Skip to content

E do Assédio aos Homens, Ninguém Fala?

12 Janeiro, 2018

 

26219505_1760714550606025_1039208959680309587_n

Há por detrás desta onda de indignação de certas mulheres uma hipocrisia monumental. Se por um lado se queixam do assédio sexual por parte dos homens, do outro exibem-se praticamente nuas apelando aos  instintos  reprodutores dos machos. Não me venham dizer que o fazem de forma ingénua só por “gostarem” da indumentária ou para se “sentirem bonitas”. Balelas! Mulher que é mulher com “M” grande sente-se bonita e atraente até com umas simples calças de ganga. Sou mulher e sei muito bem do que falo.

Cresci num tempo em que incomodar uma miúda na paragem de autocarro com graçolas era MÁ EDUCAÇÃO com direito a dois tabefes bem dados nas trombas desses garotos após queixa ao pai. Não era assédio sexual. Um tempo em que mandar um piropo por passar uma rapariga bonita, não era assédio, era fazer a corte. Atacar violentamente uma mulher abusando dela sexualmente era crime de violação sexual. Tudo era muito bem definido. Agora tudo é assédio. Hoje até um simples “olá estás boa!” pode ser perigoso. É a doideira total.

Como mulher também eu fui largamente “assediada” dentro deste contexto “moderno” da palavra. E isso nunca me incomodou. Porque os galanteios sabiam-me bem ao ego pois demonstravam  o meu grau de sedução sobre o sexo oposto. Mas sempre com cuidado com as indumentárias para não transmitir uma imagem errada daquilo que pretendia: atrair  pessoas, não predadores sexuais. Quantas vezes me perguntaram: “Posso me sentar? Está acompanhada?” dando uma resposta imediata conforme minha conveniência. Que mal tem atrair os homens e receber uma abordagem por isso quando até os  passarinhos (esses animais tão fofos) provocam as passarinhas com rituais para as atrair sexualmente?  Porque não nos indignamos igualmente com a natureza? Bem, deixa-me estar calada, não vá alguém ter ideias…

Mas a hipocrisia cresce ainda mais quando ninguém refere os homens como vítimas desse mesmo assédio de que tanto  se queixam! Não oiço nada, mesmo nada sobre isso e é muito estranho. Ao longo da minha vida vi coisas incríveis protagonizadas por mulheres predadoras sexuais. Não estou a brincar. Autênticos filmes alguns quase de terror psicológico com elas a rodear vítimas masculinas desesperadamente. Quando dava aulas em Ponte de Lima havia um colega que era muito popular do mulherio. Sempre rodeado por elas, alunas e professoras. Tinha o dom de saber ouvi-las e elas encantavam-se com ele! E eu, achava aquilo muito engraçado, porque meu colega, fosse num café ou na escola, nunca se via com homens. Parecia ter mel que só atraia o sexo feminino. E muitas! Até que um dia nos tornamos amigos e ele começa a contar-me o seu drama. Fiquei a saber que ele era perseguido, molestado, “armadilhado” com esquemas onde apareciam  nuas na sua cama, lhe ligavam para casa a toda a hora, enfim, não o deixavam em paz. Vivia num inferno! Mas, como vivíamos num tempo diferente deste, nunca viu nisso um crime. Apenas azar de atrair tanto o sexo feminino. Como este, conheci muitos mais exactamente com o mesmo problema: assédio feminino. Alguém fala nisto? Claro que não. Não convém.

Esta raiva aos homens é patológica. Não faz sentido em mulheres saudáveis e bem resolvidas com a vida. Porque estas sabem sempre avaliar as situações separando o que é efectivamente crime do que não passa de galanteios, mais ou menos felizes (sim, porque nem todos nascem com o mesmo dom para a sedução).  Saberá estar à altura de dizer “não” e se esse “não” for desrespeitado, resolvê-lo.

Porque a hipocrisia não deixa ver que no dia em que estas senhoras todas com mais ou menos  nudez à mostra, não obtiverem qualquer reacção masculina (por receio destes) serão elas a questionar a virilidade dos homens e acaba-se o glamour dos vestidos às tiras sem cuecas.

 

 

 

 

 

Anúncios
35 comentários leave one →
  1. 12 Janeiro, 2018 12:05

    Desde que que começou a usar os canabinoides que a conexão neural dos dois henmisférios, cada vez mais, se tem vindo a perder.
    Da químio-sociologia à biologia-social tudo é analisado em compartimentos cerebrais estanques. Neles, ou quem cada um deles cada “facto” é “compreendido” conforme a dose e os danos remanescentes do seu uso.
    Depois a manada vai atrás.

    Liked by 2 people

    • lucklucky permalink
      12 Janeiro, 2018 16:50

      Muito antes.

      Se você ler o Manifesto Comunista verifica que cada frase está hum compartimento cerebral estanque.

      Gostar

      • 12 Janeiro, 2018 20:02

        Meu caro amigo..isso era a “elite pensadora dos finais de oitocentos”. …. que finalmente tiveram acolhimento na populaça depois de se vulgarizar a “coltura” dos canabinoides

        Gostar

  2. Paulo Valente permalink
    12 Janeiro, 2018 12:10

    Cara Cristina Miranda

    Finalmente um assunto em que estou completamente de acordo consigo. Para tal, nem precisaria de referir o assédio aos homens. Bastaria ter referido a estupidez de não conseguirem distinguir entre má educação (o que me merece uma bofetada) e assédio, e entre galanteio (o que merece um sorriso e um sim, ou um sorriso um não) e assédio.
    Quanto à indumentária das senhoras, em nenhum caso homem algum a deveria tomar como um incentivo ao assédio, mas sim como um excelente incentivo ao galanteio.
    Por fim, permita-me que lhe diga, que tem um sorriso bonito.

    Liked by 1 person

    • cachecol permalink
      13 Janeiro, 2018 22:16

      Atenção , andam doidas à solta …
      “ As Mulheres que julgam que são inteligentes pretendem “igualdade de direitos”; as INTELIGENTES , não “ . Gabrielle Colette , autora de Dialogues de Bêtes .
      Felizmente , a maioria é inteligente …
      CASTIGAT RIDENDO MORES …

      Gostar

      • cachecol permalink
        13 Janeiro, 2018 22:18

        CONCORDO consigo e tambem com a Cristina

        Gostar

  3. Manuel Assis Teixeira permalink
    12 Janeiro, 2018 12:22

    Grande Cristina Miranda: Como homem ( bem educado) agradeço-lhe o seu artigo! Excelente! Diz tudo o que deve ser dito!

    Liked by 1 person

  4. licas permalink
    12 Janeiro, 2018 12:31

    E o assédio à liberdade de expressão?
    Uma delícia, esta:
    ” Ao defender o Novo Código do Govêrno de Evo Morales
    diz que a liberdade de expressão (seja ela religiosa ou impressa)
    é uma CONCESSÃO do ESTADO [maiúsculas nossas]”, logo
    ele poderia controlar esse direito ”

    Uma completa besta, este Evo.

    Liked by 1 person

  5. Raghnar permalink
    12 Janeiro, 2018 15:01

    Ainda vão dizer que foi “lobotomizada” pelo hiperheteropatriarcado, como disseram da Sra. Deneuve.

    O único ser mais odiado pelo feminazismo que o homem ocidental são as Senhoras com letra maiúscula. Por incrível que pareça…

    Gostar

  6. 12 Janeiro, 2018 16:19

    Isso não é assédio; é mau-gosto

    Gostar

  7. Procópio permalink
    12 Janeiro, 2018 16:48

    «Quem não quer passar por lobo não lhe vista a pele.»
    Quem não quer passar por instigadora, não se dispa à toa!”.

    Liked by 1 person

  8. Juromenha permalink
    12 Janeiro, 2018 16:53

    “Assediam-me, logo existo”.
    Ora quem não é “assediada”…

    Gostar

  9. maria permalink
    12 Janeiro, 2018 18:25

    QUAL a moral de algumas, locutoras, artistas , escritoras, deputadas e outras virem para as televisões mostrarem as mamas a milhões de espectadores? Não podiam oferecer os marmelos aos de casa e fazer deles boas refeições?

    Gostar

  10. SRG permalink
    12 Janeiro, 2018 18:28

    O mais caricato de toda esta “parafernália” anti-assédio, são as revelações de mulheres de vários estratos sociais, querendo dar nas vistas e instrumentalizadas politicamente, virem a relatar casos que já se passaram há vários anos. Isto é tão absurdo que se não fosse tão grave até seria argumentação para várias anedotas.Julgo que por trás de toda esta “arregimentação”, está apenas e só o lado mais sujo da baixa política.

    Gostar

  11. Filipe Costa permalink
    12 Janeiro, 2018 19:40

    Passei e passo por pior que o seu amigo, sou assediado por mulheres de todo o tipo de forma louca com cyberbullyng e phoneBulllyng (já mudei de nº 3 vezes só este ano). O pior de tudo é que até panilas me assediam e apesar de eu dizer que jogo no campeonato hetero, não me largam, até no emprego veja lá.

    Gostar

  12. 13 Janeiro, 2018 02:38

    Assédio(s) como este:

    impertinencias.blogspot.pt/2018/01/fake-news-abusive-producer-assaulted-by.html

    Gostar

  13. 13 Janeiro, 2018 06:47

    ao ler as primeiras linhas do seu artigo, gritei: Até que enfim que aparece uma mulher que vê o 69 de ambos os lados. Estejam vestidos de preto ou às cores.
    A maioria das “vitimas” de assedio e/ou abuso sexual, ou andam famintas de uma oportunidadezinha na ribalta ou a troco de uma promessa ajoelham-se de imediato.

    Liked by 1 person

  14. AAA permalink
    13 Janeiro, 2018 13:39

    Quem é a fulana da foto?

    Gostar

  15. Prova Indirecta permalink
    13 Janeiro, 2018 14:53

    e por aí vamos…

    Gostar

  16. A. R permalink
    13 Janeiro, 2018 16:37

    Hugh… que horror!

    Gostar

  17. cachecol permalink
    13 Janeiro, 2018 22:08

    Os recentes GLOBOS DE OURO mais parecem GLOBOS DE CARVÃO pois todas as atrizes compareceram vestidas de preto mas semi-nuas , isto assim como modo de protestar contra o ASSEDIO SEXUAL mas feito apenas pelo Homem . Aliás , nojenta forma de fazerem auto-publicidade … Mas quantas não foram “ab initio” para os “castings recrutadores” sem cuecas e agora se queixam de assedio sexual ?
    E a psicopata feminista mentora deste protesto talvez necessite de ser internada pois confunde “assedio sexual” com “abuso sexual de menores” como lhe aconteceu na sua atribulada infância . Esta mentora é também dirigente do movimento “metoo” nos Estados Unidos que com cerca de 400 membros foi considerado a figura do ano pela revista TIME !…
    Para estas loucas feministas até o cavalheirismo é sinónimo de assedio sexual !… Estas feministas não passam de um aglomerado pré-transgénico que nunca conheceu os prazeres do sexo …

    Gostar

  18. cachecol permalink
    13 Janeiro, 2018 22:10

    Salvo o devido respeito pelo “conceito natural de mulher” , ali apareceram como uma cadela com cio que salta para dentro do canil e depois se queixa de assedio sexual .
    Mas ao longo dos séculos quantas mulheres não tiveram o seu sucesso com origem no seu assedio sexual sobre os homens?
    E que seria da mais velha profissão do mundo – a prostituição – sem o assedio sexual das(os) heterossexuais ou homossexuais?
    O assedio sexual é um ato natural . Qualquer seu contrário contranatura já está previsto e punido por lei . Pelo que esta histeria feminista é mais um sintoma de alguma decadência feminina . E no limite deste histerismo feminista até pretendem que o direito ao lugar se consegue não pelo mérito mas sim pelo coitadinho do seu sexo !… Existe ainda um outro complexo feminista . Por exemplo , a ex-Ministra da Administração Interna , “ad minus” politicamente responsável pela morte de 113 pessoas, vem desculpar-se , dizendo que as criticas que lhe foram feitas acontecem apenas por ser mulher !…
    Estes complexos feministas salvo melhor e douto entendimento são já do foro patológico .

    Gostar

  19. Carneiro permalink
    14 Janeiro, 2018 17:43

    Realmente é escandaloso aquele tipo aparecer de pés nús, sem peúgas.

    Gostar

  20. 16 Janeiro, 2018 11:27

    Excelente, Cristina Miranda.
    Estou completamente de acordo consigo.
    Faço minhas todas as suas palavras, sem retirar uma vírgula.
    Abordou magnificamente a realidade.
    Há mulheres que não sabem ser Mulheres e confundem tudo. E outras que são predadoras sexuais tanto quanto os homens predadores.
    Parabéns por esta abordagem profundamente realista.

    Liked by 1 person

  21. 17 Janeiro, 2018 11:06

    Parabéns!
    Na qualidade de filógino inveterado, (já não vou mudar com esta idade…) apreciei a tua postagem sobre um tema que parece ter entrado na moda, inconsequentemente, pois é exageradamente explorado nos media e sobretudo parcial na sua abordagem. Isto não obsta que reconheça existirem excessos machistas, que obviamente condeno.
    Bem hajas cara Cristina.
    Zé Ferreira

    Liked by 1 person

  22. Mariana permalink
    20 Janeiro, 2018 16:11

    Vá informar-se melhor do que significa assédio. Porque piropo não é, nem nunca foi crime, muito menos pode ser equiparado a tal. O assédio está bem definido ao contrário do que pensa ou do que pensa pensar. Os exemplos que aí apresentou não são considerados como assédio. Antes de escrever um artigo destes, ao menos não se permita tal ignorância.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      20 Janeiro, 2018 16:29

      Cara Mariana, quem demonstra ignorância é você que não percebeu que o texto se refere à onda estúpida das feministas que vêem AGIRA assédio em todo o lado e o banalizam. Anda muito pouco informada do q se passa à sua volta.

      Gostar

      • Mariana permalink
        22 Janeiro, 2018 22:32

        Percebi muito bem o assunto do texto, pelo menos no meu caso interpretação de textos aprendi na primária, sendo que não faria sentido comentar se não estivesse informada do que se passa à minha volta. Simplesmente, esses exemplos são irrelevantes já que não podem ser qualificados como assédio.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        23 Janeiro, 2018 08:45

        São exemplos irrelevantes? Então vá dizer isso às feministas. É disso q se trata.

        Gostar

  23. Filipe permalink
    23 Janeiro, 2018 12:44

    Apelação ao instinto reprodutor dos machos? Essa espécie mentalmente reduzida e amorfa que fica toldada por um par de mamas ou pernas e que deixa de responder por si? Todos aqueles que se movem na coutada do macho latino que obrigam as mulheres a esconderem-se como coelhos? São esses de que fala? Pois também lhe digo que também ha homens resolvidos que se estão bem a borrifar para os tais vestidos, não sendo por isso menos homens! Bom agora a sério…Parece-me que não tem sido o que é descrito que motivou esta onda sobre o assédio sexual, que nada tem que ver com o ódio aos homens. A grande questão não é o assédio sexual sem mais, e aquilo que o distingue da tal “corte” ou do engate. O problema que aqui se coloca é o aproveitamento de uma posição hierarquica ou de poder superior, com vista à prática de actos sexuais. Essa é a grande questão. Não está em causa o facto de um homem ou de uma mulher envolverem-se fora do contexto profissional ou, dentro deste, em posições hierarquicas semelhantes. A questão torna-se bastante sombria quando uma das partes usa essa posição superior a seu favor. Mais, pode até nem existir subordinação hierárquica mas a simples oferta de vantagens ou manutenção das mesmas é simplesmente asqueroso. E esse é o ponto! Para além da questão sexual propriamente dita, não deixa de ser um sinal da cultura de corrupção e de demérito que existe em certas esferas. Esta é para mim a grande questão que ninguem fala… Ou melhor até se fala… de forma subliminar. No fundo, o que retiro do texto é que a relação que resulta de uma situação conforme a que descrevi é uma relação de win win em que ambas as partes usam o quem podem para o sucesso: uns o poder, os outros o corpo. Afinal de contas qual é o mal? Deixem se de hipocrisias que isto sempre assim foi e continuará a ser e ficamos todos na boa, porque afinal isso faz parte do jogo sexual que sempre existiu entre homens e mulheres. Que posição confortável…

    Gostar

  24. 31 Janeiro, 2018 12:01

    Republicou isto em Cantinho da Florinda.

    Liked by 1 person

  25. 11 Março, 2018 20:10

    Oi! Realmente há hipocrisia em muito do que hoje em dia se nomeia, glamouriza ou coisa do gênero! Falei sobre isso no meu canal, se me permite via link https://youtu.be/RyffoS4tUEo. Gostaria de saber o que achou da colocação no vídeo que postei. Grata!

    Gostar

Trackbacks

  1. A Ideologia do Ódio – PortugalGate

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: