Saltar para o conteúdo

Não querem falar disto?

17 Fevereiro, 2020
9 comentários leave one →
  1. bst permalink
    17 Fevereiro, 2020 19:19

    E isso é, exactamente, o quê?

    Liked by 1 person

    • JPT permalink
      17 Fevereiro, 2020 19:30

      É uma homenagem à cultura mexicana, como é evidente. Como já ninguém pode ver a tromba da Frida Kahlo espetada em todo o lado, agora pendura-se efígies dos árbitros e adversários dos viadutos, ao estilo dos Zetas ou do cartel de Jalisco.

      Gostar

  2. MJRB permalink
    17 Fevereiro, 2020 19:50

    Mais um espelho deste país destrambelhado, contentinho, perigado e vivó futebolices.
    Destino do carago, governado por um trafulha habilidoso, presidido por um hipnotizador-entertainer e no caso do desporto dominado pelo futebol, por um secretário de estado patético, subserviente, betinho.

    Liked by 2 people

  3. sam permalink
    17 Fevereiro, 2020 20:22

    Se algum dos bonecos fosse preto, aí é que eu me indignava.

    Liked by 4 people

  4. MJRB permalink
    17 Fevereiro, 2020 20:30

    O Maduro suspende voos da TAP por 90 dias. Gravíssimo ! O MarceloCarmonaThomaz e o AC-DC vão calar-se, agacham-se, não actuam JÁ diplomatica e politicamente ? O sibilino Santos Silva vai viajar pela Ibéria para tratar do caso e tranquilizar os emigrantes portugueses ?

    Liked by 2 people

  5. Procópio permalink
    17 Fevereiro, 2020 23:54

    Para quê falar? Isto não vai com conversas. Quem gosta de geingonças fica no terreno das geringonças, quem não gosta, nem aceita, sai fora. No manicómio é tempo perdido discutir seja o que for, com quem quer que seja. Cada um terá a razão do seu lado. Assumimos isso na sua plenitude. O que não pode continuar é sermos obrigados a viver em conjunto, uma minoria a pagar impostos que vão parar a lugares incertos. A desculpa é estarmos todos no mesmo território dominado pela kapital. Esta espraia-se à beira de um rio poluído, com os esgotos a emitir efluxos suspeitos. É sede das maiores falcatruas de que há memória.
    Já não me oponho aos donos disto tudo, tanto na versão social facista como na versão do capitalismo selvagem. Completam-se e esmagam sem piedade!
    O importante é converter os donos disto tudo em donos “disso tudo”. Isso que anda a ser cozinhado há muito sob panegíricos sonantes e capas engorduradas e desacreditadas.
    Claro que eles e elas não estão dispostos a largar a presa que abocanham, mas haverá formas de se limitarem ao seu espaço próprio desde que não se ponham em causa os bons repastos na central de negócios para uns e o al garb para os mais ladinos.
    A ´situação é cada vez mais deprimente mesmo que a cor das cuecas do rei quase nu suscitem alguma curiosidade. Há quem resolva o assunto e zarpe para longe. Deixem-nos respirar alguns anos, constituir família livres da canalha. Podem manter-se ligados e informados da realidade, quiçá apoiados para um dia regressarem em paz.
    Os que ficam vão ter que puxar pela imaginação para resolver o problema.
    Afinal, vivemos na iberia, um mínguo espaço com algum valor estratégico, tal como é visto de longe pelas estâncias que dominam o mundo.
    A Iberia está em movimento, esse movimento escapa às rédeas gastas da pulhice.

    Gostar

  6. Duarte de Aviz permalink
    18 Fevereiro, 2020 00:08

    Não querem falar disto? Quero!
    Mas vamos começar esta conversa no princípio, ou até podemos conversá-la de trás-para-a-frente.
    Como é que prefere?
    Quer começar no Calabote, ou no campeonato da Liga da época passada?
    Ou é tão inocente que acha que o futebol é uma escola de virtudes? Não é! E quem foi que abastardou o futebol em Portugal?
    Não foi o Pinto da Costa. O PInto da Costa é apenas um lider tribal, de uma tribo que se fartou de ser tratada como lixo.
    Aliás, se quer olhar o futuro, é exatamente para onde está a ir a política partdária em Pt. O Chega, A Joacina, o PAN, o CDS, são os sinais do que virá.
    As targetas na auto-estrada e os bonecos pendurados são o folclore das tribos.
    O Costa e o Marcelo fazem o mesmo papel dos que, para manter o poder no futebol, deixaram que se chegasse ao estado em que estamos.
    Quem matou numa final da Taça no Jamor? Quem matou na estrada em frente a um estádio de Lisboa?
    Oh! só ontem é que acordaram?
    Vão-se habituando. É a tempestada semeada a dar frutos.

    Gostar

  7. Procópio permalink
    18 Fevereiro, 2020 00:35

    O futebol faz parte “disso tudo”. Digamos mesmo, sem bola, “isso” não rola da mesma forma..
    A rapaziada rejubila nos camarotes, cansada do afã da governação. É o que temos.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: