Saltar para o conteúdo

Quando falaremos a sério sobre isto?

30 Agosto, 2019

Número de mortes em acidentes rodoviários:

2018: 513 vítimas mortais,132.378 desastres e 2.093 feridos graves
2017: 510 vítimas mortais,130.208 desastres e 2.198 feridos graves
2016: 445 vítimas mortais,127.210 desastres e 2.102 feridos graves

Tudo indica que os números de 2019 serão igualmente maus: entre 1 de janeiro e 30 de junho deste ano morreram 224 pessoas nas estradas portuguesas, mais seis do que no período homólogo do ano passado. No mesmo período foram registados 994 feridos graves, mais 101 do que nos primeiros seis meses de 2018.

Não se vê fiscalização. Fazem-se milhares de quilómetros por Às disto daquilo Ipês e nada de nada de brigada de trânsito. Desde que se paguem as portagens tudo bem.

21 comentários leave one →
  1. Weltenbummler permalink
    30 Agosto, 2019 17:33

    não cão tabilisam as que morrem no hospital
    ébrios, aceleras sempre a abrir, drogados
    para o estrado social-fascista só interessam os cão tribuintes

    Gostar

  2. Luis permalink
    30 Agosto, 2019 17:44

    Parte da culpa disto tiveram os senhores do (des)Ordenamento e as autarquias. Em mais de 40 anos de démo-cracia encharcaram as estradas nacionais de casas e casinhas à beira do asfalto. Portugal é o país mais desordenado da Europa Ocidental, tem zonas ao estilo favela brasileira…

    Liked by 1 person

  3. Miguel Neto permalink
    30 Agosto, 2019 18:15

    Que me lembre, o respectivo exmo. ministro já confidenciou à imprensa há uns tempos que ia propor que se descesse o limite de velocidade nas localidades para os 30 km/h.
    Pelo que conhecemos de s.exa., esse deverá ser o resultado de profunda reflexão, originado por enorme preocupação.
    E ele estava com ar sério quando o disse

    Gostar

    • 30 Agosto, 2019 21:06

      O sr. Miguel Neto não precisa de uma ordem do exmo ministro para circular a 30 km/h. Esteja à vontade para o fazer na av. da Índia ou na 24 de Julho, ou a descer a Calçada de Carriche. Depois venha aqui contar-nos como foi a procissão.

      Gostar

      • Miguel Neto permalink
        31 Agosto, 2019 04:21

        Exactamente. Eu estava a ser irónico.

        Ou acha que mais alguém, para além do exmo. ministro, pensa que essa poderá ser a solução para a sinistralidade nas estradas? Desconfio que naquela cabeça, melhor que essa só mesmo a de acabar com as estradas.

        Gostar

    • Luis permalink
      30 Agosto, 2019 21:25

      Imagine então os troços de estrada nacional que estão a 50 km/h. Por exemplo, na EN 125, onde inúmeros troços nos últimos 30 anos deixaram de ter velocidade máxima a 90 km/h para passarem a ser classificados como integrantes de «localidades». Imagine a EN 125 em pleno Verão com parte do trajecto a 30 km/h…

      Gostar

  4. 30 Agosto, 2019 18:19

    Tenho uma certa curiosidade em saber porque é que a dona Helena parou no ano de 2016. …

    Gostar

    • sam permalink
      30 Agosto, 2019 21:26

      Para não vires dizer que a culpa é do Sócrates.

      Liked by 1 person

    • 31 Agosto, 2019 00:06

      Muito obrigada camarerda pela lista. É que é realmente é uma coisa dificil de obter, e só uma mente com um certo grau de sofisticação é que é capaz de chegar lá.
      Agora a questão conti-nua, porque parou em 2016 ? Estão a adoptar os métodos de “análise” dos progressistas esganiçados da “diversidade e da igualdade”, onde o que conta é a “percepção emocional da\do esganiçada + bi+ trans” Lmt, e as conclusões tolas sem nexo sobre dados sem qualquer outro contexto que não o de motivação ideologico/partidario e da mesquinharia politica , para acomodar à sua percepção emocional, hum ?

      Continuem assim que estão a ir no bom caminho…

      Gostar

      • A. R permalink
        31 Agosto, 2019 23:23

        Que sabedoria ofuscante

        Gostar

      • 1 Setembro, 2019 00:19

        Por acaso o camarerda, não tem nehuma parada de paneleiros para onde ir abanar o rabo, para mostrar aqueles maometanos barbaros o quão avançados e iluminados vós sois , hum ?

        Gostar

  5. maria permalink
    30 Agosto, 2019 19:04

    A polícia não está activa? Está sim, escondidinha atrás dos arbustos ou autos para aplicar a receita aos incautos. No prazo de 2 meses tive 2 multas por excesso de velocidade quando circulava sózinho.Qualquer delas numa descida e abaixo dos 115Kms/hora.
    Acho que participei um sinistro há 19 anos.onde o outro condutor bateu e deu á sola.

    Gostar

  6. André Miguel permalink
    30 Agosto, 2019 19:18

    Então mas para umas coisas somos liberais e outras não? Agora queremos o paizinho Estado a zelar pela nossa segurança nas estradas? A sério que querem mais caça à multa ou mais auto-estradas? Vá se lá perceber isto…

    Liked by 1 person

    • Luis permalink
      30 Agosto, 2019 21:27

      Zela tanto que deixa construir quase em cima dos asfalto. Depois nem dá para alargar as bermas ou adicionar faixas de ultrapassagem se for necessário.

      Gostar

  7. jose guerra permalink
    31 Agosto, 2019 10:55

    A culpa do acidente de Santana Lopes foi do governo do PS . Não havia lá polícias a cada km para mandar abrandar o menino..

    Gostar

  8. 31 Agosto, 2019 15:52

    O Big-Brother não necessita de brigadas de polícia para saber o que todos andamos a fazer…

    Gostar

  9. Velho do Restelo permalink
    31 Agosto, 2019 19:46

    Só por curiosidade, alguém sabe dos resultados da “Carta por Pontos” ? Há por aí alguma estatística que diga quantos “condutores perigosos” já ficaram sem carta desde que esta medida foi implementada há 3 anos ?

    Gostar

  10. JP Ribeiro permalink
    1 Setembro, 2019 21:43

    A GNR não existe. Desde há pelo menos 2 anos que só faz “trabalhos remunerados”.

    Gostar

    • Velho do Restelo permalink
      1 Setembro, 2019 21:57

      PSP idem, e quando não está a fazer remunerados (no P.D.) está a fazer “policiamento de proximidade” que consiste em dar nas vistas sem fazer nada de útil !

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: