Skip to content

A náusea

19 Outubro, 2017

Mais um abraço, mais um beijinho. Agarra-se uma mão, se não forem as duas, olha-se para o chão, acende-se a vela e, na televisão, com o ângulo certo, o quadro compõe-se. Projectamos empatia, dizem eles, uma obrigação profissional para as ocupações do amor. Jornalistas-psicólogos atestam a dor que o político sente naquele momento fotografado, diagnóstico oriundo dos muitos anos a testemunharem momentos fotografados. “Adoro-vos a todos”, disse, em tempos, um deles. “Este cravo é vosso”, gritara o cangalheiro já depois de o ter sido e preparando-se para o voltar a ser. Cangalheiro em Junho, carrasco em Outubro. Nada fez. Seis dezenas não lhe perturbam as férias. Beijinhos, mais um abraço, “a direita”, “os eucaliptos”, “o raio”, o que o parta, talvez. Praia. Descanso da “direita”, do SIRESP que só funciona quando não faz falta. Descanso das esganiçadas e dos defensores de outros carrascos em terras alheias a quem vendeu a Fonte Luminosa, os que, em troca de um palanque para atirar beijos, moedinhas e Português de tasca, lhe cobram a alma dos portugueses que o enojam, putas a soldo tão difícil de sacar. Mais um beijinho. Mais um abraço. Acende a vela. “Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance” sem que tenha esticado o braço. Pornografia em horário nobre. Morre tu, Dantas, pum!, que, para ti, este Inferno é demasiado frio.

 

Anúncios
37 comentários leave one →
  1. Juromenha permalink
    19 Outubro, 2017 13:03

    Um nojo imenso.
    Perante nós próprios.

    Gostar

  2. Procópio permalink
    19 Outubro, 2017 13:27

    O Amor é a maior aspiração dos sucialistas.
    Resta saber a quê.
    Já o toninho atualmente teso falava da Paixão pela educação.
    Por isso os sucialistas são tão bem educados.

    Gostar

  3. Rocco permalink
    19 Outubro, 2017 14:06

    Falamos do porco preto assassino (100+), certo?

    Gostar

    • 19 Outubro, 2017 14:08

      Pessoa capaz de ir de férias com mais de 60 na “consciência”. Um porco preto é um animal dócil, este não é.

      Liked by 1 person

      • Rocco permalink
        19 Outubro, 2017 14:32

        Mas está cada vez mais atarracado… Ele diz que é peso na “consciência” (100+)! É mas é banha, dos lautos almoços e jantares, que consciência não tem.

        Gostar

      • Aventino permalink
        19 Outubro, 2017 16:11

        António Costa; o “Farrusco”

        Gostar

  4. Expatriado permalink
    19 Outubro, 2017 14:47

    Admiram-se porquê? Não foi o gajo que, erguendo um B.I., disse que tinha muito orgulho de pertencer á “diáspora indiana” numa viagem paga com o dinheiro do contribuinte?

    É indiano e porta-se como tal. Está-lhe na “massa do sangue”, como diziam os antigos.

    Gostar

  5. Procópio permalink
    19 Outubro, 2017 14:55

    Perante o estado de sítio e do sítio é natural termos náusea. Vivemos no esgoto, numa sociedade vazia de sentido, feita de medo, estupidez e alarvidade.
    Apetece não crer em nada. Silenciosamente muitos se matam, outros deixam que a morte os engula devagar com o fumo, pó, álcool e sintéticos, aquelas coisas que se encontram com abundância nos esgotos de Alcântara, nos concertos bué e nos recantos das televisões. Assim a geringonça ganha fôlego, vai atropelando os mais frágeis. Não é intencional, se pudessem davam boleia a toda a gente. Dizem que é por distração.
    Falemos a sério: para os que resistem. viver implica escolhas.
    O conformismo da bovinidade está a gerar náusea e horror em muita gente.
    Incendiado 5% do sítio, vive-se o absurdo, o incoerente ganha uma lógica estranha.
    Viver numa sociedade de embustes faz algum sentido?
    Daí a náusea passar a andar de braço dado com a revolta.

    Liked by 1 person

  6. Alain Bick permalink
    19 Outubro, 2017 15:00

    ‘a luta continua!’

    Gostar

  7. carlos alberto ilharco permalink
    19 Outubro, 2017 15:05

    Não há nada a fazer.
    Costa vai sair vitorioso da moção de censura (PCP e BE já a desvalorizaram).
    O Senhor PR está satisfeito.
    Falou a ministra foi corrida ele pediu desculpas.
    Dentro de seis meses está tudo esquecido, confiram os jornais desse dia.
    E nesse dia o mais importante vai ser ou o Prós & Prós ou quem vai à frente na bola.
    O povo é sereno.

    Liked by 1 person

    • jorgemmc permalink
      20 Outubro, 2017 03:18

      Na mouche! Acho até que não é preciso passar 6 meses. Basta chegar o frio e está história toda irá resumir-se a um parágrafo do discurso de natal ou ano novo, se tanto.

      Gostar

  8. Procópio permalink
    19 Outubro, 2017 15:09


    Se precisar de vomitar e sente dificuldade, comece por ver a imagem.
    Esta é só pata começar, há outras mais fortes.

    Gostar

  9. Expatriado permalink
    19 Outubro, 2017 15:23

    Dada a situação de calamidade que o País atravessa, porque não adiar o descongelamento de carreiras e o aumento de pensões acima de, digamos, 2500€ e usar, durante 2 anos, essas verbas para financiar à recuperação do País?

    Certo que a geringonça não o vai fazer, porque não sugerir esta proposta, ou outra acção, a partir do PSD e/ou CDS?

    Gostar

  10. José Domingos permalink
    19 Outubro, 2017 16:46

    O berloque de esterco, dá o dito por não dito, em dois dias, deve ser a saudade dos palcos
    No tempo do Passos, pedia -se a demissão dia sim dia não.
    Esta gentalha, vende a mãe, se isso servir para comer umas migalhitas de “poder”.
    Miseráveis.

    Gostar

  11. 19 Outubro, 2017 18:56

    Muito preocupante estar desgovernado por um PM que não pede desculpa aos seus concidadãos por o que aconteceu e é responsável maior.
    O PR força-o a pedir desculpa e não o faz. Horas depois na ARepública o líder parlamentar do PSD pede-lhe o mesmo e a criatura tem o desplante de responder com isto: “se quer que eu peça desculpa, pronto, peço desculpa” (+ – isto). Mas devia tê-lo feito dirigindo-se aos portugueses, proferindo a palavra portugueses.
    Um hipócrita é um hipócrita é um hipócrita.
    Imaginem o que tem acontecido nos bastidores da governança sob a orientação dum tipo destes…

    Gostar

  12. Arlindo da Costa permalink
    19 Outubro, 2017 19:34

    O Prof. Marcello não merecia tanto ódio e despeito.

    Gostar

  13. licas permalink
    19 Outubro, 2017 20:30

    Se houvesse justiça . . . o C. Santos Silva deveria ser homenageado/medalhado no Dia Internacional da Amizade. Nem mais! Como ele, não há ninguém no mundo . . .

    Gostar

  14. licas permalink
    19 Outubro, 2017 20:48

    Lembram-se da D. Branca, a Banqueira do Povo, tão injustamente encarcerada até à morte, pela cega Justiça?
    Pois agora surgiu a réplica masculina: Ricardo Salgado, o Banqueiro-do-Saco-Azul.
    Será que?

    Gostar

  15. 19 Outubro, 2017 21:16

    Da facto a náusea. A que ponto criaturas que não têm onde cair mortas chegam.

    Gostar

  16. Leunam permalink
    19 Outubro, 2017 22:01

    Expatriado

    Plenamente de acordo com a sua sugestão.
    A Nação Portuguesa está de luto.

    Acrescento, para o espaço de um ano:

    1- Corte de 20% de todos os proventos directamente recebidos do Estado
    Português, a todos os Deputados da Assembleia da República, Primeiro Ministro e
    Ministros e Presidentes de Câmara Municipal.

    2- Cobrança de 30%, em adicional, ao preço de cada refeição servida na
    Assembleia da República.

    3- Proibição de todos e quaisquer festejos nos Distritos afectados pelos
    incêndios e redução para metade em Lisboa, no Porto e no Funchal.

    4- Corte de 30% nas subvenções dadas pelo Estado a todas as Instituições,
    Fundações e similares que não estejam directamente ligadas à acção social.

    5- Cobrança adicional de 5 cêntimo por cada cigarro vendido, 1 euro por cada charuto
    vendido e 1 euro por cada Wisky vendido.

    6- Cobrança de 50 euros a cada indivíduo estrangeiro que se encontra domiciliado em
    Portugal e
    esteja isento de Impostos directos.

    Todo o dinheiro arrecadado, seria creditado numa conta sob a responsabilidade directa do Senhor Presidente da República, entidade que daria contas ao País, no final do ano em que estas medidas estivessem em vigor.
    O dito dinheiro seria destinado a ajudar a repor e reordenar a floresta e a ajudar todas as famílias e indústrias afectadas pelos incêndios do modo o mais equitativo possível.

    Gostar

  17. Procópio permalink
    19 Outubro, 2017 23:05

    Se houvesse justiça . . . o C. Santos Silva deveria ser homenageado/medalhado no Dia Internacional da Amizade. Nem mais! Como ele, não há ninguém no mundo . . .

    Pois, pois, licas, ainda assim levava 10% por guardar o dinheiro ao amigo…
    Não sei se continua a cobrar.

    Gostar

  18. 19 Outubro, 2017 23:42

    [Editado: substituir o chapar de um texto tosco por um link tosco]
    https://abrildenovomagazine.wordpress.com/2017/06/20/pedrogao-uma-raiva-sem-fim/

    Gostar

    • sam permalink
      20 Outubro, 2017 01:38

      Baita discurso, Abelito raivoso! Só é pena não teres disfarçado que não é teu nem é de hoje. Para a próxima, actualiza o número de mortos. E não tentes calar a responsabilidade do governo PS, levado ao colo por PC e BE.

      Gostar

    • 20 Outubro, 2017 07:02

      Eu sabia que devia ter limitado o número de caracteres disponíveis para comentários.

      Gostar

      • António C. Mendes permalink
        20 Outubro, 2017 10:20

        E eu a pensar que o copy tinha sido do Luta Popular! Enganei-me por pouco! Mas isto só prova uma coisa, há muito mais malucos em Portugal que aquilo que imaginamos!

        Gostar

      • 20 Outubro, 2017 16:28

        Aí que as saudades da censura não oassam

        Gostar

      • sam permalink
        20 Outubro, 2017 23:57

        Tenta escrever em português.

        Gostar

    • António C. Mendes permalink
      20 Outubro, 2017 09:09

      Ó Abelhito, deixe-me informa-lo, como você não leu o copy past, que o corte cerce já vai em 108, ou lá o que é? Não sabemos é quantos seriam a menos se a incompetência de não ter meios a postos para a luta não se tivesse dado.
      O Abelhito é o Camarada Espartaco! Vive entre o coração oprimido e o cérebro comprimido.

      Gostar

  19. Procópio permalink
    20 Outubro, 2017 00:06

    Sabe-se que nenhum governo, até antes do outro Marcelo, cuidou da desertificação do interior. Sabe-se que sairam os que puderam e deixaram os pais e os avós. Os tugas gostam muito da terra quando vêm de longe mostrar os seus carros na festa.
    Sabe-se que a nação se desintegrou ao longo de décadas porque acima de tudo as suas elites traiçoeiras nunca zelaram por nada que não fosse o seu bolso e mais uma vez, tanto fizeram os da direita como os da esquerda, porque no fundo a massa e a mesma.
    Isto já vem de longe.
    “(…) D. Fernando, pela graça de Deus Rei de Portugal e do Algarve. Considerando que por todas as partes dos nossos reinos há falta de alimentos, do trigo e da cevada, dos quais anto todas as terras e Províncias eram muito abastadas (…).” Lei das Sesmarias, 1375.
    Estabelecemos e ordenamos e mandamos que todos os que têm herdades suas próprias ou tiverem aprazadas ou aforadas ou por qualquer outro modo ou título, por que hajam direito em estas herdades, sejam obrigados em as lavrar e semear; e se o senhorio das ditas não lavre parte delas por si (…) e as mais faça por outrem ou as dê a lavrador que as lavre e semeie por sua parte (…) de modo que as herdades que sejam para dar pão sejam todas lavradas e aproveitadas e semeadas de trigo, ou cevada ou de milho.” Lei das Sesmarias, 1375.
    “Mais ordeno que todos os homens ou mulheres que andem vagueando ou pedindo ou não tenham mester (…) sejam obrigados pela Justiça a servir na lavoura ou em outros mesteres.” Lei das Sesmarias, 1375.
    Quatro séculos mais tarde o Marquês de Pombal tentou criar um núcleo de nobreza em Provesende, centro geográfico do Douro dessa época. Debalde, em poucos anos regressaram todos a Lisboa. Ainda lá podem ver os solares e o que resta.

    Gostar

  20. Prova Indirecta permalink
    20 Outubro, 2017 08:39

    … já recomeçaram as campanhas para os donativos a favor das vítimas dos incêndios.

    Gostar

  21. 20 Outubro, 2017 08:51

    Náusea tenho eu quando penso em tantos outros organismos públicos existem para que os senhores de dentro se abotoem e se encham de favores. Não é só a ANPC nem são só os políticos.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: