Saltar para o conteúdo

Cansados das maravilhas da libertação

2 Junho, 2020

Milhares de pessoas deixaram as novas e libertas nações africanas para viver nestas deploráveis condições  na pátria colonizadora, racista, exploradora etc etc…

 

Torrão da Trafaria

Bairro da Jamaica

 

 

38 comentários leave one →
  1. Luis permalink
    2 Junho, 2020 12:10

    Mas isto só ocorre porque o Estado português é dos mais negligente do Ocidente no que diz respeito às migrações. Portugal e Espanha são dois dos países onde a percentagem de imigrantes em situação ilegal que não regressam aos seus países é maior. Na Alemanha, por exemplo, antes das bondades de Merkel, não havia vistos para trabalhadores sem estudos, sem qualificações. No Reino Unido, qualquer imigrante em situação ilegal é preso no momento e em poucos dias é posto num avião. E em Portugal? Entram com visto turístico, sem se saber se têm dinheiro para pagar as despesas básicas e sem se saber se têm emprego ou profissão. Em dois anos estão legalizados com um qualquer contrato de trabalho e têm todos os direitos sem terem quase descontos para a Seg. Social. Em vários países desenvolvidos os imigrantes em situação regular só têm acesso a habitação social ou abonos quando já têm a nacionalidade. Em Portugal estão ilegais e ainda exigem habitação social e RSI. Devo dizer que não sou contra as migrações, mas tem de haver regras. O visto tem de ser pedido antes de se entrar no país, o imigrante deve pagar todos os custos burocráticos (como sucede por exemplo no Reino Unido), o imigrante deve pagar o acesso ao SNS (como também sucede no Reino Unido), deve apresentar registo criminal antes de entrar no país, deve ter contrato de trabalho, rendimentos acima do salário mínimo para pagar as despesas (a aplicar a reformados ou nómadas digitais) ou actividade por conta própria com rendimentos acima da média nacional nos últimos dois anos. Repito, o visto deve ser pedido antes da entrada no país. Mais. O número de vistos a atribuir para trabalhadores deve ter em conta o desemprego, deve haver limite ao número de vistos. Com dsemprego acima de 8/10%, não deve haver nenhum visto para quem vier ganhar um salário inferior ao salário médio nacional. No Algarve, por exemplo, há cidades como Olhão cheias de desempregados e dependentes do RSI ao lado de estufas agrícolas recheadas de imigrantes asiáticos. Isto é um prejuízo enorme para o país. Mais. A nacionalidade só deve ser dada ao fim de 7 a 10 anos de residência. E só deve ter direito a apoios sociais como habitação social quem tem a nacionalidade. Ora olhemos para esses bairros. Se Portugal tivesse leis migratórias decentes a maioria dos seus residentes teriam sido obrigados a regressar aos países de origem por terem entrado ilegalmente em Portugal. Nunca teriam tido direito a habitação social pois não estavam legais. Com um sistema decente só estariam em Portugal os que trabalham e ganham para se sustentar em situação legal ou os que têm rendimentos para viverem sem trabalhar. Logo Portugal não teria este problema em certos bairros nos arredores de Lisboa. Mas as nossas elites, ao contrários das elites protestantes, têm esta fraqueza de querer abrir as portas sem regras, fruto também de influências da Igreja católica e da Maçonaria que sonha com Quintos Impérios de poetas. Acrescento mais uma dado. O país na UE que mais passaportes oferece a quem não é europeu é Portugal. No Reino Unido há mais de 30 mil indianos de Goa que não falam uma única palavra de português mas que têm passaporte português. Não sabem nada de Portugal, alguns odeiam Portugal e fizeram campanha pelo Brexit. Há dezenas de milhar de brasileiros e africanos com passaporte português por essa Europa fora. Portugal tem regras demasiado frouxas, então a atribuição de passaportes a cidadãos de Goa é escandolosa, nenhum país europeu faz isto!

    Liked by 4 people

    • Andre Miguel permalink
      2 Junho, 2020 12:33

      Luís, nós gostamos de ser bonzinhos para os de fora e carrascos para os da casa. Lembra-se de quando o Jornal de Angola ladrava contra Portugal, como os nossos politicos se calavam e metiam o rabo entre as pernas? Somos um país de porreiraços sem espinha dorsal.

      Liked by 3 people

      • Luis permalink
        2 Junho, 2020 12:50

        Já era assim no passado. Nos séculos XVII e XVIII os ingleses tinham impostos mais baixos e podiam praticar a religião protestante, entre outras regalias. Aliás havia cidadãos de outros reinos com regalias especiais. Mas qualquer português que fosse sequer suspeito de protestantismo tinha um destino, se não fugisse do Reino: a morte. O tratamento monstruoso dado aos comerciantes portugueses, a maioria cristãos-novos, chocava os estrangeiros. O resultado foi a ruína e a miséria que ficou à vista quando o Brasil ficou independente e se deu a grande divergência de Portugal com a Europa Ocidental. O país deixou de estar no clube dos mais ricos e passou a ser o parente pobrezinho do Ocidente. Este é um traço das elites que se sedimentaram no poder a partir do reinado de D. João III. Carrascos com os portugueses e de rabo para o ar para os estrangeiros. No entanto houve momentos de excepção (reinado de D. João IV ou Estado Novo).

        Liked by 2 people

      • Filipe Bastos permalink
        2 Junho, 2020 13:14

        “Lembra-se de quando o Jornal de Angola ladrava contra Portugal, como os nossos politicos se calavam e metiam o rabo entre as pernas?”

        E acha que era por sermos ‘bonzinhos’, ou por mera submissão ao politicamente correcto?

        Acha que era por isso que Passos, O Bravo, lambia o cu à máfia angolana? E mandava o chuleco Machete pedir desculpa, como um lacaio agachado, por sequer pensarmos em investigar algumas das suas trafulhices?

        V. é assim tão anjinho, André, ou apenas lerdo?

        Gostar

      • Andre Miguel permalink
        2 Junho, 2020 13:51

        Filipe, lerdo é a sua tia pa! Curioso como falas no Passos, mas omites o 44 que até um primo tinha em Angola com negocios patrocinados pelo nosso Estado…

        Liked by 3 people

      • chipamanine permalink
        2 Junho, 2020 19:44

        Andre . o “grande investimento angolano” foi feito em 99% nos bons tempos socialistas do “inginheiro”. Para além da ladra socialista marxista leninista do MPLA e seu pai, centenas de “generais” desse partido progressista que sempre foi o MPLA. O mesmo que comanda Angola há mais de 40 anos e que conseguiu fazer 1000 vezes pior do que todo o colonialismo junto mantendo na pobreza extrema 90% da sua população. De lembrar que a governação socialista angolana foi posta lá por 150 mil soldados cubanos, esse outro farol dos “valores mais elevados”. A cada cabrão os respectivos cornos. Diriam os cornudos que são apenas perversões do sistema.

        Liked by 2 people

    • Zé Manel Tonto permalink
      2 Junho, 2020 19:47

      “No Reino Unido, qualquer imigrante em situação ilegal é preso no momento e em poucos dias é posto num avião”

      Era bom, mas não é verdade. Ainda há pouco o Supremo Tribunal proibiu deprtações para países que tenham sistemas de saúde piores que o NHS, que é o mesmo que dizer que ninguém volta para o terceiro mundo (pelo menos enquanto a “pandemia” durar).

      Imigrantes ilegais no Reino Unido que estão anos para ser deportados, é mato.

      “Não sabem nada de Portugal, alguns odeiam Portugal e fizeram campanha pelo Brexit.”

      Não sei o que é que uma coisa tem a ver com outra. Eu gosto de Portugal (tem demasiados Portugueses funcionar decentemente, admito) e fiquei muito satisfeito com o Brexit.
      Não são mutuamente exclusivos.

      Gostar

    • José Monteiro permalink
      3 Junho, 2020 21:38

      «o Estado português é dos mais negligente do Ocidente»
      Mas no e do Estado, há nomes, heróis, espertos e espertalhões:
      Do Dr Cavaco a ao Dr Soares e até ao António Costa, inscrevam-se os heróicos PM do reino.
      E a divisão das brigadas 230 de S. Bento Fácil.

      Gostar

  2. Luis permalink
    2 Junho, 2020 12:16

    O caso dos marroquinos que entraram de barco ilegalmente e sem documentos no Algarve é paradigmático porque reflecte a fraqueza do Estado português e o conflito discreto em migrações entre uma entidade, o SEF, e o Governo de Esquerdas. Se fosse no Reino Unido, os marroquinos teria sido imediatamente presos num centro de detenção para imigrantes ilegais e teria sido postos num avião em menos de 15 dias. Mas em Portugal, foram parar a um hostel e desapareceram. Todas as nuances e pormenores do caso são preocupantes, com o SEF a recomendar a expulsão, o Governo a tentar contornar a lei e a arranjar um contrato de trabalho para ficarem «à força», e no fim fazem um manguito a tudo e todos e desaparecem, provavelmente para Espanha ou França. Querem maior prova da fraqueza e debilidade do Estado português em matéria de segurança interna e migrações que este caso?

    Liked by 2 people

    • lucklucky permalink
      3 Junho, 2020 09:06

      O Estado Português não é fraco. Só é fraco quando quer ser fraco.

      É desenho não é fraqueza.

      Toque nalgum ponto sensível da ideologia e veja os jornais e TV’s do regime todos a virarem-se contra si.
      É o jornalismo que depois permite o Estado fazer tudo o que quiser. Inclusive ser “convidado” a sair do país : Rui Mateus.

      Liked by 1 person

      • Jornaleca permalink
        3 Junho, 2020 23:13

        É tudo de propósito. Qual fraqueza.

        Vocês nunca falam do António Vitorino. Ele está, graças à bruxa e comunista Merkel, à frente da instituição semi-secreta, fundada em Marrocos, uns anos atrás para dirigir a migração ilegal, sem o povo se aperceber, para a nossa Europa, UE.

        O maçónico Vitorino é o director dessa organização criminosa.

        O povo português já não manda nada.

        E quem discordar, leva nos cornos com a Antifa.

        Gostar

  3. 2 Junho, 2020 12:33

    Esta mensagem da dona Helena tem o patrocinio da Intel

    Gostar

  4. Andre Miguel permalink
    2 Junho, 2020 12:43

    Cara Helena,
    Off topic: não quer fazer um post sobre as manifs contra o racismo nos EUA sabendo que desde 2015 morreram às mãos da policia 4728 pessoas, 2385 brancas contra 1253 negros?

    Aqui:
    https://www.statista.com/chart/21857/people-killed-in-police-shootings-in-the-us/

    Mas a coisa, dizem, está enviesada, pois a população negra é de apenas 13%, mas eis que representam 38% dos reclusos nas prisões…

    Como se pode ver aqui:
    https://www.pewresearch.org/fact-tank/2019/04/30/shrinking-gap-between-number-of-blacks-and-whites-in-prison/

    Nada contra as manifs contra o racismo, mas às vezes os números têm destas coisas.

    Liked by 3 people

    • A. R permalink
      2 Junho, 2020 13:42

      Pois … não se esqueça que foram os Republicanos que acabaram com a escravatura e os democratas que encerraram os negros em bairros só para negros, de onde não saem, onde não podem escolher uma boa escola, com professores que se estão cagando para o ensino pois recebem dos governos dos EUA muito apoio a sindicatos que depois devolvem em parte a apoiar exclusivamente o Partido Democrata. Os democratas só lá vão recolher os votos tal como quintas de escravos de Andrew Jackson.

      O problema dos negros é um problema complexo -com uma parte cultural- mas com parte da sua génese no partido democrata -o partido do KKK- de “coitadinhos” eles são incapazes de se governar sozinhos -estudar, arranjar um emprego, trabalhar, etc- e seguirem a sua vida independentes.

      Liked by 1 person

      • Filipe Bastos permalink
        2 Junho, 2020 14:00

        Claro que os Democratas são hipócritas, ou não fossem americanos, mas tentar associar o partido Democrata de hoje à escravatura e ao KKK é disingenuous, para não dizer pateta.

        Até carneiros direitalhas sabem do ‘switch’ Democrata-Republicano que aconteceu nos últimos cem anos; apenas não lhes dá jeito lembrá-lo.

        “How Democrats and Republicans switched beliefs”:
        https://shorturl.at/lqwMQ

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        2 Junho, 2020 20:13

        Filipe,

        O switch Democrata-Republicano tem muito que se lhe diga.

        Estados como o Lousiana, Arkansas e Missouri não costumavam votar exclusivamente Republicano ou Democrata, costumavam votar nas Presidenciais do lado do vencedor. O primeiro Presidente em muitas décadas a ser eleito perdendo estes Estados foi Obama, já bem dentro do século XXI.

        Outra: W Bush foi o primeiro Republicano eleito Presidente perdendo o Illinois e Vermont. Isto no ano 2000.

        Em termos de política local, é ainda menos preto e branco. Quando Obama foi eleito, ainda 40% dos senadores nos Estados do Sul eram democratas.
        Há menos de dez anos atrás havia um governador republicano na república socialista da California, Arnold Schwarzenegger.

        O switch, a ter acontecido da maneira como o descreve, não aconteceu nos últimos 100 anos, foi nos últimos 20.

        De qualquer das formas, o A.R. tem alguma razão quando refere que os democratas tratam as minorias, e os negros em particular, como coitadinhos.

        Basta ver a “polémica” relativamente a leis que exijam apresentação de documento com fotografia para votar.

        É sempre interessante quando algum youtuber (tem que ser alguém semi profissional, os jornalistas estão ocupados com coisas “importantes”) pega numa câmera e microfone, e vai perguntar aos copinhos de leite nas universidades se são contra essas leis e porquê. Dizem que são racistas e que as minorias não sabem ou não conseguem arranjar esses documentos.
        Depois vai perguntar a negros se têm identificação com fotografia. E a resposta é quase sempre sim, têm carta de condução, e até sabem dizer onde é o equivalente do IMTT mais próximo.

        A verdade é que as transferências sociais, entre casa e todo o tipo de apoios para mães solteiras, criaram um grande incentivo para as mulheres pobres despacharem os maridos para fora de casa.
        Os grupos em que a pobreza era maior fizeram-no em larga escala. Os resultados estão à vista, uma fatia da população completamente dependente dos apoios sociais, e que vai votar por eles. Não importa que vivam em cidades governadas há dezenas de anos pelo mesmo partido, e nesse periodo tudo tenha ido pelo cano abaixo.
        Têm que votar neles, porque se a torneira fecha não sabem fazer mais.

        Não sei se isto foi planeado pelos democratas nos anos 60, ou não. Acho-os maquiavélicos que chegue, mas já ouvi para não atribuir a malícia o que pode ser explicado por estupidez.

        Liked by 1 person

    • Weltenbummler permalink
      2 Junho, 2020 13:53

      também por cá a pretalhada nunca faz nada
      devo agradecer por me assaltarem a casa
      metam o racismo no local recomendado pelo pirata Rakham

      Gostar

      • chipamanine permalink
        2 Junho, 2020 19:50

        Qualquer “democrata” seja ele do partido americano ou antifa , da extrema esquerda europeia é um hipócrita porque sempre se julga imbuído de “valores mais elevados”. Esses proto-fascistas dos tempos modernos são os primeiros fdp e os mais cornudos..

        Liked by 1 person

  5. 2 Junho, 2020 13:18

    A cor da pele é a camuflagem que permite comportamentos intoleráveis, pelo berreiro de idiotas racistas que só vêm a pele e fazem vista grossa aos comportamentos.

    Mais que isso, para os idiotas racistas e de ‘enorme sensibilidade social’:
    – É incivilizado ou criminoso e preto
    – É preto, vitima de racismo, e de tão ofendido e revoltado, é incivilizado e criminoso

    Gostar

  6. Filipe Bastos permalink
    2 Junho, 2020 13:54

    As pessoas não estão cansadas da libertação; estão cansadas de viver nos países mais pobres e atrasados do mundo. Compreensivelmente, preferem viver no país mais pobre e atrasado da Europa Ocidental.

    Há razões para a Europa ser o que é e os outros continentes, sobretudo África, serem como são. Alguns factores, como a geografia e o clima, são evidentes. Outros são mais polémicos. E de outros não se pode sequer falar sem passar por terrível racista ou pior (haverá pior?).

    Certo é que no mundo interligado de hoje todos vêem que por cá se vive muito melhor que lá. Nós fazemos questão de o mostrar, todos os dias, nas TVs e feicebuques e instagrams. Os de lá não são masoquistas, não querem viver na merda, querem o mesmo. Por cá pode ser difícil, mas lá é bem pior.

    Não há como voltar a meter o génio na garrafa. Esta migração vai aumentar. O que a D. Helena e seus fãs nunca mencionam é que isto é o efeito inevitável da desigualdade extrema: é o v/ capitalismo em acção.

    Gostar

    • Carlos Guerreiro permalink
      2 Junho, 2020 14:27

      Filipe
      Tem toda a razão. A migração de países miseráveis para a Europa (até para o país mais miserável da Europa) é culpa do capitalismo.
      Nunca houve ninguém a querer entrar nos países socialistas. Existia um muro em Berlim, segundo os comunas para impedir entrada não autorizadas no paraíso socialista, mas as mortes a atravessá-lo eram só de malucos a sair do paraíso para o inferno capitalista.
      Aliás não se percebe porque a esquerda não combate estas migrações de África, a maioria abandona os seus países, onde governo partidos de ideologia marxista (o paraíso portanto) e arriscam-se a vir ser explorados no capitalismo europeu. E quando poderiam ficar no socialismo português fogem para serem explorados pela senhora Merkel.

      Liked by 2 people

    • Filipe Bastos permalink
      2 Junho, 2020 14:56

      V. até sabe a resposta, Carlos: vêm para cá porque lá há mamões ainda piores.

      Por cá, a Banca, as multinacionais e os sacrossantos ‘mercados’ ainda deixam umas migalhas para a malta. Por lá, sendo países muito mais pobres e atrasados, nem isso.

      Falar de socialismo em cleptocracias como Angola é como falar de unicórnios. Em África há tanto socialismo como por cá: nenhum. Meia dúzia de mamões mandam em tudo: nem entendo porque não dá vivas, pois é todo o propósito do capitalismo.

      Mas dê-lhe tempo, Carlos: com a ‘offshorização’ dos empregos e da mama, a coisa por cá também não há-de ficar famosa. Há muito que caminha nesse sentido.

      Gostar

  7. Andre Miguel permalink
    2 Junho, 2020 14:24

    Sinceramente já não sei se é falta de neuronios funcionais ou mera cegueira ideológica e ignorância.
    Quer dizer, com o início do imperialismo as nações desenvolvidas levaram para África o conceito de Estado-nação, desenvolveram aquilo à semelhança dos seus países de origem, com o comércio internacional o continente prosperou até à 60 anos atrás, entretanto o marxismo e o socialismo tomam conta da revolução, declaram independencias, espatifam aquela cena em meio século e a culpa é do capitalismo?! Oh cum caneco… Só falta dizer que o Mugabe era um democrata liberal!

    Liked by 3 people

    • 2 Junho, 2020 14:46

      Digamos que se magnata capitalista Mark Cuban ((Chabenisky)) é um democrata “branco” liberal, o Mugabe também pode ser…

      Gostar

      • chipamanine permalink
        2 Junho, 2020 19:48

        Mark Cuban esse mamão capitalista?

        Gostar

      • Jornaleca permalink
        2 Junho, 2020 20:45

        @chipamanine

        Com dinheiro não se compra inteligência. Neste caso, o Mark Cuban é tão incompetente, como qualquer burro pobre.

        Uma atitude vergonhosa, mentirosa e cobarde, por parte do Mark, fdp.

        Gostar

      • chipamanine permalink
        3 Junho, 2020 09:28

        O que é “engraçado” aqui é ver cornudos sociais fascistas a elevar mamoes capitalistas como faróis dos amanhas que cantam. Seriam realmente engraçado se não fosse trágico perceber que para além da utilização do “inimigo” (como capitalista já estaria morto pela esquerdalha assassina) a dialéctica dos cornudos funciona para o lado que ele quer quando lhe convém.

        Liked by 1 person

      • 3 Junho, 2020 10:40

        É preciso ser mesmo muito retardado, para entender tudo ao contrário. Mas pelo uso do jargão maniqueistico debitado, é notorio o quadro dsitorcido psicológico do idiota útil . A sua vaca sagrada pode-lhe cagar na boca que ele dirá que é chocolate.

        Você ainda não percebeu que o cornudo aqui é você ?

        Gostar

    • Jornaleca permalink
      3 Junho, 2020 00:56

      @André Miguel, bem explicado.

      A esquerda é sempre o protótipo do mentiroso, do burro, do incompetente, do trafulha, daquele, que joga falso, de propósito. A esquerda não sabe criar riqueza, a não ser para a própria família.

      Na Alemanha deram cabo do ensino público. De ano para ano a piorar. Os alunos a sair das escolas e nada sabem.

      Para ocultar os próprios erros, a falha dos professores, passam aos maus alunos boas ou muito boas notas.

      Liked by 1 person

  8. becas permalink
    2 Junho, 2020 15:36

    Fomos corridos de África porque éramos colonialistas exploradores , morreram militares portugueses por fazerem uma guerra contra africanos, os chamados retornados foram escorraçados. alguns deles nascidos em África. Agora acabou tudo isso e cada qual com o que é seu. Não devem vir para cá chatear e criar complicações . África para nós deve ser assunto encerrado. Só Deve entrar quem traga beneficio ao país e aos portugueses

    Liked by 2 people

    • Luis permalink
      2 Junho, 2020 19:51

      Saíram os europeus, entraram os chineses.

      Liked by 1 person

      • Jornaleca permalink
        2 Junho, 2020 20:40

        E os africanos, já dizem que (os chineses comunistas) são milhares de vezes piores do que os que mandaram embora.

        Eles já têm saudades de nós. Outra vez.

        Liked by 1 person

  9. Jorge MR permalink
    2 Junho, 2020 23:02

    É verdade. Eu já me interroguei porque é que há décadas queriam a libertação do jugo colonialista, agora vêem todos para os países que abominavam porque a afinal os colonialista é que são bons. Mas, pudera com uns ditos países governados pós corruptos.

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      3 Junho, 2020 07:21

      Numa grande parte dos países descolonizados africanos, incluindo os pelos tugas, os regimes instituídos foram (muitos continuam a ser) socialistas (versão africana do caminho para o comunismo).
      Não é de admirar que depois de passar a euforia dos “amanhas que cantam dos valores mais elevados” que todo o cornudo socialista, apregoa a população escravizada por esses “conceitos” queira fugir desses “maravilhosos sistemas mais justos” e tente ir para os países capitalistas burgueso-fássistas cheios de mamões, pois que, na perspectiva deles ( na própria vivência) se tornam quase paraísos por comparação.
      Por aqui mesmo, nestes comentários, há cornudos deste tipo que , caso fosse implantada a tal sociedade dos “valores mais elevados” teriam duas opções de vida. A primeira seria tornarem-se verdugos das ditas mas sistemáticas “perversões” (Há um grande número de genocídas potenciais entre eles, de socio-fascistas que disso tirariam proveitos pessoais. A segunda opção desses cornudos, caso não conseguissem os intentos da primeira opção, seriam os primeiros migrantes para o “fássismo capitalista”
      Um “dialéctico” pensa sempre nas diversas “oportunidades”. Tem sempre uma “câmara de ar guardada”, não seja ela precisa para “atravessar oceanos”. Um cornudo dos valores mais elevados mantém sempre as hipóteses em aberto.
      Estamos cheios destes social-fascistas.

      Liked by 1 person

    • 3 Junho, 2020 08:24

      É preciso ser mesmo um imbecil que só é capaz de pensar na forma de rotulos emprenhado pelos ouvidos. E não conseguir ver um palmo à frente do nariz. Eles pode estar descansados pois terão sempre a garantia que enquanto vos cospem em cima, vocês continuarão a lamber-lhes o cu.

      O chuparabos sabe por exemplo quem é a intel ? Claro que não, você é um imbecil que só papagueia rotulos emprenhados pelos ouvidos. O tipico idiota útil.

      Gostar

    • Filipe Bastos permalink
      3 Junho, 2020 08:43

      “Eles pode estar descansados pois terão sempre a garantia que enquanto vos cospem em cima, vocês continuarão a lamber-lhes o cu.”

      Nem mais, MG. Desde que lhes digam que é “anti-comuna” até comem merda de gato. E arrotam e agradecem.

      Gostar

      • becas permalink
        3 Junho, 2020 20:22

        Oh Filipe Bastos que linguagem é essa .

        Gostar

  10. A. R permalink
    3 Junho, 2020 00:45

    Aqui Margareth Sanger, recentemente lembrada e acarinhada pela Clinton e seus capatazes democratas, e a suas ideias de eugenia que caíram sobre os negros. https://www.courierherald.com/letters/hitler-the-ku-klux-klan-and-margaret-sanger/

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: