Saltar para o conteúdo

A angústia da página vazia na hora do penalty

22 Março, 2019

A página em branco é angustiante, já se sabe. A necessidade de escrever alguma coisa, porque nos pagam para a escrever, só aumenta à medida que as horas passam e o vazio do nosso intelecto ameaça o grito do Ipiranga que nos denunciará, inequívoca e irremediavelmente, como a fraude que somos. É desta, é hoje que vão descobrir o logro, a ausência de imaginação e a evidente vocação limitada à simples arte de engraxar os sapatos do poder.

É assim que imagino o Paulo Baldaia, de todas as vezes que se senta em frente ao computador. E é assim que ele procura levar-me à certeza da razão.

Anúncios
17 comentários leave one →
  1. Rão Arques permalink
    22 Março, 2019 11:22

    Ou quando leve cisco alheio serve para encobrir pesada trave no próprio olho.

    Gostar

  2. LTR permalink
    22 Março, 2019 11:33

    Quantos dias é que os baldas demorarão a acabar de fazer de conta que não sabem destas questões menores do Financial Times onde Costa e Portugal aparecem destacados em acordos secretos com chineses (que também meteram o socialismo na gaveta e ficaram só com a foice e o martelo industrial) que alegadamente boicotam a Europa em questões mais do que relevantes para o futuro do continente que só agora descobrem que andou a dormir e está minado ao ponto de irem decorrer reuniões com o assunto em agenda?

    https://www.ft.com/content/d7145792-4743-11e9-b168-96a37d002cd3

    Excelente retrato estilo “estamos muito bem com o nosso elefante na sala”: “Mr Costa described Lisbon’s experience of Chinese investment as “very positive”, showing “complete respect for our legal framework and the rules of the market”.”

    E das histórias de desporto (isto é, de futebol, que é a especialidade da casa) que correm na comunicação social da Europa sobre o Eurojust e as ligações a Portugal com centenas de artigos publicados na Alemanha, onde se sabe mais sobre o que se está a passar do que em Portugal e onde há medo da destruição de provas no nosso país, vista como uma ameaça na luta contra a corrupção? Também não há nada para além das horas de “opinião” e opinadores tipo “eu só sei o que li nos jornais portugueses porque não sei alemão” que substituem o vazio de factos?

    Isto para não falar na saída da Ana Gomes e em algumas considerações que ao de leve referiu sobre o caso.

    Qual é a aflição? Ou será “qual é a pressa?”

    Gostar

  3. LTR permalink
    22 Março, 2019 12:10

    Sempre tão curiosos e quando o Rui Pinto falou em grandes nomes da sociedade portuguesa ninguém se lembrou de fazer aquelas perguntas habituais tipo “a quem se está a referir?”. Fica a sensação que temos medo que nos saia um amigo qualquer na rifa, que se acabe a areia para os olhos ou que a fábrica de peneiras feche. Eduquemos portanto o povo, não vá dar-se o caso de eles perceberem o filme e votarem mal.

    Queria aproveitar e mandar cumprimentos ao candidato presidencial em processo de fabrico semanal domingueiro, corroborando a felicidade que sinto quando me metem 300€ no bolso esquerdo e me tiram outro tanto do direito, prometendo que qualquer dia levantarei o braço e gritarei “Costa, Costa, Costa, PSD, PSD, PSD” de punho fechado. Sinto-me como quando os gajos dos bancos remuneravam depósitos a 25% nos anos 70 e depois a inflação os comia de cebolada. Cada vez gosto mais desta pocilga e dos seus aromas tutti frutti, ou lá como é que se diz. Somos um país triste, mas engraçadinho.

    Gostar

  4. LTR permalink
    22 Março, 2019 12:23

    Sugestão para as próximas baldas: “A TAP já dá prejuízo mas factura mais”

    Gostar

  5. Vasco Barreto permalink
    22 Março, 2019 12:44

    Censuras comentários, Vitor?

    Gostar

  6. santos permalink
    22 Março, 2019 17:34

    Ele merecia mais …

    Gostar

  7. JgMenos permalink
    22 Março, 2019 19:14

    Como se houvesse algo de errado no ódio ao socialismo – basta conhecer a matilha que o invoca como dogama.

    Gostar

  8. Mario Figueiredo permalink
    23 Março, 2019 10:23

    Ainda assim é preciso perguntar:

    As forças extremistas são excluídas logo à partida pelos princípios que defendemos” — Miguel Morgado

    Que são?… ficamos sem saber. Num país como o nosso que vive sob o medo instalado por um regime Abrilista, onde a direita é muitas vezes mais socialista que os socialistas por medo ou vergonha de se afirmar, tem sido evidente nos media e nas declarações de dirigentes partidários que todos seguem a definição de “extrema-direita” que a esquerda radical de partidos como o BE decide a cada momento.

    É para o M5.7 extrema-direita aquela que se afirma contra as politicas de imigração na EU? É extrema-direita aquela que se afirma patriótica e nacionalista? É extrema-direita aquela que se afirma conservadora, anti-aborto, pró-família? Se o Miguel respondeu sim a pelo menos uma destas perguntas, então não está a fazer nada e bem que pode ir passear os macacos dos seus amigos socialistas.

    Gostar

    • 23 Março, 2019 10:24

      Quem são é simples: são os que não conseguirem subscrever o manifesto.

      Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        23 Março, 2019 10:48

        Ficarei então à espera do Manifesto dentro de 6 horas 42 minutos e 7 segundos. https://cincopontosete.pt/

        Gostar

      • 23 Março, 2019 11:27

        Não é preciso ver o manifesto senhor Vitor dei lá uma olhadinha pelos nomes dos fundadores fora dois ou três é mais vira o disco e toca o mesmo. Não percebo é porque é que não se juntaram logo ao Santana Lopes

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        23 Março, 2019 11:35

        Só a imagem do Sá Carneiro na primeira página, diz tudo o que há para dizer.

        Gostar

    • Rocco permalink
      23 Março, 2019 10:44

      Verdade! Quando a panela de pressão estourar, queixam-se.

      Gostar

    • Arlindo da Costa permalink
      23 Março, 2019 23:10

      Obviamente que isso é extrema-direita e até pode ser nacional-socialismo ou nacional-bolchevismo. Você sabe o que é uma democracia liberal ou ainda não se libertou do complexo de cafre?

      Gostar

  9. Rocco permalink
    23 Março, 2019 10:42

    A cu-municação xuxial é muito importante no tratamento do rebanho.

    Gostar

  10. rui a. permalink*
    23 Março, 2019 12:37

    Tão fraco. Como pode um tipo assim ter sido director de um jornal? Mas que pode pode, para mal do jornal, que já não existe.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: