Saltar para o conteúdo

Têm quase duas semanas para resolver o assunto

16 Julho, 2018
Caríssimos Piménio Ferreira e Maria Gil responsáveis pelo tema “Ciganofobia” no Acampamento Liberdade 2018 do BE importam-se de nos dizer como devemos abordar este facto? É que nós aqui no Blasfémias também estamos como o Duarte da notícia: não sabemos o que pensar e aguardamos o vosso esclarecimento.
Duarte decidiu partilhar os momentos de terror que viveu nas redes sociais. “Camisola rasgada, sangue por todo o lado, 8 pontos… Foi a consequência de ter dado um beijo ao meu namorado que estava prestes a entrar para o seu emprego”, começou por explicar. Prosseguindo com alguns detalhes das agressões, Duarte revelou ter sido insultado por uma família cigana que passou posteriormente à violência física: “Uma família de ciganos fez questão de nos chamar paneleiros, pedófilos (não sei bem porquê), entre várias ameaças de morte. Imediatamente partiram para a violência, cuspiram na cara do meu namorado, espetaram-me um alicate na cabeça, e enquanto eu caio no chão, vejo o meu namorado a cair também enquanto lhe dão pontapés. Não tenho palavras para comentar este episódio, nunca tinha sido vítima de semelhante, sempre tentei evitar os estereotipo que existe da etnia cigana… nem sei o que pensar…”,

E o SOS Racismo quando se pronuncia? Ou também não sabe o que pensar?

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. Mario Figueiredo permalink
    16 Julho, 2018 09:58

    Gostava que o Duarte também se pronunciasse. Coitadinho, diz que não sabe o que pensar.

    Pois é, é de ficar confuso quando a nossa narrativa progressista enche orgulhosamente a nossa camisola com o próprio sangue. Ó Duarte, não vires ciganofobo, rapaz! Convida ciganos lá para casa e continua a dar beijinhos ao teu namorado. Fofo!

    Gostar

  2. Luis Lavoura permalink
    16 Julho, 2018 09:59

    como devemos abordar este facto?

    Deve abordá-lo como um incidente – grave – de homofobia.

    Não tem nada a ver com a ciganofobia de Piménio Ferreira e Maria Gil. Ninguém aqui demonstrou ódio aos ciganos. O que foi demonstrado foi ódio aos homossexuais.

    O que se mostrou foi que há ciganos homofóbicos – nada que seja propriamente inesperado.

    Gostar

  3. Artista Português permalink
    16 Julho, 2018 10:15

    Piménio Ferreira e Maria Gil, esperem que a Europa se torne muçulmana, como vocês querem, e depois vão ver os Duartes deste mundo. Não esperem, porém, por ponta-pés nem levar com alicates na cabeça. eles têm uma técnica mais eficaz. Assim como fizeram ao Robespiere mas de baixo para cima….

    Gostar

  4. Manuel Assis Teixeira permalink
    16 Julho, 2018 10:57

    He he he! Será que a Isabel Moreira tambem já se indignou??

    Gostar

  5. maria permalink
    16 Julho, 2018 20:01

    Provocam com cenas que são reprováveis e depois levam. Imaginem crianças com 9,10,11 anos ao pé dos familiares a assistir a estas cenas deploráveis. Façam-no em casa.

    Gostar

    • Paula permalink
      17 Julho, 2018 10:37

      Daqui se depreende que as criancinhas podem ver alguém a matar alguém ao pontapé que não há problema, alguém a dar um beijo em alguém é que não…
      Violência não há problema, amor é repugnante!
      Ciganos e muçulmanos deste mundo, uni-vos e acabai com a homossexualidade, esse flagelo da humanidade.

      Gostar

  6. Louçanias permalink
    17 Julho, 2018 03:39

    Não se inscreveram no acampamento desintoxicativo.Haviam de começar na tenda Queer
    e acabar na da Ciganofobia onde levariam outro tanto mas agora já desintoxicados,

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: