Skip to content

Ó inclemência, ó martírio

14 Maio, 2016

os preços do arrendamento estão a subir e a dificultar a procura de autonomia” – lêe-se no DN a propósito da dificuldade de arrendar casa em Lisboa. A reportagem escrita a partir de Marte intitula-se: Rendas afastam jovens do centro histórico de Lisboa

Em Marte não se sabe claro que estes jovens aspiram a algo que era impossível na geração dos seus pais: alugar uma casa em Lisboa, fosse onde fosse.

Não quererá o DN fazer uma reportagem com  pessoas de 40 e 50 anos intitulada: Como eu tive de comprar um andar na periferia? Ou Quando eu fiz de conta que vivia na casa de uma tia octagenária para lhe herdar o contrato de arreendamento. Ou ainda Quando eu dei mais que um ordenado mínimo para que uma agência me mostrasse uma casa para alugar e afinal nem a casa nem a agência existiam

Advertisements
3 comentários leave one →
  1. Carlos Conde permalink
    14 Maio, 2016 13:37

    Gostei
    Um sábado bem inspirado.

    Gostar

  2. Arlindo da Costa permalink
    14 Maio, 2016 14:55

    Fantasias de mercado virtual que os neo-liberais tugas nos andaram a vender.
    Fantasias.

    Gostar

  3. insider permalink
    14 Maio, 2016 17:37

    Como eu tive de comprar um andar na periferia
    os diversos governos, autarquias, patos-bravos e salgados explicam…

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: