Skip to content

E depois da Troika? Mais socialismo, claro

21 Dezembro, 2011

A justificação para as medidas que estão a ser tomadas é a sua inclusão no acordo formado com a troika. A contestação a essas medidas por parte do PS passa por denuncar que essas medidas não fazem parte do acordo da troika. O que pressupõe que por nossa vontade e capacidade de análise nunca tomariamos medida alguma. E sobretudo anuncia que uma vez terminado o acordo voltamos à vidinha do costume, com muitos programas de apoio para isto e para aquilo, com muitos funcionários e muitas agências, institutos e fundações…. Como o governo se limita a anunciar que toma as medidas pq estão previstas no acordo com a troika o  modelo socialista continua como o paradigma da bondade e do bom governo, tendo sido foi apenas interrompido para que uns contabilistas ponham as contas em ordem. Quando tal acontecer os contabilistas serão corridos sobretudo pelos seus que fartinhos de não poderem competir com o discurso socialista do dar tentarão ser anda mais socialistas do que os socialistas. O que objectivamente nos traz outra troika para daqui a uns anos.

Ou o espaço não socialista se assume ideologicamente ou nunca terá legitimidade política, limitando-se a gerir crises como faz Passos Coelho e só o faz pq tem atrás de si a troika, ou voltam a funcionar como uma máquina de trucidar líderes, andando à procura do seu D. Sebastião em novas versões de Sá Carneiro ou Cavaco Silva. O socialismo continua o discurso natural do poder em Portugal (e não só). A única coisa que quebra esse estado de graça são os cofres absolutamente vazios (mas mesmo absolutamente pq se existir lá uma moeda as promessas do dar e do dividir funcionam) e gravíssimos escândalos pessoais. Ora tudo isto é transitório. Logo daqui a um tempo eles aí estarão prometendo almofadas, folgas… enfim uma sociedade acolchoada. E não haverá um discurso sustentado para desmontar tanta promessa e sobretudo legitimar que não se queira viver assim. Enfim resta-nos a demografia para explicar que o socialismo é inviável.

Anúncios
44 comentários leave one →
  1. lica permalink
    21 Dezembro, 2011 10:53

    MANUEL ANTONIO PINA in jornal de noticoas

    Um romance português

    Capítulo I: Em 2004, o Governo português era, como hoje, resultado de uma coligação entre o PSD e o CDS. O primeiro-ministro era Durão Barroso; Paulo Portas era ministro da Defesa. O Governo negociou então com o consórcio alemão GSC, de que faz parte a Ferrostaal, a compra de dois-submarinos-dois para a Marinha, que custaram a módica quantia de 880 milhões, negócio que desde cedo levantou dúvidas.

    Capítulo II: Ontem, um tribunal alemão condenou dois ex-executivos da Ferrostaal a dois anos de prisão e ao pagamento de elevadas coimas por suborno de funcionários públicos estrangeiros na venda dos submarinos. O tribunal deu como provado que a Ferrostaal subornou o ex-cônsul de Portugal em Munique, pagando-lhe 1,6 milhões de euros para que ele propiciasse “contactos com o Governo português”.

    Capítulo III: Em Portugal corre também no DCIAP, desde 2006, um processo sobre o negócio por indícios de tráfico de influências, financiamento partidário ilegal e corrupção. Em meados do ano, estava parado “por falta de meios”. Fora-lhe atribuído um só magistrado, que acumulava com outros processos; as traduções da documentação enviada pelas autoridades alemãs continuavam por fazer; ainda não tinham sido nomeados os peritos necessários ao prosseguimento da investigação…

    Final feliz: Durão Barroso é hoje presidente da Comissão Europeia e Paulo Portas voltou ao Governo e é agora ministro dos “Negócios Estrangeiros”.

    Gostar

  2. 21 Dezembro, 2011 10:54

    Então… já está com medo das eleições, não confia neste Governo?

    Calma ainda faltam 3,5 anos! Até lá e segundo as previsões deles mesmo isto aqui já estará em condições.

    E o povo nunca se esquece de quem nos fez bem… ou não será assim? Será que o povo só vai na cantiga dos partidos da oposição? Será que o povo só tem memória para os últimos meses (vá lá, para o último ano)?

    Confie mais nos portugueses, se confiou desta última vez, porque razão não há de confiar novamente?

    Gostar

  3. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 10:59

    oh !!!
    alguem tem duvidas disso .
    toda a gente sabe que o PS , só sabe “comprar votos” .Era para isso que usava os dinheiros do Estado e dos prestamistas semais que conseguia ir enganando com as emissões de divida do IGCP .
    Resta ver se ainda o Povo vai em cantigas de “primeiros estão as pessoas” e “e folgas e almofadas ”

    o socialismo do Partido Sarjeta , é uma cópia do cesarismo : Pão e Circo

    Gostar

  4. 21 Dezembro, 2011 11:11

    Ó Helena… A senhora insiste em ver o filme ao contrário, ou a tentar adaptar a realidade aos seus desejos. Continuar “na mesma”, é ter um profundo desprezo por tudo o que é atividade produtora de riqueza. Continuar “na mesma”, é defender que um país pode ser governado com truques contabilísticos. Continuar “na mesma”, é desvalorizar a importância de uma maior distribuição da riqueza. Continuar “na mesma”, é continuar a branquear as fraudes. Ora, isso é o que tem sido feito nas últimas décadas e continua com a “troika”. Qual socialismo, qual carapuça…

    Gostar

  5. Von permalink
    21 Dezembro, 2011 11:14

    Socialismos e troikas… Produtividade e exportações… Menos e mais Estado. A verdade é que continuamos atrasados. Os empresários, aqueles que têm o poder de inverter a economia, queixam-se, resmungam liberalizações laborais, pedincham ao tal Estado, desde contactos com o exterior a benesses fiscais, mas não vejo os mesmos empresários, em coro concertado, reclamar com o preço da energia em Portugal, claramente um factor essencial para uma concorrência mais eficaz com o exterior. Os factores de produção não se resumem a salários. A produção não se resume a linhas de produção e horas extra. Ao empresário pede-se uma contínua análise e reorganização ou reestruturação de métodos de trabalho, que não é a simples e conveniente dispensa de meios humanos sobrecarregando os que se mantém. A ideia muito portuguesa que o mesmo funcionário pode e deve desempenhar várias e diversificadas funções é amadorismo. Na Alemanha este conceito pura e simplesmente não existe. Tal como muitos trabalhadores, os empresários portugueses não são activos com grande qualificação. Assista-se a um Van Zeller ou um Nobre da Costa e as queixinhas são no mesmo tom de um Carvalho da Silva ou de um Mário Nogueira. Menos e mais estado… Urge uma romagem à Alemanha, Holanda, até a Espanha, e observar de perto como se trabalha, como se gere, como se organiza. Como os empresários não se refugiam nas horas extra ou em objectivos bacocos. Produtividade não implica horas a fio, mas sim horas bem trabalhadas. Meias horas extra são motivo de troça. Sobretudo por empresários que lutaram por preços mais acessíveis de energia, por vias de transporte de mercadorias mais eficazes, por cargas fiscais justas e por níveis de trabalho eficientes. Quando, ao passar a um domingo pelo parque de estacionamento de uma grande multinacional alemã, se verifica que os carros de empresa estão todos lá estacionados, percebemos que nós, os portuguesinhos, ainda estamos muito longe…

    Gostar

  6. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 11:17

    já agora faço notar que tanto cesarismo deu na queda de Roma …
    por semelhante já temos a canga fiscal … o pessoal romano já estava tão farto de impostos que não serviam para lhes garantir uma vida decente … que acolheram os barbaros com pouca oposição

    isto serviu no Imperio Romano do Ocidente quer no do Oriente … fartos de bizantinices e impostos , nem se incomodaram que os islâmicos os invadissem … ( depois f******-se , mas ainda lhes copiaram os textos de grego para arabe … o que deu um jeitaço para ” dourar a pilula ” de que a civilização islâmica é uma gde coisa … qdo não passavam de uns revoltados violadores de cabras e galinha … hoje igual )

    Gostar

  7. Outside permalink
    21 Dezembro, 2011 11:18

    A realidade é muito simples, matematicamente simples.
    Há um resultado (número) a ser apresentado daqui a dois anos, compromisso feito. (ponto)
    O modo como se atinge esse número, as medidas a tomar para o cumprir, os trilhos e caminhos a seguir para tal, são os mais variados, díspares, sem qualquer importância para além daquela que substancia a sua existÊncia…atingir o Número.
    O resto, o resto é palha. O resto, o resto é a matilha de cães a ladrar enquanto a caravana passa alegre e contente, ora rosa ora laranja.
    .
    .
    Então mas hoje sai uma notícia destas! um primor para os afortunados com humor negro como os blasfemos que por cá postam e nem um postzinho sobre esta ideia fantástica do delfim:
    http://aeiou.expresso.pt/rangel-sugere-agencia-para-portugueses-que-queiram-emigrar=f695648
    .
    Vá lá, só um postzinho a explicar e compreender este pensamento…nem que seja para explicar às mongas que por aqui populam como é possível um Sr. respeitável como o Dr. Paulo Rangel ter tido tal ideia.

    Gostar

  8. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 11:19

    ao Von

    Muito bem visto !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Gostar

  9. tina permalink
    21 Dezembro, 2011 11:22

    A crise abriu os olhos às pessoas para o que socialismo é realmente: viver à custa do dinheiro dos outros e não querer pagar no fim. Ou seja Socialismo = Chulismo institucionalizado.

    Gostar

  10. 21 Dezembro, 2011 11:23

    Pois: Cavaco, Barroso e Lopes, nunca criaram programas de apoio, aumentaram o número de funcionários públicos, institutos e fundações.
    .
    Se nos livrarmos dos socialistas, que há muito que deixaram de o ser, acabamos com a despesa e viveremos para sempre na terra do leite e do mel.
    .
    Simplismos da época.

    Gostar

  11. afédoshomens permalink
    21 Dezembro, 2011 11:25

    o jornal com grafismo melhor do mundo e arredores, parece que acerta numa das suas caches de capa: 6 meses: acabou o estado de (des)graça de passos coelho.

    Gostar

  12. 21 Dezembro, 2011 11:42

    O link do “Outside”(11:18) é sujestivo:
    http://aeiou.expresso.pt/rangel-sugere-agencia-para-portugueses-que-queiram-emigrar=f695648

    Fala o sr. Rangel na criação de uma agência para ajudar os portugueses a emigrar.
    Certamente o sr. Rangel, antes de ir para Bruxelas, foi ajudado e quererá que outros também o sejam, com informações acerca dos melhores restaurantes na zona de emigração e quiçá um curso de línguas.

    Gostar

  13. certo permalink
    21 Dezembro, 2011 11:43

    E depois?
    Lá deixa o depois, que para já chega. E está bonito. No forum de hoje da TSF, que dei a ouvir há dez minutos, vai bonito, de hipocrisia abaixo, acima, de incompetência, cinismo, mentira, e até um médico, muito bem falante, inteligente que baste, além de muito experiente, não se esqueceu de lembrar quantos e quantos ministro são incompetentes, sem preparação, piores, ainda piores que o de primeiro-ministro, que também não chegou lá, à média para entrar em medicina, mas dado a ministro (e primeiro) se torna no portento de sobranceria, capaz de ‘amandar’ suicidar os pobres, desempregados, sós, doentes, enquanto se sabe que uns quinhentos mil de portugueses, ‘amandam’ lá para fora, cada dia, milhões de euros que ele e a tróika, com o gaspar das dornas, fazem pagar à força aos desgraçados que mal ganham para comer e os sem emprego.
    Vai bonito. Não tem cartão, então emigra.
    E depois disto nenhuma consideração resta por quem nos trata assim como bestas .

    Gostar

  14. neototo permalink
    21 Dezembro, 2011 11:44

    Para o caro AC com o meu pésame por enfriar o seu entusiasmo ante a “Dona Merkel:

    Olhe bem para a data e abra (ou feche) os olhos segundo vc quiser …

    http://www.elpais.com/articulo/reportajes/Rescatar/Grecia/seguir/vendiendole/armas/elpepueco/20100926elpdmgrep_5/Tes

    Gostar

  15. tina permalink
    21 Dezembro, 2011 11:45

    O CafédosHomens, faccioso como é, ainda não percebeu que PPC se está nas tintas para o seu estado pessoal de graça ou de desgraça. Se assim fosse seria muito burro todas estas declarações desassombradas que ainda por aí a fazer, que as reformas serão metade no futuro, que os professores têm de emigrar, etc.

    Gostar

  16. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 11:52

    lá estamos nós da politiquice , e spin dos comentadores do Partido Sarjeta

    Gostar

  17. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 11:54

    até o Socrates emigrou , ó gente sem alma

    o tinhoso não tinha por cá bons cursos de Ciencia Politica ?
    qto custará a segurança , que pagamos , do modelo armani em Paris ?

    Gostar

  18. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 11:55

    deviamos pedir a extradição do Socrates

    afinal tb temos bons cursos no Novas Oportunidades … hoje glorificado por uma Comissão de bonzos do regime central

    Gostar

  19. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 11:56

    a passear e comer croissants á custa do contribuinte … isso não

    brioches e poucos

    Gostar

  20. certo permalink
    21 Dezembro, 2011 11:59

    E no entanto, ó tina, dizia o homem, naquela comiseração piedosa, há uns meses, que pedia desculpa aos portugueses por assinar um tal de PEC que lhes retirava um bocadinho de nada de já não sei quê … que hipocrisia.
    Dispois, à menina que o questionava sobre ainda vir a retirar o subsídio à mãesinha, que não, isso nunca tiraria, o mentiroso, capaz de dar o dito por não dito como o portas e pior que o ingenheiro que já ia … inda de impostos, o mesmo, e que tratante descarado nos saiu don sonsinho !

    Gostar

  21. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    21 Dezembro, 2011 12:03

    FORNIQUEM QUE NEM COELHOS E TUDO O QUE VIER CRIA-SE…
    http://bulimunda.wordpress.com/2011/12/21/memories-award-winning-short-student-film-cada-vez-mais-sem/

    Gostar

  22. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    21 Dezembro, 2011 12:03

    Brasil brasileiro…the same mistake?

    http://www.bbc.co.uk/news/business-13932991
    s Brazil’s economic boom a bubble ready to burst?
    By Mark Broad Economics reporter, BBC News, Rio de Janeiro
    Rio de Janeiro cityscape of buildings Rio de Janeiro’s property boom underlines the speed of Brazil’s economic expansion
    Continue reading the main story
    Related Stories

    UK plc wakes up to Brazil chances
    Brazil interest rates hit 11.75%

    “House prices in some parts of Rio are up nearly 80% in the past year,” says Ronaldo Coelho Netto, an estate agent in Rio de Janeiro, looking up at a new development near the city centre.

    The Paco Real residential area is in a part of the city that was previously only considered a des-res by Rio’s criminals and drug lords.

    But times have changed and a new mood is sweeping the country.

    Football’s World Cup comes to Rio in 2014 and the Olympics in 2016. The vast oil reserves off the city’s coast will begin pumping crude imminently.

    Like Brazil as a whole, Rio is booming and the city’s new middle class have caught the property owning bug.

    The house price boom shows no immediate signs of abating.

    Raids led by armed squads of police are not the traditional route to pulling up property prices, but it’s working in Rio.

    Gostar

  23. certo permalink
    21 Dezembro, 2011 12:05

    E mais eu tenho cartão laranja e laboro a segundo na câmara do meu lugar, com orgulho, já digo, mas não posso é com sobrancerias ou deste ou daquele, que para mim dá ao mesmo, se é falta de educação, falta de classe e caráter, é abuso e canalhice .

    Gostar

  24. tina permalink
    21 Dezembro, 2011 12:15

    Olha o Certo, que apoia ditadores assassinos e vem agora dizer que não pode com canalhice. Hipócrita, ainda julga que alguém acredita numa palavra do que diz.

    Gostar

  25. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    21 Dezembro, 2011 12:17

    FAÇAM BROCHES DIZ O 1 MINISTRO FAÇAM AS VOSSAS MULHERES PUTAS VENDAS OS VOSSOS FILHOS AOS VELHOS PORCOS ALEMÃES PEDÓFILOS…COMAM OS VOSSOS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO DESEMBARACEM.SE DOS VOSSOS PAIS VELHOTES DÊEM-LHE CICUTA..MAS EM DEZEMBRO DE 2013 O DEFICIT TEM DE SER ZERO..AH E SE FOR POSSÍVEL EMIGREM TODOS E ALIMENTEM-SE DE CARNE HUMANA TORNEM-SE CANIBAIS…ASSIM SEMPRE SE RECICLA E SE POUPA

    Gostar

  26. Outside permalink
    21 Dezembro, 2011 12:17

    Tá certo, como se lhe importasse, ao primeiro, nas palavras da tina ou pipa, a graça ou desgraça, da menina ou do velhinho, do doente ou do recém licenciado.

    Gostar

  27. tina permalink
    21 Dezembro, 2011 12:26

    Enquanto que o mariquinhas do Seguro diz-se sempre “chocado” com isto e aquilo, mesmo dengoso aquele tipo, julga que assim agrada ao povo mas só causa é repulsa.

    Gostar

  28. tina permalink
    21 Dezembro, 2011 12:29

    Coitado do Ifigenio, o comentador dos links que ninguém vai ver, deu-lhe alguma coisa muito má.

    Gostar

  29. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    21 Dezembro, 2011 12:33

    a tina não foi assim que subiu na vida vendendo o corpo então….ah e não preciso que me vejam os links ..não forço ninguém a emigrar para os ditos…não percebeu a mensagem subliminar? é que se os fins justificam os meios vale tudo mas tudo mesmo…
    P.s- mas olhe que vão e não são assim tão poucos …para si ..

    Gostar

  30. IFIGENIO OBSTRUZO permalink
    21 Dezembro, 2011 12:36

    Vá lá tome isto e bom natal..apesar de …

    Gostar

  31. tina permalink
    21 Dezembro, 2011 12:49

    Obrigada Ifigénio, um white Christmas também para si.

    Gostar

  32. afédoshomens permalink
    21 Dezembro, 2011 12:52

    o taxista mete as mudanças demasiado tarde, o carro range em protesto, e ele continua assim a viagem toda, é exasperante, como se fosse surdo ou não soubesse conduzir. Não digo nada, não tenho autoridade: às vezes demoro anos a mudar de velocidade.

    Gostar

  33. afédoshomens permalink
    21 Dezembro, 2011 12:53

    enquanto isso, Urgências dos centros de saúde aumentam 163 por cento.
    siga para bingo!

    Gostar

  34. tric permalink
    21 Dezembro, 2011 13:27

    1 de Janeiro de 2012 é um bom dia para sair do Euro! Ano novo, moeda nova…
    .

    Gostar

  35. lucklucky permalink
    21 Dezembro, 2011 14:18

    O PSD é na mesma soci@lista. Direita Soci@lista.
    -Aumentou o Estado. Apoiou em parte forçado por Cavaco 25% da Dívida de Sócrates.
    .
    A alienação dos jornais da esquerda da realidade é tanta que vêem miragens de “folgas” e “almofadas” mesmo que nem se tenha começado a pagar a dívida e o défice real seja de 8%. Ou seja a Dívida continua a aumentar.

    Gostar

  36. anti-comuna permalink
    21 Dezembro, 2011 14:20

    “Para o caro AC com o meu pésame por enfriar o seu entusiasmo ante a “Dona Merkel:
    Olhe bem para a data e abra (ou feche) os olhos segundo vc quiser …”
    .
    .
    Não percebi o seu ponto. Acaso eu tenho a ver com esses negócios? Se existe corrupção, é combater essa mesma corrupção. Que é isso que fazem na Alemanha, como se viu nos últimos dias. Se a Grécia continua a comprar armas, mesmo com os problemas que tem, esse é um assunto polémico, pois aquele país não pode deixar a sua defesa em mãos alheias. Claro que é polémico, mas não nos esqueçamos o que se está a passar junto das suas fronteiras. É um risco para eles e até para os europeus. E é melhor vender as armas à Grécia que sermos nós depois a fazê-lo por eles.
    .
    .
    De resto, não percebi o seu ponto, mas se me explicar qual o problema…

    Gostar

  37. Dédé permalink
    21 Dezembro, 2011 14:36

    Pois então que se assumam e apresentem a eleições com essas soluções miraculosas. Não o façam é à sorrelfa como agora, que prometeram uma coisa e estão a afazer outra.

    Gostar

  38. Zebedeu Flautista permalink
    21 Dezembro, 2011 14:38

    Depois da troika há de vir a perestroika. Desmantela-se o estado e divide-se os bens pelos tugas.

    Gostar

  39. 21 Dezembro, 2011 15:22

    ora nem mais. a regularidade das vindas do fmi é espantosa.até quando é que vamos deixar que nos ponham a pão e água ciclicamente para poderem continuar a xuxar lagosta suada é que eu gostava de saber.

    Gostar

  40. Arlindo da Costa permalink
    21 Dezembro, 2011 17:08

    Com a troika temos COMUNISMO À CHINESA.
    Gasparov ontem dixit.
    Se depois da Troka troika tivermos «socialismo», vejo nisso alguma evolução positiva.
    Uma evolução para a Liberdade e para a Justiça Social.

    Gostar

  41. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 17:11

    que tontice ó Arlindo

    O PS vai novamente rebentar com as finanças públicas a “comprar votos ” com o Social , aí dos subsidios e rendimentos minimos …

    filme já visto …

    o socialismo portugues está a nú

    Gostar

  42. honni soit qui mal y pense permalink
    21 Dezembro, 2011 17:12

    qual Llberdade e Justiça Social !!!!!!

    deve haver muita passa por aí ?

    Gostar

  43. antonio slva permalink
    21 Dezembro, 2011 18:51

    quem me pode explicar como é que um simples licenciado em economia, com uma média final de curso mediocre (qualquer média inferior a 12 valores é mediocre, pois significa que simplesmente andou a passear livros, neste caso durante 8 anos para fazer um curso de 4) consegue ser professor numa instituição de ensino superior onde por lei só devem leccionar mestres e doutores e ainda por cima com centenas de mestres e doutores no desemprego, nas escolas secundarias ou em empresas a trabalharem como secretários ou estafetas? sim falo do 1º ministro PEDRO “PALHAÇO” COELHO, pois claro…. é este o portugald e futuro do PSD e do CDS? o portugal asente numa cultura de mérito e de qualificação? para todso os PSD, principalmente PASSOS COELHISTAS eu tenho um desejo de natal, a saber, QUE ACABEM TODOS, O MAIS RÁPIDO POSÍVEL A COMER MERDA DE CÃO E VEJAM O VOSSO VIZINHO, ANALFABETO, INCOMPETENTE E INÚTIL A SER CONTRATADO PELO GOVERNO E A GNAHAR 5 MIL EUROS POR MÊS, ENQUANTO VÓS OU OS VOSSOS FILHOS, EDUCADOS E LICENCIADOS, VÃO OU FIQUEM NO DESEMPREGO POR NÃO TEREM BONS PADRINHOS E BOAS CUNHAS…. PASSEM BEM CAMBADA DE FASCISTAS DE MERDA

    Gostar

  44. António Joaquim permalink
    21 Dezembro, 2011 18:51

    Ai filha, estou mesmo à espera que comecem a cair os convites para a reedição das festas na Quinta Patinõ, os jantares para angariação de fundos para os pobrezinhos, o brincar à caridadezinha, ai que saudades dos bons velhos tempos.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: