Skip to content

As casas de banho para as pessoas trans, o casamento gay e as barrigas de aluguer já eram

20 Maio, 2016

Agora é a vez do poliamor: El poliamor sale del armario Avisem já o Bloco, mais a  ILGA e a SIC Noticias para fazer um programa “Se fosse consigo”. Contratam quatro actores que fazem de poliamorosos, mais outro muito feio  que faz de bronco contra o poliamor e no fim aparecem os líderes da geringonça  a falar da importância do amor a quatro (sim, porque a Heloísa apesar do glifosato manté-se na relação por causa do Jerónimo!) Só a vaca coitadinha terá de esperar para entrar no assunto mas também lá chegaremos.

Advertisements
18 comentários leave one →
  1. ali kath permalink
    20 Maio, 2016 10:47

    se pudesse tinha um harém
    detesto a promiscuidade física

    Gostar

  2. Pita permalink
    20 Maio, 2016 10:51

    Esperemos que a vaca tussa. Ou que as vacas passem a tossir. É só o que falta.

    Gostar

  3. EMS permalink
    20 Maio, 2016 10:57

    Eu gosto tanto de ver os liberais manifestarem o seu apreço á liberdade de escolha.

    Gostar

  4. Paulo Dias permalink
    20 Maio, 2016 11:13

    Fosse o Cavaco a fazer uma gracinha com o sorriso de uma vaca, isso sim era pacóvio, “infantil”, provinciano, “bronco”…inculto. Admirável mundo novo este!!!
    Cara Helena, que não lhe faltem as forças para prosseguir uma tão justa luta pela verdade. É que a mim, não poucas vezes, só me apetece fugir não sei para onde….
    Abr, paulo

    Gostar

  5. O Bronco permalink
    20 Maio, 2016 11:25

    Modéstia à parte, não sou muito feio, mas se for necessário um bronco para cascar no poliamor, contem comigo.

    Passo recibo verde? Alguma hipótese de passar a efectivo, reforçando o significativo rol de broncos da SIC?

    Gostar

  6. Filipe permalink
    20 Maio, 2016 11:29

    Poliamor sempre existiu em Portugal, mas o povo não é tão fashion e chama à coisa encornanço ou p*t*do.

    Liked by 1 person

  7. PiErre permalink
    20 Maio, 2016 11:31

    Eu mais quatro fêmeas jovens e bonitas, aceito!

    Gostar

  8. Filipe permalink
    20 Maio, 2016 11:32

    A tugalhada tem elites burras e incultas e andam atrás das teorias do Norte.

    Os protestantes tiveram puritanismo por isso agora são obcecados com sexo.

    Não não precisamos de nada disto pois o povo nunca foi puritano. Só algumas elites de famílias da burguesia e ligadas ao Estado Novo ou do Norte mais católico, mas nunca representaram a maioria da população. Nesses tempos havia de tudo na minha terriola desde traição descarada a paneleiragem…

    Gostar

  9. Tiradentes permalink
    20 Maio, 2016 12:24

    Já que o poliamor está a sair do armário, proponho a poligamia registada em cartório
    ahhhh e já agora a zoofilia também, que isto do amor não tem nada a ver com sexo
    É que pretendo casar com uma sardinha ( ou várias) para as salvar do genocídio que os tugas promovem pois fiquei a saber que elas também tem sentimentos.

    Gostar

  10. Colono permalink
    20 Maio, 2016 12:27

    De todas as simplixidades a que mais me fascinou:

    ” Os bebés passam a ter médico de família à nascença”
    … isto quando centenas de milhares de cidadãos e cidadonas nunca os viram!….

    É mais fácil uma vaca voar do que acreditar nesta geringonça!

    Gostar

  11. Meio Vazio permalink
    20 Maio, 2016 13:12

    Estou com o Alberto Gonçalves: juntem-se as causas fracturantes todas (e inventem-se ou imaginam-se outras tantas para nosso sossego futuro) e legalizem-se por atacado. Ganhamos todos (…excepto o Calhau, perdão, Bloco de Esquerda que, provavelmente, definhará).

    Gostar

  12. Ana Vasconcelos permalink
    20 Maio, 2016 14:51

    Mas porque é que não lhe chamam poligamia? Ou poliandria? Porquê dar à coisa um nome pimba?

    Liked by 1 person

    • 20 Maio, 2016 18:54

      “Tiremos à expressão todo o dramatismo / Por ser para ti eu uso um eufemismo”

      Barrigas de aluguer = maternidade de substituição
      Aborto = interrupção involuntária da gravidez
      Poligamia = poliamor
      Paternidade, maternidade = parentalidade
      Marido, esposa = cônjuge
      Sexo = género
      Marxismo cultural = politicamente correcto

      etc etc etc

      Gostar

  13. Arlindo da Costa permalink
    20 Maio, 2016 19:57

    Oh gente da minha terra!
    Tanta ignorância, foleirismo e provincianismo!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: