Skip to content

Bonifácio vs Eastwood (ou o pussy que cai no engodo)

11 Setembro, 2016

João Bonifácio, cronista do Público, achando que escrevia um texto inteligente sobre Clint Eastwood, acabou a demonstrar que é, ele próprio, um exemplo perfeito da pussy generation, como caracteriza o realizador. Em muitos aspectos, é interessante esta meta-identificação: lança-se o isco, um Bonifácio fisga-o, com a devida distância cómica de nenhum leitor saber, no momento em que se senta para ver Sully (2016), quem é o tal de Bonifácio.

Optando por declarações de pessoas tão ideologicamente isentas como Daniel Oliveira, homem que passou anos a defender Louçã e a escrever ridículos manifestos prontamente engavetados no momento em que Tsipras bate de trombas com a realidade, Bonifácio demonstra-nos que é um pussy ao publicar o ex-bloquista a afirmar que “ele [Eastwood] já apoiou tudo o que há de mau”. Só um pussy se esqueceria de perguntar a Oliveira se mantém sobre a Geringonça o que escreveu em 2005 ou se também já dá por si a apoiar tudo o que há de mau:

Voltemos ao básico: antes das eleições, Sócrates disse que não aumentaria os impostos. Agora, Sócrates não tem legitimidade democrática para os aumentar. A democracia é isto: diz-se ao que se vem, recebem-se os votos e cumpre-se. Não faltam alternativas, por exemplo, na saúde, principal responsável pela derrapagem orçamental. Porque se o programa de governo fosse inevitável, mais valia pôr Vítor Constâncio como primeiro-ministro. É verdade que descobre tudo em momentos muito convenientes. Mas, pelo menos, tem sempre o mesmo programa de governo, seja qual for o governo. Só lhe faltam mesmo os votos. Um pormenor.

in (extinto e apagado) Arrastão

Mas Bonifácio é um pussy, sobretudo, por, dando voz a mais uma declaração de Oliveira, não perceber que o seu artigo será lido por todos como parte da agenda azeite-progressista do Público, com “Gran Torino é um filme sobre o preconceito mas em que há uma aproximação entre as duas partes. Mas essa aproximação não é igualitária: é o miúdo que se americaniza”. O artigo de Bonifácio a criticar Eastwood até seria boa ideia, mas a abordagem não parte de uma base intelectual igualitária: é Bonifácio quem se pussyfica.

Anúncios
21 comentários leave one →
  1. Carlos Alberto Ilharco permalink
    11 Setembro, 2016 12:30

    Há uma Lei imutável da vida.
    Daqui a mil anos ninguém saberá quem foi João Bonifácio, Vítor Cunha e eu próprio (no meu caso bastarão meia dúzia).
    Mas um ou muitos vão ainda ver e rever os seus filmes e falar sobre eles, bem e mal.
    Bem como sobre o homem.
    Por isso, para quê preocuparmo-nos com o que Bonifácio escreve?
    No dia seguinte da magnífica crónica (que aviso já não li nem lerei) embrulhou peixe.

    Liked by 1 person

    • 11 Setembro, 2016 21:07

      Sorte a dele, porque, se tivesse na Venezuela, seria utilizada em vez do luxo dos venezuelanos que, ao que parecem, comem três vezes por dia, quando uma chega.

      Gostar

  2. Rafael Ortega permalink
    11 Setembro, 2016 13:49

    Claro que os milenials são, na generalidade, uns pussys de primeira.

    Estamos a falar de uma geração entre os 20 e os 35, que cresceu a ouvir os mais velhos dizer coisas do género “fulano tal tinha toda a razão, mas pela forma como falou perdeu a razão”.

    É também uma geração filha de casais em que, pelo facto de as mulheres trabalharem e não dependerem do salário do marido, teve mais divórcios. Quem não conhece casais divorciados em que as crianças são umas completas bestas, sem rei nem roque, porque cada um dos pais tem medo que as crianças vão fazer queixinhas ao outro progenitor? Pois essas crianças crescem e tornam-se em adultos pussys, que não sabem ouvir um não, nem obedecer a uma ordem.

    Há muitos mais motivos para uma grande geração de pussys, mas Clint Eastwood tem razão, há uma grande massa humana com ouvidos de cristal e que fica histérica quando ouve qualquer coisa que não está dentro do seu enquadramento politicamente correcto.

    Liked by 1 person

  3. 11 Setembro, 2016 15:01

    CEastwood, extraordinário actor e muito bom realizador/argumentista, tipifica como cidadão o pensamento e acção do norte-americano “normal” que também tem algumas disfarçadas ramificações nalguns democratas. Porque republicano convicto, não se esperaria dele outra coisa senão o apoio qb ao inefável e destrambelhado DTrump. Certamente só por isso: dever partidário.

    Mas o que me espanta neste post é o destaque (e perda de tempo) que o VCunha dá à evidente vulgaridade interesseira –repito, interesseira– protagonizada desde há anos pelo DOliveira.
    (Não sei quem é o Bonifácio nem li o artigo).

    Liked by 1 person

    • 11 Setembro, 2016 21:17

      A Hilária deve ser melhor cão-didacta. Ouvi dizer que lá por Benghazi gostam muito da diversão que lhes proporcionou.

      A Arrábia Sódita, ao que se diz, tem-lhe pago isso tudo às prestações. Mas infelizmente ela usou uma lixívia de bits (BitBleach) e apagou os é-mailes ao som de «Água Fria da Ribeira».

      Liked by 1 person

      • 11 Setembro, 2016 22:25

        Inefável e destrambelhado é a mais “simpática” classificação que tenho pelo DTrump.

        Outra, e recente do gajo: sabe mais sobre o Estado Islâmico do que os generais norte-americanos…. E se for presidente –vade retro !!– dá-lhes trinta dias para apresentarem um plano para exterminar o EI…

        O FMColaço não gosta da HClinton. Eu não quero o DTrump. Venha o novo ídolo do DT de seu nome VPutin e desempate.

        Gostar

      • 12 Setembro, 2016 00:10

        a tua figura

        Gostar

      • 12 Setembro, 2016 00:12

        So falas merda

        Gostar

      • 12 Setembro, 2016 01:42

        Cisco, porem “when asked if she had cleaned the server” insolente (bitch) disse with a cloth??

        Gostar

      • 13 Setembro, 2016 09:00

        MJRB,

        Talvez neste momento seja necessário um inefável e destrambelhado. Os mundanos e certinhos, acolados pela imprensa, não têm dado bom resultado.

        Bem dizendo, porque é que chama inefável ao Donald Trump? Acha-o divino?

        Gostar

  4. Arlindo da Costa permalink
    12 Setembro, 2016 04:37

    O Clint Eastwood é um pederasta.

    Não percam tempo com ele nem com o Bonifácio.

    Gostar

    • A.Lopes permalink
      12 Setembro, 2016 18:04

      Olha o arlindinho xuxo-comuna socratista! Chama lá pelo teu Putin, miserável!

      Gostar

      • 12 Setembro, 2016 18:45

        Putin rocks

        Gostar

      • 13 Setembro, 2016 08:55

        A. Lopes,

        O Putin não anda nestes dias muito amado pelos comunistas de todo o Mundo. Sabem eles bem porquê.

        Os comunistas dos Estados Unidos (CP-USA) dão o seu apoio à Best-ilária. Sabem eles bem porquê.

        O Lopes sabe porquê?

        Gostar

  5. Licas permalink
    12 Setembro, 2016 13:30

    o clint tem razão:isto é uma geração de maricas e do politicamente correcto.por isso, e seguindo o bom exemplo do dirty harry dá mesmo vontade de dizer:ó vitor cunha,vai para o caralho.(ah,ah,ah,ah)

    Gostar

  6. Pedro permalink
    12 Setembro, 2016 22:09

    É aqui que um gajo desbunda no politicamente incorreto? Bora aí! Vítor, tens sonhos molhados com atores que ganharam fama de duros a fazer gang bang com pistola de plástico? Hoooo, watch out, he is a badass motherfucker!

    Gostar

    • 13 Setembro, 2016 01:55

      Noto que a esquerda continua no auge intelectual.

      Gostar

      • 13 Setembro, 2016 02:16

        Certamente também já notou que certa “direita” (não confundo direita, centro ou esquerda com estafermos e burgessos) tem um nível intelectual e cívico do carago !… Vidé comentários acima deste.
        Não se pode ter uma opinião, que em vez de ser confrontada com uma opinião divergente mas decente, surge logo o nível “intelectual” duma labreguice.

        Quarta-feira vou buscar o seu livro, provavelmente gostarei de o ler.

        Gostar

      • Pedro permalink
        13 Setembro, 2016 11:00

        Amigos, isso é um bocado pussy. O Clint Eastwood quando persegue os malfeitores esquerdalhos, também os censura pela falta de decência e elevação no debate intelectual? Não, aponta-lhes uma magnum. Já o ouviram dizer “oh, mas que falta de nível intelectual que você tem”? É logo, come on, punk, make my day. Assim, não fazem nada para salvar a civilização ocidental

        Gostar

  7. 13 Setembro, 2016 03:50

    “tem um nível intelectual e cívico do carago ”

    “Inefável e destrambelhado é a mais “simpática” classificação que tenho pelo DTrump.”

    “Outra, e recente do gajo: ”

    OLHA A BESTA QUADRADA

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: