Saltar para o conteúdo

País de papelão

8 Abril, 2019

Portugal é uma espećie de cenário de papelão que se esboroa aos primeiro pingos de realidade. O relato feito no I do julgamento do marroquino Abdesselam Tazi, acusado de recrutar jovens para as fileiras do Estado Islâmico, que agora começou no Campus de Justiça é constrangedor:

* Uma mulher asiática entrou na sala de tribunal depois de ter exibido um documento da embaixada do Japão alegadamente falso e tirou anotações sobre tudo o que ali se passou. Depois disso saiu e foi à sua vida, tendo apenas sido interpelada pelo i à saída.

*há falta de polícias, os próprios edifícios dos tribunais têm problemas e os agentes nem sequer podem usar armas dentro das salas de audiência – há o receio de que os arguidos consigam controlar os poucos agentes da PSP disponíveis.

* problemas com o sistema de videochamada na segunda sessão, que dificultaram a audição de diversas testemunhas que estavam noutras cidades.

* Os funcionários dos pequenos tribunais onde algumas das testemunhas estavam a ser ouvidas estiveram-se nas tintas para os problemas com as videochamadas e às 17h saíram, sem esperar uns minutos que as audições acabassem. Num dos casos acabaram por ser as testemunhas a comandar as máquinas e a ir chamar o próximo fora da sala para que se aproximasse da câmara e respondesse ao coletivo de Lisboa.

 

Anúncios
23 comentários leave one →
  1. Jornaleco permalink
    8 Abril, 2019 11:36

    Tudo isto é feito de propósito.

    Dinheiro não falta.
    3 milhões para uma mesquita em Lisboa: a igreja do diabo, que nos odeia.
    7 milhões para aqueles que vão ao cu um do outro e nos odeiam, para brincar, beber café e planear projectos que não valem um corno.

    Qual será a próxima revolução?

    Eles roubam como querem e nunca estão felizes. Um facto inatacável.

    Liked by 2 people

  2. 8 Abril, 2019 12:34

    Resistência passível e desobediência civil é o que nos resta …

    Gostar

  3. MJRB permalink
    8 Abril, 2019 13:01

    Está conforme.

    O P”S” sempre tratou a justiça (e as “forças de segurança) de modo a perturbá-la. Faz parte inamovível do seu ADN. Escolhe e retira magistrados (e caso recente a Joana Marques Vidal), amesenta-se com submissos polícias judiciais, passa mensagens de retaliação-se, corta gasolina para os automóveis, sobrecarrega guardas para pagarem equipamentos incluindo os de protecção pessoal, marimba-se para as esquadras com problemas logísticos, interfere em investigações, sinalisa pretensões, em suma, como afirmou/decretou o Almeida Santos, “para nós tudo; para os adversários nada; para os inimigos cumpra-se a lei”.

    Liked by 1 person

    • 8 Abril, 2019 16:40

      Mais recentemente do que a Joana Marques Vidal tivemos o caso de Neto de Moura, que para mim mais não foi do que uma experiência (e bem sucedida, diga-se) de manipulação da opinião pública para o poder político obter “legitimidade” para substituir juízes.

      Liked by 1 person

    • Velho do Restelo permalink
      8 Abril, 2019 15:29

      Trabalho interessante. Ao fim de 100 anos de república fartaram-se, e de mansinho lá vão voltando à monarquia (mas com a família deles claro).
      Nota curiosa, as únicas demissões aconteceram precisamente no único “ramo solto”!
      Ou seja, não tinha massa crítica para sobreviver, e por isso secou.

      Liked by 2 people

  4. 8 Abril, 2019 17:46

    Apparatchiks da FP é assim

    Liked by 1 person

  5. A.Lopes permalink
    8 Abril, 2019 18:09

    Realmente! Isto é cómico demais para ser verdade!

    Gostar

  6. A.lopes permalink
    8 Abril, 2019 18:13

    Afinal onde está o meu comentário?

    Gostar

  7. Mario Figueiredo permalink
    8 Abril, 2019 18:18

    Somos, isso sim, um povo eternamente dividido entre o prosélito “somos os melhores do mundo” e o profético “falta cumprir Portugal”.

    O que nos faz falta não é discernimento. Não nos compete. Nem tal se pode esperar das massas, que apenas o liberalismo acredita serem capazes de se auto-regular. O que nos faz falta é a inspiração de um herói nacional que se levante de entre o povo e que devolva a voz aos mudos e a vista aos cegos. Só assim se cumpre uma nação.

    Liked by 2 people

    • 8 Abril, 2019 18:58

      Eu pensava que Figueiredo fosse um ateu, e que não acreditava em sebastianismos…

      Gostar

    • Andre Miguel permalink
      8 Abril, 2019 20:23

      E eu pensava que o Mario era liberal. Isso de depositar a fé num herói nacional foi o que Cuba, Venezuela ou Coreia do Norte fizeram…

      Gostar

  8. licas permalink
    8 Abril, 2019 18:48

    Mario Figueiredo PERMALINK
    8 Abril, 2019 18:18

    Mas que tonto Salazarista…

    Gostar

  9. 8 Abril, 2019 21:51

    Tem calma, o passos coelho está a tomar balanco…

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    9 Abril, 2019 04:52

    Desde o tempo do fascismo que é assim. No tempo do Sr. Passos o que é que havia à porta dos tribunais? Securitas ou stuarts?

    Gostar

    • José Ribeiro permalink
      9 Abril, 2019 08:43

      Ó abécula,
      Qual fascismo? O italiano? Errou no alvo por milhares de quilómetros.

      Liked by 2 people

    • Jornaleco permalink
      9 Abril, 2019 09:18

      @Arlindo da Costinha

      Você mente. É mentira o que diz. Absolutamente.
      Se nada sabe, o que quer aqui?
      Se só sabe mentir, o que quer aqui?
      Se não corrigir o seu falso pensamento, que quer aqui?

      A liberdade nada é para si.

      É pago pelo inimigo? O traidor da pátria?

      Toda a esquerda deve ser proibida. Toda! Não há lugar para qualquer esquerda numa democracia. Só a prisão.

      Toda esquerda é burra e ladrona. Não existe coisa mais falsa.

      Liked by 1 person

    • Mário Fernandes permalink
      10 Abril, 2019 06:42

      Quando quiser comentar no Blas, tente disfarçar a sua ignorância.

      »Stuarts«??? Quais? Quem?

      Só se fosse uma caricatura da geringonça feita por Stuart Carvalhais. Ou então a dita geringonça acabar com a cabeça no cepo como Maria Stuart.

      Gostar

  11. Beirao permalink
    9 Abril, 2019 09:14

    Pobre país de trampa que estes traidores da internacional socialista transformaram numa bosta…
    Fora com estes estafermos!

    Liked by 2 people

  12. Jornaleco permalink
    9 Abril, 2019 14:29

    Dois terços dos europeus estão preocupados com a sua reforma. Não têm poupanças.

    Em Portugal os juízes já podem ir com quarenta anos para a reforma ou qualquer coisa assim. Não é? Um crime.

    4.000 pessoas em Bruxelas, ganham mais que a primeira-ministra (Kanzler) Merkel. Ambos, Bruxelas e a Merkel, a destruir a liberdade em Europa e a transformar a mesma numa ditadura comunista.

    Itália: crescimento zero previsto para 2019.

    Vai ser lindo.

    Liked by 1 person

  13. Jornaleco permalink
    9 Abril, 2019 14:50

    Protestos em França (coletes amarelos).

    Balanço após 150 dias.
    14 (quatorze) mortos.
    Mais de 7.000 (sete mil) feridos.
    Mais de 4.000 (quatro mil) demonstrantes presos.

    Três igrejas profanadas por dia.

    Culpa? Os cabrões do laicismo. Macron não respeita a democracia.

    Os judeus temem pela vida. Não vêem futuro nenhum.
    Os cristãos também não.
    Os ateus na mesma.

    Os jornais da esquerda fascista calam-se? Nem um pio?

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: