Saltar para o conteúdo

Leituras:

22 Fevereiro, 2010

Pedro Carvalho: «Querida, encolhi o défice» (via insurgente)

Veja-se o caso da Caixa Geral de Depósitos, que este ano anunciou lucros de 278,9 milhões e dividendos para o Estado de 250 milhões. Um ‘payout’ de 90%, de fazer inveja a qualquer Buffett ou Soros.

Mas Faria de Oliveira está a dar tanto dinheiro ao Estado porque a Caixa não precisa dele? Errado! A Caixa precisa de fundos como de pão para a boca. O Governo prepara-se para aumentar este ano o capital da CGD, estando previsto no Orçamento uma dotação de até 1.585,8 milhões.

Então porquê tirar com uma mão (os dividendos) e dar com a outra (através de um aumento de capital)? Em termos corriqueiros há quem lhe chame maquilhar ou varrer o défice para debaixo do tapete. Em termos técnicos, a transferência de dividendos da Caixa para o Estado faz engordar as receitas do Orçamento e, logo, baixar o défice. Já um aumento de capital da CGD, embora financiado pelo Estado (dono e senhor da Caixa, com 100% do capital) não entra para as despesas, e conta apenas para efeitos de endividamento do Estado. Conclusão: o governo consegue baixar o défice e transfere os encargos (os juros da dívida) para mais tarde.

Nota: em 2009, a CGD entregou 279 milhões e recebeu 1000 milhões….
Em 2008 entregou 300 milhões e recebeu de aumento de capital mais 400 milhões.

Anúncios
55 comentários leave one →
  1. Jorge Paulo permalink
    22 Fevereiro, 2010 17:40

    Se estes numeros estiverem certos, e eu acredito que etão a Caixa Geral de Depositos custou aos portugueses nos ultimos 3 anos, 2170 milhões de euros. CGD privatisada, JÁ.

    Gostar

  2. Anónimo permalink
    22 Fevereiro, 2010 17:51

    Isto é a parte que está à vista de todos. A outra será zero?

    Gostar

  3. Falcão Peregrino permalink
    22 Fevereiro, 2010 18:09

    No universo das empresas da CGD não haverá nenhuma que se dedique ao alterne?Pá sei que os boys só gostam de coisas politicamente correctas pelo que já sabem:voluntário para tomar conta da casa de putas ou paneleiros que não se deve discriminar…

    Gostar

  4. 22 Fevereiro, 2010 18:14

    AHAHAHAHAHAHAH

    Nada contra os privados… mas parece que os privados não gostam da CONCORRÊNCIA pública…

    NOTE-SE BEM: Os bancos privados suspiram por uma CGD privatizada… de facto, se a Caixa Geral de Depósitos não fosse pública… já andávamos todos a pagar (leia-se ser roubados diariamente) taxas de multibanco…

    Gostar

  5. lucklucky permalink
    22 Fevereiro, 2010 18:22

    “Caixa Geral de Depositos custou aos portugueses nos ultimos 3 anos, 2170 milhões de euros. CGD privatisada, JÁ.”

    Pois custou, e para nossa desgraça vê-se alguma manchete de primeira página jornais com isso? Algum Prós e Prós? Alguma abertura de Telejornal? Marcelo transformou em caso político?
    o Bloco transformou em questão fracturante?

    Não faz parte da narrativa pro-estatista dos jornalistas.

    Quem paga serão as gerações mais novas rapinadas pelas actuais de Sócrates a Soares passando por Cavaco.

    Gostar

  6. lucklucky permalink
    22 Fevereiro, 2010 18:28

    “privados não gostam da CONCORRÊNCIA pública2

    É preciso ser ignorante. Por definição é impossível haver concorrência Pública. Um privado não pode arrestar em sua casa porque você não pagou o aumento de imposto.

    Gostar

  7. 22 Fevereiro, 2010 18:28

    É por esta e por outras semelhantes que Paulo Rangel, quando afirma (citado num post abaixo) que «há questões estratégicas nacionais que têm de estar presentes», corre o sério risco de, no mínimo, ser entendido como enunciador de uma “boutade” até, no outro extremo, poder ser percebido como participante na célebre política de “mais do mesmo”. Cuidado, portanto.

    Gostar

  8. Joaquim permalink
    22 Fevereiro, 2010 18:29

    Caro Gabriel,
    S/ a redução do défice, é por isso que eles dizem:
    – Já o fiz uma vez e vou fazê-lo de novo (Sócrates e TS).

    Gostar

  9. Anónimo permalink
    22 Fevereiro, 2010 18:36

    “- Já o fiz uma vez e vou fazê-lo de novo (Sócrates e TS).”

    Já os fiz fazer um vez e vou fazê-los pagar de novo.
    Assim é que é.

    Gostar

  10. 22 Fevereiro, 2010 18:37

    Se não existisse a concorrência pública da PT andaríamos todos a pagar mais pelas comunicações…
    Se existisse uma petrolífera pública a fazer concorrência à cartelização da petrolíferas privadas… não andaríamos a ser ROUBADOS diariamente no preço da gasolina…

    Não é só a CGD… os privados têm de começar a levar com a concorrência pública em mais sectores de actividade…

    Nada contra os privados… mas parece que os privados não gostam da CONCORRÊNCIA pública… AHAHAHAHAHAHAH

    Gostar

  11. Jorge Paulo permalink
    22 Fevereiro, 2010 18:48

    Este sr MenVP deve ter vindo de Marte recentemente. Então a PT, a Galp, a EDP, etc é que nos defendem dos privados? Então a Galp, e a EDP, e a PT em parte não funcionam em regime de monopolio? porque é que os portugueses pagam os combustiveis, a energia, e as telecomunicações mais caros que a generalidade dos europeus? É por causa da concorrencia que o estado não deixa existir, pelo menos nos casos dos combustiveis, e da eletricidade. E não teem vergonha de vir praqui dizer asneiras.

    Gostar

  12. 22 Fevereiro, 2010 18:52

    Os privados possuem TODA A LIBERDADE para abrir negócios… mas eles querem é cartelização… e a CGD e a golden share na PT furam-lhes as contas AHAHAHAHAHAHAHAHAH

    Gostar

  13. S.Guimarães permalink
    22 Fevereiro, 2010 18:58

    A esta engenharia financeira, chama-se chico-espertismo.
    O estado faz aquilo para o que está mais habilitado… decompor a contabilidade pública.
    Cps
    S.Guimarães

    Gostar

  14. 22 Fevereiro, 2010 19:05

    Esta “caixa” é mesmo um mostrengo. Só existe porque os portugueses, também como consumidores, são uns tansos. A falta de eficiência e formação do pessoal é emblemática. E ainda há filas, se há…

    Gostar

  15. 22 Fevereiro, 2010 19:20

    OS VERDADEIROS XICOS-ESPERTOS: São aqueles privados que querem ‘deitar a luva’ às empresas públicas que são lucrativas… e que lhes estão a fazer concorrência… furando-lhes as contas duma cartelização…

    Gostar

  16. lucklucky permalink
    22 Fevereiro, 2010 20:02

    Cartelização faz o Estado e com a protecção do regulador. Vá ver os Preços da CGD e depois adicione os 2 Mil Milhões de Investimento do accionista forçado que são todos os Portugueses – e que não podem vender- e chega ao “lucro” negativo.

    Gostar

  17. Anónimo permalink
    22 Fevereiro, 2010 20:47

    Sempre tive muita esperança que o PS estivesse no governo o tempo suficiente para dar cabo da Caixa e tudo o que pudesse.

    Gostar

  18. Contribuinte Coimado, Perseguido e Contumaz... permalink
    22 Fevereiro, 2010 20:58

    Uma Caixa pública que apoia e financia berardos, finos e cª,lda. é certamente uma «boa caixa»..

    Gostar

  19. Anónimo permalink
    22 Fevereiro, 2010 20:59

    10 , por isso é que a PT é a operadora mais cara de todas , né? se não houvesse privados é que era uma chatice , pelo menos neste caso. assinatura e tal são coisas pt.

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    22 Fevereiro, 2010 21:01

    a pt só baixou preços porque foi obrigada pela concorrência

    Gostar

  21. 22 Fevereiro, 2010 21:19

    Veja-se os casos do Totta e da Cimpor (e outros casos se seguirão): muitos xicos-espertos apenas pretendem ser intermediários – transferência de empresas públicas para multinacionais…

    Gostar

  22. 22 Fevereiro, 2010 21:29

    O actual Governo merece um prémio:

    Conseguiu ser o PIOR de todos em 100 anos de República…

    Nem Vasco Gonçalves esbanjou tanto… e pelo menos criou o subsídio de férias e de natal

    Já o PS-Sócretino criou 1400 empregos no topo do Estado (só para assessorias)…

    Gostar

  23. castanheira permalink
    22 Fevereiro, 2010 21:31

    oh Menvp
    Há coisas que um socialista tem dificuldade em entender, não é?
    Com que então os monstros semi-publicos e monopolistas EDP ,PT , que fazem os portugueses pagar a electricidade e comunicações mais caras da europa é que fazem concorrencia ! ? Fazem concorrencia desleal com grande prejuizo dos cidadãos consumidores .
    Quanto á CGD é um sorvedouro do dinheiro dos impostos sacados aos portugueses e serve sómente para ser depósito de “boys” e instrumento jogadas subterraneas do poder politico.

    Gostar

  24. anti-comuna permalink
    22 Fevereiro, 2010 22:00

    O buraco financeiro do Estado continua a alargar-se. As receitas estatais com forte queda e a despesa pública cresce explosivamente. Nem com truques contabilisticos eles conseguem emendar o colapso financeiro do Estado português.

    Esperem pela pancada. Depois queixem-se que a culpa é dos malditos especuladores.

    A BANCARROTA JÁ É INEVITÁVEL!

    Quem avisa, amigo é. 😉

    anti-comuna

    Gostar

  25. Angélico da Conceição permalink
    22 Fevereiro, 2010 22:07

    O Zézito está mentindo com todos os dentes que tem na boca e o MST não consegue contrariá-lo.

    Este MST está ficando parvo…

    Gostar

  26. PRO-COMUNA permalink
    22 Fevereiro, 2010 22:24

    Estou de acordo com o sacana do «Anti-Comuna».

    Portugal vai der o berro, mas vamos ir atrás dos responsáveis.

    Fronteiras fechadas. Confiscação dos bens dos responsáveis pelo roubo e desastre. Entregar os responsáveis à justiça para julgamento.

    Gostar

  27. 22 Fevereiro, 2010 22:30

    A entrevista de MSousa Tavares foi como que uma requentada peça de teatro:
    Actor: JSócrates
    Contra-regra(percimonioso): MSTavares.

    Aliás, JS é um normal actor, que convence ignorantes e apparatchiks.

    Segundo Sócrates, a culpa de todos os casos, do Freeport à Escutas, é…da comunicação social…

    Gostar

  28. 22 Fevereiro, 2010 22:37

    Reparem que não é por nada que Miguel Sousa Tavares sai da TVI para a SIC…

    Da televisão independente, passa para umas das mais “dependentes” (e não é do PSD, podem ter a certeza)

    O coração e a cabeça esquerdista de Miguel Sousa Tavares impedem-no, muitas vezes, de ter a necessária frieza analítica… daí que regresse ao “jornalismo político”

    Gostar

  29. 22 Fevereiro, 2010 22:39

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Os chicos-espertos ‘preocupam-se’ é com a CGD, a PT… isto é… concorrência pública que lhes ‘furam as contas’ da cartelização…

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

    Vejam lá se os chicos-espertos se ‘preocupam’ com a privatização da CP…

    Gostar

  30. 22 Fevereiro, 2010 22:50

    Queiram aprender qualquer coisinha quanto a entrevistas de primeiras figuras políticas e outras:
    Todas essas entrevistas são combinadas; que perguntas ? Quais as hipóteses de contra-argumentação do entrevistador ? Quanto tempo para responder à pergunta A ou B ? Etc, etc.
    (E é se querem a presença do entrevistado…).

    A entrevista de hoje, e na vez de MSTavares, poderia ser um jornalista razoável COM A PERMISSÃO para colocar questões mais ou menos (qb) “incómodas”.
    Afinal, tanto “fogo”, aonde ?

    Gostar

  31. Dr Jekyll permalink
    22 Fevereiro, 2010 22:54

    perguntas incómodas?
    tais como,cara MJRB?

    Gostar

  32. 22 Fevereiro, 2010 22:58

    Toda a gente caiu em cima de Rui Rio por este pedir a determinados órgãos de comunicação social as perguntas que queriam colocar por escrito (o que é bem diferente de “negociar” as perguntas que são feitas… como o sr. PM)

    Em Portugal, os honestos pagam impostos e são cumpridores…

    Os “espertos” vão pela “faixa mais à esquerda” e “ultrapassam” o fisco…

    O “chico-espertismo” é, afinal, uma instituição nacional.

    O país continua a sua lenta e soporífera anestesia…

    Gostar

  33. 22 Fevereiro, 2010 23:07

    33,

    Escrevi “incómodas”, entre aspas, antecedido por um qb.

    Gostar

  34. Outside permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:13

    #32

    Meu caro, como em quase tudo, ou se estranha (e depois mais tarde numa galáxia longínqua se entranha) ou se entranha.

    MST, pela opinião, pela postura, por aquilo e tudo que dele conheço…entranha-se, escuta-se, pensa-se, racionaliza-se e inevitavelmente em (digamos) 80% concorda-se ou respeita-se a opinião de MST…mas simplesmente falo por mim (exceptuando opiniões futebolísticas ( inclinadíssimas mas compreendidas em qualquer paixão).

    Não falo apenas de opinião política, mas sociológica, de cidadania, de revolta, de multipluralidade cultural.

    Achou que parecia contra-regra, colocou todas, ou quase todas as questões, das mais óbvias às mais inconvenientes…gostei…a não ser que se aprecie mais o “jornalismo” de MMG, a divina sra. que pelo uso que decidiu fazer da sua profissão prestou uma fácil “defesa” de Sócrates! Aquilo nunca foi jornalismo!!!!

    Um desabafo apenas.

    Já revi a entrevista…colocou todas as questões

    Gostar

  35. 22 Fevereiro, 2010 23:13

    Obviamente, MSTavares tinha que “tocar” nas contas públicas, nos casos TVI e Escutas, entre outros. Estaria já ‘almofadado’ se não o fizesse. Só que o fez com pinças, leve-levemente, para não magoar.

    E quando um entrevistado refere o nome do entrevistador por mais de 20(!) vezes (oh…Miguel de Sousa Tavares…), nos momentos mais delicados, é porque estão bem um para o outro. Ou seja, previamente cordatos, sem “caneladas”…

    Gostar

  36. Dr Jekyll permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:14

    ahhhhhh! “incómodas”…. como as que o tavares fez… compreendi-te!

    Gostar

  37. agonia permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:16

    Haja piedade para os que ainda não chegaram ao ponto:
    “Sofro com uma doença chamada “mitomania”,e quero ajuda!!!?
    Minto desde os meus 4 anos de idade…e agora estou querendo parar de mentir…quero deixar de ser essa pessoa infeliz…
    quero ajuda, mas não encontro o caminho certo, gostaria de saber se alguém conhece alguma pessoa que tinha isso e se curou…
    por favor não zombem e nem levem na brincadeira,vcs não sabem o que é uma pessoa sofrer com essa doença…existem pessoas que enxergam como falha no carácter…direito deles de pensar assim,mas o que ngm sabe,é que detrás do mitômano existe um ser humano,que sofre,e não aprova o que faz…mas somos pessoas que não temos controle sobre nossa doença.pois somos controlados por ela…eu não aguento mais essa vida…quero mudar…mas nem sei por onde começar…já dei o pontapé inicial,assumir que sou uma doente que precisa de ajuda… mas quero encontrar a cura…
    gente…um mitómano é como um viciado em drogas……

    Gostar

  38. 22 Fevereiro, 2010 23:20

    Outside, 36

    Foi uma entrevista combinada ! Cordata. Sem “fogo”.

    Se V. montar o puzzle de todos os casos socretinos (mais a economia, as finanças, a dívida exterma, o desemprego, a emigração de recém-licenciados, o encerramento de fábricas, etc, etc), talvez concorde que hoje, MSTavares foi um entrevistador razoável e…sem “fogo” nem, fôlego.

    MST foi um amansado “animal feroz” perante “o” “animal feroz”.

    Gostar

  39. jupiter permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:21

    # 25, caro anti-comuna, de facto é incompreensível a política de avestruz exibida por todos, desgoverno e oposição perante a situação que se avizinha. Todos à espera que alguém de fora faça aquilo que ninguém tem coragem de fazer e sequer dizer. A única coisa boa deste quadro surrealista é ver o zézinho dizer que vai governar. Até ver.

    Gostar

  40. Outside permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:24

    A tristeza disto tudo é que as mais que faladas escutas, disponíveis para todos nós (que já li num voyeurismo estranho em mim) só cá estão, na praça pública…porque e tão só…a justiça não funciona, decadente instituição em que nenhum cidadão (exceptuando uma perpétua e infame minoria) tem direito justo, isento, igual!!!)

    Concordo com a divulgação das escutas…mas que tristes e infelizes realidades provocam essa concordância, emergente de uma aceitação de NADA, da falência moral e clara da Sra. da Balança !!!

    ..E só mais um pensamento…não há messias, nem no jornalismo. Sócrates cairá por inevitabilidade e auto-flagelação, tardiamente mas cairá…mas não fui eu que o elegi nem descortino um sério/digno/honrado opositor digno do meu voto…e isso, tudo isso é triste, é fado.

    Gostar

  41. PRO-COMUNA permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:25

    Hoje há uma série de «entrevistas».

    Todas elas bem combinadas…

    E PORTUGAL À BEIRA DO PRECEPÍCIO!

    Gostar

  42. O Chefe Máximo permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:27

    O Cheché dos Santos está nos Prós and Prós a pôr entulho no «pântano socretino».

    Gostar

  43. Outside permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:29

    Jocosamente e contra mim escrevendo…claro que este MST foi um pequeno leão, não amansado, acutilante e preciso na mesma, mas não tão feroz como já o vislumbrei…mas isso, isso foi há muito tempo, numa outra selva e savana !

    Gostar

  44. tripamoura permalink
    22 Fevereiro, 2010 23:47

    Eu até gosto de ver tanto impulso a pedir uma “purga” a todos os boys, ou a exigir mais eficiência e rentabilidade às empresas, públicas ou privadas, precisam todas de muita ajuda para conseguirem sobreviver em mínima concorrência, mas era de evitar misturarmos com a questão de uma empresa ter necessariamente que ser mais mal gerida sendo pública do que privada. Recordo que das públicas somos todos (indirectamente) um pouco accionistas e pela parte que me cabe detestaria vender o que quer que fosse neste momento em que tá tudo no penico, a preços de saldo. Nomeadamente uma fatia que resta da soberania nacional chamada CGD. Pensem nisso.
    cumps

    Gostar

  45. lucklucky permalink
    23 Fevereiro, 2010 09:52

    tripamoura se a CGD é mesmo de todos nós porque não distribuir a sua propriedade pelos Portugueses? Passamos a ser os acionistas. Assim não há milhões com a sua venda que vão para os bolsos políticos e limita-se o Poder corruptor do Estado.

    Gostar

  46. stop permalink
    23 Fevereiro, 2010 10:14

    só interesses mais dúbios podem por em causa a utilidade de empresas publicas que dão lucro ao estado.

    Gostar

  47. lucklucky permalink
    23 Fevereiro, 2010 10:23

    “só interesses mais dúbios podem por em causa a utilidade de empresas publicas que dão lucro ao estado.”

    Ora aqui está um grande apoiante da corrupção.
    São interesses dubios como os seus -talvez já tenha em vista um contrato com uma empresa publica só por pertencer ao mesmo partido- que lhe permitem dizer tal coisa. A outra alternativa menos má é que é apenas naif.

    Gostar

  48. stop permalink
    23 Fevereiro, 2010 12:04

    ora diga-me lá vestal pura e imaculada, no privado não há corrupção?
    qual é o mal de ter empresas no estado a darem lucro para aliviar os contribuintes. diga-me lá que ainda não entendi..

    Gostar

  49. lucklucky permalink
    23 Fevereiro, 2010 13:02

    Veja se entende uma coisa. Se o filho do patrão sobe a administrador e é incompetente quem sofre essa má decisão é só um número limitado de pessoas começando pelos próprios. O Capital que está na empresa é de pessoas que lá o colocaram de livre vontade.
    Se uma empresa publica faz o mesmo é o dinheiro de todos os Portugueses que são OBRIGADOS a terem lá os seus recursos que
    sofrem, não podem escolher.
    Mas é muito pior, pode forçar clientes a pagarem ao Partido X, pode servir para entrar em negócios onde está gente incomoda para o Poder , colocam a publicidade de acordo com a vontade do Poder.
    Acentuando a concorrência desleal, além de as Empresas Publicas que terem os recursos dos contribuintes mesmo daqueles que ainda não nasceram à disposição via dívida, ainda têm o regulador Estado a regular esse Mercado. A julgar em causa própria. Bloqueando a liberalização, incentivando que um dos Privados se alie ao Publico de modo a colher benefícios de leis e regulamentos que de outra maneira não existiriam.

    As empresas publicas são entidades corruptoras de toda a sociedade. Quanto maior o Estado mais corrupto é.

    E se for ver os aumentos de capital com recursos à dívida do Estado verá que muitas não dão lucro real como se vê pela CGD nos últimos anos.

    “darem lucro para aliviar os contribuintes”

    Que tal deixar o dinheiro no bolso dos contribuintes?

    Gostar

  50. stop permalink
    23 Fevereiro, 2010 13:19

    luckyluky a menos que venda iates continuo a não perceber a sua fixação em querer transferir lucros públicos para o privado. Querer fazer acreditar que a caixa dá prejuízo porque tem “maus admnistradores” ou gasta mais pioneses que os outros bancos é hilariante.

    Gostar

  51. Maroo permalink
    23 Fevereiro, 2010 17:14

    um portista doente que ainda acredita que o clube ganhou com mérito nas ultimas duas decadas é o apresentador perfeito para José Socrates … como diria um figurão do futebol … todos sabemos do que estamos a falar ….

    Gostar

  52. Basico permalink
    23 Fevereiro, 2010 17:22

    Estes numeros de algibeira sao idiotas.

    A CGD e a galinha dos ovos dourados do governo.

    E pegar nos relatorios e contas dos ultimos anos, e fazer a seguinte conta:

    Resultados Brutos – (impostos + dividendos ao accionista estado)

    Rapidamente se darao conta que a CGD paga todos os anos ao estado mais de 90% do que consegue gerar.

    Mais, os aumentos de capital resultam de:

    1 – muitos negocios que o estado obriga a CGD a tomar: BPN, Quimonda, etc;
    2 – incapacidade de aumentar a base de capital atraves de retencao de lucros por excesso de pagamentos ao accionista.

    Ou seja, este post, apesar de mostrar o truque contabilistico, e idiota.

    Gostar

  53. 24 Fevereiro, 2010 00:13

    O lucklucky é um caso típico de xico-esperto: ‘preocupa-se’ com a CGD, a PT… isto é… concorrência pública que ‘furam as contas’ da cartelização privada.

    Ele não se ‘preocupa’ com a privatização da CP, da REFER, etc…

    Gostar

  54. Maroo permalink
    2 Março, 2010 20:09

    artigo muito bom … claro e contundente …

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: