Skip to content

Caridade? Não, é um empréstimo de um amigo. Tenciono pagar-lhe quando souber quanto devo.

3 Dezembro, 2017

pagos-por-um-amigo

Hoje há donativos nos supermercados para o Banco Alimentar. Os socialistas não gostam, chamam-lhe caridadezinha. Para um socialista, caridade aceitável não é um saco de feijões para quem tem fome, é a aquisição de serviços de um ghostwriter para nos escrever uma tese académica com a qual cometemos uma nada escandalosa fraude académica que nos permita manipular o top de venda de livros através da aquisição de cópias pela mesma pessoa que nos paga o ghostwriter, a casa e a alimentação em bairros nobres de Paris. Caridade é, também, fingirmos que na sequência da mais que evidente participação em fraude académica, podemos manter o lugar e o salário de professor universitário sem que o corno manso do português se indigne por aí além com o estado do chiqueiro.

 

Anúncios
10 comentários leave one →
  1. lucklucky permalink
    3 Dezembro, 2017 13:04

    Caridade tira o poder ao Estado, à Esquerda. Por isso é que a odeiam.

    Gostar

  2. Juromenha permalink
    3 Dezembro, 2017 13:53

    Não é um país – é uma latrina…e uma latrina aceite e consentida por grande parte de quem a habita.

    Gostar

  3. 3 Dezembro, 2017 14:38

    Lembrem-se disto, sempre presente na actuação do P”S” desde 1973 e em vigor: “Para os nossos tudo, para os inimigos nada, para os outros cumpra-se a lei” — cartilha de Almeida Santos, um dos Capo di tutti Capi.
    Portanto, e porque o P”S” governará até 2023 e a ProcuradoraGRepública brevemente terminará o mandato, quem a substituir (vindo ou não das beiras “íntegras”), tem a missão de não permitir que toquem muito no “menino de ouro do P’S'”, tá ?, porque o “animal feroz” mais salgado se condenados, poderia desatinar e em desespero, vingança… iria tudo a eito.
    Nunca o polvo será decepado.
    Entretanto, fechem bem as portas e janelas da sala onde está o processo e cuidado com curto-circuitos.

    Gostar

  4. 3 Dezembro, 2017 14:57

    Os bois pelos nomes. levei.

    Gostar

  5. 3 Dezembro, 2017 15:02

    Oh !, Eu, de acordo com o Freitas do Amaral: “Marcelo está a exercer o mandato através das televisões”, in Jornal Económico.

    Gostar

  6. Arlindo da Costa permalink
    4 Dezembro, 2017 00:40

    Ao menos este quer pagar. Ao contrário de muitos que só o criticam e deixaram (e deixam!!!) calotes em todos os sítios onde passam.

    Gostar

    • 4 Dezembro, 2017 01:47

      Quer pagar ? Muito bem ! Se for condenado, mando-lhe a percentagem que tem de me pagar na qualidade de contribuinte por causa dos custos de todo o Processo, do início até ao momento em que fecham pela primeira vez a cela.

      Gostar

    • 4 Dezembro, 2017 06:59

      Vai ficar todo rebentadinho para juntar o dinheiro.

      Gostar

  7. Colono permalink
    4 Dezembro, 2017 13:14

    No Parlamento :

    ” Há deputados que são assessores deles mesmo”
    Isto não é caridade … é roubo! E o portuga…. nas tintas.

    Os vencimentos dos assessores da Câmara M. de Lisboa….autênticos carteiristas …
    O português (lisboata) —– marimba-se….

    Onde eu fui um ingénuo colono, esta cambadas seria catedrática.

    Gostar

  8. carlos alberto ilharco permalink
    4 Dezembro, 2017 17:06

    Gostaria de informar o seguinte.
    Nunca dou um cêntimo para nenhum peditório de rua.
    Não gosto de me substituir ao Estado que tem obrigação de fazer o que estes fazem.
    Além disso gosto de saber para onde vai o meu dinheiro.
    Pelo exemplo de Pedrógão,por vezes perde-se nas curvas da serra.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: