Skip to content

As Manuelas

8 Agosto, 2017

o-BRIDES-THROWING-CATS-570

 

No dia 25 de Setembro de 1828, em Bogotá, Simón José Antonio de la Santísima Trinidad Bolívar Palacios Ponte y Blanco, vulgarmente conhecido por Simón Bolívar, foi alvo de uma tentativa de homicídio da qual conseguiu escapar. Ninguém me tira da cabeça que El Libertador de Venezuela só se safou da morte certa por causa do seu nome: os assassinos demoraram tanto tempo a dizer “Simón José Antonio de la Santísima Trinidad Bolívar Palacios Ponte y Blanco, estamos aqui para te matar”, que, quando terminaram a declaração, já ele tinha fugido pela janela. No entanto, contra a minha opinião, a história valorizou apenas o papel da sua corajosa amante, Manuela Sáenz, que, ao interpor-se entre Simón Bolívar e os conspiradores, permitiu a fuga do seu amado, conquistando com esse heroico feito o apelido de Libertadora del Libertador.

Quase duzentos anos depois, Hugo Chávez, que gostava de se ver a si próprio como um Libertador do século XXI, tem também direito – embora a título póstumo -, a uma muito prestimosa Manuela, não obstante esta agora usar bigode, calças (de fato de treino, na maior parte do tempo) e se chamar Nicolás. Interpondo-se entre Chávez e o pandemónio em curso, Nicolás Maduro cumpre na perfeição o papel de Libertador del Libertador, levando a que muitas pessoas o culpem pessoalmente pela derrocada económica da Venezuela, deixando em paz o antigo Presidente e as suas maravilhosas políticas. Gostava por isso de assumir, perante todos, o ingrato e dificílimo cargo de Libertador del Libertador del Libertador. Não para livrar Maduro do rótulo de ditadorzeco tonto, tão meritoriamente conquistado, mas para defender que, sem os muitos anos de nacionalizações, expropriações, controlo de preços e ataques sistemáticos à iniciativa privada liderados por Chávez, nem um ditadorzeco tonto conseguiria espatifar aquele país em tão pouco tempo.

Os defensores do “Socialismo do século XXI”, tão parecido com o do séc. XX que partilha até o mesmo epílogo, dizem que a Revolução Bolivariana e respectivos programas sociais fizeram com que muitos pobres subissem imediatamente na vida. E é verdade! Foi como atirar um gato ao ar da janela do último piso das Amoreiras e comentar com orgulho a sua maravilhosa ascensão.

 

 

Anúncios
17 comentários leave one →
  1. piscoiso permalink
    8 Agosto, 2017 12:33

    Bom texto.
    Ainda vale a pena vir ao Blasfas.

    Gostar

  2. Tiradentes permalink
    8 Agosto, 2017 12:35

    Tão parecido como aquela que o Satlin é que deturpou o comunismo, porque aquilo é que era bom com o Lenine. Os muros mentais desta gente são dinamicos através do tempos. Se uma pessoa provar que o Chavez preparou a ditadura para o Maduro como o Lenine o fez para o Stalin, eles acabam a dizer que aquilo afinal nem era “socialismo/comunismo”

    Gostar

  3. 8 Agosto, 2017 12:38

    Fazem-nos falta pessoas que desmascarem a trafulhice que é a política da Esquerda.
    Bom, mas esta frase é banal. Banal mas certa, escrevo eu.
    Para o desmascaramento ser efectivo tem que ser bem feito.
    O Bloco de Esquerda, por exemplo, anda em pulgas com os despedimentos na PT. Deve ser desmascarado. Uma empresa só despede pessoas quando não precisa delas. Um governo que seja amigo da nação que governa, tem que criar condições para que haja interesse das empresas em instalar-se de modo a haver facilidade de criação de empregos. É claro que o BE é um clube de meninos do papá que não sabem que coisa é trabalho, mas tem uma palhaça bem treinada para enganar portugueses.
    O PCP tem como lema para as eleições autárquicas “Trabalho, honestidade, competência”. É tudo mentira. Mas não basta dizer que é mentira. Autarquia a autarquia, assunto a assunto é preciso que se diga que nas autarquias PCP, cheias de camaradas admitidos por filiação partidária, se trabalha pouco, mal e com muita trafulhice de “empresas” afectas a filiados no PCP. Há uma rede de caciques locais que funciona muito melhor que o caciquismo dos tempos do Marcelo Caetano.
    O PS é o partido típico da caça ao tacho. Não tem militantes capazes para governar Portugal e então serve-se do controlo dos meios de comunicação e dos votos obtidos pelo BE e pelo PCP como bengalas para se aguentar no poder.
    Má sorte a dos trabalhadores portugueses, empreendedores e patriotas que continuam a ser subjugados por tão reles gente.
    Que avance pois a luta contra os falsos amigos do povo.
    Ousar lutar e vencê-los.

    Gostar

    • jmpg permalink
      8 Agosto, 2017 12:49

      Estou muito de acordo com este texto Mas como lutar e vencer. O país esta numa rota vermelha,- ps, pcp, bloco, jornais ,presidente da republica ,tvs, que ninguém denuncia nem o psd ou cds o fazem

      Gostar

    • Manuel permalink
      8 Agosto, 2017 13:54

      Bom comentário. Infelizmente, não temos oposição. Um exemplo: só hoje o PSD se manifestou e avisou da chegada das adicionais do IMI, imposto revolucionário das irmãs Mortáguas. Confirmo que os investidores no imobiliário não estão a gostar destes aumentos de impostos ” a meio do jogo” e do aumento do imposto sobre o alojamento local. Outro exemplo: quantos deputados estão neste momento a visitar a área queimada e a fiscalizar a acção do governo?

      Gostar

      • sam permalink
        8 Agosto, 2017 18:32

        Área queimada, só se for na bunda das nadadoras-salvadoras…

        Gostar

  4. FilipeBS permalink
    8 Agosto, 2017 12:58

    Brilhante texto. Parabéns! De facto, a demonização do Maduro, além de merecida, serve porém também para escamotear o papel que Chavez e as suas políticas socialistas tiveram na destruição da Venezuela — que só agora se tornou evidente aos olhos de todo o Mundo, mas que já se podiam antever há anos.

    Gostar

  5. Manuel permalink
    8 Agosto, 2017 14:04

    Excelente post. A governação é criminosa, a Venezuela tem as maiores reservas de petróleo do mundo! Como é possível haver racionamento e fome?

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      8 Agosto, 2017 16:48

      E por ter as maiores reservas de petróleo do mundo que a Rússia e a China investiram no Chavez em 2002 que deu o golpe. Depois o “primeiro ataque” ao mundo “fássista capitalista imperialista” foi a especulação do petróleo que chegou aos 150 dólares lembra-se? Internamente comprou e manipulou para se legitimar com o dinheiro dessa especulação. Paulatinamente foi implantado o estado de direito socialisticus. O maduro é apenas a continuação do Chavez. Os povos dominam-se pelas armas e pela fome. Desarmou a nação e pôs as armas “em boas mãos” que são os colectivos revolucionários. Fazer passar fome é uma forma de não ter oposição. Enquanto a populaça procura comida não tem tempo nem para se organizar muito menos para pensar ou agir contra. Essa técnica ainda perdura ali ao lado em Cuba com racionamento há 50 anos. Você julga que um materialista dialéctico não tem tudo pensado?

      Gostar

    • sam permalink
      8 Agosto, 2017 18:33

      E é preciso lembrar que o petróleo venezuelano é de fraca qualidade. Dispendioso de sacar do solo.

      Gostar

  6. Procópio permalink
    8 Agosto, 2017 15:15

    O gato está a perder altura.

    Gostar

  7. Arlindo da Costa permalink
    8 Agosto, 2017 17:37

    Não sabia que Sua Excelência, Simón José Antonio de la Santísima Trinidad Bolívar Palacios Ponte y Blanco, era um dos ícones do Socialismo. Qualquer dia ainda alguém vão alvitrar Napoleão Bonaparte…

    Gostar

    • Carlos Guerreiro permalink
      8 Agosto, 2017 18:30

      Quando dá jeito nem o Estaline era socialista. O Adolfo Hitler era um nacional-socialista, mas agora é conhecido como nazi ou fascista (se lhe chamam neo-liberal o homem ainda volta…).

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      8 Agosto, 2017 19:39

      Bolívar passou a ser um ícone do socialismo do século XXI da mesma maneira como Stalin cometeu “erros” no comunismo. Um marxista inventa ou mata quem ele quiser quando ele quiser e sobretudo quando lhe dá jeito. Qualquer dia Marx nunca foi marxista. A bem dizer na prática, foi um chulo do dinheiro da mulher aristocrata, nunca trabalhou e raramente tomava banho (lembram-se do Che?) que nunca deu atenção à familia como a vida e morte trágica dos filhos o demonstra.
      Essa é a imagem de marca do “marxiano”

      Gostar

  8. Miguel Santos permalink
    8 Agosto, 2017 19:07

    – Simon José…, soy paraguayo y estoy aquí para te matar.
    – para quê!?
    – paraguayo!!

    Gostar

  9. LTR permalink
    9 Agosto, 2017 09:49

    Num dos noticiários de hoje às 9h da manhã um “jornalista” descrevia os abusos e os problemas da Venezuela. A seguir disse que já eram conhecidos “há meses”! Isto já lá não vai só com porrada. Tem mesmo de ser a martelo.

    Gostar

  10. 9 Agosto, 2017 14:49

    O petróleo que existe no subsolo de um país não pertence ao povo desse país, nem que a vaca tussa!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: