Saltar para o conteúdo

implacável

22 Outubro, 2015
by

Como aqui já tinha dito, o Partido Comunista jamais entraria num governo liderado pelo PS e com o Bloco de Esquerda. E como hoje se ficou a saber, o dito acordo com o PC será apenas de incidência parlamentar, o mesmo é dizer que o PC vai cheirar, mas não inalar. E compreende-se: o objectivo principal do Partido Comunista é eliminar o Bloco de Esquerda, o seu principal concorrente e adversário, que o ultrapassou nas últimas eleições e, pelo caminho, aproveitar para prejudicar o PS o quanto puder. Viabilizará, embora com reservas declaradas, o programa e o orçamento do governo Costa e não poderá ser acusado de ser responsável por manter a direita no poder, nem pelas medidas impopulares que o governo de Costa vier a tomar. E, quando lhe for mais conveniente, atirará o governo abaixo, alegando que os compromissos foram traídos e que o governo é, afinal, de direita. Por isto, um PS consciente jamais se meteria em semelhante trapalhada. Mas, se não houver por lá ninguém que impeça o disparate, pagará caro o que vier a fazer. Quanto ao Bloco, nem a alma se salvará: o abraço do velho urso soviético será implacável.

60 comentários leave one →
  1. 22 Outubro, 2015 20:48

    O discurso de Cavaco foi de uma limpidez exemplar.
    NUNCA dará posse a nenhum governo onde estejam aqueles que são contra os princípios basilares de Portugal, seja como membros ou como assinantes de um qualquer papelinho de incidência parlamentar
    Costa & Cia podem esquecer, com ele nunca se sentarão no poleiro.

    Liked by 1 person

    • AntónioF permalink
      23 Outubro, 2015 09:33

      Triste fado este…
      Não, não foi de uma limpidez exemplar, foi somente, como tudo na sua vida politica, expectável, de alguém que, não tendo mais nada para fazer na presidência do país – a não ser, como sempre, trampa – passa algum do seu tempo, inútil, a ler o que se escreve nos blogs.
      E nessa leitura, que Venerando Chefe de Estado fez, assustou-se com dois comentários, que passando a modéstia, são meus (claro que é anedota!). Ora vejam:

      https://blasfemias.net/2015/10/07/a-estupidez-campeia-pelo-ps/#comment-1930172 (nomeadamente o ponto 3)

      Reescrevo-o: «3 – Sobre o «lixado» e a «a humilhação pública» que refere. Essa seria, em meu entender, Cavaco ter que dar posse a um governo PS-BE-PCP! Isso sim, seria terminar um mandato lixado e humilhado publicamente! Creio, inclusivé, que este argumento não será displicente, atendendo a todo o mandato do actual Presidente da República, e será uma importante parcela nas «contas» que [a]inda terão que ser feitas, amputando o Presidente – por vontade do próprio-, de fazer a prova dos nove! Em meu entender, esse facto por si só, valeria um governo de seis meses!»

      https://blasfemias.net/2015/10/21/e-o-que-merecemos/#comment-1934499 (aquilo que o país verdadeiramente pensa sobre o seu passado)

      Vestindo o fato de formiga, foi sempre e verdadeiramente uma CIGARRA, CIGARRA

      Está lá tudo!

      Gostar

      • anonimo permalink
        23 Outubro, 2015 14:22

        mas alguém te lê para lá de verificar se continuas a dar erros com o verbo AVER ? Alguém liga ao que escreves ? Vai-te catar, pá. Presunção e água-pé cada qual bebe a que quer.

        Liked by 2 people

  2. Jorge permalink
    22 Outubro, 2015 20:53

    Cavaco foi implacável e arrasou a falta de patriotismo e o golpismo do PS. O melhor discurso de sempre. Cavaco mostrou mais uma vez ser um patriota e um europeísta. Não podia ter feito melhor intervenção. Fez o que se esperaria dele. Sinto, hoje, que valeu a pena votar duas vezes nele. Obrigado, Cavaco!

    Gostar

  3. Fafe permalink
    22 Outubro, 2015 20:59

    Eu acho que o costa é um monhé geograficamente inculto, porque em lado nenhum se aceitam traidores. Disse!

    Gostar

  4. Chopin permalink
    22 Outubro, 2015 21:09

    Não houve golpe. O prof. Cavaco esteve à altura das circunstâncias. Com um Sampaio com Nódoa ou sem ela, seria quase certa a tragédia.
    Parabéns ao PR.
    No entanto, a organização sinistra prepara já a sabotagem. Os interesses partidários acima dos de Estado. Eis o que diz o filho do Godfather:

    «O deputado socialista João Soares reagiu esta quinta-feira à decisão do Presidente da República, antecipando qual será a votação do PS numa futura moção de rejeição ao programa de um Governo da coligação liderada por Passos Coelho. “Inevitavelmente, Passos Coelho vai cair”, resumiu o ex-autarca de Lisboa depois classificar o anúncio presidencial como uma “contradição com tudo o que disse”.».

    Gostar

  5. Jorge permalink
    22 Outubro, 2015 21:41

    Quanto mais vezes o sobrinho do Savimbi e filho do Godfather vier à TV perorar a favor de uma frente com os comunas, mais votos o PSD e o CDS ganham.

    Gostar

  6. 22 Outubro, 2015 21:47

    rui.a,

    Depois da posição de Cavaco, pensei chegar aqui e ver uma discussão seria e adulta. A começar pelo Fado e acabar no orabolas, que tristesa. Fiquem bem

    Gostar

    • António C. Mendes permalink
      22 Outubro, 2015 22:13

      Mas ó Bolota, volte sempre. Não deixe esta gente órfã dos seus contributos sérios e adultos. E de qualquer maneira, você queixa-se do quê? Ganhou outra vez homem! Não deprima.

      Gostar

    • anonimo permalink
      22 Outubro, 2015 22:14

      Gostar

    • colono permalink
      22 Outubro, 2015 23:19

      Camarada ( com C grande) não te esqueças do tacho que te pedi… Qualquer secretário de Estado serve…. Bolotinha eu tenho-te apoiado em tudo… e contra todos.

      Fala de mim ao Camarada Jerónimo!

      Obrigado e Deus ( se fores cristão) te ajude:

      Amen Camarada

      Gostar

  7. Almeida permalink
    22 Outubro, 2015 21:49

    Rui a:
    O que diz sobre a estratégia PC face ao governo, é válido para qualquer partido e para qualquer governo: apoia-se enquanto está de acordo com os nossos princípios; deixa-se de apoiar quando não está.

    Quanto à estratégia PC face ao BE, é estranha. Grande parte dos eleitores do Bloco vieram do PS e para lá irão regressar em caso de desilusão. Os actuais bloquistas que vieram do PC, podem ir para qualquer lado, excepto regressarem às origens.

    Gostar

    • rui a. permalink*
      22 Outubro, 2015 22:17

      Não é assim. Se o PC estivesse de acordo com os princípios do possível governo Costa não se limitaria a um apoio parlamentar de circunstância, aceitava entrar para o governo. Tudo o mais são jogos florais.

      Gostar

      • anti-comuna permalink
        22 Outubro, 2015 22:28

        Eles, o PCP, apenas querem evitar a subida do BE e um eventual colapso do seu apoio popular. Mas nunca garantiam um governo, pelos vistos, apenas um Orçamento.

        O Cavaco está de saída mas sem perder a sua capacidade de martelar na esquerda radical. Em último caso, haverá novas eleições.

        Vamos é ver como os deputados do PS votam na AR. Desconfio que muitos deles irão abster-se e o governo do Passos Coelho passará.

        O Cavaco afinal não é a Raínha de Inglaterra. 😉

        Gostar

      • António C. Mendes permalink
        22 Outubro, 2015 22:31

        Jogos florais e uma rédea curta que só um tontinho com o Costa julga que não lhe aplicam. Detesto o PS, discordo frontalmente com a maior parte da sua matriz de atução nos últimos 40 anos, mas terei todo o orgulho e consideração pelos não alinhados com este parvo que tem a oportunidade de o pôr no seu sítio. Desejo-lhes sorte e coragem.
        Passam 40 anos do 25 de Novembro. As comemorações começaram hoje. Vamos ver como acabam.

        Gostar

      • Almeida permalink
        22 Outubro, 2015 22:43

        Rui a:
        Dando como adquirido que o PC recusa participar no governo e o Bloco aceita (o que, neste momento, me parece dedução mais do que arriscada), tal só será possível através de um acordo de princípios. Isso quer dizer que:

        1º) mantêm a independência em tudo o que não esteja previsto nesse acordo;
        2º) o prazo de validade da unidade, expira quando o acordo for rompido.

        Quer isto dizer que é indiferente estar ou não no governo.

        Depois, parece-me que se esquecem de que o PC já esteve no governo em Portugal, o que não impediu os seus sindicatos de fazerem enormes mobilizações e dinamizarem aquelas que talvez tenham sido as greves mais radicais alguma vez vistas em Portugal.

        Gostar

      • rui a. permalink*
        22 Outubro, 2015 22:48

        Não Almeida, repare:

        1º Não fiz qualquer dedução, mas uma constatação: Costa anunciou que o acordo é de base parlamentar e o PC nunca disse mais do que o PS terá condições para formar governo;

        2º As suas duas condições são inerentes a um governo de coligação, seja ela qual for.

        Gostar

      • anti-comuna permalink
        22 Outubro, 2015 23:06

        “Costa anunciou que o acordo é de base parlamentar e o PC nunca disse mais do que o PS terá condições para formar governo”

        Segundo aquilo que foi público, tudo aquilo que o Azelha Derrotado cedeu aos comunas (incluindo aqui os bloquistas) implica um aumento brutal da despesa pública. E violaria o PEC. Esse Orçamento até poderia passar na AR mas seria vetado politicamente pelo Cavaco. Na prática, enquanto for este o Presidente, o PS nunca conseguirá governar em plenitude.

        Além do mais há outro aspecto. O PR pediu um governo maioritário, logo, um acordo para quatro anos. Aquilo que veio a público era de que apenas seria conseguido, pelo Azelha Derrotado, um acordo para apenas um ano. Ou seja, um Orçamento. Orçamento esse que violaria o PEC, logo, vetável pelo PR.

        O Cavaco espetou uma valente martelada no Azelha Derrotado. Mesmo que consiga derrubar o Passos Coelho, mesmo que consiga ser indigitado pelo PR, terá sempre nele, no Cavaco, o “líder da oposição”. E enquanto ele lá estiver, o PS nunca será mesmo um governo em plenitude, se se colar aos comunas.

        Estive a ouvir de novo o comunicado do Cavaco e ele é claro. Passa a batata quente para o PS e para a AR. Mas diz claramente que, com ele na PR, não haverá um governo dependente dos comunas, anti-europeístas e contra a NATO. Ele chega ao ponto de referir isso mesmo, mostrando que leu os programas eleitorais dos partidos comunas. O PCP e o BE.

        O Azelha Derrotado terá força política para enfrentar o Cavaco, além da cooligação? Não o creio. Mesmo que consiga que os seus deputados votem ao lado dele, na AR.

        Penso que este ponto é clarinho como a água. O Cavaco tornou-se no rosto mais visivel da oposição ao Azelha Derrotado. E enquanto for ele o PR…

        E o Rebelo de Sousa? O que tem a dizer sobre isto? Isto é que importava saber. Não a posição do comentador mas a do canddtato a PR. Se não souber lidar bem com este assunto, o Rui Rio volta a ganhar alento em ser um potencial candidato da direita. Basta que o Marcelo não se ponha ao lado da direita e o Rui Rio defenda a mesma solução que o Cavaco.

        Esta crise política ainda agora começou. 🙂

        Gostar

      • Almeida permalink
        23 Outubro, 2015 15:11

        Ó anti-comuna: esse comentário nem parece seu de tão ingénuo. O Cavaco fez, o que faz sempre que não pode impor uma medida (porque o homem nunca gostou muito de contraditórios…) e limitou-se a passar a “batata quente” para quem vier a seguir. A única parte lúcida do seu comentário é quando se interroga sobre o que terá o Marcelo a dizer disto tudo. Pois é: que terá a dizer?

        Gostar

  8. Fafe permalink
    22 Outubro, 2015 21:49

    O Jony? Diz que, pelo aspecto, terá alegadamente caído com uma aeronave a nove vírgula oito metros por segundo quadrado. Claro que eu não acredito em possibilidades.

    Gostar

  9. queima beatas permalink
    22 Outubro, 2015 21:53

    Para bom entendedor, Costastrófico.

    Gostar

  10. JP Ribeiro permalink
    22 Outubro, 2015 21:56

    Mas é triste assistir ao PS a ser toureado desta maneira pelo PCP. Os comunistas devem-se estar a rir desalmadamente da figura que fazem os seus maiores inimigos. E para ajudar à festa até tem agora o João Soares – o dos diamantes, como lhe chamavam, a puxar por eles…

    Gostar

  11. anti-comuna permalink
    22 Outubro, 2015 22:07

    A esquerda trauliteira e parasita de Portugal está a comer o sapo vivo. lol

    Lembram-se quando eles pediram ao Sampaio para derrubar um governo com maioria absoluta na AR? O que eles diziam então?

    Agora é a mesma coisa. lol

    O Cavaco tem legitimidade própria e não deseja um governo do Syriza em Portugal. Enqanto depender dele… 🙂

    E o Rebelo de Sousa o que tem a dizer sobre este assunto?

    Imagem dedicada à esquerda radical e parasita. Bom apetite!

    Gostar

    • anti-comuna permalink
      22 Outubro, 2015 22:15

      O Cavaco ganhou o respeito da Direita nos últimos momentos da sua vida política como PR. Está de parabéns.

      http://tinyurl.com/qhyk63w

      Gostar

      • anti-comuna permalink
        22 Outubro, 2015 22:45

        O problema do Azelha Derrotado não é apenas chegar ao governo. Pode até chegar ao governo mas depois precisa que o PR lhe aprove o Orçamento. Orçamento esse que, face ao tornado público, poderá conhecer um brutal aumento da despesa pública sem as medidas que corrijam esse mesmo aumento. O Azelha Derrotado conseguirá obrigar os comunas a aceitar um corte da despesa noutras rúbricas para compensar esse aumento da despesa? Ou aumentará a carga fiscal para pagar esse aumento da despesa?

        O Azelha Derrotado está agora entalado, tanto na AR como pelo PR. Que lhe poderá vetar os orçamentos. lol

        Os jogos políticos em Portugal estão mesmo interessantes. 🙂

        Gostar

      • anti-comuna permalink
        22 Outubro, 2015 23:27

        E os deputados socialistas? Não compreendem que isto é o que irá mesmo ocorrer, caso os comunas dominem o seu partido?

        http://tinyurl.com/owkmyrb

        Em termos meramete políticos, este cenário agrada à direita. Em termos meramente de jogos partidários e ideológicos. O país perdia imenso e sofreria ainda muito mais. Mas no médio e longo prazo, a direita, em especial o PSD, muito teria a ganhar com esta estratégia imbecil do Azelha Derrotado. É evidente para qualquer um, com bom senso.

        Mas o país iria sofrer muito mas muito mais se o Azelha Derrotado continuar nesta estratégia suicida. E isso não deveria agradar a ninguém, incluindo aqui a direita moderada.

        Gostar

      • anti-comuna permalink
        22 Outubro, 2015 23:59

        O António Barreto está em grande forma:

        http://tinyurl.com/o3yg7xm

        Uma voz lúcida que deviamos ouvir com bastante atenção.

        Liked by 1 person

  12. jojoratazana permalink
    22 Outubro, 2015 22:40

    O apelo do sr. Cavaco, para que os mercados martelem Portugal, no caso de ser formado um Governo PS, com o apoio do BE e do PCP. É um acto de traição à pátria, um comportamento simplesmente vergonhoso, absolutamente incompatível com o cargo que ocupa.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      23 Outubro, 2015 04:41

      Estás a dizer que o teu esquerdismo não funciona sem o dinheiro dos outros?

      E que depois ameaças não pagar chamando nomes feios aos mercados?

      Gostar

    • Sem Norte permalink
      23 Outubro, 2015 04:57

      Concordo camarada joratazana, os governos deviam de poder gastar como bem entenderem e os investidores deviam de ser obrigados a emprestar não segundo as taxas que eles acham mas segundo as taxas que os democratas das amplas liberdades exigirem.

      Gostar

      • Baptista da Silva permalink
        23 Outubro, 2015 08:35

        A taxa não interessa, a esquerda não paga, gere.

        Gostar

    • jojoratazana permalink
      23 Outubro, 2015 12:43

      O discurso de Cavaco Silva, só pode causar estranheza a quem não o conhece. Este homem, nunca foi um democrata, nem faz a mínima ideia do que isso é. Quem acha que os cidadãos que não comungam das suas ideias, não faz parte da sociedade, é digno de pena. Nada a esperar, de um V.M.I. (vaidoso, mesquinho e invejoso) como Cavaco.

      Gostar

  13. Buiça permalink
    22 Outubro, 2015 22:44

    Em bom rigor se o Costa alguma vez lá chega tem a “direita responsavel” para aprovar medidas de austeridade e os trotskistas e leninistas para aprovar despesas e limitações a investigação de politicos.
    Obviamente um governo desses de cravos e ferraduras poderia ser dizimado numa próxima eleição se votassemos por ideologias, ou premiado se o centrão visse resultados positivos da experiencia.
    Continuo a não entender porque raio não pode o PR clarificar tudo da única forma eficaz: com novas eleições. Porque é ele obrigado a nomear um governo PS caso o de Passos caia?

    Gostar

    • 23 Outubro, 2015 00:41

      Buiça: caso o governo Passos caia, segundo a Constituição o PR pode (ou deve?) ouvir o segundo partido mais votado, neste caso o PS.
      Se este não apresentar uma proposta de governo “estável, duradoura, credível”, o PR mantém o governo Passos em gestão até o próximo PR marcar novas eleições, lá para meados de 2016.
      Neste momento de fim de mandato, o PR não pode marcar novas eleições, por isso, fica adiado para meados de 2016.
      Esclareci as dúvidas?

      Gostar

      • anti-comuna permalink
        23 Outubro, 2015 01:01

        “Se este não apresentar uma proposta de governo “estável, duradoura, credível”, o PR mantém o governo Passos em gestão até o próximo PR marcar novas eleições, lá para meados de 2016.”

        Pode nem precisar disso. Basta-lhe vetar o Orçamento. E mantém o governo do Azelha Derrotado em “gestão” e a dividir-se. O PS ficará partido em dois. Os apoiantes do Syriza e os pró-europeus e democratas. A prazo pode significar o fim do PS tal como o conhecemos.

        Entretanto a direita precisa de um candidato a sério e que siga a lógica do Cavaco. Se o Rebelo de Sousa for o do costume, um cata-vento, pode perder o apio da direita e vir a surgir um Rui Rio ou até mesmo um Durão Barroso, que entra na corrida declaradamente como uma luta contra o novo Siryza Português. Entra na corrida na luta contra o novo PREC.

        O Cavaco está de saída mas não o Passos Coelho. E este está de pedra e cal na liderança da direita Portuguesa. Tem o PSD na mão, pode “fazer” um novo PR e manter-se na luta contra o novo PREC durante bastantes anos.

        É interessante que se vê muitas análises a este momento político e quase todos estejam com os olhos postos no Azelha Derrotado, alguns até acham que ele está sob a pata do imbecil político, mas estão a subestimar, como tem sido costume nestes últimos anos, a capacidade do líder da coligação. Mas não. Se há hoje uma personalidade que lidera indiscustivelmente a direita é ele. E ele ainda é novo e, ao contrário do que se possa pensar, ele ainda irá capitalizar bastante o salvamento de Portugal da bancarrota.

        Ainda há dias a TVI divulgou uma sondagem em que, após as eleições e conhecidos os seus resultados, a coligação subiu nas intenções de voto. E, ainda mais importante, o Passos Coelho tirava votos a todas as forças políticas da, ainda, oposição. E, tal como em 1985/6, se conhecerá o sentido do “atrás de mim virá quem de mim bom fará”. E, portanto, Passos Coelho é a peça essencial da política Portuguesa. E muito mais, mas muito mais que o Azelha Derrotado.

        Se ele, o Passos Coelho quiser, pode lançar uma nova candidatura, secar o Rebelo de Sousa, e tentar meter na PR um tipo que defenda o fim da tentativa do PREC, que se está a tentar fazer em Portugal. E, face aos candidatos fracos que os partidos de esquerda apoiam, desde o Nódoa ao padreco do PCP, é legítimo pensar que o Passos Coelho poderá conseguir um PR que defenda o fim desta tentativa de PREC.

        Em todo o caso, quem me parece que se arrisca a partir todo é o… PS. 😉

        Liked by 1 person

      • Sem Norte permalink
        23 Outubro, 2015 05:04

        Isso seria mais um erro da direita, entre um governo de gestão e o costa mais pc, mais vale entregar o governo ao pc e assim os portugueses mais jovens virem as virtudes da extrema esquerda.
        Bastava a troika atrasar 1 mês o dinheiro em 2011, e o pagamento de salários da função pública e reformas seria pago apenas integralmente até 1000,00, acima disso seria percentagem em dinheiro e o resto em títulos de dívida, muita gente acordava, a direita tem de deixar de ser burra e limpar sempre a merda da esquerda.
        Mais vale o governo do costa pcp do que um governo de gestão.

        Gostar

  14. Filipe Fernandes permalink
    22 Outubro, 2015 22:45

    O Kosta já esteve mais seguro na cadeira do Largo do Rato

    Gostar

  15. Filipe Fernandes permalink
    22 Outubro, 2015 22:46

    Um tábua ensaboada e quanto mais depressa melhor
    Melhor para o PS
    Melhor para Portugal

    Gostar

  16. 22 Outubro, 2015 23:03

    Mais um post sobre o fim do bloco? Daqui a 10 anos o bloco devia fazer uma antologia destas palermices.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      23 Outubro, 2015 00:14

      Concordo. Os “Idiotas úteis” ganharam a Esquerda.

      Gostar

  17. Pavlov and his dog permalink
    22 Outubro, 2015 23:31

    Grande Cavaco, homen com H grande, como Portugues e patriota quero agradecer nao ter dado o poder a idiotas e traidores da patria.
    Que Deus o ajudo… Obrigado

    Gostar

  18. Larápio permalink
    22 Outubro, 2015 23:37

    Vamos encher a Alameda da Fonte Luminosa para explicar ao PS que não queremos para o país o Costinha golpista?

    Gostar

  19. LICAS permalink
    22 Outubro, 2015 23:58

    Diogo Câmara PERMALINK
    13 Outubro, 2015 01:49
    Vocês ainda lêm essas tretas do PREC? Eh pá estamos no século XXI e até o PCP já apresenta padres como candidatos a PR. Modernizai-vos!
    _____

    Pois o Socialismo do século XXI, vem a ser o tal do Chávez-Maduro:.
    isn´t it?

    Liked by 1 person

  20. lucklucky permalink
    23 Outubro, 2015 00:13

    “Quanto ao Bloco, nem a alma se salvará: o abraço do velho urso soviético será implacável.”

    Errado.

    Tem de perceber que o Bloco representa uma cultura bem estabelecida.

    O jornalismo – nacional e internacional – é feito maioritáriamente por pessoas da área do bloco, a maioria das Universidades fora da área das ciências duras tem muita gente da área do Bloco.
    A narrativa que vê no Telejornal ou seja as notícias que são escolhidas e as que são censuradas são maioritáriamente por pessoas da área do Bloco.
    O Bloco tem grande força no Publico, no Expresso, na SIC, RTP etc…

    O Bloco não vai desaparecer tenha este ou outro nome. São os “idiotas úteis” que ganharam a Esquerda.

    E olhando para o PS envergonhado de ser PS serão a força dominante da Esquerda.

    Liked by 1 person

  21. Expatriado permalink
    23 Outubro, 2015 00:24

    Em breve, se não amanhã, os cães vão ser largados nas ruas…

    Gostar

  22. LICAS permalink
    23 Outubro, 2015 00:50

    Lucklucky
    Wishful thinking…

    Gostar

  23. Portela Menos 1 permalink
    23 Outubro, 2015 01:28

    rui a. está a ser muito precipitado; os seus desejos são só isso, desejos.

    Gostar

  24. Portela Menos 1 permalink
    23 Outubro, 2015 01:37

    e também sou adepto do BE editar uma brochura com todos os artigos (jornais/blogs/comentários) em que anunciaram a sua morte; só o blasfémias tinha direito a um capitulo 🙂

    Gostar

  25. 23 Outubro, 2015 02:48

    23.10.2015
    02:12
    Governo: PS aprova moção de rejeição a Governo PSD/CDS sem votos contra.

    Gostar

  26. Diogo Câmara permalink
    23 Outubro, 2015 03:06

    Continuais em pânico. O PCP está se cagando para as vossas análises. Façam um upgrade nessas cabecinhas de esferovite.

    Gostar

    • LICAS permalink
      23 Outubro, 2015 07:21

      O “down-grade”__Discussõ séria, Bolota

      1975__12.46%
      1976__14.39
      1979__18.80
      APU 1980__16.75
      APU 1983__18.07
      APU 1985__15.49
      CDU 1987__12.14
      (1989__cai o muro)
      CDU 1991__ 8.80%
      CDU 1995__ 8.57
      CDU 1999__ 8.99
      CDU 2002__ 6.94
      CDU 2005__ 7.54
      CDU 2009__ 7.86
      +PEV 2011__ 7.91

      Enquanto forem coerentes com o Marxismo-Leninismo
      (Stalinismo) estou-me rindo deliciado.e tranquilo.

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      23 Outubro, 2015 07:51

      “O PCP está-se cagando para as vossas análises”
      E quando é que um marxista leninista está importado com análise seja de quem for?
      Se não for do partido é absolutamente imperativo arranjar-lhe um paredão uma espingarda e uma bala.
      Se for do partido e “analisar” é absolutamente imperativo arranjar-lhe um paredão , uma espingarda e uma bala.
      Qual é a dúvida?

      Gostar

  27. Hajapachorra permalink
    23 Outubro, 2015 04:38

    O discurso de cavaco é de uma inabilidade e inconsciência inacreditáveis. Não podia ter feito maior favor à esquerda. Só tinha que indigitar o Passos e mais nada. Ficava com balas na câmara e lançava a confusão nas hostes do ps. Assim uniu aquela tropa fandanga toda. É preciso ser muito cretino para pensar que aquilo foi um grande discurso.

    Gostar

  28. Fazuma Mamade Amin Faisal permalink
    23 Outubro, 2015 06:57

    costa, assim não vale…

    beijocas

    Gostar

  29. rhianor permalink
    24 Outubro, 2015 00:12

    Muito bonito, mas esquecem-se que eles podem pelo menos durante seis meses aprovarem as leis que quiserem…

    Gostar

    • 24 Outubro, 2015 02:07

      E o que podemos fazer?
      O BE já meteu os projectos-lei para a adopção das crianças pelos gays e revogação da taxa moderadora no aborto!
      Acha que será possível revertê-las?

      Gostar

Trackbacks

  1. A estratégia do PCP | O Insurgente

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: