Saltar para o conteúdo

teimosia rima com ideologia?

18 Janeiro, 2019
by

thumbs.web.sapo.io

A pouco expressiva vitória que Rui Rio alcançou ontem no Conselho Nacional do PSD, considerando que se trata de um líder apenas com um ano de exercício de funções, representou um claríssimo cartão amarelo àquilo que ele fez até agora à frente do partido. Mesmo os seus mais próximos (veja-se, apenas a título de exemplo, a última entrevista de Nuno Morais Sarmento ou as intervenções de Pacheco Pereira na comunicação social) são-lhe muito críticos, considerando que precisa de mudar muito do que até agora tem feito. No fim de contas, o que parece ser o sentimento comum a todos os que pairam pelo partido laranja, é que Rui Rio, fruto de uma enviesada estratégia que só ele compreende, não foi capaz de apresentar ao país uma estratégia de governo alternativa à do Partido Socialista, o que será fatal em eleições, como já indiciam as sondagens. Portanto, o que Rio conseguiu ontem foi uma segunda oportunidade para mostrar o que vale. Com prazo muito curto, que poderá terminar abruptamente em Maio, nas eleições europeias, se o resultado do PSD for humilhante, embora o mais provável é que se estenda até “à vitória nas legislativas”, como Meneses melifluamente lhe atirou. Como, porém, para Rui Rio teimosia rima com ideologia, é óbvio que ele continuará a fazer o mesmo que até aqui, como, aliás, já anunciou, mal estavam os votos contados. Não será, pois, com este PSD que nos veremos livres de Costa, e, muito provavelmente, só depois de Outubro poderemos começar a perceber como, e com quem, ficará a direita. Até lá, Rio continuará igual a si próprio e, com a sua teimosia, o PSD a definhar.

Anúncios
39 comentários leave one →
  1. 18 Janeiro, 2019 13:06

    Para mim “laranja” é meio vermelho meio amarelo, logo de esquerda. Contudo acho que não havendo tempo para tomar o Poder de assalto este ano, a estratégia do Rui Rio é melhor do que boa, é excelente.
    Reparem:
    – Cozer Costa em lume brando no qual ele pensa que as queimadelas são gotas de óleo de massagem quentes.

    Próximo, demasiado próximo para a máquina esquerdalhenta do PS reagir, ataca com algo que ninguém esperava e reforça o desmascaramento dos “êxitos” da Geringonça.

    Como se diz no box: punch and upper cut, out of the blue … foi assim que ele ganhou no Porto … et pour cause já na altura eu era dos poucos da Direita a Sério que diziam que ele ia ganhar, mas sobre o Porto eu tenho um feeling muito especial.

    Gostar

  2. António Tomé permalink
    18 Janeiro, 2019 13:16

    ” Não será, pois, com este PSD que nos veremos livres de Costa…”. Tenho ideia que é mais provável ser com este PSD do que com aquele que lá o colocou|

    Liked by 1 person

    • Carlos Gonçalves permalink
      18 Janeiro, 2019 21:40

      “Tenho ideia que é mais provável ser com este PSD do que com aquele que lá o colocou [ao doutor “poucachinho]”.
      Refere-se ao PSD que ganhou as eleições, certo?

      (repare que para mim, tanto aquece como arrefece, mas…)

      Gostar

      • António Tomé permalink
        19 Janeiro, 2019 02:57

        Estou a falar daquele que expurgando os votos do CDS terá tido menos votos que o CDS, dai não ter formado governo!!!

        Gostar

      • António Tomé permalink
        19 Janeiro, 2019 02:59

        Desculpe, “…terá tido menos votos que o PS…”

        Gostar

  3. CASTANHEIRA permalink
    18 Janeiro, 2019 16:09

    Rio estaria bem mais confortavel como militante do PS , pois as suas ideias basicamente não se distinguem dos socialistas ;
    Quem não se lembra da sua proposta de mais um imposto , este especificamente para pagar a dívida ? Quem não se lembra das suas propostas para controlar a justiça , através do controlo do CSMP?
    Enfim , um nado-morto , este rio como se esta já a comprovar com todas as dissidencias e novos partidos.

    Gostar

  4. 18 Janeiro, 2019 16:32

    Por certo as pernas do AC-DC “até tremeram” quando soube o resultado. Esperava, queria, que tivesse uma oposição frouxa do LMontenegro.
    “Agora é que vai ser”, dizia-me recentemente um ainda ensonado e excitado apoiante do RRio. Perguntei-lhe por que o RR não fez oposição firme, consecutiva, convincente ao AC-DC e à geringonça ? Resposta, “por estratégia”. Portanto, teremos um RR incontrolável a capitalizar votos e mais votos para o PSD…

    Liked by 1 person

  5. José Lopes da Silva permalink
    18 Janeiro, 2019 16:45

    Perderam as eleições de 2015, perderam as eleições para os militantes que votaram Rio, agora perderam eleições no Conselho Nacional.

    E não há quem responda onde é que se vai buscar o eleitorado de centro que deu a maioria ao Costa.

    Gostar

    • 18 Janeiro, 2019 17:42

      Mas quando é que “o eleitorado de centro deu “maioria ao Costa” ??

      Liked by 1 person

      • José Lopes da Silva permalink
        19 Janeiro, 2019 01:37

        É só fazer a mesma conta de somar que o Costa fez no 4 de Outubro à noite. Mas sim, vão fazendo de conta que não, que tudo há de correr bem.

        Gostar

  6. LTR permalink
    18 Janeiro, 2019 17:54

    Quando chegarmos às legislativas às tantas vamos ver toda a gente a explicar porque é que Rui Rio não perdeu.

    Liked by 2 people

  7. weltenbummler permalink
    18 Janeiro, 2019 17:57

    empalaram o dirigentezinho

    Gostar

    • LTR permalink
      18 Janeiro, 2019 18:06

      Rui Rio numa só semana meteu Montenegro numa caixinha e arrumou-o na prateleira, junto com os submarinos preocupados em aparecerem sem que se saiba ao que vêm ou de que lado estão, mas interessados em que pareça estarem algures. Limpinho e com uma assustadora eficácia que se vê na cara dos contestatários.

      Liked by 1 person

  8. LTR permalink
    18 Janeiro, 2019 18:09

    Há duas semanas não se ouviria entre os comentadores habituais na TV alguém expressar que é possível Costa ganhar e ser corrido por uma geringonça de direita. Começou a ouvir-se ontem à noite. A ridícula Rota das Tendinhas socráticas em que Costa agora se mete calendarizadamente a cada semana, de resto, traduz já a precepção de uma necessidade desesperada de quem sabe que as cavilhas das granadas que foi colecionando no bolso correm o risco de saltar descontroladamente antes das legislativas.

    São muito curiosos alguns dos comentadores profissionais das TVs, que consideram que a Costa basta perder para formar um governo e que Rio, pobre coitado, não consegue ganhar.

    Liked by 1 person

  9. Mario Figueiredo permalink
    18 Janeiro, 2019 18:13

    É assim a politica nacional, no seu melhor estilo socialista. Desafia-se com o poder dos militantes e responde-se com o poder do aparelho.

    Gostar

    • José Lopes da Silva permalink
      19 Janeiro, 2019 01:38

      É bem verdade. Os militantes votam num líder em eleições directas, e passados uns tempos lá vem o aparelho exigir novas eleições só porque sim.

      Gostar

  10. LTR permalink
    18 Janeiro, 2019 18:13

    A tática de Rui Rio é simples: evitar fazer o que Montenegro fez hoje com a abordagem clássica, que foi queimar os cartuchos com as críticas sobre o descalabro socialista. Não adianta nada fazer filmes negativos para repetir diariamente o que toda a gente vê, porque cansa. Rio limita-se a deixar que os portugueses liguem a TV e vejam com os próprios olhos, de fonte hospitalar e outras, as faces manhosas do défice zero. Já não há ninguém que não tenha percebido. Não há pior oposição a Costa do do que a que vem do terreno e desconfio que vamos ver leis da rolha. É ver o pânico espenhado na não renovação de 15 administrações hospitalares para estancar a sangria. As frases de médicos e responsáveis são todas no mesmo sentido: descalabro total, e já vai em referências à destruição do SNS.

    Gostar

    • LTR permalink
      18 Janeiro, 2019 18:15

      “espelhado”

      Gostar

    • 19 Janeiro, 2019 00:19

      Para vencer as legislativas, falta ao RRio: ser opositor firme, consecutivo, objectivo, consequente, com uma linguagem entendida e (entre coisas mais), com uma “imagem” cativante, que não tem nem terá também pelo sorriso malicioso, sacaninha e tal como o AC-DC, por vezes alarve. Não “pega”, não consegue penetrar no eleitorado que habitualmente está indeciso no voto entre o PSD e o P”S”. A ACristas tem feito melhor e incisiva oposição do que ele. Muitas centenas de milhar nem se têm lembrado que ele existe. O Santana é muito mais mediático do que o “remotivado” RR depois do melado, choroso, encenado abraço ao Menezes — por acaso eu gostaria de saber quantos dos presentes ontem também se emocionaram e fortaleceram o seu voto no sonso líder por causa do “perdoa-me” dos dois piores (emtre outros) presidentes do PSD…
      Mesmo que fosse um muito bom líder da oposição, em 2019 falta-lhe também isto, que o P”S” e a geringonça tem: controle da comunicação social e nesta, mais comentadores e colunistas; dinheiro, pouco mas ilusório para meter no bolso dos tugas; poder político e administrativo para encantar a populaça com promessas; etc., etc.
      Mas a partir de hoje “é que vai ser”, com “outra estratégia”, como me disse um seu apoiante e votante. Não será neste período pré-eleitoral que o RR deixará de ser teimoso.

      Gostar

      • 19 Janeiro, 2019 00:27

        Acresce isto: o RR não quer uma coligação eleitoral com a ACristas para derrubar o P”S”.
        E se vencesse ou perdesse tangencialmente as legislativas, formaria com o PP uma geringonça na ARepública para governar ? Trairia o seu amigo Costa ?

        Gostar

  11. LTR permalink
    18 Janeiro, 2019 18:16

    Rio sabe perfeitamente que a formação do voto se dá na campanha, e como. Aliás, Cavaco Silva foi o que foi sem sequer existir. Rio tentará aparecer, na hora certa, como solução para o problema que as pessoas já conhecem, que se chama Costa. Ou melhor, o insanável caráter manhoso de Costa, que condena o futuro para resolver os problemas da carreira e do partido.

    Gostar

  12. Albano Silva permalink
    18 Janeiro, 2019 18:28

    Uma vez que R.Rio e o círculo de notáveis que o suporta negam veementemente que o PSD seja um partido de direita — note-se a bombástica asserção de Ferreira Leite — entendo que as pessoas deviam acreditar naquelas afirmações e evitar referir-se àquele partido como representante da direita. De facto, e tal como Rio & C-ª vem procedendo, a direita está, indubitavelmente, entregue ao cuidado do CDS/Assunção Cristas.
    Para todos os efeitos, é bastante mais verdadeiro considerar e tratar o PSD como o PS-B.

    Gostar

  13. LTR permalink
    18 Janeiro, 2019 18:31

    Isto não quer dizer que Rui Rio deva estar ausente.

    Um governo que em Abril de 2018 diz que um dinheiro está disponível na conta do São João para a pediatria e que posteriormente informa que o vão descongelar em 15 dias, que depois deita abaixo o projecto, para seguidamente dizer que começaria este ano e que agora nem sabe exatamente quando começa a obra, e cuja ministra diz quase a rir-se que esperam que comece lá para 2020 quando ainda há dias, era para ser completamente arrasado na praça pública. Como dizia ontem o Pacheco Pereira, as sondagens funcionam muito na base de apareçómetro, e disso percebe o BE, que nasceu e cresceu quase diariamente em tempos de antena chique a horas nobres nuns estúdios vermelhos.

    Liked by 1 person

    • Luis permalink
      19 Janeiro, 2019 14:55

      Gostaria que alguém lançasse os seguintes livros com toda a informação compilada numa linguagem simples e acessível com todos os factos conhecidos organizados de forma imparcial e objectiva.

      O processo de construção da ala pediátrica do Joãozinho.
      A bancarrota de 2010.
      Os jogos sociais e as leis do jogo em Portugal.
      Os comboios em Portugal nos últimos 40 anos.
      O PREC e as causas da vinda do FMI após o fim da ditadura.
      O processo Casa Pia.
      A queda do BPN. do BPP e do BES.

      Gostar

  14. JgMenos permalink
    18 Janeiro, 2019 20:51

    Um crédito a RR:
    Seria inútil enfrentar a máquina esquerdalha e os mídia abrilescos antes de ser aparente a merda que fizeram e as clientelas que alimentaram.
    Um descrédito a RR:
    Onde é que o idiota foi buscar a ideia que é preciso dizer-se de esquerda para ser credível e ter políticas sociais consistentes?
    Esquerda só há uma, e em geringonças andamos há 44 anos.

    Gostar

  15. lucklucky permalink
    19 Janeiro, 2019 00:42

    “..fruto de uma enviesada estratégia que só ele compreende, não foi capaz de apresentar ao país uma estratégia de governo alternativa à do Partido Socialista..”

    Mas quem é que diz que boa parte do PSD quer uma estratégia diferente do PS?

    Gostar

    • Luis permalink
      19 Janeiro, 2019 13:43

      Ideologicamente são parecidos. Impostos altos, burocracias, Estado grande, corporações protegidas, crony capitalism. São os herdeiros do sistema das capitanias hereditárias ou das Companhias monopolistas do Marquês de Pombal.

      Gostar

  16. Luis permalink
    19 Janeiro, 2019 13:41

    O PSD, cheira-me, já não vai ganhar nada por causa do Aliança. No entanto pode acontecer termos maioria de Direita e coligação do PSD, Aliança, CDS e IL. Aí teríamos um cenário muito interessante do ponto de visto político. O segredo está na mobilização de quem não vota, só assim será possível vencer a Esquerda. O PCP tem 6 a 7% dos votos garantidos, e o PS tem pelo menos 30%. O BE é mais difícil de prever.

    Gostar

    • 19 Janeiro, 2019 13:58

      O comandante deste Sísifo PSD nãp quer alianças com ninguém durante e após as eleições.
      Claro, o Aliança e o PP vão roubar votos ao PSD. Mais a abstenção de quem votaria no PSD–se…

      Gostar

  17. Velho do Restelo permalink
    19 Janeiro, 2019 13:59

    Se o Rio não passar pela Casa da Cristina, pode ser que tenha o meu voto!
    Tenho um palpite que ele e o ti Jerónimo vão ser os únicos capazes de recusar tão tentador convite da psi mais idiota (mas bem paga) da europa sul.

    Gostar

    • 19 Janeiro, 2019 14:04

      E…também se não for ao programa-monopólio idiota da Cautela, 5 Para a Meia Noite.

      Gostar

  18. 19 Janeiro, 2019 14:01

    Muito interessante o artigo do VPulido Valente no Público de hoje.
    (O abusivo título na primeira página está descontextualizado).

    Gostar

    • Luis permalink
      19 Janeiro, 2019 15:03

      A Alemanha anda às aranhas porque dentro de pouco tempo não terá trabalhadores e os índices de fertilidade andam tão baixos no Leste e no Sul que já não chegam imigrantes europeus suficientes à indústria alemã. Claro que podem ir buscá-los à Turquia mas… já se sabe que depois a extrema-direita galopa nas sondagens. Ninguém pensou nisto há 20 ou 30 anos quando a natalidade caiu para valores tão baixos.

      Gostar

  19. Luis permalink
    19 Janeiro, 2019 14:50

    O PSD foi apanhado na guerra dos a-v-e-ntais e da oligarquia (algumas grandes empresas, corporações como os médicos e escritórios de advogados).

    Note que o PP em Espanha não está infiltrado por a-v-e-n-tais.

    A oligarquia não perdoa que Passos tenha dito não ao Salgado, tenha cortado as reformas altas (que servem para pagar as prestações da casa e do carro dos filhos e netos, as viagens, os colégios privados), não tenha proibido o alojamento local para favorecer uma certo conjunto de hoteleiros ou tenha acabado com o monopólio da Santa Casa.

    Na realidade Passos fez para aí 10% do que era necessário para concertar o país, pois o sistema está montado para que comam todos qualquer coisinha, tenham a «vida feita», sem esforço, sem trabalho, sem dar satisfações a ninguém.

    Aquelas gravações do médico Peças são na realidade um bom retrato do país que é Portugal.

    Gostar

  20. Luis permalink
    19 Janeiro, 2019 14:58

    Guerra na cozinha, duas equipas vestem a-v-e-n-t-a-l de cor diferente.

    Uma equipa é puxa pela gastronomia francesa e querem um sistema matriarcal xuxualista r globalista.

    A outra que é muito minoritária puxa mais para os lados do liberalismo e diz que é herdeira dos senhores templários.

    Gostar

  21. Luis permalink
    19 Janeiro, 2019 15:09

    Portugal é uma sociedade amputada.

    Os «empreendores» dos séculos XVI e XVII, os judeus e cristãos-novos, foram roubados e corridos de Portugal pela alta nobreza.

    Os Jesuítas que fizeram oposição às políticas corruptas do Marquês foram também corridos do país.

    O Liberalismo não tinha nada de liberal e os verdadeiros liberais estavam ao lado de D.Miguel. Espatifaram o património do país e lançaram o Estado que temos.

    Portugal viveu no século XIX à base de défice e endividamento.

    A Primeira República pôs o país ainda mais pobre.

    O PREC destruiu a burguesia contruída a muito custo pelo Estado Novo.

    Agora estamos como em 1892, com uma dívida elevadíssima e sem as colónias para vender.

    Gostar

    • Luis permalink
      19 Janeiro, 2019 15:10

      Há 500 anos que os medíocres roubam, expulsam e até assassinam os melhores.

      Gostar

      • 19 Janeiro, 2019 15:45

        Ocasionalmente com conivência, “distração”, convenientes prescrições, cujos responsáveis são juizes, obviamente de braço dado com o poder político, com banqueiros, com empresários…

        Gostar

    • 19 Janeiro, 2019 15:36

      Quando Portugal estourar de novo a nível financeiro (e não só), os “socialistas” da “ética republicana e socialista”, os moralistas, passam mais uma vez a “bons governantes atacados pela direita” e os que salvarem o sítio (com mais uma troika), a “malandros que cortam a direito”.
      E não há modo de fazer ver à populaça-NADA que leva na cabeça e não aprende a reagir, a não votar nos seus carrascos…

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: