Skip to content

Terapia de bala

14 Junho, 2016

Um indivíduo, simpatizante de um grupo de jihadistas conhecido por assassinar pessoas em praça pública, entrara com intenção de matar pessoas num bar frequentado por homossexuais, disparou indiscriminadamente sobre quem está na sua vida e matou 50 pessoas. O grupo terrorista islâmico, ISIS ou Daesh – como lhe quiserem chamar, que eu chamo-lhe filhos da puta – advoga uma versão extremista do Islão que, através de violência extrema, pretende a aniquilação de todos os que considera infiéis ou apostatas para a criação e manutenção pela força de morteiro de um grande califado. Homossexuais, mulheres suspeitas de cometerem adultério, crianças do lado errado da rua, cristãos, judeus, ateus, desgraçados e pessoas em geral que não caiam no goto dos indivíduos são, taxativamente, executados em público, envergonhando o mais selvagem dos animais da Terra.

Este parolo chama-lhe “homofobia”. Portanto, o labrego-mor desta terrinha onde Judas perdeu as botas acha que um indivíduo mata 50 pessoas por medo (fobia) de pessoas do mesmo sexo. É, é isso: matou-as por medo, coitadinho, que estava assustadinho. Agora já não tem mais medinho, terrores nocturnos e suores frios, está curadinho. É um milagre, para gáudio de meio-milhar de aspirantes a labregos que metem o coraçãozinho no tweetzinho do sociopata que nos governa.

Advertisements
41 comentários leave one →
  1. Procópio permalink
    14 Junho, 2016 00:21

    O kosta é bom em promessas. Quando sai do trilho, domina mal o português e farta-se de dizer asneiras. Não tem mal, assim é que o povo gosta. Até ver.
    Se a liberdade vencesse o ódio a composição da cetral de negócios era outra e até se corria o risco de se transformar na AR.

    Liked by 2 people

    • 14 Junho, 2016 00:31

      Na mouche !

      Gostar

    • oscar maximo permalink
      14 Junho, 2016 09:18

      Como ex-candidato a presidente, tendo em atenção a próxima parada gay, deve promover contactos para organizer uma parada multi-sexual, para alargar o leque de escolhas.

      Gostar

  2. 14 Junho, 2016 00:31

    Post certeiro e demolidor para o AC-DC.

    Gostar

  3. Arlindo da Costa permalink
    14 Junho, 2016 01:11

    O feitiço virou contra o feiticeiro.
    Os EUA é que criaram estes monstros. Talibans, sauditas, ISIS, etc.
    E antes apoiava os combatentes da «liberdade», ma Tetchénia e Afeganistão…agora recebem a paga.
    Os russos é que tinham razão ao varrer Grosny do mapa e rebentar com os maltrapilhos dos talibans no Afeganistão.

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      14 Junho, 2016 11:09

      desde o século primeiro que a culpa é dos EUA

      Liked by 1 person

      • Tiradentes permalink
        14 Junho, 2016 11:11

        e foi assim com os Kmers vermelhos e com a revolução cultural na China e com o paredon do Che Guevara em Cuba, os goulags na Russia……tudo culpa dos EUA

        Gostar

  4. Chopin permalink
    14 Junho, 2016 04:56

    O Kosta e amigos enchem a boca de liberdade. No entanto, sabe-se como abafam a dita. Controlam ferozmente a imprensa. Just crooks!

    Na noite seguinte ao massacre do Carlinhos Hebdomadário, a TV francesa promovia uma mesa redonda ou oval, em que o tema era a islamofobia. Naturalmente, era preciso evitar que os muçulmanos fossem vítimas de preconceito. Porque os europeus brancos são muito preconceituosos.

    Segundo a Wikimérdia o Breivik é:

    “Anders Behring Breivik (Oslo, 13 de fevereiro de 1979) é um terrorista cristão da extrema-direita norueguesa, e o autor confesso dos atentados na Noruega que mataram 77 pessoas e feriram outras 51 pessoas, no dia 22 de julho de 2011.”
    Um crime motivado pela sua formação cristã, é óbvio.

    Já o bom do Omar é:

    “Omar Mir Seddique Mateen (November 16, 1986 – June 12, 2016)[10] was an American mass shooter/mass murderer. He killed 49 people and wounded 53 others in a mass shooting at the Pulse gay bar in Orlando, Florida, before being killed in a gunfight with the police.”

    Portanto, tenham cuidado não encontrem por aí algum terrorista cristão ou algum mass shooter homofóbico que não tenha nada a ver com o Islão.

    Liked by 1 person

  5. Jorge permalink
    14 Junho, 2016 06:55

    Um traidor. UM mentiroso compulsivo.

    Gostar

  6. 14 Junho, 2016 08:31

    E estamos nós entregues a estes FDPs …

    Gostar

  7. ali kath permalink
    14 Junho, 2016 08:49

    a paneleirada do ‘CU ARREBENTADO’ vai ter problemas
    isto foi o cu-meço

    Liked by 1 person

  8. 14 Junho, 2016 09:08

    É isto!

    Gostar

  9. 14 Junho, 2016 09:48

    Boa! a novilíngua serve para tudo. Neste caso para tapar o islão.

    Liked by 1 person

  10. sam permalink
    14 Junho, 2016 10:29

    Ontem, um terrorista assassinou em França duas pessoas ligadas às forças de ordem.
    É a políciofobia em acção. Viva o amor. E as algemas.

    Liked by 1 person

  11. JP Ribeiro permalink
    14 Junho, 2016 11:31

    Este PM não tinha nível nem para porteiro da CML, mas sabe-se lá como chegou a presidente. Ainda arranjou 569 acessores para gostarem do tweet.
    A casa é farta, o estado é rico, só os portugueses continuam pobres.

    Liked by 1 person

    • Manuel permalink
      14 Junho, 2016 11:56

      Além dos assessores existem as agências de comunicação ( antigo SNI do Estado Novo) que gerem a imagem dos presidentes e 1ºs ministros. Entre várias tarefas, uma deve ser fazer tweets para o 1º Ministro, como o funcionário deve ser um analfabeto funcional sai diarreia mental. Os líderes dos governos/países são cada vez mais títeres manipulados pelas agências de comunicação. Obama é o expoente máximo da propaganda e um bom actor.

      Liked by 2 people

  12. 14 Junho, 2016 11:36

    A Esquerda, no fundo, no fundo, até simpatiza com os radicais islâmicos. Acha giro, deve dar-se liberdade a toda a gente, e tal. Tudo bem, se há um mais radical que mata pessoas, deve ser punido.
    Mas se alguém se manifesta radicalmente contra a Barbárie e quer acabar com ela, é a Extrema-Direita em ação e aí, com essa, é que não pode haver contemplações. Lá vem a ladaínha de sempre, os fantasmas do passado.
    É assim na Europa, nos Estados Unidos e no Mundo inteiro.
    O Obama, depois do massacre no bar gay, diz que é preciso rever a lei das armas.
    A conversa é a mesma do camarada Costa. Este diz que o problema é a homofobia.
    A Esquerda já deu o que tinha a dar, ou melhor, a Esquerda de hoje já só dá merda.
    O Povo tem que perceber isto. Da Esquerda já não leva nada.
    Os tempos são outros. Que se afirme a Liberdade e a Justiça e se desmascare a Esquerda das políticas e dos discursos ultrapassados.
    Se olharmos para o passado e pensarmos bem, verificamos que os dirigentes da Esquerda reivindicavam a Liberdade para eles atuarem livremente. Os regimes que implantaram restringiram ferozmente a liberdade do povo.
    Portanto não nos devemos deixar embalar pelos discursos do Obama ou do Costa.
    São ópio para o povo!

    Liked by 1 person

    • DanteAL permalink
      15 Junho, 2016 00:25

      De facto a Hilary Clinton tentou entregar o Egipto à irmandade muçulmana.

      Gostar

  13. Tiradentes permalink
    14 Junho, 2016 11:59

    VC vê-se mesmo que não percebe nada disto. Foi um ataque de pânico discotecófobico

    Liked by 1 person

  14. Pedro permalink
    14 Junho, 2016 13:20

    Ó ilustre etimólogo amador, obrigado pela lição, ainda por cima grátis. A fiscalização da origem das palavras nunca é demais para esta raça de labregos ignaros, que nunca aprenderam grego na escola. Coisas da decadência da civilização, etc. Mas a verdade é que o sufixo fobia tanto tem sido usado como sinonimo de medo, como de aversão, que, por sua vez, pode significar ódio, daí que…

    Gostar

    • 14 Junho, 2016 13:22

      Lexicofóbico. Também pode ser heterofóbico e, desconfio, cerebrofóbico.

      Gostar

      • Pedro permalink
        14 Junho, 2016 13:54

        Hã? O “cerebrofóbico” quer dizer que não pensam, não é? Está giro, Vitor. Mas eu estava a tentar explicar-lhe que os sufixos fobia ou fobico são normalmente usados também no sentido de ódio.

        Gostar

      • 14 Junho, 2016 14:09

        E eu estava a explicar-lhe que usar um tronco de árvore no recto não substitui exame à próstata.

        Liked by 1 person

      • Pedro permalink
        14 Junho, 2016 14:19

        Então, porque é que estava a explicar-me isso, Vitor?

        Gostar

      • 14 Junho, 2016 14:24

        Porque o Pedro pediu. Aliás, se o Pedro não fosse preconceituoso, perceberia que foi um ataque só a homens, discriminando as mulheres. Ora, há homens homossexuais e há mulheres homossexuais, mas ele só matou homens. Vai-se a ver e odeia homens em geral, não a sua sexualidade.

        Os modernos de esquerda são como mosquinhas, comem tudo o que lhes metem à frente.

        Liked by 1 person

      • Pedro permalink
        14 Junho, 2016 14:34

        Isso foi muito inteligente, Vitor. Como ele só matou homossexuais homens, e há homens homossexuais e mulheres homossexuais, não tinha ódio aos homossexuais, mas apenas a homens no geral. Bem visto.

        Gostar

      • 14 Junho, 2016 14:40

        Está a ver? Com um salário de consultor para a choldra de esquerda ainda conseguiria melhor.

        Liked by 1 person

      • 14 Junho, 2016 14:49

        léxico islamico — Sodomia dá 5 anos de pildra na Indonésia (país moderado)

        Gostar

  15. Manuel permalink
    14 Junho, 2016 14:17

    Pedro: estamos face a mais um ataque terrorista islâmico e o assessor do Costa que fez o tweet escreveu que era um ataque homofóbico, ou seja, papagueou o Obama. Se o Trump ganhar, os muçulmanos na América só de chip, ou coisa do género.

    Gostar

  16. 14 Junho, 2016 16:29

    Um tipo escreveu no twitter:

    “afinal foram terroristas homofóbicos e não Islâmicos, obrigado, cheguei a pensar que isto tinha a ver com o islão.”

    Usam a homofobia para branquear a ideologia de ódio do Islão.

    Para Obama tratou-se de um “acto de extremismo doméstico”!!!

    Gostar

    • Manuel permalink
      14 Junho, 2016 18:12

      E o branqueamento é global: li a mesma conversa em Londres, no Brasil e na América. Os gays são parte dos movimentos culturais Gramscianos e todos os dias devem emitir a doutrina “autorizada”, só pode ser, está tudo a dizer o mesmo.

      Gostar

      • Pedro permalink
        15 Junho, 2016 09:29

        Os gays são parte dos movimentos culturais Gramscianos? Hahahaha

        Gostar

  17. bintoito permalink
    14 Junho, 2016 18:12

    Ele há com cada um?! Demasiado básico e sem sentido, pois pelo prisma avançado por este imitador falhado de filósofo, ser livre também poderia ser escolher quem se quer abater.

    Gostar

    • 14 Junho, 2016 20:56

      No mesmo twitter um sujeito respondeu ao imitador assim:

      “Ser livre também é poder escolher quem nos governa. As contas públicas vencerão o oportunismo.”

      Liked by 1 person

  18. 14 Junho, 2016 19:06

    Parece que o enraba cabras era um rabeta mal resolvido [http://www.tmz.com/2016/06/14/omar-mateen-gay-ex-wife-fiance-talks-orlando/]. Quem é que devemos culpar agora?

    Gostar

  19. Arlindo da Costa permalink
    14 Junho, 2016 23:09

    Os kmers vermelhos eram apoiados pelos EUA e pela China para derrubarem os vietmanitas, apoiados pela URSS.
    Cabecinhas quadradas a destes comentadores residentes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Gostar

Trackbacks

  1. A Esquerda dividida entre dois amores | perspectivas

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: