Saltar para o conteúdo

A ler

10 Julho, 2019

Gabriel Mithá Ribeiro: A esquerda impede, e de forma dolosa, qualquer crítica vinda de fora às minorias raciais, étnicas ou religiosas. Quem o faz é logo «racista», «islamofóbico», entre outros rótulos que visam o seu silenciamento e, se possível, assassinato social da branca ou branco que arrisque tal ousadia. Desse modo, não apenas o indivíduo pertencente a minorias sensíveis não se liberta do seu coletivo guetizado, como ainda quem pertence a uma minoria está interditado de criticar os seus grupos de pertença ou, no mínimo, o aparelho ideológico em peso (imprensa, universidades, ensino, partidos políticos, intelectuais, meios artísticos) desincentiva fortemente tais ousadias.

Mesmo que tenha razões de sobra (querer estudar, viver tranquilo, trabalhar, estar em casa em segurança e sem ser incomodado pela música do vizinho, educar os filhos e filhas, entre outros), o pobre não pode criticar o pobre, o negro não pode criticar o negro, o cigano o cigano, o islâmico o islâmico, por aí adiante. Todos só podem criticar o branco. É assim que a esquerda, a nova escravocrata, os educa a afundarem-se nos seus bloqueios e traumas.

Anúncios
5 comentários leave one →
  1. 10 Julho, 2019 10:46

    Pelo primeira vez na vida com 61 anos sinto-me com tentações de aderir à “White Supremacy”

    Gostar

  2. lucklucky permalink
    10 Julho, 2019 11:19

    ” o pobre não pode criticar o pobre, o negro não pode criticar o negro, o cigano o cigano, o islâmico o islâmico, por aí adiante. Todos só podem criticar o branco. É assim que a esquerda, a nova escravocrata, os educa a afundarem-se nos seus bloqueios e traumas.”

    Mas é esse um dos objectivos:

    A Esquerda quer plantações de votos/violência fáceis de reunir, logo como é óbvio convém cortar qualquer veleidade de dissidência de classe.

    O jornalismo Marxista de cá acusa logo quem foge de Cuba de ser “dissidente”…

    Liked by 1 person

    • Jornaleco permalink
      10 Julho, 2019 12:47

      Correcto!!

      Na luta um contra um, bofetadas, palmadas ajudam a acordar essa gente malvada e desorientada.

      Cenouras são muito perigosas e causam danos à saúde e ao SNS.

      Gostar

  3. 10 Julho, 2019 17:00

    Muito bom texto.

    Gostar

  4. JgMenos permalink
    10 Julho, 2019 18:45

    Incapazes de definir valores pessoais – à cautela, não vá alguém julga-los por cada um deles – tudo remetem para a mais tosca e disforme caracterização de grupos: opressores e oprimidos.
    Simplificando até ao delírio, os brancos nacionais oprimem, os outros são oprimidos, tadinhos!

    Os oprimidos oprimem? Só pode ser justa e natural reacção à opressão; o delírio torna-se pura desonestidade.

    Junte-se três baboseiras esquerdalhas, e temos o quadro completo da intelectualidade de intervenção esquerdalha.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: