Saltar para o conteúdo

António Araújo, o Liberalismo e eu

27 Outubro, 2019

O António Araújo, generosamente, tem ocupado algum do seu tempo a responder ao meu post de 18 de Outubro.

Deixo aqui as ligações para os seus textos, com a promessa de que voltarei ao tema assim que possível.

http://malomil.blogspot.com/2019/10/para-um-dialogo-com-um-liberal-1.html

http://malomil.blogspot.com/2019/10/para-um-dialogo-com-um-liberal-2.html

http://malomil.blogspot.com/2019/10/para-um-dialogo-com-um-liberal-3.html

 

26 comentários leave one →
  1. 27 Outubro, 2019 17:55

    Olha o estalinista a perguntar o que faz a Cristina Miranda no Blasfémias.

    O raio do homem definiu-se.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      27 Outubro, 2019 23:54

      As tácticas da esquerda são as primitivas mesmas de sempre.

      Foi o António Araújo que nos disse que o Fascismo não nasceu do Marxismo sem sequer explicar Mussolini, o Estado Social Fascista, a Socialização da economia, a pressão de Giovanni Gentile para a escolas não terem cruxificos, a influência do estado ètico de Hegel nos Fascistas etc…

      O António Araújo compra produtos ás grandes multinacionais?

      Liked by 2 people

      • Jornaleca permalink
        28 Outubro, 2019 00:37

        Tudo piora, e cada vez menos pessoas percebem porquê.

        Quem foram esses que fizeram pressão sobre Giovanni Gentile?

        Foram os mesmos que levaram ao facto, de existirem dois papas agora?

        Porque é que os maçónicos gostam tanto deste papa anti-cristão?

        Quem é esse António Araújo? Porque é que estamos a falar dele? Ele é inteligente?

        Tudo piora, e cada vez menos pessoas percebem porquê.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        28 Outubro, 2019 03:45

        Foram os conservadores/monarquia que fizeram pressão sobre Mussolini para os crucifixos não serem tirados da escola.

        Gostar

  2. 27 Outubro, 2019 18:12

    Eu nem consigo ler aquela trampa.

    Mas diz lá uma grande verdade- os liberais chegam ao ponto de dizer regulamentar por lei a eutanásia é uma questão de cidadania e opor-se a ela é inaceitável.

    O Vitor Cunha já tinha dito isto tudo e daí mandar passear esta “iniciativa”.

    Gostar

    • Andre Miguel permalink
      28 Outubro, 2019 09:47

      Zazie, leia a 3ª parte que vale a pena, mostra a hipocrisia dos “liberais” que são funcionários públicos. Algo que muita gente vê como normal!

      Gostar

      • 28 Outubro, 2019 10:42

        Essa parte é perfeitamente secundária. Nesse caso nem podiam existir liberais no Parlamento.

        O que mete nojo é mesmo aquele espírito inquisitorial de comuna a apontar o espantalho do Chega como coisa horrenda à la Holocausto e isso à tabela pelo facto deste liberal ter aparecido no Blasfémias muito depois da Cristina Miranda

        E aquela demagogia da eutanásia ser uma questão de cidadania e a vergonha de se ser contra o contrato de casamento entre dois homens ou duas mulheres.

        É claro que isso nunca devia ter sido legislado. Evitava-se a nojeira de andarem para aí a fazer órfãos por adopção, castigando as crianças abandonadas, retirando-lhes a possibilidade de terem um pai e uma mãe.

        Gostar

  3. 27 Outubro, 2019 18:15

    Esta é para o rui a que teima que eles não são jacobinos

    Que nada- Tudo dentro da lei, nada fora da lei. A moral é questão subjectiva e deve apenas ser utilitária.

    Quando forem a votos vão dar uma mãozinha às causas do mundo-às-avessas dos bloquistas.

    Gostar

  4. JMS permalink
    27 Outubro, 2019 18:39

    Já se tinha definido há várias luas.

    As posições da Cristina Miranda não são compatíveis com pseudo intelectuais que, por andarem sempre agarrados a teorias de tudo, se esquecem da vida real.

    E a vida real é bastante dura, complexa e dá muito trabalho.

    Trabalho esse que se torna muito mais leve se apenas o teorizarmos. Como faz qualquer pseudo intelectual que se preze.

    Acompanho o Malomil há uns anos e não fico admirado com a reacção do AA à Cristina Miranda, por exemplo.

    É exactamente a mesma do “país” à eleição do Ventura.

    Quarenta e tal anos de socialismo, além de nos terem impedido de viver melhor, também tem o condão de transformar pessoas normais em completos idiotas úteis.

    A ignorância é a última fronteira do socialismo. E da esquerda em geral.

    Liked by 1 person

    • 27 Outubro, 2019 19:13

      Claro que já se tinha definido há muito

      É o Mister Chance – ” I like to watch”

      Gostar

  5. Mario Figueiredo permalink
    27 Outubro, 2019 19:11

    Ó Sérgio, a sentença está lida. De acordo com o António Araújo, você escreve aqui neste blog que tem pessoas que dizem algumas coisas que não são criticas do Chega. Esse grande assunto nacional.

    Começa por manifestar a grande estima — muito apreciaria que este mau hábito desaparecesse da blogosfera — que tem por si, para logo de seguida lhe apontar o dedo. Como quem diz, “cuidado, que para mim é muito fácil acusá-lo de racista, xenófobo e homofóbico se me der na real gana. Portanto vamos começar esta conversa com uma acusação velada para que você publicamente responda deixando claro que não tem nada com o Chega, detesta o Chega e odeia quem não acusa o Chega.”

    Já a parte do liberalismo, não dá para ler. É apenas mais um a querer transformar um principio em dogma. Porque são eles fundamentalistas, vêm fundamentalismo em todo o lado e até lhes faz confusão como se pode ser conservador social e liberal económico. Certamente nunca ouviram falar do conservador Liberalismo Conservador, ou do mais liberal Conservadorismo Liberal. Cambada de urbanos pseudo-intelectuais que pensam conseguir esconder a sua ignorância falaciosamente recomendando livros livros que não leram. António Araújos há muitos por aí. São a marca de água da decadência intelectual.

    Liked by 2 people

  6. 27 Outubro, 2019 19:28

    E a lógica da argumentação é cá uma maravilha.

    Nem precisa de dizer nada em relação ao SBC. Basta apontar-lhe as más companhias.

    Se escreve num blogue que defende um nazi, então é um nazi também. Ou fassista ou lá o que o idiota acha que é quem é contra a matança de velhos nos hospitais ou chamar-se casamento a um par de jarras homossexuais.

    Gostar

  7. Procópio permalink
    27 Outubro, 2019 19:57

    Entretanto os jornais xuxas nos EU comentam a morte de um simpático lider religioso.
    Vamos observar o que dizem os de cá. É sempre.triste quando um amigo nosso parte mesmo sabendo que estão muitas virgens à sua espera.

    https://pbs.twimg.com/media/EH5Z3L_WkAAcsBQ?format=jpg&name=small

    Gostar

  8. Luis permalink
    27 Outubro, 2019 23:33

    O Liberalismo nasceu e desenvolve-se no seio do Protestantismo. E era altamente conservador nos costumes. Aliás, em relação a muita coisa era mais conservador e puritano que o mundo católico. Portugal até poderia ter seguido idêntico caminho, se o Rei D. João III não tivesse instituído a Inquisição e se as ideias do Padre António Vieira e dos Jesuítas tivessem vingado. Mas em Portugal seguiu-se uma via profundamente anti-capitalista a partir de meados do século XVI.

    O Liberalismo moderno que pôs de parte a questão da Tradição dos costumes e os valores cristãos já é outra coisa.

    Liked by 2 people

    • lucklucky permalink
      27 Outubro, 2019 23:47

      Certamente não Hayek & Co. Eles sabiam muito bem que sem a cultura Ocidental não há liberalismo.

      Ao contrário de alguns burros da Iniciativa Liberal que julgam que terão oxigénio para existir quando cultura for toda de base Marxista.

      Liked by 3 people

      • Luis permalink
        28 Outubro, 2019 00:03

        Pois tem razão. Deveria antes ter dito liberalismo contemporâneo. Hoje em dia até deturparam totalmente o sentido original da palavra. Chamam liberal ao Macron, ou ao Trudeau. Ahah

        Liked by 2 people

    • Jornaleca permalink
      28 Outubro, 2019 00:47

      @Luis

      Os valores cristãos não combatem o “capitalismo”, que aqui não foi definido. E muito menos a igreja católica, se for bem governada.

      Hoje, a igreja católica está nas mãos dos maçónicos, que a querem arruinar. O que é impossível, mas os tais burros maçónicos, que adoram uma luz esquesita, que eles adoram e beijam o cu, e que procuram um saber esotérico, para só uns poucos, um saber de elite, que só poucos são “dignos” de o poder saber, não sabem. E os valores cristãos explicam muito bem, porque é que o maçónico é um autêntico burro. Todos os maçónicos são malvados, sem excepções.

      Mas há capitalismo e capitalismo. E só um é que é verdadeiro.

      É a tal doença do homem moderno. Insatisfeito com a situação dele, inculpa o falso, o inocente, e não sai da escravidão, porque prefere queixar-se mas continuar cego.

      Gostar

  9. Carlos Rosa permalink
    27 Outubro, 2019 23:35

    Força Trump!
    Força Bolsonaro!
    Força André Ventura!

    Força homens normais, livres de ideologias balofas que só querem dominar as pessoas; as massas, como esses iluminados de merda dizem, parasitas do trabalho dos outros.

    O Costa é um bom exemplar de esquerdola parasita do trabalho do Passos. Do Passos ou de qualquer outro galego ingénuo que se preste a ir para o governo compor um pouco o país para a seguir vir outro esquerdola parasita fazer figura com o dinheiro dos outros.
    Malditos sejam os políticos de Esquerda que sejam conscientes dos crimes que cometem nas sociedades.
    Este Costa que se instalou no poder, que falar não sabe, sabe enganar os portugueses.
    Agora que os votantes lhe abriram a porta do governo outra vez, já avisou na linha do que eu escrevi acima, que não quer acordos com o PSD; quer antes que o PSD seja uma alternativa de governo. Pois, pois, é isso mesmo que o manhoso quer; que quando ele gastar as reservas do País com a escumalha humana que o segue, que venha o galego do Rui Rio compor alguma coisa para o PS voltar a fazer o mesmo.

    Por isso é que os portugueses têm que acabar de vez com a trafulhice que é o PS e a Esquerda em geral, e eleger gente nova que corte as voltas a esta Esquerda vigarista que nos destrói a vida.

    Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      27 Outubro, 2019 23:48

      interessante como os PSD continuam a choramingar por Passos, o Passos que deu ainda mais poder aos Socialistas.

      Liked by 1 person

      • Carlos Rosa permalink
        28 Outubro, 2019 00:06

        Deu mais poder porque foi ingénuo e hesitante. Por exemplo, quando o CDS não quis privatizar a RTP devia demitir-se e provocar eleições para se livrar de merdas como o Portas. Foi bom demais, lixou-se. Ele e os portugueses em geral que ficaram entregues a gente miserável.
        O Costa vai deixar Portugal em pior estado do que o deixou o Sócrates.

        Entre um xuxa vaidoso e um xuxa manhoso, a populaça votante divide-se.

        Gostar

      • Luis permalink
        28 Outubro, 2019 00:09

        Passos foi o mal menor. Não havia melhor naquele momento.

        Aumentou os impostos e não limpou o socratismo do aparelho de Estado. Não privatizou a RTP nem a CGD. Não acabou de vez com o Estado paralelo. Etc. etc. etc. Foi uma grande oportunidade perdida.

        Quando não se extinguem, voltem. É ver a Inquisição. O Marquês de Pombal tirou-lhe poder, mas não acabou com ela. Por isso voltou na Viradeira.

        Estava visto que se não houvesse reformas rápidas em apenas dois ou três anos um dia voltaríamos ao ponto de partida. E estamos a voltar a todo o gás, com uma novidade. O PS aceitou de bom grado o marxismo cultural do BE e dos Livres da vida.

        Gostar

      • Luis permalink
        28 Outubro, 2019 00:12

        A população quer pão e circo. Quem criava riqueza e trabalhava eram os cristãos-novos, mas a populaça delirava de alegria nos Autos da Fé e dava as mãos à fidalguia do funcionalismo da época, que vivia de rendas e tachos. Os tempos mudaram e agora dão a mão à fidalguia do funcionalismo do Estado Social, em troca de migalhas. Os ricos, isto é, os remediados que ainda produzem alguma riqueza, que «paguem a crise».

        Gostar

      • Jornaleca permalink
        28 Outubro, 2019 00:30

        @ Luis

        a. So para perceber. O Marquês de Pombal tirou o poder a quem, mas não acabou com quê?

        b. O Marquês não era maçónico? Ou que valores defendia o tal Marquês?

        c. Costa é maçónico. As bruxas trabalham também para esses.

        d. É fascinante, que o homem moderno enfrenta problemas velhos, e não percebe, quem é que os sempre causa e tenta tirar proveito deles.

        PS, BE, Livre é tudo a mesma seita, variações do mesmo mal, da mesma doença. Quem esperar desses boa governação, está doido.

        e. O Passos fez erros, mas os erros dos outros são maiores.

        f. Como é que querem sair desta vala?

        g. Existem aqui desorientados, que nem sequer estão contentos com políticos que fazem o que prometeram. Só existe um, a governar à três anos, e com o maior sucesso nos EUA, e toda a esquerda espalha mentiras sobre ele. Eles odeiam-o.

        E estes dias fez, que um dos maiores porcos muçulmanos, se matou a si próprio e três seus filhos, com uma bomba, para escapar ser matado ou capturado pelos heróis norte-americanos, esse porco cobarde.

        Alguns perderam o sentido das dificuldades de fazer política de sucesso em Portugal. As intrigas não deixam de existir. E sobre essas poucos querem falar.

        h. Quem é que governa e controla Portugal? Os maçónicos. Quem é que quer inundar esta Euroap com muçulmanos? Os maçónicos. Quem é que não quere, que nós podemos todos e cada um ter um carro a gasóleo ou gasolina? Os maçónicos. Quem é que adora o ambiente e quer exterminar o ser humano para só 500 milhões de habitantes? Os maçónicos.

        O liberalismo que se foda. O liberalismo levou a tudo isto, a todos estes problemas de hoje. Porque o liberalismo também é a favor da infidelidade e nega a existência do mal. O Marquês de Pombal também negava a existência do mal, da tendência do ser humano agir com maldade perante e contra o próximo?

        Os maçónicos negam a existência do mal e querem ser como DEUS. PIor, eles querem assentar-se no trono de DEUS.

        O resto é, faz a lógica e as deduções.

        A inquisição foi a melhor coisa que este país conheceu.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        28 Outubro, 2019 03:52

        Não foi ingénuo e hesitante, isso implicava que Passos era da oposição , que tinha outras ideias.

        Mas não, Passos não tinha outras ideias além da de querer salvar o socialismo.

        Gostar

      • Carlos Rosa permalink
        28 Outubro, 2019 20:25

        Desculpe que lhe diga Jornaleca, mas é ignorante.
        Então a Inquisição foi uma coisa boa!
        A que trouxe o declínio de Portugal?
        Francamente.

        Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    29 Outubro, 2019 06:01

    o vosso liberalismo é de partir o coco…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: