Skip to content

“Muito mais de 90% dos impostos são pagos voluntariamente”

3 Abril, 2018

imposto é roubo

Numa entrevista à RTP, a directora-geral da Autoridade Tributária quer-nos tomar por parvos. Diz ela que os impostos são pagos voluntariamente. Helena Borges dá como exemplo a baixa percentagem de incumprimento como prova da sua tese. Esta senhora é cínica ao ponto gozar com a cara de quem, sob a ameaça da força e tendo como perspectiva enfrentar um inferno legal e um quadro de inversão do ónus da prova opta por pagar sem resistência aquilo que lhe mandam.

Esta funcionária do estado tem ainda o desplante de dizer que o propósito da AT é “fazer com que cada um dos que cumpre seja nosso aliado na forma como observa os incumpridores”. Está instituída a nova bufaria fascista!

Se isto não bastasse, esta personagem adverte o indivíduo de que está sob vigilância apertada e que nem vale a pena resistir à AT pois o Fisco dispõe de informação e bases de dados suficientes para “antecipar o comportamento das pessoas e para sinalizar capacidade de detecção do incumprimento”.

Meu caros leitores: não sois seres autónomos nem indivíduos, sois cidadãos contribuintes!

*

 

 

Anúncios
55 comentários leave one →
  1. 3 Abril, 2018 18:33

    Só gente parva considera que todos são parvos, patetinhas e amestrados. É o governo que há e assim, abusivo mas alegrete vai durar até final de 2014.

    Liked by 1 person

  2. 3 Abril, 2018 18:34

    Errata: até final de 2024

    Gostar

  3. Raghnar permalink
    3 Abril, 2018 18:44

    Mas a sigla não significa Autoridade Totalitária? E nem têm “pressão para cumprir as metas” pois como recebem comissão sobre aquilo que arrecadam, nem precisam de “mobbing” para agir. Eu nem concordo com a ideia de que todo o imposto é roubo, alguma arrecadação fiscal é necessária, mas é curioso como a inversão do ónus da prova é aceite pacificamente, para carregar no “contribuinte”. Já para apanhar políticos corruptos é que não pode ser, pois são “cidadãos comuns” e “têm direitos”…

    E a sua base de dados já foi utilizada com o “bom motivo” de contactar proprietários de terrenos, por outra entidade que não a AT. Aberta a caixa da Pandora, é só pensar em tantos “bons motivos” para voltar a utilizá-la, nomeadamente se o cidadão pensar de forma errada e existir necessidade de correcção.

    Gostar

    • Aónio Lourenço permalink
      4 Abril, 2018 10:17

      Mas também sejamos sensatos! Desde quando imposto é roubo? Acabar com impostos é acabar com o Estado, logo anarquia. Temos de ser consequentes naquilo que defendemos!

      Gostar

      • Raghnar permalink
        4 Abril, 2018 12:22

        “Eu nem concordo com a ideia de que todo o imposto é roubo, alguma arrecadação fiscal é necessária…”

        Disse-o explicitamente, alguma arrecadação é necessária e a sua utilização deve ser bem explicada. A minha crítica incidiu, principalmente, no modo autoritário como as cobranças são efectuadas e na atitude arrogante dos funcionários da burocracia da AT, ostensiva na entrevista aqui da Sra. Dra.

        As penhoras sem intervenção judicial e tratar o contribuinte como culpado, por definição, paga primeiro e reclama depois é, afinal, para nos “ajudar a pagar impostos”. É mesmo isso…

        Gostar

      • manel permalink
        4 Abril, 2018 13:15

        É roubo porque é excessivo ,( 40 tal por cento ) porque é desigual , porque não dá defesa a ninguém, porque, porque o que não paga imposto é proibido .

        Gostar

      • lucklucky permalink
        4 Abril, 2018 17:01

        Imposto só não é roubo se tiveres direito à Objecção de Consciência contra os Impostos com que não concordas.

        Por isso todos os impostos em Portugal são roubo.
        Aliás a Constituição artigo nº13 diz que não pode existir discriminação baseada na capacidade económica logo o IRS e outros impostos progressivos violam a Constituição.

        Vejamos outro exemplo exemplo enquanto a SIC TVI etc não te obrigam a pagar a existência a RTP é uma organização que baseia a sua existência na violência. Mesmo quem não a vê e nem concorda com ela é obrigado a pagar.

        Não há socialismo voluntário é opressivo e necessita de violência e da sua ameaça para existir.

        Liked by 1 person

      • Ana permalink
        4 Abril, 2018 19:17

        Toino do Lenço se não existisses teríamos que te inventar. E deixa de ser petulante, tanto o toino da costa, como o mário semtino não precisam da tua defesa aparvalhada à La Palisse.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        5 Abril, 2018 10:44

        A partir do momento em que se retira parte da propriedade de alguém com recurso a violência ou ameaça de violência, é roubo.

        Não interessa se é um drogadeco que lhe obriga a dar as notas que trás na carteira com ameaça de uma seringa, ou o Estado que cobra IRS e SS antes ainda do dinheiro do salário cair na conta, com recurso a ameaça de prisão.

        É roubo.

        Se o Estado dissesse o seguinte:

        “Quem quiser utilizar o SNS paga x% do seu salário, quem não paga não pode usar, o pagamento da percentagem não seria roubo.”

        Se paga, quer queira quer não, com recurso a ameaça, é roubo.

        Gostar

  4. weltenbummler permalink
    3 Abril, 2018 19:04

    social-fascismo puro e duro.
    nesta republiqueta sempre me permitiram viver na condição de contribuinte.
    só nos países civilizados onde estudei e trabalhei me consideraram cidadão.
    bardamerda
    PqP

    Liked by 1 person

  5. 3 Abril, 2018 19:20

    Eu tenho uma carta registada da AT, vou levantar amanhã, já me sinto ameaçado.

    Gostar

  6. Arlindo da Costa permalink
    3 Abril, 2018 19:29

    Imposto é roubo! eheheheh! 🙂 até parece um slogan de anarquistas!

    Mas estes liberais gostam de andar nas auto-estradas, nas universidades públicas, nos hospitais públicos, nos aeroportos públicos, etc, etc.

    Gostava de vos ver com um ataque de diarreia…

    Gostar

    • manel permalink
      3 Abril, 2018 22:29

      Quem lhe disse que gostam . Para a canalha socialista tudo o que é privado e mau .

      Gostar

    • Ana permalink
      4 Abril, 2018 19:18

      Este Arfeio ainda é mais indigente intelectual que o Toino do Lenço

      Gostar

      • PiErre permalink
        5 Abril, 2018 06:55

        São da mesma raça política: rafeiros do marxismo gramsciano.

        Gostar

  7. LTR permalink
    3 Abril, 2018 19:34

    Paguei VOLUNTARIAMENTE quase 300 euros de coima cobrada à revelia de um artigo do RGIT porque se assim não fosse eles faziam-me a vida negra. Isto é o país de merda que anda a ser fabricado há décadas na AR. Só não vou comprar tudo a Espanha e pagar IVA aos espanhóis porque não moro junto à fronteira. Fosse esse o caso e nem o IVA de um café esse gajos mamavam.

    Liked by 1 person

  8. Luis permalink
    3 Abril, 2018 19:51

    Em Portugal ninguem representa os pequenos e medios proprietarios, os trabalhadores do privado, as pequenas e medias empresas, os profissionais liberais.

    Os deputados sao escolhidos pelos partidos e nao pelos eleitores, e todos os partidos sao em maior ou menor grau estatistas. So o CDS e que vai tendo uma ou outra pessoa que fogem a norma. Ainda assim, no poder, nao foram la muito liberais, com excepcao das reformas de Adolfo Mesquita Nunes, que ainda assim ficaram incompletas ou ja foram adulteradas…

    Todos os partidos representam gente que come do bolo do Orcamento, e como o pais e relativamente pobre e tem outras deficiencias culturais e sociais, a tendencia e para que as massas se agarrem ou que tem pois mais vale um passaro nao mao que dois a voar, como diz o povo.

    O PS, o BE e o PCP, bem como algum PSD, nunca irao reduzir o Estado, nunca irao reduzir o numero de funcionarios publicos nem cortar nas suas regalias.

    Algum PSD e o PS nao tocarao no Estado paralelo das empresas que prestam “servicos” ao Estado.

    Algum PS, o PSD e algum CDS defendem a manutencao de acordos e parcerias com o Estado paralelo das PPPs, IPSSs e colegios privados.

    Existe uma teia enorme de dependencias, encostos, amizades, acordo, parcerias, amizades, simpatias, manhas, chico-espertices, direitos “adquiridos”, muito dificil de mudar.

    Liked by 2 people

    • André Miguel permalink
      4 Abril, 2018 10:18

      Só mudamos com uma falência à séria ou mediante intervenção externa. Triste fado o nosso. País de amebas…

      Gostar

  9. 3 Abril, 2018 19:59

    Caso Skripal. Se houver provas de que o veneno e o envenenamento não teve origem russa, os países e o Ocidente comecem a preparar-se para consequências inesperadas e gravosas. O Putin não brinca.
    E há mal-disfarçada tensão e ansiedade por conflitos não só por parte da Rússia…

    Gostar

    • Luis permalink
      3 Abril, 2018 20:05

      A Russia anda ha muito tempo ressabiada por a UE ter piscado o olho a Ucrania, a Georgia ou a Armenia. Ou por ter aceite a entrada dos Paises Balticos. Derivado a isso montaram uma maquina monumental de propaganda online com perfis falsos em jornais ingleses e americanos, nas caixas de comentarios, alem do uso das redes sociais. Terao assim contribuido para o Brexit e para a eleicao de Trump. Como foram vitorias a tangente, pode-se dizer que a intervencao russa podera ter decidido estes resultados. Sao conhecidos tambem os apoios russos ao rebeliao catalao, a Le Pen, e aos movimentos de extrema-direita por toda a Europa. Os russos ja nao andam a brincar ha muito tempo!

      Gostar

    • 3 Abril, 2018 21:51

      Deixa.me adivinhar a tua fonte de noticias é a CNN e a BBC

      Liked by 1 person

      • 4 Abril, 2018 00:57

        Para que conste, a minha e única “fonte de notícias” é a PP-CDS TV,
        Parece que não está a render. Solução, editem debates tipo galinheiro em alvoroço sobre futebol e uma rubrica de discos pedidos.

        Gostar

  10. Luis permalink
    3 Abril, 2018 19:59

    A cultura fundacional desta Terceira Republica e de Esquerda e estatista, com muito cripto-comunismo a mistura, resta dizer que o PS e o PSD tiveram e tem nomes importantes que na sua juventude se ligaram a movimentos de inspiracao marxistas, leninistas e trotskista. Dois momentos de viragem levaram-nos no entanto a sair de forma manhosa do extremismo, a opcao europeia de Mario Soares, e a vitoria de Sa Carneiro, que mostrou que afinal a maioria da populacao concentrada a norte do Tejo nao aceitaria naquela altura um regime socialista ou comunista. Mas a essencia da fundacao e de Esquerda.

    Sendo um regime de Esquerda, dominam as ideias associadas a este quadrante politico nas universidades, comunicacao social, programas escolares. Os meios culturais das ordens e corporacoes sao tambem estatistas e socialistas.

    Os funcionarios das Financas, os legisladores, os burocratas, os tecnicos oficiais de Contas, a maioria dos que estao nestas areas profissionais sao filhos do sistema. A ideia predominante e que toda e qualquer actividade tem de estar taxada e tem de estar controlada pelo Estado. E este o caminho e assim continuara pois este e o interesse de quem esta dentro do sistema. Quanto mais dinheiro o Estado tiver, maiores as chances de quem esta dentro do sistema ter maiores rendimentos. Mas quem defende os que sustentam o Estado e as suas oligarquias? Resposta: NINGUEM.

    Liked by 1 person

    • Arlindo da Costa permalink
      3 Abril, 2018 22:02

      Não diga parvoíces. Mude de licor, ó amigo. O Beirão é bom para a tosse.

      Gostar

    • 3 Abril, 2018 22:12

      “Sendo um regime de Esquerda, dominam as ideias associadas a este quadrante politico nas universidades, comunicacao social, programas escolares.”

      O regime nos EUA é de “esquerda” e no UK também ? É que acontece a mesma coisa lá.

      Gostar

    • Aónio Lourenço permalink
      4 Abril, 2018 10:20

      É para isto que a Terceira República nos cobra impostos! Desde 1974 já tivemos 95 (noventa e cinco) ministérios diferentes. A monarquia constitucional em cem anos de regime, teve apenas 9 (nove).

      https://www.veraveritas.eu/2018/03/os-misterios-da-terceira-republica.html

      Gostar

      • Luis permalink
        5 Abril, 2018 19:19

        A Republica, diga-se, foi imposta. O povo era monarquico. Foi imposta em Portugal e no Brasil.

        Gostar

      • Luis permalink
        5 Abril, 2018 19:20

        E apos o 25 de Abril o PCP tentou impor um regime comunista. Falavam como se todo o pais fosse comunista. Houve depois o choque com a realidade nas eleicoes. Aindam assim conseguiram uma Constituicao socialista e o dominio da Linguagem, entre outros poderes.

        Gostar

  11. Mario Figueiredo permalink
    3 Abril, 2018 20:04

    Eu por acaso tenho um dívida fiscal perdoada. Voluntariamente, lá está, decidi não pagar porque uma manilha de fome vale mais que um duque no parlamento. O estado eventualmente desistiu, depois de anos a fio a tentar cobrar. Não tenhamos dúvidas, eu sou o mal deste país.

    Gostar

  12. ANTONIO MANUEL PAIXAO AFONSO permalink
    3 Abril, 2018 20:43

    e uma puta………………….

    Gostar

  13. 3 Abril, 2018 21:58

    “Imposto é roubo”

    O Telminho por acaso não trabalhou na AICEP não ? Posso-lhe mandar a factura do dinheiro que me “roubou” que lhe serviu para pagar o seu ordenado ?

    Gostar

  14. José Domingos permalink
    3 Abril, 2018 23:18

    O aldrabão centino, já autorizou o aldrabão tó chamuça a pagar as despesas com os helicópteros do ano passado, e a dar algum aos artistas independentes, com o nosso dinheiro,

    Gostar

  15. carlos alberto ilharco permalink
    4 Abril, 2018 00:05

    A CML vai comprar os imóveis de uma companhia de seguros que os quer de volta metendo os inquilinos na rua.
    Se isto não é o socialismo digam-me lá o que é.

    Liked by 1 person

  16. Mário Fernandes permalink
    4 Abril, 2018 00:49

    É muito interessante fazer a análise das »contribuições« dos avençados da sinistra quando o teor do post lhes aflige o clítoris.

    Neste caso, até respondem a comentários. Garruço enfiado.

    Gostar

  17. 4 Abril, 2018 01:01

    Mais uma demissão na rampa de lançamento: do secretário de estado da cultura.

    Gostar

  18. Aónio Lourenço permalink
    4 Abril, 2018 10:14

    Até do ponto de vista semântico! É que a palavra tanto pode tomar a forma de substantivo masculino, ou seja um imposto; como também algo que nos é imposto, ou seja, particípio passado do verbo impor. Já alguém que faz a coleta de impostos, neste caso a AT, do ponto de vista semântico, deveria ser um impostor. Sábia Língua!

    Gostar

  19. ricardo permalink
    4 Abril, 2018 11:33

    Quando estas sinistras personagens põem a cabeça de fora da pocilga onde chafurdam para ameaçar a sociedade, sabemos que novas malfeitorias se avizinham.
    Mau sinal.

    Liked by 1 person

  20. DNO permalink
    4 Abril, 2018 11:35

    a prepotência em mais alto grau

    Gostar

  21. Procópio permalink
    4 Abril, 2018 12:01

    O sistema é semelhante em vários países. A diferença é que nuns se rouba tanto que por mais impostos que se cobrem, nunca chega a quem trabalha, nem para fazer funcionar os serviços públicos. Há porém países onde os cidadãos onde é fácil entender para que servem os impostos e onde são aceites de bom grado.
    Quando falo de trabalho, não estou a incluir a burocracia amiga do sistema, nem os lugares conquistados via nepotismo ou via influência da política corrupta generalizada.
    Saber quem nos rouba é ao primeiro passo para alterar o engodo. Existe uma cortina densa e uma forma, a omertá, para que não se saiba nada do que interessa.
    Os presstitutos são os primeiros a encher as notícias de sangue, bola e lixo, nem que ocorra na Tasmânia. Os poderes públicos “proibem” revelar quem são os credores da caixa geral da gatunice. Por aqui ficam com uma idea.
    O vara e o santos ferreira, mais quem os mandou para lá riem-se nas nossas costas.

    Gostar

    • Luis permalink
      5 Abril, 2018 19:23

      A social-democracia e o socialismo sao muito bons para os escandinavos. Ups, nem la funcionou assim tao bem e tiveram crises no final dos anos 80. Nos paises latinos, Italia, Portugal, Espanha ou Franca so funciona um Estado pequeno, com pouca gente, mercado aberto, livre, impostos muito baixos, e autoridade. Mais. Nada, nada de ideias de Esquerda, sao destrutivas.

      Gostar

    • Luis permalink
      5 Abril, 2018 19:25

      A Espanha deu poderes as regioes. Resultado? A palhacada da Catalunha, e dividas brutais das empresas regionais.

      Imagine se Portugal estivesse regionalizado. A nossa divida publica seria muito mais alta, e o exercito de funcionarios e dependentes muito maior!

      Gostar

  22. Procópio permalink
    4 Abril, 2018 14:32

    Artigo muito esclarecedor. As mentes reprogramadas pelos merdia e pela falta de ensino nas escolas públicas e nas universidades, são imunes à realidade.
    Só quando a algibeira esvaziar despertarão deveras. Ainda falta algum tempo. Aproveitem.

    Gostar

  23. 4 Abril, 2018 20:32

    “Lindo ! O melhor de todos, Fantástico. Extraterrestre, O maior ! Orgulho nacional !” O que hoje ouvi repetidamente. E imagino o que foi dito e visto N vezes nas TV’s…
    “Partantos” pagam, não protestam, mandam só umas bocas e viva o pontapé de bicicleta — será que afinal, também a directora-geral sabe para quem fala ?

    Gostar

  24. CASTANHEIRA permalink
    5 Abril, 2018 09:47

    Imposto é roubo ? É sem qualquer especie de dúvida.
    Os impostos surgem da necessidade das sociedades organizarem a sua segurança e defesa , bem como a Justiça. Como o dinheiro não era emitido pelos governos mas sim pela mãe natureza ( ouro , prata ,trigo, sal etc) era necessario que as pessoas contribuissem com parte do seu rendimento (produção) .
    No sec xxi o dinheiro ja nao é emitido pela mãe natureza mas indiscriminadamente pelos banqueiros centrais a mando dos governos. Não custa nada pois não passa de papel pintado . Então porque , sendo assim , se continua a perseguir as pessoas , caçando-as como ratos a fim de lhe cobrarem impostos , em vez de emitirem todos os anos uma pequena percentagem de papel-moeda para os gastos essenciais (segurança e justiça)do estado?
    Porque o papel dos impostos tem outra finalidade para alem da colecta que é o controle total das pessoas . É portanto uma ideia criminosa de dominio , de perseguição e subjugação que esta por detras desta questão dos impostos , potenciada por sentimentos rasteiros de inveja e parasitismo que sustentam as sociedades modernas .

    Gostar

  25. licas permalink
    5 Abril, 2018 13:49

    CASTANHEIRA PERMALINK
    5 Abril, 2018 09:47

    E a inflação não deixará de subir, subir, sem limite. quando se emite
    papel-moeda sem que seja consequência de aumento de riqueza da Nação.

    Gostar

    • CASTANHEIRA permalink
      5 Abril, 2018 19:57

      emitir moeda numa baixa percentagem apenas para pagar a segurança e a justiça não geraria assim tanta inflacção .

      Gostar

  26. Fernando Costa permalink
    5 Abril, 2018 16:19

    Uma multa é um imposto por algo que se faz mal, e um imposto é uma multa por algo que se faz bem.

    Gostar

  27. José Ramos permalink
    6 Abril, 2018 00:53

    Voluntariamente, my ass !

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: