos”, decidi deixar-lhe aqui uma pergunta:

    – é possível receber os FEEDS do Blasfémias restringindo os seus post’s?

    Creia que ficarei aliviado se me der uma solução para esta minha angústia.

    Obrigado
    José Rocha

    Gostar

  77. Francisco permalink
    30 Junho, 2009 16:42

    E que nos tem o CAA a dizer a propósito do EIXO DO MAL, transmitido pela mesma SIC N?

    Gostar

  78. José Almeida permalink
    30 Junho, 2009 16:43

    E que nos tem o CAA a dizer a propósito do EIXO DO MAL, transmitido pela mesma SIC N?

    Gostar

  79. artur mendes permalink
    30 Junho, 2009 17:10

    Caro Jose Almeida

    Por favor não fale nessa Merda do Eixo…
    Aquilo fede e f..de por todos os lados …

    Gostar

  80. logros permalink
    30 Junho, 2009 19:06

    Não sabia que com a “silly season” ia começar um TEMPO DE ANTENA PSD, na privada do tio Balsemão…
    Os “perigos para a democracia” só (não)existem na privada da TVI.:)))))
    Isto é UMA DESFAÇATEZ TOTAL.

    Subscrevo o post.

    I. L.

    Gostar

  81. 30 Junho, 2009 20:09

    O CAA é um parolo de bairro.

    Gostar

  82. Joaquim permalink
    30 Junho, 2009 22:18

    Tenho a impressão que um dos meus comentários desapareceu. Será…?

    Gostar

  83. Rui Mendista permalink
    4 Julho, 2009 15:30

    O Pacheco é que sabe, o Pacheco é que “induca”. nem o Torquemada !

    Gostar

  84. Joaquim permalink
    6 Julho, 2009 17:46

    Pacheco Pereira desceu hoje na minha consideração. Então não é que não apenas leu como fez copy-paste de uma frase do CAA?!

    É verdade que foi para lhe chamar besta (o que é mais um insulto às bestas do que ao CAA) mas, mesmo assim, …

    Nota: o termo “besta” é meu, que não tenho a classe do Pacheco Pereira.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: