Skip to content

Então? ‘Tá tudo bem? Pois claro que ’tá.

16 Outubro, 2017

leiria-ardida

Anúncios
71 comentários leave one →
  1. Manuel permalink
    16 Outubro, 2017 14:41

    Mas a mata de Leiria é de eucalipto? É privada? Parece que é do Estado e de pinheiro, já lá passei há uns anos e era assim. Mas o Estado não limpa as matas? A mata não está ordenada? Desde o D. Dinis, ainda não tiveram tempo de fazer o cadastro? Remato como gosta o 1º Ministro, “assunto encerrado”.

    Liked by 4 people

    • 16 Outubro, 2017 14:59

      Nunca deves ter saído da cidade. As florestas limpas ou não ardem. Basta pegar fogo. E em Leiria há Pinheiro e resina . Energumeno

      Gostar

      • lucklucky permalink
        16 Outubro, 2017 15:49

        Não é preciso pegar fogo – já se vê o “energumenos” apoiantes do Governo a culparem os incendiários – estiveram 500 ontem… Basta vidro, basta dois ramos roçarem um no outro, basta uma pinha ao sol.

        O que está aqui em causa são as mortes, a falta de informação no local.

        Liked by 1 person

      • A.lopes permalink
        16 Outubro, 2017 16:09

        Energúmeno serás tu e a vaca que te pariu!

        Gostar

      • Manuel permalink
        16 Outubro, 2017 16:15

        Aguardo o novo pacote legislativo do governo para nacionalizar o pinhal de Leiria (contributo do PCP), substituição do pinheiro pelo cânhamo (contributo do BE) e novo cadastro ( contributo do PS). No ano de 2018, se formos vivos, vai arder o que não ardeu em 2017, já me esquecia, a Heloísa quer um imposto sobre as celuloses, o governo faz uma adenda.

        Liked by 2 people

  2. piscoiso permalink
    16 Outubro, 2017 14:47

    Uns simples fósforos são suficientes para anular uma política florestal.

    Gostar

    • 16 Outubro, 2017 14:48

      E para anular o seu cérebro? O que foi suficiente?

      Liked by 1 person

      • piscoiso permalink
        16 Outubro, 2017 14:54

        O meu cérebro está bem e recomenda-se. Tudo o que seja diferente da sua cartilha, são doentes mentais. Onde é que já ouvi isto?

        Gostar

      • Fássista permalink
        16 Outubro, 2017 14:55

        A ingestão dos já referidos fósforos.

        Gostar

      • piscoiso permalink
        16 Outubro, 2017 14:57

        E mandar para a Sibéria?

        Gostar

      • 16 Outubro, 2017 15:03

        Desde que não haja fósforos, deverá ficar seguro.

        Liked by 1 person

      • Expatriado permalink
        16 Outubro, 2017 15:14

        Fósforos? Que aconteceu ao “aquecimento global”?

        Gostar

    • lucklucky permalink
      16 Outubro, 2017 15:04

      É impossível existir uma política florestal.
      A primeira pergunta é Política Florestal para quê? Qual o objectivo?
      Uma política florestal contra incêndios implica sempre matar uma parte da floresta.
      Algo impossível de acontecer com um jornalismo-povo que julga que vive num filme da Disney

      Tal como a principal função do jardineiro é matar plantas ou não deixá-las nascer.

      Liked by 2 people

      • Monti permalink
        16 Outubro, 2017 16:03

        Incapazes. De limpar 100 a 200 metros em redor das povoações, pretendemos ver ano após ano, uma política Florestal que abarque a floresta virgem dos territórios abandonados há meio século.
        É para tal, que reformadores de pacotilha como este ministro, alternam em sucessivos governos do PS. Alternando quanto a reformas, com o do Estado levada a cabo pela dupla Passos/Portas.
        Alternando como alternaram todos, até à crise 2009/10.

        Gostar

    • A.lopes permalink
      16 Outubro, 2017 16:11

      Este camelo deste piscoiso é mais um lambe-botas do 44 e do preto indiano! Um verdadeiro camelo!

      Gostar

      • piscoiso permalink
        16 Outubro, 2017 16:15

        Camelo és tu, verdadeiro camelo.

        Gostar

  3. lucklucky permalink
    16 Outubro, 2017 14:50

    Quem fala de limpeza de matas não tem a noção de quanto custaria e quantas pessoas e maquinaria seriam precisas.

    Podemos começar por perguntar quantas limpezas por ano…

    Corta fogos – e depende do vento a sua eficácia – ainda vá.

    Gostar

    • Churchill permalink
      16 Outubro, 2017 17:08

      Homem (ou mulher ou aquilo que quiser)
      Arranjam-se uns robots que fazem isso num ápice.

      O pior é que depois vem de lá o Arménio a reclamar que se está a eliminar postos de trabalho

      Gostar

  4. 16 Outubro, 2017 14:58

    Andamos nisto e o povo que se F……..da

    À propósito dos incêndios de 2013

    O PS acusou esta quarta-feira o Governo de se tentar «desresponsabilizar» sobre o ano de fogos florestais «muito graves» que Portugal viveu, após a divulgação na terça-feira do balanço da época de fogos.

    «A responsabilidade parece ser de todos menos do Governo», disse o deputado socialista Miguel Freitas à agência Lusa, criticando o parlamentar a falta de uma «estratégia integrada» do Executivo no combate aos incêndios.

    O socialista falava um dia depois da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) ter feito uma avaliação da época de incêndios florestais, que este ano ficou marcada pela morte de nove pessoas e a maior área ardida dos últimos oito anos.

    Para Miguel Freitas, o Governo, «também na questão dos incêndios», fala a duas vozes: para o ministro da Administração Interna (MAI), Miguel Macedo, esta é uma «questão prioritária», enquanto para a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, o assunto é «desvalorizado» e tido como uma das «questões estruturais para o médio e longo prazo» de Portugal.

    Prevenção, monitorização dos planos municipais, meios aéreos, vigilância e sensibilização são áreas onde o PS, sublinha o deputado, tem «propostas concretas» que serão colocadas no grupo de trabalho sobre a matéria no Parlamento.

    O último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) indica que, este ano, os incêndios florestais consumiram 140.944 hectares, mais 28 por cento do que em 2012 e a maior área ardida desde 2005.

    Gostar

  5. 16 Outubro, 2017 15:19

    Este ministro é outro jeitoso catavento sempre em pé.
    Pelo estratégico mutismo aquando dos incêndios em Junho, passou incólume.
    E essa afirmação da “maior revolução da floresta desde D.Dinis” é apropriada para ignorantes apoiantes da geringonça.

    Gostar

  6. 16 Outubro, 2017 15:22

    O Jerónimo e a Catarina estão em férias e incomunicáveis ?

    Gostar

  7. 16 Outubro, 2017 15:27

    “Seria mais fácil ir-me embora e ter as férias que não tive”, afirmou hoje insensatamente e com falta de respeito pelas pessoas, a Constança.
    Pois então vá e já ! Prejudicou em demasia o país. Dedique-se à cartomância fatela e leia-a aos seus ex-colegas de governo.

    Liked by 2 people

  8. 16 Outubro, 2017 15:42

    A Fd P atira à cara das vítimas as férias que não teve. Será que a canalhice não tem limites?

    Liked by 2 people

    • Manuel permalink
      16 Outubro, 2017 15:52

      Imagina o que vai ser nas cheias que vêm aí? Temos de nos preparar e não podemos contar com os poderes públicos. O Estado consome 50% do PIB e quando as pessoas precisam, dizem: desenrasquem-se! Sai um relatório, mais uma comissão e no fim, cria-se mais um instituto público para empregar os “amigos” de infância.

      Liked by 2 people

      • 16 Outubro, 2017 15:54

        Não se preocupe: o piscoiso passa licenças para fósforos.

        Gostar

      • piscoiso permalink
        16 Outubro, 2017 16:13

        A minha tia Adozinda ensinou-me a não responder a provocações.

        Gostar

      • 16 Outubro, 2017 16:25

        Apresente-a à Tancinha.

        Gostar

      • piscoiso permalink
        16 Outubro, 2017 16:27

        Apresento-a a si, se der o endereço.

        Gostar

    • 16 Outubro, 2017 16:41

      E o AC-DC afirmou na madrugada de ontem algo como “habituem-se” –aos incêndios.

      Liked by 1 person

      • 16 Outubro, 2017 16:57

        Porque o porco quer luta na pocilga para vos sujar, ignorem-no.

        Gostar

  9. Leunam permalink
    16 Outubro, 2017 15:50

    A “cons” é tança.
    E mais tansos somos nós Portugueses, todos muito prejudicados.
    Dever-nos-íamos juntar à porta do “mini stério” para pedir que se vá e não volte.
    E os outros membros da equipa deviam seguir o mesmo caminho!
    Quem não tem competência, não se estabelece!

    Liked by 1 person

  10. 16 Outubro, 2017 16:19

    A culpa é do estado. . Não se fala mais nisso.

    Gostar

    • sam permalink
      16 Outubro, 2017 16:50

      Em 2013 falava-se, Há bel. Já te esqueceste da tua transcrição acima? Ou já entrou outro controleiro de serviço?

      Gostar

      • 16 Outubro, 2017 17:20

        E o que é que eu tenho a ver com o PS? não te enxergas.

        Gostar

      • sam permalink
        16 Outubro, 2017 17:32

        Não tentes lavar as mãos, camarada Pilatos.

        Gostar

  11. 16 Outubro, 2017 16:21

    Se ainda hoje fosse ministra a cristas estaria a rezar para que chovesse? iria a pé a Fátima? de joelhos?

    Gostar

  12. Expatriado permalink
    16 Outubro, 2017 16:42

    Cito este comentário

    “Não há dificuldade em comentar;
    – não contem com os bombeiros para apagar fogos
    – não contem com SNS para tratar doenças
    – não contem com os professores para vos ensinar os filhos
    – não contem com os polícias para vos proteger
    – não contem com os juízes para fazer justiça
    – não contem com o governo para coisa nenhuma
    MAS PAGUEM !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

    A este artigo
    https://oinsurgente.org/2017/10/16/ha-declaracoes-que-e-dificil-comentar/#comments

    Liked by 2 people

  13. Artista Português permalink
    16 Outubro, 2017 16:45

    Obrigado Capoulas! Obrigado pela clarificação. Afinal a culpa é do D. Dinis. Só que não há meio de ele se demitir. Aí a dificuldade…. A Constança tem toda a razão: ela demitir-se não ia alterar nada. Os mais de 100 mortos não iam ressuscitar….

    Gostar

  14. carlos alberto ilharco permalink
    16 Outubro, 2017 16:51

    Claro que é a maior revolução na floresta desde Don Dinis.
    Um plantou o outro destruiu.
    Não consigo imaginar diferença maior.

    Liked by 2 people

  15. Expatriado permalink
    16 Outubro, 2017 17:14

    “Foi um Verão de desculpas e passa culpas depois da tragédia de Pedrógão. E agora, que nova tragédia se abateu sobre o país, passámos à farsa. Se o Governo já perdera a vergonha, agora perdeu a cabeça.

    Há muito que percebemos que, no que respeita ao drama dos incêndios deste Verão, o Governo tinha perdido toda e qualquer vergonha. Depois daquilo a que assistimos este fim de semana não restam dúvidas que também perdeu o norte e o mínimo de lucidez. As palavras dos governantes falam por si, e as mais eloquentes até são as de António Costa. Vale a pena passá-las em revista, começando pela pérola desta madrugada:

    Minha senhora, não me faça rir a esta hora”.

    O primeiro-ministro respondia assim a uma pergunta mais incómoda de uma jornalista da SIC. A seguir não se coibiu de criticar a SIC por esta não ter dado as notícias que ele gostaria sobre a reforma da floresta.”… O resto está aqui

    http://observador.pt/opiniao/minha-senhora-nao-me-faca-rir-a-esta-hora/

    Liked by 1 person

    • 16 Outubro, 2017 17:19

      Assisti a tudo isso, quando o AC-DC proferiu a palavra “rir” mandei-o bugiar.
      E o tipo, se pudesse, admoestaria a jornalista doutro modo.

      Gostar

      • Expatriado permalink
        16 Outubro, 2017 17:29

        Isto não se vai resolver com “paninhos quentes”. Vai-se resolver com os métodos que eles próprios apregoam.
        Para isso há que deixá-los no Poder para “resolverem” a trampa que fazem hoje. Como isso é uma tarefa impossível para eles, será o povoléu, cansado de sofrer, a pegar na cachaporra para lhes endireitar a espinha.

        Liked by 1 person

      • 16 Outubro, 2017 20:21

        pena a jornalista não lhe ter retorquido, “senhor pm não quero que se ria, mas que explique”.
        Também é verdade que a maioria dos jornalistas de reportagem não têm liberdade do editor, do chefe de redação. E se ofendem um governante, podem ir para o desemprego…

        Liked by 1 person

      • 16 Outubro, 2017 20:26

        Já eu diria que “se achar adequado rir, força, senhor primeiro-ministro”.

        Gostar

  16. JCA permalink
    16 Outubro, 2017 17:35

    .
    A questão da pedra angular da coisa:
    .
    – O inicio
    .
    O olhar o mapa de Portugal com localizações dos 523 fogos com horas das ignições simples ou múltiplas, sugere uma operação de vasta envergadura com grau organizativo desconhecido e para lá de estruturações, reordenamentos, culpas, desculpas, narrativas e teorias ou outros experimentais que resultariam daqui a 10 ou 20 anos
    .
    A natureza humana, botânica, orográfica, florestal, climática, meteorológica etc de Portugal são imutáveis. É a que é onde Portugal está geograficamente. Pensar, discorrer, governar ou explicar um Portugal que não há seria pelo menos fantasiar.
    .
    .
    – O meio:
    .
    Esta catástrofe publica nacional ‘reduziu a cinzas’ as agendas, o OE ou quaisquer aspectos positivos da Economia e das Finanças. A sua destruição catastrófica surge equivalente a um sismo duns 8 na escala de Mercalli
    .
    .
    – No fim:
    .
    O que eliminar a pedra angular derruba o arco ‘ogival’ do outro …….
    .
    Assim pelo menos parece.
    .

    Gostar

  17. Procópio permalink
    16 Outubro, 2017 17:39

    Há um argumento em que concordo como o nº 2. Não vale a pena demitir ministros. Ele pelo menos sabe bem que não tem ninguém melhor nem pior dos que os que lá vegetam.
    Não esqueçam: estamos a ser conduzidos para a catástrofe por dois grupos articulados numa geringonça. O primeiro é constituído por uma clique de cleptomaníacos que vem do tempo do nº 1, liderado agora por um manhoso cuja família emigrante nunca devia ter sido autorizada a aportar a lisboa. O segundo grupo é bicéfalo, liderado por potenciais tiranos, a demucracia numa mão, o chicote na outra. Noutro continente já tinham escravizado meio mundo como fizeram os seus inspiradores. Observem o ímpeto como trovejam e a gana com que se expressam em público. A seu tempo (Josef) teria eliminado (Leon). A história está cheia de referências do que são capazes e como actuam sem piedade. Por agora a ponte entre os dois grupos é a cedência mútua até a corda partir.
    Querem lá saber dos incêndios, ou das cheias, ou coisa nenhuma? Querem o PODER.
    As armas que utilizam são poderosas. Não são os votos, embora por vezes lhes faça jeito.
    São a ignorância e desinformação dos tugas, a apatia dos restantes, as redes subterrâneas de informadores infiltradas no Estado e os plutocratas que o parasitam.Tudo o mais é treta.

    Liked by 2 people

  18. lucklucky permalink
    16 Outubro, 2017 17:48

    A estupidez do complexo político-jornalista que manda também se mede ao não se usar a rádio estatal paga por todos obrigatoriamente para informar. A RDP serve para quê?

    Liked by 1 person

  19. Procópio permalink
    16 Outubro, 2017 17:49

    Isaías 19:13
    Agem como loucos os líderes de Zoã, e os príncipes de Mênfis foram iludidos; os próprios líderes de seus clãs induziram todo o Egito à prática do que é errado e mal.

    Gostar

  20. Procópio permalink
    16 Outubro, 2017 18:29

    Só falta agora à hora de ponta dos telejornais ouvir os principais responsáveis vomitar as patranhas do costume. Eles pensam que o ar compungido lhes fica bem.
    Nem a isso nos poupam.
    Os tugas vão ficar a olhar feitos parvos, tontinhos de todo sem saber o que pensar.
    O tuga não sabe o lugar que ocupa, como tal não consegue perceber onde estão os outros, nem o que eles mereciam.
    Os energúmenos, as meretrizes, os salafrários, os trastes que aparecem constantemente nas têvês, mais os seus golpes baixos de ilusionismo.
    Pensar é tarefa demasiado pesada para os tugas. Para aliviar acabarão a dizer para os seus botões: “Ainda bem que não foi nada comigo!”, cogitação paralela à outra perante um ladrão de sucesso: “Quem me dera ser como ele, ao menos livrava-me desta miséria!”
    Antes de ligar o écran ainda tem uma saída, liga a um amigo longinquo para saber como vai?
    Chegará a fase em que, se não fores ao café ver e ouvir os “comandantes”, os novos pides darão parte de ti, um mau cidadão, e vão buscar-te a casa para te entregar ao goulag mais próximo. Os josefes e os leons estão mais perto de ti do que imaginas.
    Sonho mau? Os que acabaram em Kolyma pensavam o mesmo antes de lá chegar.

    Liked by 1 person

  21. Expatriado permalink
    16 Outubro, 2017 18:36

    Este, de tanto “beija-cu” na geringonça, tem o hemorroidal nas beiças

    Gostar

  22. JCA permalink
    16 Outubro, 2017 19:07

    .
    FOLLOW THE MONEY
    .
    Contributo construtivo, pelo lado do empobrecimento de milhares de milhões de euros das aldeias, vilas e cidades desde o rio Minho até ao Tejo e do País, mais de 300.000 hectares já ardidos em 2017:
    .
    .
    Preços da madeira ardida (propositada/ de 2012 para cálculos ‘por baixo’ não especulativos):
    .
    http://www.ansub.pt/4/precos.htm
    .
    (por exº alem da cortiça, carvalho, castanheiros, oliveiras, pinho etc, um eucalipto com 7 anos produz cerca de 280/350 m3 de toros com casca aos que dão 0,5 Tonelada de madeira)
    .
    .
    a somar ao prejuízo relacionado com o resto que ardeu:
    .
    postos de trabalho, casas, electrodomésticos, mobílias, alimentos, roupas, barracões, armazéns, instalações industriais e comerciais, oficinas, maquinaria, redes de agua, luz, comunicações, parques industriais, gado, pastos, animais de capoeira, colmeias, resinas, cortiça, fruticultura, hortas, maquinaria e equipamentos agrícolas, estufas, carros, camiões, alojamentos turísticos, equipamentos sócio desportivos, reparações camarárias de estradas e limpezas, funerais, despesas medicas e medicamentosas, reparações de estradas e caminhos etc
    .
    mais despesas de combate aos incêndios com aviação, maquinaria pesada, carros de bombeiros, ambulâncias veículos, comunicaçoes, equipamentos, salários, alimentação do pessoal etc.

    .
    Mais o impagável: o sofrimento e a aflição humana de mais de 1 milhao de portugueses e familiares residentes no resto do pais e estrangeiro.
    .
    .
    É só fazer as contas como dizia o outro.
    e surge o prejuízo catastrófico
    .
    .

    Gostar

    • piscoiso permalink
      16 Outubro, 2017 19:09

      … e a culpa é do governo.

      Gostar

      • 16 Outubro, 2017 19:54

        Não! Não percebeu!
        A culpa é do governo quando é dos outros, a culpa nunca é do governo quando é da Santa Igreja Imaculada do Partido Socialista Português.

        Assim é que é.
        Pode tatuar.

        Liked by 1 person

      • piscoiso permalink
        16 Outubro, 2017 19:58

        Tatuagens não uso.
        Não tenho deuses nem chefes.

        Gostar

      • 16 Outubro, 2017 20:10

        O que só torna a coisa mais embaraçosa.

        Liked by 1 person

    • JCA permalink
      19 Outubro, 2017 00:48

      .
      Para ajudar nos calculos,
      .
      1 hectare tem 5.000 eucaliptos (ou pinheiros ou outra arvore) qualquer respeitando todas as regras internacionais de distancia minima entre arvores.
      .
      Em 500.000 hectares ardidos vamos dar de barato que 50% para nao especularmos no calculo, ou seja admitamos 100.000 hectares (1/5 do total embora seja mais do dobro) o que é mentira) com idade de corte, o resto deixemos exageradamente para areas com plantações muito jovens, quintais, casas, estradas etc
      .
      .
      1 eucalipto de 7 anos dá uma media de 0,5 (meia) Toneladas de madeira. Se 1 hectare tem tranquilamente 5.000 eucal. equivalem a 2 500 toneladas respeitando as distancias entre arvores tecnicamente recomendadas,
      .
      a 55 € por tonelada à porta da fabrica (preços de 2012 para nao haver criticas polemicas ou de especulação) entao 2 500 toneladas produzem 137.500 € por hectare de riqueza (incl do País; PIB)
      .
      o que corresponde em madeiras a mais de 13 750 000 00 € (mais de 13 mil milhoes de euros) neste calcuçlo muito por baixo (preços de 2012 e correspondendo a uns miseros 1/5 do total da area ardida;
      .

      .a somar ao prejuízo relacionado com o resto que ardeu:
      .
      postos de trabalho, casas, electrodomésticos, mobílias, alimentos, roupas, barracões, armazéns, instalações industriais e comerciais, oficinas, maquinaria, redes de agua, luz, comunicações, parques industriais, gado, pastos, animais de capoeira, colmeias, resinas, cortiça, fruticultura, hortas, maquinaria e alfaias agrícolas, estufas, carros, camiões, alojamentos turísticos, equipamentos sócio desportivos, reparações camarárias de estradas e limpezas, funerais, despesas medicas e medicamentosas, reparações de estradas e caminhos etc
      .
      mais despesas de combate aos incêndios com aviação, maquinaria pesada, carros de bombeiros, ambulâncias veículos, comunicaçoes, equipamentos, salários, alimentação do pessoal etc.
      .
      Mais o impagável: o sofrimento e a aflição humana de mais de 1 milhao de portugueses e familiares residentes no resto do pais e estrangeiro.
      .
      No total aponta muito por baixo para admitamos pelo minimo uns 30 MIL MILHOES DE EUROS.
      .
      .
      Nenhum politico, politologo, lider ou algum elite estudada teve coragem de fazer estas simples contas (matematica), pelo minimo dos minimos,
      .
      optam dentro das suas outras logicas retoricas por gamas de aspetos secundarios que são meros ‘acidentes de percurso’ ou teorias de ‘reestruturação e reordenamento experimentais que resultariam daqui a 10/20 anos’
      .
      (a maioria dos sobreiros queimados tinham mais de 100 anos, assim como castanheiros e carvalhos, pinheiro manso e bravo pelo menos 30 anos etc etc)
      .
      .
      Bom para contemplar 30 mil milhoes euros, calculos acima muito inferior à realidade, os aumentos etc varias coisas teriam de ser cortadas no projecto de OE 2018 que o Governo pede para a Assembleia da Republica o que necessariamente implicaria tambm a e.liminação de tudo o que contempla a Função Publica;
      .
      .
      ora nenhum Partido (PC, BE, PS, PSD, CDS, PAN etc) ou qualquer outra Instituição Poder ou comumente chamado Representante dos Eleitores na Democracia tem coragem para isto; não significa que ditadores, fascistas, sociais fascistas ou nazis o fizessem. Seriam precisos grandes Estadistas com carateristicas humanas muito especiais e raras que os há, mesmo cá, mas as torres de marfim do poder e dos poderes instalados proibem e anulam a ferro e fogo.
      .
      .
      Portanto nada de ilusoes, empobrecerão monumentalmente todos aquelas a quem os seus bens arderam, o resto são tretas dizem os mais velhos batidos por de 70 a 100 anos de idade.
      .
      É a vida.
      .

      Gostar

      • JCA permalink
        19 Outubro, 2017 00:52

        .

        deve ler-se:
        .
        “em 500.000 hectares ardidos vamos dar de barato que 80% para nao especularmos no calculo, ou seja admitamos 100.000 hectares (1/8 do total) o que é mentira), ou seja apenas 100.000 hectares de arvores com idade de corte, o resto deixemos exageradamente para areas com plantações muito jovens, quintais, casas, estradas, fruticolas, horticulas etc”

        Gostar

  23. Jose Ferreira da Silva permalink
    16 Outubro, 2017 20:08

    Se eu fosse primeiro ministro ; Obviamente que a demitia.
    So o Salazr é que não se demitiu.

    Gostar

  24. 16 Outubro, 2017 21:07

    Claro que a culpa é do estado . E qum tem sido o estado ? o ps, o PSD, o CDS de uma vezes . O CDS , o ps , o PSD noutras vezes é assim sucessivamente . Venderam a agricultura a Europa , desertificaram o interior, acabaram com os guardas florestais porque já há muitos funcionários públicos, reduziram drasticamente os sapadores florestais porque eram gorduras do estado , os baldios não foram entregues às populações e ficaram ao Deus dará , etc . Tem todos as mãos cheias de sangue .

    Gostar

    • sam permalink
      17 Outubro, 2017 00:28

      Mais de 100 mortos às mãos de um governo PS em conluio com PCP e BE.

      Não apagarás isto da história, Abel cabrão.

      Gostar

    • LDM permalink
      17 Outubro, 2017 14:10

      Essa do “ps” ser em minúsculas é de propósito, não é?

      Gostar

  25. JCA permalink
    17 Outubro, 2017 07:15

    .
    O lado do plano poltitico-partidario, mais ministra menos ministra ou controversias de quem são bodes-expiatorios ou os ‘sacudir agua do capote’, nao faz parte das minhas preocupações no caso; humildemente deixo a outros que sugerem ser mais especializados na matéria;
    .
    preocupa-me mais o ‘governar’, o ‘por cima de tudo’ afinal tanto obrigação da ‘situação’ como da ‘oposição’ que ou são capazes ou incapazes ou nem-carne.nem peixe. E assim:
    .
    Outro contributo construtivo, pelo lado do monopolio ‘xina’ da Eletricidade e da conta da Luz:
    .
    -pagamos a luz das mais cara da Europa incluindo relativamente ao Ordenado Minimo Português;
    .
    -se o cliente não paga aEDP corta-lhe a luz
    .
    -milhares e milhares durante o fogos foram impedidos pelaEDP de usarem os motores eletricos para tirarem agua dos poços pois as redes de abastecimento publicas de agua sossobraram. Os cabos aéreos de eletricidade tinham ardido também, os mais baratos donde no interesse exclusivo daEDP para poupar gastos à custa dos interesses dos portugueses
    .
    Pergunta-se:
    .
    -a ‘situação’ já pediu responsabilidades publicas àEDP ?
    .
    -a ‘oposição’ já as pediu ?
    .
    -quem indeminiza os milhoes aos consumidores pelos prejuizos do que ardeu porque a EDP os privou de eletricidade para ligarem motores eletricos para se socorrerem da àgua dos poços ?
    .
    se o Executivo (situação-oposiçao) não agir, agirá o Judicial (Ministerio Publico) ?
    .
    se o Executivo ou o Judicial não agirem, os politologos de profissao Advogados que opinam na Comunicação Social estariam dispostos ou voluntarizam-se (como os bombeiros no caso) para pedirem judicialmente responsabiliaddes àEDP ?
    .
    Estamos a falar de milhões de indemnização duma Empresa privada duma Empresa que dizem ser propriedade do Estado Chinês o que eu não sei nem me interessa.
    .
    .

    .

    Gostar

  26. JCA permalink
    17 Outubro, 2017 08:11

    .
    Nem por acaso a seguir às supra das 17.15H e 07.15, estes dizem:
    .
    .
    apenas governam:
    .
    .-atribuem sem rodeios os fogos a varios autores de um grupo organizado,
    .
    https://www.lavozdegalicia.es/noticia/galicia/2017/10/17/policia-guardia-civil-siguen-pista-sospechosos-vistos-cerca-incendios/0003_201710G17P2991.htm#
    .
    .
    o Poder de Espanha, Galiza, (situação-oposição-politologos-comunicação social)
    .
    ‘nem tretas de mais ministra menos ministra ou controversias de quem são bodes-expiatorios ou os ‘sacudir agua do capote’
    .
    nem ‘tretas de estruturações, reordenamentos, culpas, desculpas, narrativas e teorias ou outros experimentais que resultariam daqui a 10 ou 20 anos’
    .
    .
    E por cá ?
    .
    será silencio dos cemiterios ? 100 mortos milhares de milhões de prejuizo às aldeias, vilas e cidades do Interior do Rio Minho ao Tejo. Endoideceu tudo ? Ou afinal a causa-mãe dos incendios serão confirmadamente outras ?
    .
    E preparem-se, será dificil a Galiza não apresentar ao Estado Português o pagamento dos prejuizos ocasionados pelos fogos portuguses que saltaram o rio Minho e incendiaram na Galiza. É ‘sempre a descontar para a caixa’ como diz o povo.
    .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: