Skip to content

O género que dá jeito

11 Setembro, 2017

SIC, 4 de Setembro: Governo escolhe uma mulher para chefiar secretas
SIC, 7 de Junho: Teresa Morais chumbada para Conselho de Fiscalização das secretas

O Livro de Estilo da SIC no que respeita ao género rege-se por questões doutro género.

Anúncios
11 comentários leave one →
  1. piscoiso permalink
    11 Setembro, 2017 18:51

    Teresa Morais obteve 112 votos numa eleição em que não participaram mais de 105 deputados de PSD e CDS. Mas precisava de dois terços, de 142.

    Gostar

  2. Alain Bick permalink
    11 Setembro, 2017 18:57

    género rata

    Gostar

  3. lucklucky permalink
    11 Setembro, 2017 19:03

    No jornalismo marxista quem não é de esquerda perdeu o direito a ser considerada mulher.

    Mas atendendo a que a dita parece querer imitar a esquerda só teve o que merece. O PSD terá o mesmo destino.

    Gostar

  4. Filipe Costa permalink
    11 Setembro, 2017 19:26

    O novo “género” jornalistico, que de novo nada tem, cheira a bafio há 100 anos.

    Gostar

  5. Arlindo da Costa permalink
    11 Setembro, 2017 19:48

    Teresa Morais não é uma mulher? O título da notícia em relação a ela está mais objectivo e educado do que o outro título…mas para a Sr. Helena Matos deve «marxismo cultural» naqueles títulos 🙂 ou quem sabe, a mão da geringonça ….

    Gostar

    • Arlindo da Costa permalink
      11 Setembro, 2017 19:54

      Corrigindo : «…deve HAVER «marxismo cultural»…» 🙂

      Gostar

    • Expatriado permalink
      11 Setembro, 2017 20:37

      O lindocas receia que os heteros não o deixem seguir a sua vocação de ser menina.

      Gostar

      • 11 Setembro, 2017 20:56

        no post anterior já avisei o arlindo que detectou-se crescente impotência em quem apoia incondicional e continuadamente a geringonça…

        Gostar

  6. 11 Setembro, 2017 20:57

    HMatos,

    oportuna observação.

    Gostar

  7. Tiradentes permalink
    11 Setembro, 2017 21:54

    Há mulheres e mulheres. Mulheres só são as que são socialistas e as que agradam a socialistas. Depois chamam-lhes pelo nome , apenas para não lhe chamarem gajas. O género importa quando dá jeito …caso contrário, no minimo ficam assexuadas.

    Liked by 1 person

  8. José Domingos permalink
    11 Setembro, 2017 22:02

    São os chamados critérios de esquerda, num estado de direitos.
    Vamos bem, a parede já se vê.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: